Quantcast
PplWare Mobile

Questão: Considera que a rede 5G pode ser prejudicial à saúde?

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Miguel says:

    Misturar covid-19 com o 5G é desconversar, pois o assunto é muito sério e eu como muitas pessoas gostava de mais estudos sobre isto antes de ser implementado.

    • Spoky says:

      Aqui ninguem falou do COVID, MAS SIM existe também relatos disso. Mas a pergunta é se 5G pode ser prejudicial para a saúde OU não, é essa a pergunta. Não confundam alho com bugalho.

    • BlackFerdyPT says:

      O objectivo de misturar isto com COVID-19 é esse mesmo – “desconversar”. Ou, por outras palavras, tentar distrair as pessoas das reais e danosas críticas que podem ser feitas a esta nova tecnologia.

      (Logo, o mais provável é que, quem anda a fazer esta estranha mistura esteja a fazê-lo a mando dos interesses que querem implementar a tecnologia 5G.)

      As críticas a esta tecnologia vêm de há muito tempo. Mas, como os actos de destruição das torres 5G surgiram ao mesmo tempo que o vírus e a massa alienada não está a par de tais críticas, toca a misturar dois assuntos que não têm nada a ver, para que as pessoas não saibam assim dos verdadeiros fundamentos (e grandes preocupações por trás) de tais actos de destruição.

      (Falta dizer também, já agora, que há um paciente num hospital psiquiátrico que está convencido de que as torres 5G servem para abrir caminho a uma invasão extraterrestre.)

      Quanto a “mais estudos sobre isto antes de ser implementado”,

      Tal como em tantos outros casos que envolvem o poder económico-político estabelecido, as pessoas que estão por trás da 5G têm rios de dinheiro para pagar a investigadores corruptos que produzam os resultados desejados. Para além de que, são também parte destas pessoas (com muito dinheiro) que detêm os média de massas, que escolhem quais os estudos a reportar sobre e quais não.

      Também, para se fazer bons estudos, é preciso muito dinheiro. Logo, a não ser que alguém esteja a pensar doar o dinheiro de um qualquer prémio de lotaria para um estudo independente que se faça, nunca deverá haver um que tire conclusões honestas, definitivas e inequívocas sobre os perigos ou não desta nova tecnologia – que seja público, isto é.

      (É verdade que há alguns estudos honestos que vão surgindo, sobre esta temática geral dos telemóveis, que indiciam factos que estão na origem das preocupações de muitos. Mas, tais estudos são sempre limitados, por serem feitos por entidades relativamente pequenas e com pouco financiamento.)

      E, isto tudo para dizer que, se estão à espera de alguma vez ver uma denúncia dos malefícios da 5G nos média de massas, podem todos esperar sentados… Pois, pela lógica das coisas, existam ou não tais malefícios, estes nunca poderiam ser denunciados pelos próprios média de massas (detidos pelos grandes interesses económicos). E, só vasculhando, por nós próprios, a *imprensa alternativa* é que poderemos ter conhecimento de alguns dos verdadeiros indícios que existem.

      • Rui says:

        5 estrelas.
        Os credulos são aqueles a quem determinadas elites na sombra consideram o “gado”

        • Rui says:

          E na afirmação acima quando me refiro aos “crédulos” estou a referir-me aqueles que pensam que o 5G não faz mal.
          No entanto acho e penso que as pessoas devem procurar a informação não nos canais habituais, esses estão corrompidos e dominados por interesses que nada têm a ver com os interesses dos povos ou empresas mas objetivos escondidos e obscuros.
          O caminho mais fácil é acreditar no pai natal e que os que são contra não passam de burros ou idiotas mas nada que não seja os métodos continuamente utilizados, alias o Saddam ate tinha armas de destruição maciça.

