PplWare Mobile

Microsoft goza com plataforma Google Docs


Autor: Pedro Pinto


  1. Nuno says:

    Isso é normal. como podem ver “original created in office” se for “original created in openoffice ( ou libreoffice )” e converter pra office vai dar o mesmo problema. felizmente ja nao uso DOC e XLS há muito tempo.

    • Midepa says:

      Parabéns.

      • Joao says:

        Claro. Como resposta à campanha ridicula e nada origina (È uma cópia grosseira de uma campanha da apple contra a microsoft) é que com o LibreOffice não pago nada. Poupo centenas de euros.

        • vvvvvv says:

          Tambem tenho usado o libreoffice, mas ainda têm coisas a corrigir/simplificar

          • Nosferatu Arucard says:

            E futuramente o LibreOffice chegara´ ao Android, do qual conseguiram correr a versao Desktop num tipo de ambiente virtual Linux Desktop on Android.
            Mas ainda falta algum trabalho para que seja realmente funcional, porque o Android so´ contem Offices que sao bons para tarefas simples.

    • paulo g. says:

      É melhor corrigires um pouco. Existe o M$Office e os outros.
      Como podem ver existem alternativas, algumas delas muito boas para 90% das pessoas: http://en.wikipedia.org/wiki/Comparison_of_office_suites. Pelo que os preços do M$Office penso que têm descido à conta da melhora dos produtos concorrentes. O que o software livre não pode concorrer é com a publicidade e com a venda nas lojas, pois não pode ser vendido e as lojas gostam de ter a sua margem de lucro…

    • Nem eu, parabéns 😀 OpenSource 4Ever

    • Filipe says:

      Ibdem. Na minha empresa já há muito uso o openoffice e neoffice. Grosso modo, faz o mesmo e por 0. Pelo menos no meu caso.

      • Theboice says:

        Acho que estão um pouco errados, já tentaram por exp. imprimir folha do excel do libre com ponteado?
        Qual o resultado? Tentaram colocar duas linhas (no excel) e depois imprimir? Qual oi resultado. Estas são 2 de milhares de situações que me deparo. E já agora preferiria o open source, mas para as minhas necessidades fica muito aquém.

    • jorge santos says:

      Comigo é igual. Libreoffice dá para resolver todas as minhas preocupações.

  2. Asdrubal says:

    É pena os vídeos estarem no sapo.

  3. André Viana says:

    é o que dá usar formatos proprietários, só os proprietários é que aproveitam todo o potencial
    a microsoft devia era fomentar a utilizaçao de formatos livres open-source

    mas é da microsoft que estamos a falar, ja sabemos do que se trata infelizmente …

  4. Tiago says:

    Lololol muito bom. Melhor só mesmo anúncios Apple vs pc no Youtube ehehe. Pá….mas numa coisa tenho que dizer e que me custa, a Microsoft ainda continua na frente mas isto porque o consumidor desde cedo começou a trabalhar apenas e exclusivamente com este SO. Penso que na altura que mudarem para algo avançado como um Mac ou Linux e percebam efectivamente o que é trabalhar com eficiência e sem “stresses”. Isso é a minha opinião. Desde que me disseram que hibernar um pc era muito maus que fazia mal ao computador e á memória e nao sei mais o que decidi passar para algo em que isso nao acontece. ;P

    • Rosmaninho says:

      Neste caso continua á frente porque abusa dos seus formatos fechados.
      Se a concorrência tivesse acesso aos formatos de ficheiro Office conseguia fazer o que as Office Web Apps fazem.

    • Telmo says:

      Hibernar não faz mal ao pc, não sei onde ouviste isso.

      • Pedro Miranda says:

        Penso que faz se tiveres um disco ssd pois guarda o estado na memória no disco rígido e supostamente os ssd tem um limite de escritas que cada vez é mais elevado

        • Fernando says:

          Todos os sistemas ao hibernar escrevem no disco os dados da RAM, nisso o Windows é tão mau quanto os outros.
          Suspender é igual também para todos, fica gravado na RAM que continua ligada quando a maior parte dos componentes ficam em standby.

