PplWare Mobile

Não há concorrência nas telecomunicações…


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Graziano says:

    Mas será que alguém tem dúvidas acerca da concertação de preços? Sempre fomos roubados e continuaremos a ser. Porquê? Porque é cultural. O problema deste país é um problema cultural. Eles sabem que nos podem roubar porque não existe regulação nem fiscalização, e nós sabemos que somos roubados mas na maioria das vezes não reclamamos porque não o sabemos fazer. Os tarifários, os telemóveis, todos os preços são iguais em todas as operadoras, elevados, caríssimos, um roubo enfim. Um país só é forte quando a sua educação é forte. Nós cada vez cortamos mais na educação, temos os resultados à vista. O que tem isso a ver com concertação de preços, dir-me-ão vocês. Pois tem tudo a ver. Em terra de cegos quem tem um olho é rei.

  2. Fernando says:

    Eu mudei para a UZO. Pelo menos pago a 16 cêntimos por minuto para todas as redes, sem carregamentos obrigatórios. Aproveitei o meu telemóvel da TMN e numero. E como a maioria dos meus contactos são da TMN, eles não serão afectados com as chamadas para mim. Não encontrei mais barato. Mesmo 16 cêntimos é o dobro da media europeia. So desce para 8 cêntimos se carregar 15 euros por mês. como não é o meu caso, paciência!

  3. Paulo says:

    Cartelização. Só os nossos reguladores não vem isso ou será mais não querem ver isso?

  4. Rui says:

    Se fosse só nas telecomunicações já não era mau.
    Electricidade, combustíveis, etc…
    @Paulo, eu atrevia-me a dizer… em vês de não quererem ver, o mais provável é serem pagos para não ver.

  5. Chirucca says:

    Basta ver e comparar os tarifários praticados pelas operadoras. Praticamente basta ver uma operadora, e o resto é praticamente igual. São diferenças de cêntimos, e/ou de um ou outro pormenor.

    É lamentável que só a ANACOM, não vê a concertação de preços.

    Bom fim de semana a todos

  6. João says:

    O que o artigo diz não é novidade nenhuma…

    Por causa de morar num sítio relativamente longe da central e, por consequente, a ligação adsl ser uma porcaria (menos de 1 Mbps), mudei para banda larga móvel.

    A forma como escolhi foi mais ou menos a mencionada no artigo, dado os tarifários nas 3 operadoras serem iguais e estarem todos limitados a 15 GB, após os quais sofro uma redução de velocidade brusca (para 128 kbps). Independemente de reduzirem para 128 kbps, nem sequer navegar na net consigo (isto é relativo à única experiência que tive até ao momento), como tal a redução é teórica… Na prática, a meu ver, acaba por ser um corte do serviço…

    Mas enfim, é o país que temos…

  7. Paulo says:

    Que não venham com tretas dizer que as operadoras não tem “espaço de manobra” para baixar preços, eu preciso de um tarifário acessivel para o ipad, já pago um balurdio de net em casa, quando saio porta fora se preciso de net no tablet ou pago mais de 15€/25€ mes por um contrato (mau e lento) ou pre-carregamentos de 24 dias ou 750mb, já parece os preços da net a 56kb. e ainda vem aí o aumento do iva ajudar à festa.
    De facto penso que a Europa (não é só Portugal) tem de acordar de uma vez por todas e criar sistemas que regulem e monitorizem tanto as telecomunicações como os combustiveis e todas estas areas onde a concertação de preços é óbvia.
    Se vivemos numa “união económica” europeia era bom que as coisas fossem levadas mais a sério. temos imensos boys por cá.

    • Bruno Fernandes says:

      Tens dinheiro para estoirar num tablet e não tens dinheiro para lhe dar de comer? Estranho. É um mesmo que comprares um carro à espera que te façam preços baixos no combustível. Ao comprares já sabes ao que vais!

      • diogo says:

        hahaah exactamente o q pensei, muito bom!