      • Wishmaster says:

        Exactamente.
        Acrescento que sobre o 4G não temos ainda estudos que permitam estudar os efeitos de exposição prolongada…Muito menos teremos sobre o 5G.
        Acrescento também que a Suíça irá monitorizar os efeitos desta tecnologia sobre as populações e só por aqui se percebe com facilidade que as autoridades daquele país não está totalmente à vontade com a tecnologia.

        Quanto a misturar a COVID-19 com o 5G, penso que se pode equacionar estas hipóteses e teorias:
        1 – Há pessoas que tentam ligar um e outro no sentido do 5G actuar como “imunossupressor”, não com a intenção de facilitar a propagação, mas que será uma consequência face à presença do vírus (o que é diferente, uma coisa é eu implementar a tecnologia para que o vírus propague facilmente; outra coisa é as duas coisas acontecerem ao mesmo tempo, sem ligação de autores).
        2- Ligada com a 1, defendem que a tecnologia 5G é prejudicial, mas não associam ao vírus.
        3- Associação da COVID ao movimento 5G: objectivo de associar as duas coisas para que as restantes teorias contra o 5G percam credibilidade (teorias essas que têm algum sentido e fundamento, havendo países e cientistas que levantam muitas reservas). Com isto, o grande público não se interessará pelas vozes opositoras do 5G (vozes até legítimas e fundadas de alguma forma) e não ligará ao que dizem, aceitando o 5G.
        4 – Podem ter sido os próprios movimentos contra-5G a aproveitar o vírus para se fazerem ouvir. É simples, apela às pessoas com algo que as preocupa muito, que lhes mete medo, elas ouvirão mais porque o assunto está na ordem do dia, ou actuarão com medo porque temem o vírus e negarão o 5G (assim conseguindo os autores do movimento os efeitos da sua luta – baseada nos problemas de saúde que tentaram alertar – mas que tiveram que o fazer aproveitando a onda do vírus). Esta questão do medo tem sido utilizada por governos e grupos, pense-se na Greta que é a profeta da desgraça, apela a coisas como o “futuro dos vossos filhos” (sentimento e que a família tão preciosa e sagrada para todos está em perigo), fala em falta de tempo, urgência, ou seja implanta medo nas consciências.

        Isto é um exercício de pensamento, não estou a afirmar, mas é o que, segundo me parece possa ser equacionado. Não estou a dizer que é verdadeiro, quanto a estes 4 pontos.

  2. RM says:

    A minha resposta é: não sei. É preciso estudos para responder a esta questão. São precisas provas.
    Para dizer sim ou não, tenho que me basear em dados e informação concretos.

  3. rikardo pereira says:

    numa altura destas, sabem onde podem meter a rede 5G ?? isso mesmo .. que se preocupem em ter uma rede estável em TODO o país para um dia que volte a acontecer isto, seja mais facil ter o ensino e trabalho à distancia.

    • Avlis says:

      Numa altura destas e nos próximos anos.
      Praticamente todos tem net por cabo, logo já é rápida.
      Quem quer retirar algo ou colocar da net faz via wifi em casa, cafe etc, pois os dados moveis acabam rápido.
      A rede de cabo e 4g chegam muito bem como se tem visto nestes últimos tempos com praticamente toda a gente em casa e a mesma tem aguentado.
      Em meu entender era melhorar o 4g e a rede de cabo, principalmente no interior que é uma vergonha, e só quando esta (4g) começar a não dar conta do recado passar para o 5g que já deve estar muito mais barato.

      • Telecom Blin says:

        Os tarifários 5G não tem limite de download e não é abrangido pela treta de utilização responsável, nos temos já um no ativo e até agora nunca foi limitado nem bloqueado.
        Quer a pessoa esteja numa zona LTE ou 5G, o mesmo não bloqueia.

        Iria perder o propósito do 5G.

        Alem do mais, existe muita gente que apenas quer internet e estão se pouco cagando para a rede fixa, ou então estão dependentes de ADSL ou Satelite.