  5. Toni Almeida says:

    Eu já deixei de usar o Office à muito …

    Excel e Docs, agora é só no Google Docs, para as minhas folhas de calculo é excelente, tenho tudo online, em todos os dispositivos, atualizo em qualquer lado, partilho com quem quero…

    E a particularidade de poderem estar varias pessoas em simultâneo a editar o mesmo doc já me facilitou a vida muitas vezes 🙂

    Quantos aos vídeos, um dia destes temos a resposta da Google …

    • Pedro Miranda says:

      Apesar de concordar que google docs tem as suas vantagens não acho prudente tê-los exclusivamente na ‘cloud’. Quanto a resposta da google isso nunca acontece, pelo menos nas publicidades que fazem eles explicam os produtos que fazem e as suas forças e tão se a lixar para a concorrência. Já a micorsoft e a apple como são inseguros têm de lembrar ao consumidor que os outros produtos são maus face ao deles… enfim

  6. Lima says:

    Qual a vantagem de ficar preso em uma só ferramenta e depender só dela e pagar por ela? não uso Microsoft Office a anos, e nunca precisei…

  7. Nogueira says:

    Sapo Vídeos :/

    Podiam meter uma opção para evitar a publicidade e ver logo diretamente o vídeo em questão.

    • maneu says:

      Instala o AdBlock

      • Nelson says:

        Nem assim dá para passar… simples, não se vê, vê-se no yt… tá lá tudo…

        • PR says:

          Carregam na pub e ela abre outro separador..no separador que estavam começa logo o vídeo…
          Rápido e eficaz…

          Mesmo que não houvesse solução, não ver vídeos por causa de 30 segundos de publicidade é de rir..

          • João Rodrigues says:

            lol
            É ainda mais de rir porque o vídeo que querem ver é. ele mesmo, publicidade!!!
            lol

          • Pedro Cavaleiro says:

            Eu vejo os videos na App da Pllware para windows 8
            Sem publicidade 😉

          • Telmo says:

            Pode-te parecer que não, mas 30s de publicidade é excessivo.
            Não suporto Sapo Vídeos (e evito, na medida do possível ver vídeos lá) porque não fazem qualquer distinção entre os vídeos: vídeos de 10s têm tanta publicidade (30s) como vídeos de vários minutos/horas.
            E não venham dizer que o Youtube também tem publicidade: a do Youtube é muito menos chata, são 5s, depois poder “saltar”.

    • Gilberto Pereira says:

      Esquece isso, faz como eu, faz refresh e pronto.

      No YT também tens pub. Não é nada que não possamos fazer refresh e ver de novo 😉

      • Darth says:

        Sou so eu pelos vistos, mas nunca apanhei pub antes de carregar um video do youtube. Ha pub em banners ao lado, mas como na sapo videos, antes do video, nunca apanhei. Devo ser eu

  8. fornost says:

    sou uma criatura engraçada: tenho aversão prévia a quase tudo da microsoft. Mas não me vejo sem o word/office/powerpoint e nem mesmo o windows (que tanto falo mal).

    Nunca usei um macOS. Mas sempre critiquei algumas políticas da MS e os desempenhos de algumas plataformas. Mas mesmo assim nunca as abandonei. Gostei do win7, mas odiei o metro do win 8 (que estou a usar!)
    Seria eu mais um hipócrita? De qualquer forma acho que não podemos generalizar, há sempre algo positivo e negativo em tudo.
    O docs do google creio que iniciou esse movimento “nuvem” da ms (se eu não estiver enganado) , mas mesmo assim nunca cheguei a usar.

    Falando em google ultimamente não tenho aderido a serviço algum, depois do fiasco do READER (que toda semana aparece uma “ameaça” na minha tela) eu não confio em mais nada da gigante. Uma empresa desse porte deveria ser mais sólida, mais “permanente”, abandonando seus projetos que não foram fracassados em prol do lucro.. bem, é o que uma cia faria… mas não uma cia que se importe com os clientes… eis a questão…. mas agora estou divagando… desculpem

    • Fred says:

      Pois é sempre um problema de termos um serviço destes como Google Docs ser descontinuado, mas não acredito que eles vão acabar com ele.

  9. joao Luiz says:

    Cada dia que você usa o office 2013 você se surpreende mais, ficou muito bom esse office. Uso o Google Docs pleo iPad e é triste, trabalhar com artigos científicos é bem chato, porque a formatação é muito importante e a maioria usa office. O Pages (para iPad) é outra tristeza, acho que não tem configurações avançadas para seguir as normas de formatação.

  10. Sérgio Carvalho says:

    🙂 So ha aqui um problema, é que nas apps da microsoft tambem ficam desformatados ahahahaha

  11. Odeio o sapo videos says:

    Nunca consigo ver o videos do sapo aqui. Fica sempre em preto.

