PplWare Mobile

Smartwatch Zeblaze Thor 5 Pro – um smartphone de pulso


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Mestre em direito says:

    Ora bem, todos “precisam” de um smartphone hoje em dia, mas um relógio smartphone que não dá bem para ver páginas, nem e-mails, nem Facebook, nem jogar, nem…. bom… quase nada, para que serve? Chamadas?

    Eu prefiro ter um smartwatch que me mostre as mensagens, avisos, entrada esse chamadas e sirva para desporto com bateria de muitos dias, que algo assim que parece interessante mas na realidade pouco serve e pouca bateria tem. O meu Amazfit GTR tem bateria de 1.5 a 2 semanas e é estupendo. Assim sim. Agora estes relógio- smartphone são uma nulidade.

    • Artemus says:

      Para que serve? Imagina que um dia desses és raptado, tiram te o telemóvel e enfiam-te na mala do carro. Podes chamar a polícia e até te podem localizar. Cabecinha pensadora 😀

      • Jose Lapao says:

        @Artemeus Se eu fosse o raptor nem com as calças isso, tudo o que fosse tecnologia saia do pé de ti, a não ser que o implantes nalguma parte do teu corpo ficavas sem smartphone, smartwatch, smartring, e tudo o que fosse Smart, e como diz o Mestre em Direito, com a autonomia que este tipo de gadgets tem quando precisares dele para esse tipo de situação, estas sem bateria

    • Al Bert says:

      Para que serve? Não cai, o que já é positivo.

      Um smartwatch deve ter tudo o que este tem mais pressão arterial, capacidade de ligar automaticamente para 112 com indicação de GPS em caso de ausência de pulsação ou queda com imobilização prolongada. Os carros novos já têm o e-call.

  2. Antonio says:

    Acho excelente este tipo de relógios.
    Dá para deixar o grande telemóvel em casa e ir correr ou passear com a segurança de estar contactável, a ouvir música, a tirar fotos, gravar o percurso com o Fit ou Stava, abrir a porta de casa… Sim associado a domotica nem as caves é preciso levar, etc…
    É com a possibilidade de ter mostradores infindáveis.
    Vejam por exemplo aqui:
    https://watchfaces.wixsite.com/alrod
    Há um outro que acho ainda melhor, com bateria de 1260mah, o Kospet Prime.

    • Mestre em direito says:

      Para isso compras um Nokia dos baratinhos ou telemóvel antigo, pequeno e leve, a maioria dos novos até WhatsApp e música por bluetooth têm. Aí levas um micro telemóvel, auscultadores bluetooth e um smartwatch estilo Amazfit GTR ou os Garmin e afins. Assim tens bateria que chegue no relógio e estas contactavel. Usar um relógio como smartphone é penoso…

      • Pedro says:

        São opiniões… em vez de um equipamento levar 2??
        O GTR nem sequer memória interna tem!
        Eu tenho um GTR e um Kospet Prime… nem têm comparação em funcionalidades!
        A bateria do Kospet é também muito boa. o GTR é uma miband com formato de relogio.

  3. Fábio says:

    Bateria dura um dia agora e depois de um ano de uso?

    • Antonio says:

      A duração da bateria depende muito do tipo de utilização, ainda mais neste tipo de relógios. No kospet Prime em utilização como extensão do telemóvel (emparelhamento por Bluetooth, que permite não só ver notificações mas também responder pelo relógio! ) dura 2a 3 dias.

    • Mestre em direito says:

      A bateria dura 1 dia (aos chinos tendem a considerar um dia = 12h de trabalho, e isto a ser simpático…), se carregas 365 vezes num ano, e sendo que as baterias destes relógios chinos não costumam ser grande espiga, prepara -te para em 2 anos já o teres encostado, lixo eletrônico.

  4. João says:

    e suporte para responder a sms, tem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.