        Eu no meu caso só tenho na zona MEO ADSL. A minha sorte foi que a Vodafone meteu-me um router 4G Empresarial ( o mesmo não tem limites) enquanto não chega a fibra e siga.

        Quando o 5G for implementado, o 3G vai sair visto a não ter qualquer propósito.
        O GSM serve para chamadas e o mesmo tem um alcance brutal.
        O 4G para chamadas e Internet em zonas sem 5G ou com fraca cobertura.

        O 3G neste caso já não serve para nada.

        E lemrebm-se, um só SITE 5G não vai levar com todas as frequências ao mesmo tempo, como tenho ouvido muita gente a falar.
        É consoante a zona e a densidade de população.

    • manu says:

      rikardo, em pelo acordo contigo .

  4. Rrrrrrr says:

    acho que este tipo de perguntas a meros leitores de um blog, nao deve ser levado a serio.
    Acho sim que se conseguissem uma entrevista com um professor universitario para discutir sobre este mesmo assunto, traria muito mais valor e conteudo,

    • Tozé says:

      Todos os temas merecem ser discutidos, mas já existe trabalho cientifico suficiente para dizer que radiações fazem mal.
      Caso contrário, porque o Conselho Europeu estabelece níveis máximos de exposição para a telefonia sem fio em ambientes fechados de 0,6 volt por metro quadrado (0,1 microwatt por centímetro quadrado ou µW/cm² ) ?
      Simples, porque faz mal.
      Ridículo haver este tipo de discussão em 2020… Faz mal, ponto paragrafo.

  5. James says:

    Cadê o link pra votar??

  6. Rui says:

    acho que o 5G é o principal meio de propagação do kovid

  7. Abreu says:

    Radiação nunca fez bem a ninguém, a longo prazo pode afectar as crianças, nossos filhos…pensem nisso

  8. Dark Sky says:

    “Concretamente nos últimos meses [a rede 5G] é definida como facilitador na propagação da doença COVID-19”. Em Portugal não é porque só há antenas, experimentais, em Matosinhos.

    “Assim, na nossa questão desta semana, pretendemos saber se considera que a rede 5G pode ser prejudicial à saúde”. “O qu é q´acha ?”

    Nunca achei grande piada ao “achismo”. Em certas questões, ou se está informado ou não está , não há nada para “achar”.

    O pplware foi dos mais devotos defensores do “5G Huawei”. Não lhe ficava mal fazer um post informativo sobre os argumentos a favor e contra o 5G em termos de saúde pública.
    O “DN” dá uma ajuda:
    https://www.dn.pt/dinheiro/a-conspiracao-que-liga-covid-e-rede-5g-12059916.html

    • Marisa Pinto says:

      Olá, temos vários artigos nesse sentido, como https://pplware.sapo.pt/ciencia/as-teorias-da-conspiracao-estao-erradas-o-coronavirus-veio-da-natureza/

      Quando ao ‘achismo’, pois estamos a falar de sondagens de opinião, logo, sendo uma opinião algo subjectivo, está associado ao ‘achar que’.

      Cumprimento,

      • Dark Sky says:

        As teorias da conspiração sobre o Covid-19 são uma coisa. A última de que me apercebi tem a ver com a vacina cuja investigação está a ser financiada por Bill Gates – o vírus precisa de um vacina, Bill Gates aparece com a dele e com ela vai controlar a humanidade!

        A questão do 5G é outra coisa. O 5G é, antes de mais um negócio – não há aqui nenhuma teoria da conspiração, é um facto. É legitimo perguntar, como fez a Suíça – antes de se avançar, os estudos quanto aos possíveis impactos na saúde pública são suficientes? Ou as empresas querem é o negócio e os governos europeus que não querem “ficar atrás na corrida do 5G com a China e os EUA” vão atrás?

        Lendo o artigo do “DN” tenho dúvidas. É o qu’ eu acho. Não voto nem sim nem sopas.

    • Telecom Blin says:

      O pplware defende a Huawei, tal como eu.

