Quantcast
PplWare Mobile

Queda nas vendas pode fazer a Samsung suspender produção na fábrica chinesa

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. hommer says:

    fracas vendas e aumento de custo de mão de obra, deixem de ser garganeiros e metam os equipamento a preços mais competitivos e vão ver que as vendas aumentam, agora aos preços praticados com a quantidade de equipamentos que existe no mercado a preços mais baixos, o pessoal já começa a pensar face ao uso se compensa ir dar tanto dinheiro por um smartphone…

    • Mateus says:

      Falas porque queres um e o preço é elevado. Mas a questão aqui é que os fabricantes chineses (e não falo só de telemóveis) fruto de roubar patentes, copiar ideias, salários baixos e outros mais lançam aparelhos a preço de saldo. No entanto poupam nos ecrãs, Câmaras, baterias e resistência do vidro. No entanto vê a Huawei que alguns dos seus topos de gama pede um valor tão alto ou mais que a Samsung e nem Gorila Glass oferece.

      Agora como muita gente o que quer é aparentar ter um iPhone ou S9 independente de ser mais fraco, desde que seja mais barato e parecer o mesmo… Mas não é, por muitos updates esse software que tenham (o software sai-lhes quase grátis)

      • hommer says:

        tens de deixar de fumar disso que faz-te muito mal…

      • Renato Nismo says:

        não se trata de topos de gama..
        trata-se de galaxy J que custam 200 ou 300€ que levam coças de um Redmi 5 de 90€ em desempenho e bateria,

        há samsungs intermédios que custam 600€ e nada têm a ver com topo de gama de outras marcas que oferecem o dobro ou triplo e custam metade

        quase 1 década a samsung sempre quis produzir telemóveis de baixa e média gama com piores specs que as concorrências e a custar o dobro, sempre foi assim e o karma a fazer efeito

        falam mal é com razão, e eu não gastava em nenhum samsung, não valem o que oferecem.

        • Enfim... says:

          “trata-se de galaxy J que custam 200 ou 300€ que levam coças de um Redmi 5 de 90€ em desempenho e bateria”
          Bela comparaçao para comecar…
          Os redmi custam apartir dos 110€ sem ser em promoçao..
          Adiciona os 23% do IVA (+23€) e ja vais em 133€…
          Adiciona custos de garantia, custos de envio, etc e se fores a ver vais pagar mais que um J…
          Alias… basta o teu redmi parar na alfandega para ja te arrependeres…
          Comparar preços com IVA e sem IVA, sem garantia, sem nada… Boa comparaçao…
          Isto para nao falar das supostas “coças” que dizes que da…

        • Renato Nismo says:

          – gearbest da espanha com 2 anos de garantia, assistência na espanha
          – cupão de desconto ou pontos GB para quem faz muitas compras,
          – envio por priority line que garante que não pára na alfândega e caso pare, o que é muito raro, a gearbest tem de devolver,
          – pagar por paypal que é mais seguro e ajuda quando corre mal

          com tudo isto, consegue-se as melhores compras.
          Mi 8 6gb – 350€
          Mi 8 se 4gb – 260€
          Mi A2 4gb/32gb – 200€
          redmi note 5 3gb e 4gb – 136€ e 163€
          Redmi 5 Plus 3gb – 120€
          Redmi 5 2gb – 90€

          não precisas de iva para nada, já demos de tudo mais que o suposto ao estado,
          os telemóveis que mencionei são de cada gama que têm concorrência directa ao mesmo nível de certos modelos da samsung que custam o dobro a triplo.

          cá em casa ela usa Redmi 5 de 3gb e não chegou a 100€, agora vê quanto isso custa em média em pt, e qual é a concorrência directa ? samsung j7 2017 acho eu, devido a specs semelhantes e isso custa mais que o dobro

      • Pérolas says:

        Uma amiga que trabalha em RH estava contar-me que uma funcionária enviou um e-mail ao chefe de departamento a comunicar que no dia seguinte ia chegar mais tarde, não interessa o motivo (era legítimo), mas, no final da mensagem dizia «Enviado do meu iPhone». Moral das história, estava na calha para ser aumentada porque achava que ganhava pouco e já não vai ser… o mesmo valeria se a menssagem contivesse «Enviado do meu Samsung S9». Dito isto fiquem-se pelas seguintes mensagens: «Enviado do meu Samsung» ou mais inócuo «Enviado do meu Android». O povo ao comprar só para dar ares de mais aparência ou status pode-se lixar…

  2. pedro says:

    … demorou, mas o cliente mais tarde ou mais cedo “abre a pestana” …. o mesmo se aplica aos iPhones !!!

    • Paulo says:

      Os iPhones estão a vender bem. Agora não admira que a samsung não venda como esperado, a inovação destes modelos foi quase nenhuma.