  12. paulo g. says:

    Se não fosse o google docs provavelmente a M$ não teria o skydrive. Digo isto, pk o GDocs já existe à um bom tempo e o Skydrive começou a ser desenvolvido bem mais tarde. É bom haver concorrência. O skydrive tem a vantagem, óbvia quando lê os ficheiros produzidos pela própria empresa, e perde claramente nos outros formatos. Pena é que não exista ainda um LibreOffice Drive, os “homens” não têm os meios para tudo, nem para android ainda…

  13. Semogj says:

    Adoro quando as companhias descem a este nível de publicidade para mostrar que o seu produto é melhor que a concorrência.
    Este tipo de publicidade comparativa e depreciativa é ilegal em Portugal.

  14. Nuno José Almeida says:

    Pois, eles estão é a gozar com eles próprios, estão na prática a demonstrar que os seus ficheiros não são interoperáveis.

  15. vinicius santos says:

    controlo finanças de tres entidades religiosas pelas tabelas do google a muito tempo, direto do nevegador, office é passado.

  16. jYkA says:

    A maior parte dos utilizadores adora ter aplicações super pesadas para fazer uma meia duzia de tabelas e meia duzia de cartas ou cartazes todos mal feitos mas exibem com orgulho que foi feito num pacote super extra profissional de aplicações…. o mesmo acontece com o corel, photoshop e outros… a maioria dos utilizadores tem a disposição quer online quer em software opensource todas as respostas as suas necessidades!

    Para o meu uso diario a nivel profissional uso ha muito o libreoffice (antes usava o openoffice), o inkscape, o paint.net, pdftk builder, pdf escape, pdf bullzip, 7zip, evernote, filezilla, pdf ocr x, e mais alguns e pago por isso… 0€!

    …e basta um pouco apenas de uso do cérebro para adaptar os conhecimentos das aplicações “comuns” para uso de novas!

    Se os utilizadores se adaptaram a mudanças no office também se adaptam a uso de novas aplicações!

    • jYkA says:

      …e deviamos exigir aos organismos publicos que deixem de gastar os nossos impostos mais racionalmente começando pelo software utilizado!

      • paulo g. says:

        O problema a maior parte das vezes situa-se entre a cadeira e o computador… é esse o maior bug desde sempre e muito resistente à mudança.

        • jYkA says:

          …e também aquele que adjudica os contratos que incluem uma bela “comissão” 😉 como algumas Câmaras Municipais pelo Portugal fora!

    • Luis Silva says:

      Até posso concordar em parte, mas tenho os dois MSoffice e libreoffice, nem sei qual o mais pesado, mas o libre office demora mais tempo a arrancar que o MSoffice…estranho…..mas consigo usar bem os dois sem problemas

  17. darksantacruz says:

    Uso o office e já utilizei outros libre, open office, google docs… Nenhum deles bate o office da Microsoft é a realidade.

    • jYkA says:

      eu tambem gosto muito dos Ferrari’s mas tenho de andar a “gasol” tal nao é o meu azar!

    • e-Dummy says:

      No dia em que a M$ tombar (e acreditem que vai tombar, ou pelo menos não pára de se “pôr a jeito”), quero ver como vão ficar todos estes acérrimos defensores de software proprietário…
      A guerra é talvez demasiado agreste e inovadora para uma M$ demasiado presa aos seus dogmas.
      Por outro lado, cada vez mais as alternativas open source são suficientes para todo o tipo de necessidades, oferecendo produtividade a custo zero ou quase, e com a garantia de utilização de formatos abertos, que perduram no tempo e não dependem da viabilidade financeira de uma só empresa.

  18. H2omem says:

    Eu uso ambos… uso o LibreOffice no meu computador pessoal porque, como disseram em cima, para uma tabela e meia dúzia de linhas de texto o MS Office sai caro.

    E uso o Office profissionalmente uma vez que a empresa usa quase tudo da Microsoft.

    Por isso, a minha opinião é baseada no uso de ambos e devo dizer que a formatação nunca é passada correctamente dum lado para o outro. Fazer formatações no LibreOffice é semelhante a copiar ficheiros no MS-DOS. É pura e simplesmente horrível… e como já sei que vão haver milhentas vozes a criticarem a minha opinião, deixo-vos este desafio….