      A França não tem 5G e está como está.
      A Itália só tem estações pequenas e de testes, tal como Portugal

      Like… No

  9. PeterOak says:

    Gostava de conseguir votar.

  10. Tozé says:

    Telemóveis emitem radiação electromagnética, é prejudicial ? É.
    Conselho Europeu Resolução 1815
    https://cdn.impresa.pt/70d/31e/8979780/Council_Europe-Resolucao-1815-_2011_-perigos-campos-electr.pdf
    Calcula-se que entre 5 e 10% da população seja eletrossensível.
    Sintomas mais frequentes são dores de cabeça, insónia, irritabilidade, depressão e maior risco de cancro, segundo reconhece a Organização Mundial da Saúde (OMS).
    Acho penoso em 2020 andar-se ainda a questionar se faz mal ou bem, deve andar tudo esquecido, deve ser da radiação electromagnética…
    Carlos Tavares (Peugeot) também alertou para o perigo dos campos electromagnéticos gerados pelas baterias dos carros eléctricos…
    No meu modesto entender tudo o que gera radiação é mau, por consequência o 5G está no mesmo patamar.
    Mas a radiação que as pessoas mais gostam é da radiação solar, das outras nem por isso…

    • Robin Hood says:

      Deixa me ver:
      Radiação de telemóvel é prejudicial?
      Radiação eletromagnética é prejudicial?
      Campos eletromagnéticos de bateria de carros elétricos (que são as mesmas dos telemóveis) são prejudiciais?

      Conclui-se que não devemos usar smarthphones por final.

      Deveria colocar isso pra esses teóricos malucos, eles não vivem sem os smarthphones (que são o instrumento crucial pra espalhar as teorias malucas).

    • Space Cowboy says:

      Deixa de tentar manipular as coisas para servir a tua narrativa. Todos os tipos de radiação são prejudiciais, incluindo UV, e de certeza não deixas de ir à praia por isso. O que aqui está em causa é se o 5G é de tal forma prejudicial à saúde, que deveria ser descartado. Lamento que não tenhas tido a capacidade de ler entre linhas.

  11. Avlis says:

    Numa altura destas e nos próximos anos.
    Praticamente todos tem net por cabo, logo já é rápida.
    Quem quer retirar algo ou colocar da net faz via wifi em casa, cafe etc, pois os dados moveis acabam rápido.
    A rede de cabo e 4g chegam muito bem como se tem visto nestes últimos tempos com praticamente toda a gente em casa e a mesma tem aguentado.
    Em meu entender era melhorar o 4g e a rede de cabo, principalmente no interior que é uma vergonha, e só quando esta (4g) começar a não dar conta do recado passar para o 5g que já deve estar muito mais barato.

  12. PeterOak says:

    Obrigado.

  13. Andre says:

    Assim como se passou de 3G para 4G, e de 4G para LTE, o 5G é apenas mais um passo na nova geração de tecnologia celular, que engloba um monte de tecnologias em todo o espectro, lowband, midband e hiband. Não sei qual é a dificuldade em entender isso e diferenciar 5G de milimiter wave.

    • SANDOKAN 1513 says:

      Excelente comentário.Faço das suas as minhas palavras.Muito bem dito.

    • Space Cowboy says:

      Ditto, Andre.

    • leo says:

      4G é a mesma coisa que LTE, só que este último termo foi utilizado nos EUA enquanto cá na Europa falamos sempre de 4G.

    • Telecom Blin says:

      A ignorância não ajuda, e isto tornou-se ainda mais publico com a declaração de “guerra” entre os USA e a Huawei.

      Até, sim era falado, mas não nesta escala.

      Tornou-se tudo paranóico sobre espionagem e etc..
      Meus caros, se a China lhe der na cabeça de bloquear as comunicações em Portugal, não precisam do 5G para nada. Os CORES das operadoras são praticamente, 98% HUAWEI com CISCO e outros à mistura.