      • Pérolas says:

        Não tem a ver com isso, tem a ver é com o potêncial de «favaware» que pode vir no bolo… A proveniência é importante meu caro… exemplos é o que não faltam para ai.

      • Toni da Adega says:

        Também é uma questao de preço.
        Olhando para os topos de gama será que compensa pagar mais 300/400€ por um dispositivo? Que retorno é que se tem para compensar o dinheiro extra

        Na gama média ainda pior, qualquer marca chinesa custa praticamente metade e no final faz exactamente o mesmo

      • Ney Vigas says:

        A Apple também já sabe que, se não diminuir seus preços, vai perder clientes e diminuir sua participação no mercado mundial. Vejamos os recentes rumores: iphone com lcd, macbook air de entrada… Não é que vão se tornar mais baratos, tendem a ficar menos caros. Muitos ao verificar o preço de um topo de linha e verificar estes possíveis de entrada, vão achar um excelente negócio e vão acabar comprando! Pra mim: S9 ou S9 plus ou Iphones são todos muito caros, principalmente aqui no Brasil e fora daqui menos. Os chineses também jogaram seus preços pra cima pois viram alguns pagando absurdos por alguns modelos, contudo, ja perceberam que seus estoques estão encalhando e começaram “incrivelmente” promoções com significativas reduções.

    • Pérolas says:

      Pois é! A PROVENIÊNCIA é cada vez mais importante e não sou só eu que tenho esta opinião…

  3. Pérolas says:

    Uma fábrica na europa é que rendia…

  4. Carlos Silva says:

    A tecnologia dos fabricantes chineses até pode ser inovadora, mas ninguém bate a Samsung no que toca à segurança de utilização pois é a marca cujos smartphones menos radiação emitem.

  5. LushinK says:

    Esta é fácil, do S8 para o S9 a diferença é muito pouca, e o preço é muito alto.
    A Apple acaba por ser igual se pusermos o X de lado, mas tem o sistema operativo proprietário que as iSheeps gostam e não largam.

    • Enfim... says:

      Nao… Essa tua ideia esta completamente errada…
      Os iPhones sao quase todos iguais uns para os outros e vendem..
      A questao é que as pessoas compram um iPhone / S8 / S9 para se exibirem. Nao porque e melhor.
      Logo se o novo e o antigo nao tem diferenças visuais, o S9 ate podia ser 500x melhor que o S8 que as pessoas compravam o S8 e ainda diram que e o S9 para se passarem de ricas.
      Exemplo disso? As pessoas feitas malucas atras de capas de 1€ nos chineses com um smartphone de 800€+ na mao…

  6. Ricardo says:

    A concorrência é forte por aqueles lado. Concorrência chinesa claro. As empresas têm que ajustar a sua produção mediante o que vendem. Funciona assim para todos. Quem me dera, que a minha empresa tivesse os problemas da Samsung

    • Magnum Sandwich says:

      Então não eras jogador da bola na Arábia noutro post?

      Jogam só com 10 ou 9 quando estão a ficar para trás no campeonato?

      • Ricardo says:

        És mesmo nabo Helder.
        Jogador de futebol, mas tenho uma empresa de construção e arquitectura também. Há que pensar no futuro, próximo mês faço 30 anos, faço os investimentos que quiser.
        Só te enterras a cada post que escreves em relação a mim.
        RMMB.
        Ricardo Machado, Monica Bento.
        https://i.imgur.com/8GcMuKp.jpg
        Helder, por favor, daqui a pouco estou a mostrar te a minha conta bancária. Só falta mesmo isso. És um triste.

      • Ricardo says:

        O meu comentário tá a espera de aprovação.
        Helder, vou te responder a segunda pergunta, á primeira já respondi, mas está em moderação.
        Quando a equipa está com dificuldades financeiras, tentam vender algum jogador, ou tentam renegociar o contracto, fazem o que for possível para baixar o orçamento. Tal como a Samsung fez, mas as fábricas principais, estão lá. Tal como os jogadores principais estão numa equipa. Queres fazer analogias, pelo menos faz da forma correcta.

      • Ricardo says:

        Que se passa Helder, bloqueou o teclado do teu iPhone?

  7. neo says:

    A Samsung teve um grande salto no S7 Edge, quer nas características de HW como a nível de design.

    Todos os novos modelos a seguir foram ligeiros refreshs de HW do modelo antecessor, o que leva a questionar sobre a necessidade de trocar por um novo equipamento, especialmente qdo os preços subiram bastante.

    Em paralelo existem várias marcas Chinesas, umas mais conhecidas e outras menos, a elevarem a fasquia de qualidade dos seus equipamentos a um preço mais modesto.