      • jasus says:

        lol…nem mais. 😀

      • Paulo says:

        amigo bruno, eu passo o dia TODO em casa a trabalhar no PC, utilizo o tablet práticamente só ao fim de semana para fazer uma gestão de servidores dos quais sou administrador, o tablet foi-mo dado por um cliente para abater a uma divida que ele tinha para comigo da construção e manutenção de sites, a divida tinha já mais de 1 ano e meio e eu ou aceitava o tablet dele ou ficava sem o dinheiro durante quem sabe mais um ano, dois, a tua opinião a sua razão mas a vida dos outros não é tão simples e linear quão as criticas básicas e prematuras que por aqui se vê assim como julgamentos pessoais sem se saber como a vida dos outros corre.
        Sim tenho um iPad, em vez do dinheiro, porque o meu cliente preferiu gastar dinheiro em bens do que em pagar, depois acabou por mo dar e ainda me deve muito dinheiro.
        E como não ando a nadar em dinheiro, tar a dar mais 20€ alem da net da casa que me obriga a ter um pacote XPTO da tvcabo para poder ter uma velocidade decente para usar o tablet ao fim de semana parece-me MAU.
        mas pronto já são justificações a mais que estou a dar a estranhos.
        só para não ficarem a pensar que sou doido ou coisa parecida.
        obviamente se tivesse comprado o tablet a pronto teria supostamente dinheiro para ter net no tablet e em mais 5 ou 6 telemoveis e 2 casas.
        (seguindo a tua logica)

        • ValenteL says:

          Eu comprei mesmo um Galaxy Tab 7″ na TMN por 299 €, estava em promoção em Maio. Mas tive que aderir por 12 meses a um cartão InternetPad em que pago 15 € por mês para um plafont de 1GB/mês a 7,2 Mb/seg. Para saidas para locais sem WiFi até me chega e a velocidade até é boa.
          Agora nos outros cartões pré-pagos a velocidade é que é uma lesma, a 1 Mb/seg.
          Este Tab até é telefone e o cartão InternetPad também tem vóz, só que nunca telefono por ele, as tarifas por aqui são proibitivas.

          • Paulo says:

            por acaso o ipad tem uma vantagem excelente, o face time.
            mas precisas de alguem com um iphone ou um ipad para usar. peca muito por isso.
            eu tenho mesmo a sensação de que vou ter de fazer um contrato como o teu, todas as tarifas em pre-pago são anedóticas. nenhuma me parece compensar.

          • Valente says:

            Este InternetPad a 7,2 Mb/seg até não está mal. E agora baixou de preço, anda pelos 12,80 € por mês para o mesmo plafont.

            (Hoje baralhei-me no nome)

        • euqrop says:

          Só um a parte, há tablets por 80 euros !!!
          Pago 35 euros por net em casa ilimitada, e tenho que pagar 25 por meia dúzia de megas na net móvel a velocidades deploráveis ???
          Na realidade estou a pagar mais por um serviço pior!!! na minha opinião só compra quem precisa mesmo ou quem não sabe mesmo no que se vai meter.

          • Alohomora says:

            eu tenho um cartão optimus e-escola 5€/mes por 2Gb e 3Mb/s . Comprei um mifi na amazon, meti o SIM lá, e tenho net no tablet/telemovel e portatil, em qualquer lado, a qualquer hora. Como é só para utilizações esporádicas chega-me perfeitamente esse tráfego.

  8. Valente says:

    Concertação de preços, não direi. As 3 operadoras não se juntam (ou juntam?) para decidirem, vamos tratar de novas tarifas?
    O que acontece, quanto o mim, é um seguidismo. Se uma baixa ou sobe as outras vão logo fazer o mesmo para não perderem clientes. É a concorrência do seguidismo.

    • Não se juntam? Eu acredito que se juntam mesmo!

      • Maneki says:

        Obviamente que não. Simplesmente quando uma operadora cria um novo serviço ou pratica preços diferentes de serviços já existentes, as outras vão logo atrás para não perderem clientes!

        • kioz says:

          As outras irei atrás é o que nos vemos, na realidade penso que ja se juntaram para planear qual vai lançar primeiro….

          Pois para não perder clientes e ainda conseguir ganhar mais alguns podiam criar serviços mais baratos para concorrer com a concorrencia…

        • JGomes says:

          E quando uma operadora sobe o preço de um serviço, as outras vão logo atrás a subir de igual modo os preços também para não perderem os clientes!!! 😀

    • roliveira says:

      Valente, sem ofensa … e não é por nada… mas tu tal como outros leitores aqui do pplware devem ainda acreditar no pai natal.