      Muitos equipamentos, por exemplo, EDP, usam serviços HUAWEI.

      Porque HUAWEI? Fácil de instalação e configuração, duram bastante, são baratos e simplesmente, trabalha como devia.

      Eu tenho mais dores de cabeça com CISCOS do que HUAWEI

  14. Dark Tree says:

    “Man claims EMF radiation is damaging trees across Gateshed UK”
    https://www.facebook.com/livelearnevolve/videos/2706458609599083/

  15. JCFB says:

    5G é overrated, mudem a minha mente.
    Ligas os dados móveis e passado 5 minutos tás sem dados. Para isso que se lixe o 5g, podiam era melhorar a qualidade de serviço da rede movel.

  16. Robin Hood says:

    Vcs estão gostando de alimentar teoria desses malucos acredito eu. Pra fazer uma enquete nessa altura do campeonato.

    Pensado melhor sobre o caso, temo em que essa tecnologia não seja implantada por medo de represálias desses malucos. Voltaremos a idade das trevas… uma pena.

  17. Bruno Nogueira says:

    O 5G faz tao mal quanto o microondas que tens na cozinha.
    A questão é que para muita gente, por mais estudos que se possam produzir, nunca chegam, porque o bichinho da teoria da conspiração não sai de dentro delas.

    Uma pesquisa básica dá para ver estudos em abundancia.

  18. eu2 says:

    Interpreto aquele “Não” como “Não mais prejudicial que as outras redes já utilizadas, como Wi-fi, Bluetooth, 4G”.

  19. Francisco says:

    É com cada doutor aqui, com cursos tirados durante a quarentena, em vídeos do youtube, feitos por outros auto-proclamados doutores, que nem sei como não estão a trabalhar na NASA e enfiados num laboratório em Marte!

    Mas nenhum se lembra que quem fizer dinheiro com isto também vai estar sujeito aos mesmos efeitos.
    Qual seria a ideia, morrer rico em cancro?
    Só teorias da conspiração, não há pachorra. Façam algo útil, desliguem-se da net e vão desinfectar o passeio com a língua.

    • Dark Sky says:

      Eh pá! Pede à Marisa que faça aí uma “poll” com as perguntas,
      Prefere:
      – Morrer rico, sabendo que pode morrer de cancro por causa do 5G
      – Morrer pobre/remediado, sabendo que pode morrer de cancro (mas não do causado pelo 5G)?

      Provavelmente surpreendias-te com as respostas.
      Nem há fabrico de produtos potencialmente cancerígenos para ganhar dinheiro? Os fabricantes de tabaco não fumam?.

      E mandar os outros desinfetar o passeio com a língua!? O confinamento está-te a fazer mal, vai lá comprar o telemóvel 5G. Mas ao menos informa-te das vantagens que isso traz.

      • Francisco says:

        Sem dúvida, há comentários que me surpreendem todos os dias!

        Estás a misturar situações. Sem pensar na questão de fumadores passivos, que estão sujeitos às escolhas de outros, a questão é que aí o fabricante tem escolha, fuma ou não fuma.
        Neste caso não, se estiverem na cobertura da rede, vão “fumá-la”, fazendo bem ou mal.

        Mas atenção, eu nem sou defensor do 5G, simplesmente não ligo a teorias no YouTube, nem nas mensagens reencaminhadas no WhatsApp; ao contrário de muitos aqui. Muito menos forçar as minhas opiniões repetindo o mesmo link 157 vezes e pedir a todos para verem – tipo testemunhas de Jeová dos tempos modernos.
        Certamente teremos vantagens brutais, mas não, não vou trocar de telemóvel a correr. Nem vou destruir nenhuma torre.
        Por isso sim, a quem ocorre tais ideias, tal como associar o covid ao 5G, pode e deve lamber passeios, porque m*rda às colheres já as anda a comer. Gajos tipo Bolsonaro, se estivesse entubado e em coma induzido não dizia tanta asneira.

