Quantcast
PplWare Mobile

Universidade do Minho: Ferramentas Respondus violam RGPD

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Alvim says:

    Coitadinhos dos meninos… É melhor estar a cometer fraude … Assim já ficam “limados” para um futuro propero na corrupção.
    Quem não deve não teme. É melhor estar em linha com o explicador!!!

    • Nightingale says:

      Se amputares as mãos a todas as pessoas os crimes também diminuem exponencialmente. Para detetar eventuais fraude snão se pode fazer de conta que as leis não existem. Se devem ser controlados? Devem, mas não vamos ultrapassar os limites.

      Ainda mais com o atual reitor da Universidade do Minho que é um autêntico narcisista e que se está nas tintas para os alunos. Muita gente não tem a mínima noção do que tornaram as universidades durante a pandemia, e em especial esta. Desde o reitor aos professores, parecem não ter o mínimo de escrúpulos. Se a TVI e a SIC se importasse esta universidade ainda havia de dar uma boas notícias e uns despedimentos.

      P.S.: Ser uma tia a dizer “Quem não deve não teme” é uma coisa, ser uma pessoa que sabe sequer usar minimamente a internet é outra. Numa democracia esta é uma frase que deveria causar calafrios a qualquer um, mas tudo bem. Podes não dever nada e mesmo assim temer e muito.

      • Alvim says:

        querias copiar durante os exames era?

        • Nightingale says:

          Certos alunos podiam eventualmente violar as regras, logo a universidade violou primeiro a regras para garantir que nenhum aluno violava as regras.

          Já percebeste?

          Não, nunca precisei de copiar para entrar na universidade nem para passar às cadeiras, percebo é mimados à distância que não conseguem suportar o “Não concordo contigo”. Estamos em uma estado de direito, aprende primeiro o que é isto antes de apanhares vergonhas. É ilegal e ponto. Devias ficar feliz quando ainda há instituições que defendem os direitos fundamentais que cada vez estão mais melindrados. Se eu acho que deviam castigar quem copiasse? Claro, mas têm de provar de uma forma legal sem infringir nenhuma lei.

    • joaobarroso says:

      Essa do quem não deve não teme é pura falácia e normalmente uma expressão usada por quem tem “esqueletos no armário”. Se viola o princípio do RGPD e a própria universidade já o sabia, deveria ter encontrado outra solução para a realização dos exames, presencialmente e dias dispares, alteração de épocas, etc etc. Claro que também não se pode pedir aos coitadinhos dos professores que façam mais horas para exames, coitados, quando muitas das aulas online foram assincronas e os professores estiveram em casa a coçar os tomates. Depois vão pedir às universidades para comprarem computadores e pagar a net dos professores.
      Sejam práticos e procurem soluções exequíveis, por isso mesmo ganham fortunas à hora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.