      Só te deixo um link, para ponderares a tua opinião e vou citar um excerto:

      http://forum.pplware.com/showthread.php?tid=8138

      “No ano passado, os três operadores móveis anunciaram um aumento de preços de 2,5%. A TMN anunciou o aumento a 16 de Janeiro, seguindo-se no dia 17 de Janeiro a Vodafone e no dia 28 de Janeiro a Optimus. A TMN e a Optimus aplicaram o aumento a 1 de Março de 2006 e a Vodafone a 5 de Março.”

      Um dia de distância aumentam os dois o mesmo preço? A ANACOM é que das duas uma, ou tem sido de facto muito dificil para ela provar isto, ou andam a dormir 🙂

    • BlinZk says:

      Concordo!
      E devido à minha profissão, sei que é isso que acontece!
      Um operador lança um novo tarifário, ou altera as condições de um existente… e no dia (ou dias) seguintes, a concorrência apresenta uma proposta ou alteração idêntica!
      Eu chamo-lhe reação ao mercado e não concertação!
      No caso das comunicações, não me parece que exista concertação!

  9. Zé Jesus says:

    É vergonhoso!Vi na revista Android Magazine Italiana que 3gb de tráfego no telemóvel por mês fica a 5€. Eu pago 5€ por 100mb que não dá para nada..enfim, as operadoras fazem o k querem!

  10. FerreiraL says:

    Alguém envie esta noticia à Autoridade da Concorrência sff… parece que alguém andou a fazer o trabalho deles, e assim pode ser que façam alguma coisa já que ultimamente não levantam o cu da cadeira…

  11. Xe0n says:

    Não pondo totalmente de parte a hipótese da concertação de preços, penso não ser assim extremo, o caso. Julgo que que a situação actual de preços resume-se ao seguinte. Há um Operador que se dispõe a descer o preço ou oferecer determinado novo serviço e as “Marias” vão com este. Simples. Quem tem a maior fasquia de mercado e, por conseguinte, mais possibilidades para ofertas de serviço e preços baixos é a PT, mas que segundo os próprios não pode fazer melhor, pois são condicionados pela ANACOM com o intuito de proteger as operadoras menores, sem poder financeiro nem logístico, para concorrer caso não houvesse tal “travamento” na PT.
    Não obstante, “isto é tudo muito bonito falado”, não tenho a certeza se será a realidade da situação em causa.

    • maviii says:

      Normalmente que mais os defende tb deve comer… não digo que seja o caso, mas aqui os patos são sempre os mesmos! Mal posso esperar que os espanhois entrem no mercado.

    • ValenteL says:

      Mas é mesmo isso, já houve casos em que a PT e a TMN pretendiam fazer melhores preços e a ANACOM não deixou por causa dos outros!!!

  12. André says:

    O quê falta de concorrência nas telecoms? Estão a Brincar! Naaaaao! nada disso! Existe concorrência! 🙂 Não se vê?!

  13. RaCcOn says:

    Se fosse só por aí o problema…
    Há sem dúvida, mas não creio que seja tanta quanto querem fazer parecer…
    Autoridade da concorrência, mas ainda existe alguém que acredite nesses?

  14. Sempre soube que estávamos e estamos a ser roubados, somos tal e qual fantoches e fazem o que querem connosco!

  15. O meu protesto consiste em ter um plano sem carregamentos obrigatórios ou seja carrego quando quiser cerca de 5 eur em 2, 3 meses praticamente não faço chamadas porque não necessito. Tudo é através de wifi na escola, na faculdade, em casa, Macdnlds etc : WhatsApp e iMessage para sms ou uma mensagem no FB ou twitter ou email.

    • viperbruno says:

      Se o skype (ou outra tecnologia voip) estivessem banalizadas tb podia fazer isso. Tudo teria de começar pelas empresas. Tal como agora na TV só se vê links para o FB, as empresas ao darem o seu contacto, davam o seu nome de utilizador do skype
      (existe soluções empresariais que permitem varias chamadas: http://www.skype.com/intl/pt-br/business/skype-connect/

      Só que existe os inconvenientes, que é o facto dos planos de dados serem uma miséria e que fora desses meios que referistes teríamos de nos submeter a esses tarifários, alem da questão da bateria, que rapidamente se esgota numa chamada voip.

      Mas hipóteses existem, é preciso é implementa-las para o boicote as operadoras possa acontecer!

