PplWare Mobile

Microsoft entra no mundo dos Bitcoins


Gestora de conteúdo e de redes sociais do Pplware. Mestre em Economia, foi o fascínio pelo universo da tecnologia e da comunicação que falou mais alto.

Destaques PPLWARE

  1. Ruben says:

    É para acostumar os clientes para quando lhes aparecer os cryptolocker à frente?

    • cc says:

      crytolocker é pra quem usa windows e o seu belo sistema de ficheiros ntfs ou fat. Pessoal da cloud (ou sistemas unix) usa ZFS ou btrfs para o qual o cryptolock é uma ‘lolada digital’.

  2. Lima says:

    Não há nada como dinheiro fisico na mão….

  3. Alex M. says:

    A próxima crise mundial irá vir da especulação destas moedas, tomem nota.

  4. sniperpt says:

    Cripto vai ser os vírus do futuro. Os BitCo moeda do futuro. Com tanta coisas nas ‘nuvens’ vamos ver se ainda há espaço para o sol aparecer.

  5. Sergio J says:

    Nao acredito em mundos nao regulados.

    • Glink says:

      boa!

      “Não acredito em liberdade!”
      – o escravo

    • Tiago Santos says:

      Porque os regulados têm dado todas as garantias e vivemos num mundo perfeito 😉

    • Bruno M. says:

      Sim senhor, vivemos numa utopia em que os governos controlam bancos, em que estes vão à falência e o dinheiro é roubado aos clientes = exemplo: BES.

      Sérgio j, calado é um poeta maior que camões…

      • Fernando says:

        Bruno M. dinheiro é roubado aos clientes = exemplo: BES eu não tenho a certeza mas acho que não foi bem assim acho que simplesmente eles já tinham uma boa massa mas como sempre os esmifras queriam mais e andaram a investir com banco para ganhar mais nos juros esses contratos tem cláusulas é como investires na bolsa perdes-te azar o teu agora vai para a rua gritar queremos o nosso dinheiro queremos o nosso dinheiro.

        • Bruno M. says:

          O que se passou no BES foram negócios obscuros e como sempre os boys do Governos andaram lá metidos.
          Tanto foi que muitos gestores de conta aliciaram alguns clientes para investir a prazo em alguns planos, planos esses que ao que parece (e vê-se pela múmia que foi avisada para retirar o dinheiro uns dias antes) iam dar o badagaio…

          Muitos planos eram com investimento garantido, alguns nem investiram (pelo menos com conhecimento). Aliás, o dinheiro que depositas não está num cofre só teu, onde só tu tens o dinheiro disponível para ti.

          Todo e qualquer deposito basicamente fica num unico sitio. Os bancos todos os dias pegam no dinheiro para fazerem investimentos para seu próprio ganho.

      • Narco says:

        Acho que estas a ver as coisas um bocado mal, Bancos/Capitalismo controlam governos que ainda pior.

        • Bruno M. says:

          Esqueces-te é que em PT os políticos ou são ou estiveram em gestão nos bancos… Os políticos controlam parcialmente os bancos e os banqueiros, principalmente os bancos públicos.

    • Sergio J says:

      Eu adoro estes anárquicos.

  6. Johnny says:

    Nunca iria comprar pela Microsoft, a Microsoft vai destruir o Bitcoin a privacidade do Bitcoin.. vai ser destruidas se estas empresas começarem a aderir a este tipo de pagamento, toda a privacidade irá terminar..

    Bitcoin esta bom como tá, NOS QUEREMOS PAGAMENTOS anonimos, e não pagamentos que deixam logs ou que consigam ler o que pagamentos ou não, no BITCOIN não pago taxas de IVA, o dinheiro não vai para o governo é por isso.. Não quero alimentar o governo muito menos as finanças!

    Nunca iria usar a da Microsoft, Google etc.. lol.. Cuidado com isto.. O Bitcoin daqui a uns meses vai passar de uma moeda que zelava pela privacidade a uma Moeda sem qualquer tipo de privacidade.. e ai sim acaba-se os pagamentos anonimos e com privacidade.

    • Rui C says:

      Este dito dinheiro serve em grande parte para cenas underground na web. Droga e outras coisas mais.
      Ainda esta semana foi apanhado um gajo que vendia através da DarkWeb droga e recebia apenas em bitcoins(porque será).
      Depois distribuía a guita por contas com nomes falsos. mas teve azar foi apanhado.

      A malta tem muito medo de ser identificada nas transacções é porque tem sempre algo a esconder.
      Isto devia ser bem regulado e as pessoas bem identificadas. 🙂

  7. xichas says:

    Em portugal temos o cryptoescudo uma moeda livre, com transações sem custos é neste momento cotada em vários mercados de cryptomoeda o objetivo desta moeda é para além de ser uma iniciativa exclusivamente portuguesa tenciona em poucos anos saldar a dívida pública através da sua valorização. Quem aderir agora nesta fase inicial habilita-se seriamente a tornar-se em poucos anos uma pessoa milionária tal como aconteceu com o bitcoin em que com poucos dólares pequenos pioneiros viram o seu investimento valorizado milhares de vezes para não dizer milhões…

  8. Diogo Alexandre says:

    xichas não é bem assim. Já houve outras moedas que não deram sucesso, estas moedas valorizam ou desvalorizam consoante vários factores, a procura versus a oferta, o numero e tipo de mineiros, crises doutras moedas e muitos outros factores, quero recordar que o bitcoin ja esteve mais valioso, tal como esteve menos valioso.
    Mas no entanto valorizo esta moeda por varias razoes a privacidade, segurança e muitas outras.

  9. Rui C says:

    Comentário na página do facebook desta moeda virtual.

    “O que está acontecendo com o Cryptoescudo?Além do valor ter baixado uns – 200% ,as transacções estão demorando muito tempo para serem confirmadas na rede, sem contar que o volume caiu consideravelmente desde Setembro! também os utilizadores parecem que sumiram!!! o forum ,o facebook e outras redes sociais praticamente ninguém comenta mais nada sobre o Cesc.”

    LOL 🙂

    • Fernando says:

      Rui C
      é como na bolsa para a semana já está a valer 400 % quanto a Microsoft entrar no mundo dos Bitcoins é normal empresas como esta quando não tem o lucro que estavam a espera vale tudo Bitcoins etc

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.