        • Wishmaster says:

          @Francisco
          Precisamente…Só fuma quem quer e para evitar que outras pessoas sejam prejudicadas (fumadores passivos), é que se legislou sobre isso.

          Quanto à 5G, não podem impor. Todos estaremos expostos e não podem dispor do nosso corpo dessa forma.
          Não concordo contigo sobre as teorias no YouTube…É verdade que há muita informação falsa e exagerada, mas o que não se deve fazer é fechar os olhos por completo e arredar essas teorias, sem mais.
          Volto a dizer que o conceito “teorias da conspiração” está a ser usado de forma nociva para o pensamento e para o espírito crítico, está a ser usado para descredibilizar pensamentos ou teorias que, no fundo, poderão estar correctas.
          Aliás, existem pelo menos 6 chamadas “teorias da conspiração” que no passado vieram a confirmar-se serem verdade… Não quero dizer que se aceite também essas teorias sem mais, óbvio que não, mas também não devem ser imediatamente colocadas de lado (isto é muito perigoso, afastar-se o pensamento crítico).

          Dou-te um exemplo que descobri recentemente, os “chemtrails”, anda uma teoria a dizer que os aviões estão a fazer voos por zonas (passa de um lado para o outro várias vezes) e deixam químicos no ar para controlar a população ou controlar o clima. Ora, se não apresentam provas dos químicos e são ridicularizados por outros que lhes dizem que aquilo é a turbulência, assim caindo no descrédito, a verdade sabes qual é? É que efectivamente dá para influenciar o clima… E esta parte ficou descredibilizada…
          Pode dizer-se que a teoria estava parcialmente correcta, mas caiu no descrédito e o grande público viverá na ignorância, desconhecendo que o seu Governo poderá estar a influenciar o clima. (as experiências para o controlo do clima existem há muitas décadas, umas bem sucedidas e outras muito mal sucedidas. Uma das teorias da conspiração veio a revelar-se verdade sobre os EUA utilizarem o controlo do clima no Vietname….mas graças ao conceito “teoria da conspiração” e à apelidação da teoria dos chemtrails como tal, levou a que os chemtrails tenham sido ignorados…).

          • Francisco says:

            Wishmaster Concordo plenamente com a parte da importância do espírito crítico e descredibilização de teorias que até têm pontos verdadeiros.
            Mas não se trata disso, de dispensar o espírito crítico e teorias de todos os vídeos do YouTube, trata-se de receber a informação de várias fontes, e digeri-la. Reforço o ponto: várias fontes.
            E não impingir links a outros por serem fãs de um canal que falou do assunto. Pior que impingir links repetidamente, é depois de receber informação já manipulada, ainda manipular novamente e deduzir as tais associações 5G – Covid. Sem qualquer “observação de resultados” existente. Se não o continente Africano nem teria de se preocupar com a pandemia atual. E descender daí para a destruição de torres.

            São temas que ninguém domina nos dias de hoje, nem quem trabalha neles, e de certeza que se eu quiser saber mais informação sem o pingo de opinião/manipulação de alguém que se afirma ser um expert, e quiser apenas com observação de resultados (metodologia científica portanto), encontrarei dezenas de artigos científicos em sites de respeito, e que a audiência até são outros cientistas, não doutores formados durante a quarentena.

            Os governos vão sempre ocultar informações, pelo bem ou pelo mal dos comuns mortais.
            Ignorance is Bliss, e há muita gente que é melhor que permaneça na ignorância. Imagina se uma data de ignorantes tentasse invadir uma base da Força Aérea como a Area 51 porque acredita piamente que vão encontrar aliens… ou comprar 400 rolos de papel higiénico com medo de tossirem pelo rabo… ah espera… já aconteceu…
            Cada um deve consumir a informação, e digeri-la, entender, comentar, discutir… daí a impingir conclusões precipitadas a outros…

            Como todas as implementações, não o chamaria de imposições, porque se pensarmos assim é tudo imposto, 2G 3G 99G, IVA… até o vizinho que pintou a casa em cor de rosa choque! As coisas são feitas com as devidas permissões, cabe a quem tem o poder da decisão, de a tomar com bases bem fundamentadas.