  16. Glauco Bueno says:

    Por um momento, eu achei que estava lendo uma reportagem sobre as operadoras do Brasil…
    “Qualquer semelhança, é mera coincidência… ou ao contrário”

  17. NF says:

    Acho que não é preciso gastar dinheiro em estudos… é mais que óbvio. Tal como nos combustíveis, basta olhar para os painéis electrónicos nas auto-estradas.

  18. camase says:

    Realmente só neste País que as operadoras fazem o que querem, senão vejamos como é possivel em França e outros Países ter o serviço triplay superior(exemplo chamadas internacionais UE, gratis todos os dias e a qualquer hora) por 29,90€ e aqui sabemos como é este preço nem vê-lo.

  19. serva says:

    Caro @Graziano e @Rui , faço das vossas as minhas palavras , os 2 disseram tudo praticamente , penso só reforçaria o que timidamente foi escrito por um dos nossos leitores que é a questão já mais que conhecida de venderem gato por lebre , isto nota-se mais na internet móvel , mas também existe situações na fixa .

    Estes Srs escrevem nos seus panfletos publicitários e campanhas na rádio e tv que o consumo é ilimitado , bom na realidade não o é de forma alguma , o que acontece é que estabelecem um tecto de consumo de 5GB (exemplo só) e depois dos 5 Gb a tu velocidade cai para os 128 Kbs , o mesmo é dizer que ficamos sem serviço , isto é uma vergonha e consiste no que se poderia chamar de publicidade enganosa , que eu não compreendo como é que o regulador neste caso a ANACOM não proíbe este tipo de práticas enganosas , confrontei a minha operadora que me disse textualmente que tomaram esta medida para evitar surpresas na factura ao final do mês , eu só disse mais eu não contratei um serviço ILIMITADO que é o que os Srs têm escrito bem escarrapacho nos tarifários .

    De facto é uma vergonha e alguma coisa deveríamos todos de fazer criar um mês de boicote as operadoras com cancelamento maciços dos contratos , logo veríamos se isto não resultava num quadro novo .

    Vamos ver o que dá o 4G , as últimas noticias apontam para que a Zon também entre na corrida , e quais são os tarifários que vão daqui sair , mais velocidade para que se depois tens os consumos restritos .

    Aceitem os meus sinceros cumprimentos

    Serva

  20. Sérgio says:

    Nos últimos dias tinha andado exactamente a dizer isto a várias pessoas. Andei a comparar os tarifários da tmn e da vodafone e eles são praticamente iguais

  21. Bruno Bettencourt says:

    O que não se percebe é como raio a vodafone tem uma variação de preços da espanha para aqui, por exemplo.

  22. CMatomic says:

    Gostava que o pplware , fizesse um artigo , para pessoas perceberem quanto pagam para ver televisão em Portugal em relação outros países da Europa , que alternativas livres têm em relação aos serviços pagos, entre Portugal aos da Europa , estarei disposto a colaborar.

  23. serva says:

    Caro @Bónus Betclic ,

    Boa tarde , no caso dos combustíveis e mais concretamente das diferenças existentes entre a Galp Espanha e Portugal , uma parte pode pode ser explicada elas diferenças dos impostos que cada um dos Países cobra , mas de facto só explica parte , porque de fonta segura sei que em Espanha a margem de profit da Galp é inferior a margem em Portugal , será que nós ainda temos de pagar pela Internacionalização das empresas Portuguesas ? …. é de facto um escândalo .

    Cumprimentos

    Serva

  24. Hugo Pires says:

    Por aqui é uma vergonha. Concorrência no fixo não existe, e ainda por cima só tenho 2Mbps(ADSL), e sou obrigado a pagar assinatura de telefone(ou plano económico) à PT, quando em zonas onde existe concorrência isso já nem existe. Para piorar as coisas, as velocidades de banda larga móvel são ainda piores, e TMN e Vodafone ainda tem o descaramento de dizer nos seus sites que existe cobertura para 21Mbps.

    • SexOnaSal says:

      à uns anos tentei meter sapo fibra, a minha casa fica a 30metros da rua, todos na rua tem cobertura,, mas a mim dizem que não tenho (é como se a casa n existisse)

      Não querem tar com trabalho a puxar cabo cá para baixo, mas também, tendo serviço adsl clix, quando meter fibra, não será meo, nem sapo, apesar de melhor qualidade ! Perderam um futuro cliente.

