Quantcast
PplWare Mobile

Uber lança este mês carros autónomos para serviços reais

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. João says:

    Mais vale andar de metro

  2. Adamastor says:

    Interessante… “Julgava”, pelo que a empresa tem vindo a defender tão acerrimamente, que a UBER era simplesmente uma plataforma que aproxima motoristas profissionais dos potenciais clientes, e não um prestador de serviços de transportes na sua forma mais comum.
    A pouco e pouco, e de conquista judicial em conquista judicial, se vai transformando o mercado à imagem das empresas, enganando os estados e eliminando mais uns postos de trabalho.

  3. Modem says:

    Vamos eliminar os humanos da maior parte dos empregos, as coisas vão ficar mais baratas, mas esses humanos vão ser desempregados e não vão ter dinheiro para comprar… É este o caminho que a humanidade está a tomar.

    • pokemonMaster says:

      O mesmo se dizia na primeira revolução industrial quando se substituio humanos por maquinas agriculas. As pessoas esquecem-se q outras profissões surgem a o ser humano pode dedicar o tempo a fazer coisas mais interessantes (do que aquelas q as máquinas podem fazer) e trabalhar menos dempo por dia (7 horas?).

      • David says:

        O ser humano não pode estar condenado a trabalhar para todo o sempre, quando as maquinas garantirem o conforto necessario e for reposto o equilibrio entre Humanidade e natureza, as pessoas serão livres para se dedicarem à evolução espiritual que apesar de não facturar dinheiro é crucial para a felicidade e pratica imperativa para a evolução. Já podia-mos ter uma sociedade onde parte se dedicava a esta pratica mas o egoismo da maioria das pessoas cria a noção de que somos todos obrigados a trabalhar para “ganhar a vida” e justificar a sua existencia mas entretanto estamos a dar cabo do planeta…

    • Ismael Guimarães says:

      É o caminho do capitalismo. Uns serão muito pobres e viverão de esmolas do Estado, vulgo subsídios, e outros serão milionários.

      • JVC says:

        É tudo verdade em teoria. Mas vale a pena reflectir sobre falhanço das experiências com o socialismo. Mas, evidentemente, terão de ser pensadas soluções.

    • Luis Araujo says:

      Não fosse a ganancia do ser humano, poderíamos viver todos bem e felizes numa economia solidaria.

  4. joão says:

    Muito bem! Que acabe a inútil carta de condução e que os veículos brevemente sejam todos autonomos, pouco poluentes, que os governos cumpram as susa sobrihgações nesta áres, sejam sérios e promovam estas medidas, não cedendo a lobis sinistros! Já basta a tremenda burocracia, incompetência do IMT ou IMTT antiga direção geral de viação que prejudica a vida d ecentenas de milhares de pessoas obrigadas a renovar a carta, não informam , os sistemas para renovar dão erro nas lojas de cidadão! Já basta também o péssimo serviço de táxis! Há cerca de um mês eu e familiares apanhamaos um “táxi” no parque das nações, para uma viagem longa, num dia de calor insuportável e o “taxista” não ligou o ar-condicioanado porque disser estar “avariado” e que ia arranjar no dia seguinte! O que faz essa Antral e a fiscalização! Depois queixam-se da Uber que funciona muito bem e não se compara!

    • JVC says:

      Antes de acabar com a “carta de condução” devia-se corrigir os erros que mencionados. Os veículos autónomos terão de ser sujeitos a legislação e fiscalização. Tudo tem pros e contras e a automatização a sociedade nao foge à regra.

  5. LG says:

    Terá algum software especial para fugir aos taxistas em caso de ataque?

  6. Artur Santos Silva says:

    Sinceramente acho esta notícia um pouco estranha…Os governos ainda estão muito longe de atribuir licenças de carros autónomos para uso comercial…Se forem pequenos detalhes, como estacionamento automático, que já existem há algum tempo, ainda acredito, agora uma condução maioritariamente autónoma, ainda está longe…

  7. john says:

    “Se a empresa conseguir eliminar o humano deste negócio, então a empresa poderá praticar preços bastante mais baixos.”

    Agora imaginem que grande parte das empresas conseguem eliminar o humano do “negócio” ? Num sistema baseado num “mercado laboral”, como iremos ter dinheiro para pagar o quer que seja, se não temos uma fonte de rendimento ?

    Necessariamente, o paradigma do sistema capitalista, que assenta num mercado laboral, terá que mudar. Existem duas forças contrários em jogo. Uma é a evolução tecnológica que liberta o Homem de efectuar esforço. Outra é o esforço que o Homem necessita de fazer para obter um rendimento (dinheiro) e, consequentemente, a necessidade da existência de um mercado laboral.

    Afinal qual é o maior problema. O aumento da automatização que destrói empregos, ou a necessidade da existência de empregos que trava a evolução e implementação de novas tecnologias ?

  8. Filipe V says:

    isto vai acabar mal….
    um software vai decidir se o veiculo autónomo deve atropelar uma pessoa que se atravessou á frente ou se deve desviar bruscamente e ferir o ocupante…. como pode um software acessar a situação e decidir sempre o correcto.

    • Gil says:

      Ou minimizar os danos à ambos de form tal que o humano não conseguiria…

    • Ismael Guimarães says:

      Um software nunca se irá deparar com essa situação pois calcula tudo ao milímetro. As câmaras e sensores vêm melhor e mais longe que o olho humano. Conseguirão saber onde há passadeiras e as pessoas terão que nelas atravessar.

      Quanto a outros obstáculos, os sensores e câmaras, como perfeitos que são, conseguirão evitar muitos acidentes. É claro que avarias de sistemas acontecem e isso será o único problema do sistema.

  9. Altamente says:

    Se bater por tras e fugir, já ninguém vem atrás.lolol

  10. Paulo says:

    Esses idiotas que andam de uber pensam eles que estam fazendo bom negócio pois até cara que está de liberdade condicional está trabalhando na uber fiquem atentos!!!!!
    E fora a lavagem de dinheiro de quem ganha dinheiro fácil e está investindo em carros pra colocar laranjas para dirigir!!!!!!Desejo que a uber fique pois ha muita gente honesta tbm,e logo logo equiparem os valores iguais a taxis,pois sera o msm caso das locadoras que veio uma empresa americana não sei se lembram a famosa blockbusters e em pouco tempo subiram os valores das locações de DVDs e tomare,que servi de exemplo mais uma vez para os brasileiros…..

  11. MShaitan says:

    A isto é que eu chamo um pau de dois bicos..! Muitos prós e muitos contras..

  12. Rui C. says:

    Agora quero ver em quem é que depois os taxistas vão bater!!!!
    HAHAHA 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.