    Utilizem o pincel de formatação em ambos os softwares… têm o mesmo ícone e tudo. O da MS faz o que se pretende o do LibreOffice parece ser um botão sem função alguma associada.

    Mas lá está… olhando ao custo x benefício, o LibreOffice é obviamente melhor uma vez que permite, com esforço, fazer o que se faz no MS Office a um custo bem mais baixo.

    Agora se colocarem um preço ao vosso tempo (como as empresas fazem), juntamente com impostos e obrigações da segurança social, provavelmente chegarão à conclusão que aqueles minutos diários que poupam ao usar o MS Office, provavelmente paga a licença do Office ao fim de algum tempo. Mas, infelizmente, ninguém está para fazer um estudo desse género. 🙁

    • jYkA says:

      Epa quem le fica convencido que é mesmo assim… mas nao entendo onde esta a dificuldade de usar o pincel de formatação ??!?!?! esta a funcionar 100%!

    • jorge santos says:

      Uso LibreOffice em OS X, Linux e Windows. Em qualquer destes sistemas o “pincel de formatação” funciona para copiar alguma formatação para outro local.

  19. afonsov says:

    Já agora a MS podia fazer também um video a comparar o Bing ao serch do Google, ou comparar o Windows Phone com o Android, ou comparar o Bing Maps com o Google Maps, ou comparar o IE com o Chrome, ou comparar o Outlook.com com o Gmail… e por aí fora. O que não falta à Microsoft são flops. 🙂

    • Gonçalves says:

      Caro Afonso, até mesmo nesta lista a Microsoft leva vantagem.

      O Google devia concentrar-se naquilo que sabe melhor e que sempre fez que é a pesquisa e a publicidade online, onde é imbatível (até mesmo a pesquisar e a recolher dados do que não deve, mas isso já é outra história, até porque são os próprios utilizadores a aceitar os termos de utilização), em tudo o resto a Microsoft leva vantagem, inclusive no IE10 que é capaz de bater de frente com o Chrome.

      Outlook.com vs Gmail?
      A interface web do Gmail tem mais funcionalidades e o aspecto acaba por ser uma questão de gosto pessoal, mas convém não esquecer que é suposto integrar o Outlook.com com o cliente Desktop ou Office365, em que aí não só a funcionalidade como também o protocolo ExchangeSync da Microsoft dão 10 a 0 no Gmail ou outro qualquer baseado no seu ultrapassado IMAP e suas limitações.

      Bing Maps vs Google Maps?
      Estão a par um do outro.

      Windows Phone vs Android?
      Nem comento, só mesmo usando um Windows Phone para perceber a diferença de qualidade para a vasta maioria de modelos Android do mercado.

      E que tal falar no flop dos Chromebooks, Google Buzz, Google Plus, Google Wave e claro, Google Docs.

      E para quem diz que o Office mostra falta de interoperabilidade, nunca ninguém vos proibiu de usar o formato .odt que também é suportado pelo Microsoft Office, mas acabam por não usar porque já sabem que o formato proprietário é o oferece melhores resultados… por isso quem só precisa de escrever umas linhas sem grande “appeal” visual, pode ficar feliz e contente com o Docs, já quem precisa de trabalhar a sério e produzir algo de qualidade superior, fica a suspirar por um Office.

      • Fred says:

        realmente tens razão, a MS só falta fazer a versão basic do office gratuito e MS vai ganhar Google de vez.

      • Paulo Ferreira says:

        Nem mais… concordo plenamente

      • Canelas says:

        Outlook melhor que Gmail? No way!!

      • hsilva says:

        Nem mais, são comentários de pessoas que só sabem criticar a Microsoft e nunca perceberam que vai estar sempre á frente dos outros em tudo, pq tem uma equipa enorme que jamais os concorrentes vão ter… Quando a Microsoft falir…acaba o mundo primeiro.. Fazer comparações de android a wp, do google docs ao office?? Mas ha comparação possível?? Usem e depois comemtem

      • afonsov says:

        Caro Gonçalves, há anos que trabalho com tecnologias da Microsoft, desde o MS DOS v2.0.

        Todas as empresas chegam a momentos em que começam a entrar em decadência. Acho que de certa forma isso está a acontecer com a Microsoft desde que Steve Ballmer ocupou o lugar de CEO.

        Há anos que tentam ter um OS decente para smartphones e não há forma de conseguirem ter um.