    • je says:

      Pede o Meo com televisão, vais ver a velocidade aumentar que é uma maravilha! Até passam cabo de cobre novo, ou fibra óptica conforme o sítio, se for preciso!
      E depois se não estiveres satisfeito com a televisão, cancelas o Meo passado 1 ou 2 anos… mas a velocidade da Internet manter-se-á alta.

  25. Ricardo says:

    LOL, foi preciso a deco estudar para concluir isto? dinheiro perdido lol.
    a culpa é do consumismo, nós (eu não fujo infelizmente) não olhamos a contas para atingir as “pseudo”-necessidades. As chamadas estão caras?? lol as pessoas não deixam de estar horas ao tlm, não deixam de ter internet a velocidades xpto e depois só vêm mails etc etc.
    E depois existe a famosa cartelização dos preços, aqui não sei se será totalmente verdade, pois acredito mais no monopólio de uma companhia que força a concorrência a praticar os mesmos preços.

  26. @Senh0r says:

    só agora é que viram , eu já tinha dado por isso. Inclusive fiz uma reclamação para a ANACOM e nada disseram ou fizeram… Viva Portugal!!!

  27. Ryan says:

    Chamemos as coisas pelo nome… A isto eu chamo cartelização. Isto só prova que os Institutos com nomes do catano no fim só servem para servir de tacho para os amigos de quem está no poder. Se aquilo fosse realmente autoridade para a concorrência a coisa era diferente. Haveria muito mais autoridade para mudar muita coisa e servir melhor o cliente. Quando a velocidade é reduzida e os preços cobrados são imensos qualquer coisa está errado. Se a DECO viu alguma coisa porque não viu nem a ANACOM nem a Autoridade para a concorrência. Quer dizer somos roubados pelas operadoras, pela ANACOM e pela Autoridade para a concorrência. Como é que podemos confiar na política. Cada vez tenho mais vontade de me por a andar deste país. Em todo o lado do mundo se rouba mas acho que no nosso caso já batemos fundo.

    • je says:

      Técnicamente só é cartelização se eles se reunirem e combinarem, aparentemente eles são mais espertos que isso, andam sempre a ver o que os outros estão a fazer, mal falam em aumentos de preços, os outros aproveitam a maré, quando falam em redução de preços ou novos planos mais baratos, bolas pá.. já nos lixaram! Mas pronto, temos de seguir, ou corremos o risco de perder clientes, porque podem (em teoria) mudar todos para o novo operador, e hoje em dia, até mantêm o número e tudo.

  28. CMatomic says:

    27 de Novembro de 2011 às 1:56 pm
    O seu comentário aguarda moderação.
    Qual a razão de levar tanto tempo ate ser aprovado ?
    O comentário esta em desacordo com as vossas regras ?

  29. Carlos D says:

    Acho este estudo uma grande treta, pelo simples motivo que existem coisas no mercado Português a nivel de telecomunicações que o tornam diferente dos outros a nivel europeu. Em Portugal grande maioria das pessoas tem pre-pagos, no resto da europa grande maioria tem assinaturas dado que os pre-pagos tem preços proibitivos. Companhias de telecomunicações a prometer mares e fundos, isso e como em Portugal, o problema e se o serviço realmente vai funcionar como eles dizem….o que normalmente não acontece. O que se paga por internet movel e as limitações que colocam a nivel de internet de 100mb, 200mb e afins…isso tambem acontece noutros paises. O tarifario que tenho no meu telemovel tem internet ilimitada, tal como a internet que tenho em casa,mas mesmo aqui no Reino Unido e quase caso unico, onde a maior parte dos operadores impoem restrições a nivel de trafego, e por outros paises por onde passei não e diferente. A nivel de banda larga movel, em Portugal, realmente existe concertação de preços, se um aumenta hoje, amanha os outros vão atras. De resto, a nivel de rede fixa de internet, creio que Portugal nem esta mal, comparado com o muito que tenho visto pela europa fora.