            Quem visita este site, digo eu, quer estar a par das notícias tecnológicas do mundo, em forma resumida, para ter uma ideia!
            Se não não seria pplware, seria doctorware ou engineerware… E no final de cada post teria um teste, respondia às perguntas, e se tivesse tudo correto poderia comentar…. até que não era má ideia, visto que há muitos que nem lêem!

            Abraço afastado 2 metros

    • Wishmaster says:

      Nitidamente, não conheces o estilo de vida de muitos deles.
      Sabes que trabalhei algum tempo com um indivíduo que tem vários restaurantes, tem uma quinta (não vou dizer o país para não individualizar…) maior do que a área do Grande Porto, tem lá umas pedrinhas que ele não quer saber para nada e fica chateado porque lhe entram na quinta e esburacam na sua ausência. Cheio, mas cheio de pastel….à séria… 40 mil euros para ele é como 40 euros para mim e para ti…
      Não tem smartphone e não quer ter. Sem multibanco, sem cartão de crédito, etc…
      Rejeita todas as medidas invasivas da privacidade. “Eu não quero essa m*rda para nada”, ouvi dizer várias vezes.
      Naturalmente, não quer, pois, tem muita a gente a trabalhar para ele que recorrem a essas coisas e equipamentos!! lolol Assim também eu 😛
      E não é o único, já trabalhei com outros que são muito “off” e com ideias muito diferentes das nossas…

  20. ts says:

    responder Sim/Não a uma pergunta demasiada subjectiva não faz sentido. Se estiver com a cabeça enfiada duvido que faça bem, se estiver a 1km duvido que faça algum mal…

  21. Algo says:

    5G é prejudicial á saúde. Causa infertilidade, tumores cerebrais, e afeta o nosso sistema imunitário. Várias aves morreram na Holanda por conta das torres instaladas, então imaginem o que fará a nós com o passar do tempo. Enquanto nos distraem com o covid outras atividades e leis estão a tomar lugar. Tudo isto é para nos monitorizar e tornar nos dependentes da tecnologia.

  22. Hugo says:

    5G, 4G, 3.5G, 3G, 2.5G, 2G, gprs, GSM, wifi, microondas de cozinha, telemóveis, linhas de alta tensão, tudo faz mal.
    Desde que dê lucro esta tudo bem pra saúde.

    • AlexX says:

      Vinha dizer isso mesmo. Como eu, alguns apesar duma imensa minoria tiveram que sair dos grandes centros pós introdução massiva do 2G. Dores de cabeça, náuseas, perturbações no sono, etc foram alguns dos efeitos secundários. Todas as frequências que não as presentes na natureza são potencialmente nocivas. Obviamente que não afecta a todos, e da mesma forma o 5G só vai afectar uma minoria. Como tantas outras coisas, todos sabemos que o tabaco é um veneno mas não afecta todos, tal como nem todos adoecem por comerem apenas comidas processadas entre tantas outras coisas.

    • Telecom Blin says:

      espero que não estejas a usar nenhuma das coisas que disseste

      ahahaha..cyka

  23. Paulo Afonso says:

    Por favor vejam o que a Organização Mundial de Saúde diz sobre a pandemia do 4G:
    https://www.iarc.fr/wp-content/uploads/2018/07/pr208_E.pdf
    Ou em Português as diferenças entre 4G e 5G:
    https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/o-que-e-a-tecnologia-5g-e-quais-os-seus-perigos-537576

  24. PP says:

    Pergunta estúpida. Isto não é uma opinião, é um facto.
    Emite radiação? Sim.
    Radiação faz mal à saúde? Sim.
    Então a resposta só pode ser sim.
    Já estamos rodeados por milhões de dispositivos que emitem radiação, este é mais um. O sol sozinho provavelmente emite tanta radiação como estes todos juntos.