    Por seu turno a Samsung com a sua política de gestão de produto que lança num ano o Galaxy e 6 meses depois o Note, faz com que muitos se retraiam a aguardar por um ou outro equipamento.

    Por fim como agravante, a atualização de sw e fw da Samsung é uma vergonha, como é que o maior fabricante Android é dos últimos a aplicar patchs de segurança e evoluir builds Android???

    A Samsung no S10 terá a oportunidade de ouro para se renovar, quer na oferta como em mentalidade, certo é que se não o fizer em ambas as vertentes, assim que surgir uma oferta Chinesa com HW certificado em IP68, faço certamente outra aposta na próxima aquisição.

  8. Magnum Sandwich says:

    As pessoas mais tarde ou mais cedo cansam-se e aprendem.

    Aquele marketing jucoso que levou a Samsung para a ribalta arrogando para si o direito de se comparar com a Apple? Não dura para sempre.

    Samsung vai ter uma morte lenta e dolorosa enquanto as chinesas a substituem.

    Enquanto isso, é lindo de se ver a azia dos fanboys nas redes sociais…

    “Ah, mas não tem o notch”… não tem o notch porque a Samsung foi processada pela Apple uma vez e perdeu e pode perder outra vez…

  9. Pedro says:

    É curioso os comentários. Uns anti outros fãs.
    A Samsung tem d rever a sua política, e ponderar bem as suas gamas.
    Em mercados tido emergentes, apresenta modelos “prime” e “pro” q não surgem na Europa, sem amoled, mas LCD e com mais RAM e ROM.
    Ora tenta ir d encontro ao q as chinesas fazem tb.
    As gamas baixas e médias baixas estão caras para akilo q oferecem, pois temos equipamentos entre 120 a 160 euros das oriundas marcas chinesas a oferecerem melhor CPU, mais RAM e ROM, câmaras duplas, IA pra deteção d cenários e melhoria de fotos etc.
    Desde o s2, ao s3, a 3 s4, 2 note 4, e últimos um j7 e um s7 edge, q eu vi q a evolução ao nível de interface melhorou, os ecras sempre foram os melhores e os processadores exynos conseguem uma eficiência excelente entre performance e duração da bateria. Mas os preços são demasiado altos, demasiadas gamas A e J, tanto na Europa como mercados emergentes, sem falar na gama C.
    E demasiado medo em arriscar como as outras marcas, câmaras duplas só nos topos de gama e tarde, agora vêem se em gamas médias. Falta processador intermédio pra rivalizar s660, ou s710, assim como Kirin 710.
    Pq descontinuar o processador do s7 e não ultizar noutros modelos ao longo do ano ou a lançar?
    Depois coçam a cabeça pq o lançamento do A8 veio tirar vendas ao S8. Vejam Xiaomi e Huawei, as vendas continuam em alta nos topos de gama e lançam produtos com qualidade e boas especificações sem medo de perder vendas.
    E curioso pq a Apple não processa as marcas q copiaram o Notch? Sera q a Samsung seria processada? O primeiro Notch veio no essential phone. E no entanto não ouvi falar em processos ou parente de Notch… Tudo vai atrás do q vende, mas Samsung e Apple teem d estar sempre em guerra…

    • Pérolas says:

      Tenho de concordar que a appl€ não tem um grande variedade de gamas e identifica-se bem com o target do povo a que quer chegar. A samsung, parece-me, que tem demasiada variedade e escolha, mas, talvez seja eu a queixar-me por haver demasiada escolha e perder-se mais tempo na escolha…

  10. Ricardo says:

    Apple may have found a brilliant way to bring fingerprint sensors back to all-screen iPhones
    Parece que afinal o Face ID não está assim tão famoso. Sendo verdade, espero que volte mesmo.
    https://bgr.com/2018/08/15/iphone-x-plus-release-date-soon-next-gen-touch-id-after/

  11. Filipe Ezequiel says:

    O pessoal já não se atira de cabeça e prefere esperar para ver que problemas apresentam etc… o meu S9 plus que me foi entregue logo após o seu lancamento, já apresentas montes de problemas no ecrã, desde problemas com o touch no ecrã, metade do ecrã apresenta uma cor avermelhada a outra está branca é uma alegria, por acaso nunca tinha tido problemas com a linha S da samsung há sempre uma primeira vez, o S9 dá a ideia de que tal como o note 7 foram feitos à pressa, enfim…

  12. Nildo says:

    Primeiro, único e último e nunca mais samsung que possuí foi o S5, não vale o preço que está a venda, há dezenas de outras marcas que oferecem o mesmo (gama alta) e as vezes até melhor (gama de entrada e média) com 2 ou 3x menos euritos como já foi dito acima, hoje em dia samgsuga e aifone só tem três classes de consumidores, fanboys, ricos, e os que gostam de aparecer, tipo, olha tenho um aifone!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.