  30. Lagunna says:

    Concordo com tudo o que disse o Graziano logo no primeiro comentário mas, os únicos culpados disso somos nós os utilizadores que ainda não percebemos o poder imenso que temos. Porque é que não há-de haver concertação de preços se todos nós temos vários cartões e vários telemóveis. Todos sabemos que estamos a ser roubados e continuamos a gastar imenso em telecomunicações! Todos sabemos que desde o TV por cabo aos telemóveis pagamos exorbitâncias mas o MEO atingiu um milhão de utilizadores, etc., etc. Só quando o consumidor perceber o poder que tem em comandar os seus destinos é que existirão mudanças mas, quem diz nas comunicações diz noutros bens e serviços. Usem o carro o menos possível, usem o telemóvel o menos possível ou não usem. Usem mais serviços tipo Skype free e desliguem o telemóvel ao chegar a casa (é o que eu faço). Bebam menos café na rua e bebam mais em casa, etc., etc. quando os vários operadores económicos começarem a perceber que com os preços altos o consumidor não consume começarão a baixar os preços. Nós temos o poder basta saber e querer usá-lo.

    Bem hajam!

    • je says:

      Fantasias…

      … o que resulta é criar concorrência… sejam inovadores e criem as empresas que fazem concorrência aos grandes.
      Só não se esqueçam, tudo, desde as licenças de operação/ exploração, aos custos de operação e de equipamentos, custa tudo uma imensa fortuna!

  31. Jaime says:

    No outro dia fiz um telefonema de 91 para 91 e cobraram-me 5€ por 4 minutos…espectaculoso!

  32. Xis says:

    O mais bonito é quando as operadoras dizem que os pacotes de Internet são “até” X megas. Como é que se pode vender um produto que pode funcionar até X performance. É como um gajo ir comprar um carro e eles dizerem que o motor pode ter até 1.9cc e depois vir um de 1.3, a resposta deles será: “nós nunca dissemos que era 1.9, dissemos que pode ser até 1.9, no seu caso só veio 1.3”.
    O lógico seria dizer o mínimo que fornecem, tipo garantimos no mínimo 8megas, em vez de garantimos até 12megas.
    A segunda aldrabice é quando vêm com a conversa dos megas, em megabits. Toda a gente sabe que um leigo não distingue megabits de megabytes…porque é que não usam a terminologia que as pessoas estão habituadas, que são os bytes e não os bits?!?!?

    • je says:

      É assim em todos porque as características da rede assim o exigem, excepto na fibra óptica porque pelas características desta, se chega lá, chega lá com a velocidade correcta, e se não, é porque algo está muito mal com a fibra em si e tem de ser imediatamente corrigido.

      Nas redes móveis podia ser muito mais rápido, mas implicava ter interligações de micro ondas melhores, ligações via satélite, ou levar a fibra-óptica às antenas, enfim… investir centenas de milhões de euros para garantir a qualidade de serviço… o que está óbviamente fora de causa, nenhum operador quer gastar este dinheiro a menos que outro o esteja a fazer e a publicitar e tal se refletir na qualidade de experiência realmente sentida pelo utilizador. Já para não dizer que levar fibra-óptica para a aldeia, para servir meia dúzia de gatos pingados parece do ponto de vista de rentabilidade um desperdício de dinheiro, a menos que fossem obrigados por lei… mas teriam de ser compensados nos impostos ou ninguém o faria à mesma.

  33. nmandix says:

    ao final do dia sentam-se todos a mesa e pensam como vamos “roubar” os nossos clientes amanha.
    em janeiro de 2011 o iva subiu 2% e os tarifarios moche tag e extravaganza aumentam 2.5€ se não foi combinado não sei o k foi..
    alteraçoes de tarifarios 5€ e os planos de internet ridiculos 5€/100MB

  34. je says:

    Para quem está no “fim do mundo” sem adsl, cabo, fibra óptica e sem net’s portáteis, ou se considera pessimamente servido e sem alternativas, pode agora optar pela Internet via satélite: http://pt.toowaysat.com os preços parecem convidativos, desde 29,95 €… e que chatice(!) sem contratos de fidelização!
    Enfim, pelo menos é mais um “jogador” no mercado.

    • Pedro Torres says:

      Para mim esta coisa da NET via Satélite era uma fantástica opção…..mas os limites de tráfego inviabilizam a escolha…..nem pensar!!!

      • je says:

        Telefone para lá e sugira que estaria interessado, mas só com limites de tráfego melhores (por exemplo 50 Gb)… se muitos telefonarem para lá a dizer o mesmo eles podem rever a sua política de tráfego.