        Em relação ao seu comentário:

        Bing Maps vs Google Maps?
        Podem estar a par um do outro mas a maioria das pessoas preferem o Google Maps, porque será?

        Windows Phone vs Android?
        O mercado dos Windows Phones é residual. A competição neste momento é entre o iOS e o Android. Eu utilizo regularmente os 3 sistemas e prefiro de longe o Android. o iOS é demasiado fechado e o Windows Phone tem poucas apps. Pessoalmente não gosto do interface do utilizador com o conceito dos “tiles” apesar de ser fluído, mas qualquer um dos 3 é igualmente fluído.

        No que respeita aos flops do Google que refere, os Chromebooks são um produto ainda numa fase quase experimental, de certa forma um bocado à frente do seu tempo. É possível que algures no futuro o Chrome e o Android venham a convergir.

        O Google Plus está longe de ser um flop. Poderá não ter o mesmo número de utilizadores que o Facebook, mas é bastante mais avançado que este do ponto de vista do utilizador. E é bem mais avançado que a rede social da Microsoft. 😉

        Alguns dos produtos que foram descontinuados, foram parcialmente integrados no Google+

        Em relação ao Google Docs, a comparação que a Microsoft faz nestes videos parece-me desfasada da realidade. Acho que o Google Docs é bastante útil para o utilizador comum que não tem necessidade de funcionalidades muito avançadas. Além disso os formatos proprietários da Microsoft dizem tudo sobre o funcionamento fechado que caracteriza a empresa. Os tempos são outros, são tempos de abertura e interoperabilidade e não de isolamento e monopólio de formatos.

  20. jYkA says:

    Tem que se ter cuidado com o que comenta… o pincel de fprmatacao por exemplo esta a funcionar na perfeicao… costumo usar… e ate fui testar antes de escreverou
    Quanto ao poupar tempo…. hummmmmm… nao concordo!

  21. Rosmaninho says:

    A Microsoft pode-se dar ao luxo de fazer estas campanhas com o Office, porque o Office é o standard das Office suites quer se queira quer não.
    E como é software proprietário e closed source pode fazer as modificações que quiserem para quebrar compatibilidade com o software da concorrência.

    A Google não pode fazer muito nesse aspecto com o Docs. Quanto muito lançava uma Office suite concorrente adoptando extensão open source (.odt) mas nunca conseguiria roubar a hegemonia da Microsoft. De qualquer das formas compraram a QuickOffice e alguma coisa irá sair dessa aquisição…
    Gostava era que comprassem a Corel porque aí garantiam não só o WordPerfect, como o software de edição de imagem desta que está quase ao nível da Photoshop.

  22. Canelas says:

    Eu queria que a Microsoft comparasse o IE com o Chrome. Gostava de ver o que poderiam dizer.

  23. A. Lopes says:

    E se o ficheiro tivesse sido guardado num formato aberto ao invés de ser guardado num formato proprietário, abria da mesma maneira?

  24. EacHTimE says:

    Estão a ficar desesperados lol

  25. Paulo says:

    eu ate percebo a ideia….pena é que tenha chegado com 3 anos de atraso!!!!

    desde 2008 que mudei para Ubuntu + libreoffice, e depois para google docs.

    1000 vezes melhor só pelo facto de ter tudo online e em todos os dispositivos. eu nao tenho problemas de formatação. 99% dos documentos sao textos corridos com algumas imagens.

    Microsoft: não me venhas agora com historias da carochinha! e publicidade enganosa!

  26. Estamos a falar de coisas vagas no que toca ao Office. Sabemos que, para o Word e Excel qualquer suíte do Office pode servir. No entanto, a suíte da Microsoft não é apenas isso. Publisher, OneNote, Access, Outlook e por ai fora… Sabemos que tem um nível de produtividade que a concorrência não tem. Se é para trabalhar no Excel ou Word, qualquer um serve. Se for produtividade a sério, esqueçam, só dá Microsoft, digam o que disserem.

  27. João Luís says:

    Quer dizer que a Micro$oft fecha os formatos e depois gozam com a gente a dizer que não sabemos fazer … muito bem …

  28. Nosferatu Arucard says:

    Por mim, nem Google Docs, nem Microsoft Office…
    AndrOpen Office (port directo do OpenOffice para Android!)

    https://play.google.com/store/apps/details?id=com.andropenoffice

    Já era tempo de anunciar neste site! Já vai na versão 1.4.0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.