  25. Dark Sky says:

    “DN”:
    “Kits de auto-teste, apps de geolocalização. O plano de Bruxelas para sair disto”

    As especificações para as apps de geolocalização e o funcionamento do sistema coincidem inteiramente com o projeto da Apple/Google, que apoiei noutro post.

    Sem dúvida que são necessárias APIs comuns para Android e iOS. Já existem diversas apps, por exemplo em Espanha, a atrapalharem-se uma às outras, com baixas percentagens s de instalação baixas (a maior, em Valência é de 10%).
    Para o sistema funcionar, é preciso que a generalidade dos smartphones Android e IPhones tenham apps com as mesmas APIs e que a informação seja centralizada e gerida pela autoridade de saúde de cada país.

    https://www.dn.pt/mundo/kits-de-auto-teste-apps-de-geolocalizacao-o-plano-de-bruxelas-para-sair-disto-12071965.html

  26. Nuno Venâncio says:

    há 3 anos que se conhece no centro Europa o mal que o 5G faz à saúde.
    O uso do 5G é equivalente a um jacto de um canhão sónico usado para dispersar multidões.
    O 5G causa tanto mal à saúde que ao fim 3 gerações de utilização o ser humano fica estéril incapaz de se reproduzir.
    Eu ando a ler estas notícias sobre o 5G à já 3 anos porque vivia em França. Comparado com o 4G o dano do 5G é enormissimo, nem se compara !
    Se tivermos o 5G, então a partir daí é que todos vão começar a ter mais cancro, imunidade reduzida, dores de cabeça, etc.
    Não aceitem o 5G só para ter mais um pouquinho de velocidade…. e isto para quê? para termos menos qualidade de vida?

    • Wishmaster says:

      Verdade… Por isso a Suíça vai monitorizar atentamente os efeitos nas suas populações. O 5G está a ser instalado a toda a velocidade lá.
      Estamos muito bem com o 4G quanto a necessidades de tráfego e é um passo arriscado só para ter mais velocidade. Dão o exemplo de um filme com cerca de 2GB que no 4G leva quase 20 minutos a ser descarregado e no 5G nem 2 segundos demora…Para quê…? Sinceramente?
      Gostaria de ver que outras aplicações práticas o 5G permite que nos façam realmente pensar e avançar para a sua instalação, ou seja, que valham o risco que iremos correr.

      • Francisco says:

        A velocidade se calhar nem é o ponto mais importante para a maioria.
        Por exemplo:
        A quantidade de ligações que uma torre suporta
        Menor latência nas ligações
        Já se referiu até o fim da PUR e até dos limites dos dados móveis (que duvido)
        Suporte a qualquer tecnologia que dependa muito da conetividade, (entregas por drones em casa)
        Ligações que se mantém mesmo a altas velocidades

        Eu sou apologista que todo o país devia estar ao mesmo nível tecnológico antes de se avançar para outros patamares, 4G em todo o lado, fibra em todo o lado, depois sim, generalizar novas tecnologias.
        Não acredito que se alguma autoridade tivesse estudos comprovados que houvesse tanto mal à saúde, se avançasse a todo o vapor para o 5G. Como já referi noutro comentário… se alguma dessas afirmações fosse verdade, porque raio é que alguém a aprovaria num centro urbano… genocídio autorizado?

  27. Nuno Venâncio says:

    https ://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/o-que-e-a-tecnologia-5g-e-quais-os-seus-perigos-537576
    Neste site podemos ler o seguinte:

    “Se considerarmos que com a tecnologia atual (3G e 4G) estamos expostos a níveis de radiação electromagnética milhares de vezes acima dos recomentáveis pelo “Building Biology Evaluation Guidelines”, com a tecnologia 5G ficaríamos expostos a níveis milhões de vezes acima do tolerável.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.