        Eles tem para outros países tipo 10 Mbps (recepção)/ 2 Mbps (envio) com tráfego (verdadeiramente) ilimitado, por 59,95€, sem contratos de fidelização, por tanto podem fazê-lo cá também.
        Se 59,95€ parece muito, bem, é satélite, antes uma coisa destas ficava em perto de se calhar 5000€/ mês, e era difissílimo de arranjar.
        Seja como for, é sempre bom ter a opção de ter… se para uns é muito, para outros o dinheiro não é problema, interessa é que haja a opção para a poderem utilizar.

  35. alcagoita.com says:

    ANACOM é esta entidade que regula tudo nas telecomunicações em Portugal se a queixas é a esta entidade que tem de ser feita.
    Em Portugal na Rede Movel a pelo menos 3 grandes operadores TMN, Vodafone e Optimus.
    Rede Fixa PT, Cabovisão, ZON etc.
    TV por cabo PT, ZON, Cabovisão etc.
    Resumindo existem pelo menos 3 operadores para todos os serviços os preços praticados são muito similares entre eles por uma razão muito simples e a ANACOM que estipula quais são e não as empresas.
    Quantos as redes físicas a única que esta verdadeiramente esta a construir uma nova de raiz e a PT (Fibra Optica) as outras limitam-se a esperar para ver sem gastarem um tostão.
    Resumindo os preços em Portugal são muitos elevados porque a entidade chamada ANACOM assim o quer ou seja o Estado, alias como no resto, Gasolina, eletricidade etc, é o pais que temos.

  36. Já o é na Gasolina, no telefone, na internet, etc…

  37. mr_mufy says:

    Boas pessoal.

    Começo pelo seguinte:

    Deixem-se de materialismos e de querer sempre melhor que o vizinho. pensem primeiro de todos os ângulos antes de actos impulsivos.

    Eu ignoro estas situações e faço protesto da melhor forma possível, para não viver todos os dias com vontade de bater em alguém… e sou da opinião que todos, sim, todos deveríamos de mudar de vez o pensamento ridículo da nossa sociedade começando por coisas muito simples.

    toda a gente tem tlm, facto. Não conheço ninguém que não o tenha…

    Plano estratégico para acabar com estas atrocidades monetárias.

    1- Deixar de carregar imediatamente o TLM. Acabou o período de carregamento, deixa-se andar duas semanas a um mês.

    e não tenho que carregar urgentemente, pois deixei de estar contactável… por favor, urgência, temos sempre dinheiro para ligar, é Grátis.

    2- Deixem de comprar telefones de ricos, Iphones, Galaxys S 2, etc…é aqui que eles vão buscar o grande dinheiro de lucros, com as promoções de 15/30 min, em que ficamos a pagar um serviço ridículo todos os meses.

    3- que toda a gente, sim, toda a gente reclame quando os serviços não são da melhor forma.

    4- Utilizem o VOIP Via WI-FI mais vezes, para eles verem os serviços GSM e 3Gs a caírem drasticamente.

    Con tudo isto se não baixam os preços, então de fato somos um povo que so esta onde esta porque quer.

    Tal como foi dito acima, retirem a formação, pois um pais de analfabetos é mais fácil de gerir, sem que levantem questões.

    Querem um exemplo;

    Lembram-se das SCUTS…

    Não pagamos, não pagamos, greves e tudo mais.

    Sai a lei, o pessoal até se matava nas lojas da via verde para comprar um aparelho, para pagar as portagens.

    Povo Português que cambada.

    Até parece que sem o dispositivo não podiam andar na rua…

  38. Valente says:

    Com L ou sem L hoje baralhei-me no nome. Desculpem-me.

  39. Valente says:

    Á atenção da Moderação:

    Agora respondem-nos aos comentários e se não voltamos cá por acaso, nem vimos que nos responderam.

    Acabaram com os e.mail’s aos subscritores dos artigos!!!

    Isto é para continuar assim?

    Obrigado

  40. Dusac says:

    Está tudo viciado à partida, mas não é só este caso, é o país, que se vai adiando para certas empresas meterem tudo no bolso, até acabar a galinha dos ovos de ouro.O cidadão que pague…que o regulador fecha os olhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.