Quantcast
PplWare Mobile

Metade dos smartwatches vendidos em 2015 poderão ser Apple

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Joao A says:

    normal…android cada vez tem menos compradores

    • Nunes says:

      O que eu diria é que são as conclusões do estudo desse link que estão erradas!! Esperar 36 milhões de vendas para um produto novo no primeiro ano é completamente irrealista. O iPad que se tornou um recorde de vendas para um produto de electrónica de consumo no primeiro ano, vendeu somente 19 milhões de aparelhos no primeiro ano, 15 milhões nos primeiros 9 meses, e mostrava um nível de interesse antes de lançamento muito semelhante ao que se vê no Watch!

      • Pedro Araújo says:

        É um estudo. Não é uma comentário de café !!!

        • Nunes says:

          Na verdade é um prognóstico feito com base num estudo de interesse sobre o produto, e arranjas prognósticos desde 10 a 40 milhões com estudos que mostram interesses semelhantes. A diferença é que cada um atribui pesos diferentes aos números de pessoas interessadas para chegar a um possível número de vendas. É a diferença entre achar que todas as pessoas interessadas vão realmente comprar, ou achar que só uma parte dessas pessoas vai comprar, que é o que normalmente acontece!
          Por exemplo, um dos analistas que tem feito das melhores previsões sobre os produtos da Apple e tem acesso a informações da rede de fornecedores, estima vendas a rondar os 15 milhões até ao final do ano.

      • Gustavo says:

        A primeira frase faz logo rir…

        É uma das multinacionais mais reputadas do ramo!

        • Nunes says:

          é uma empresa que ganha dinheiro com o mercado de acções e a convencer outros a investir no mercado de acções, não é uma empresa especializada em análises de vendas de produtos de electrónica ou de fornecedores! É muito fácil de ver que as projecções mais elevadas para as vendas do Apple Watch vêm de instituições que ganham dinheiro com o mercado de acções, não a vender análises de mercado!
          E numa altura em que já começa a haver dados da cadeia de produção e de encomendas, continuar a acreditar em valores tão elevados é ainda mais irrealista.

          • Gustavo says:

            Esta é diferente?

            É que não se pode mentir muito, sabes de uma coisa chamada reputação?

          • Nunes says:

            É uma empresa de análise de mercado, não é uma instituição financeira! Tb está sujeita a falhar a sua previsão [como qualquer previsão sobre um produto novo], mas tem a vantagem de se basear em contactos privilegiados e maior experiência nestas análises.
            Quanto a reputação… no mundo do mercado de acções e negócios o que não falta é volatilidade/caos para arranjar desculpas para más previsões, especialmente com a Apple.
            E o que tb não falta são empresas destas, bem “reputadas”, a fazer dinheiro apostando contra os conselhos que se dão aos clientes.

  2. Benchmark do iPhone 6 says:

    Por acaso convinha haver uma definição razoavelmente precisa do que é um smartwatch:

    1 – Usa-se no pulso – esta parte é pacífica
    2 – É independente e tem funções similares a um smartphone – mas basta ter uma, duas ou três?
    3 – Permite o acesso à internet (ele próprio ou através do smartphone) que é a característica principal de um smartphone.

    As definições que tenho visto são 1+2 ou 1+3, inclino-me para esta. Em todo o caso, nestas percentagens é 54,8% para o Apple Watch e 45,2% para cangalhada diversa, boa parte dela com poucas semelhanças com o Apple Watch (mas isso também acontece com os smartphones – muitos servem só para telefonar e guardar fotografias, como smartphones usam-se pouco).

  3. Vitor says:

    Riba D’Ave??? Quem é de Riba D’Ave???? 😀

  4. Nunes says:

    Acho estranho os números desta análise, pois leva a supor que as vendas no ano passado foram de 9,7 milhões de unidades, mas todos os estudos que têm aparecido indicam valores muito abaixo disso.

  5. João says:

    “Mas é a Apple que domina, quer em qualidade quer em vendas.” Quanto a “vendas” ok fica com a “taça” 🙂 , no entanto no capitulo “qualidade” não é bem assim. A apple neste momento está a usufruir do capital que ganhou anteriormente só que este estado de graça não dura para sempre, que o diga a Nokia.

  6. Carlos Santiago says:

    De certeza que a Apple terá grande preponderância neste mercado, aliás, os responsáveis das marcas concorrentes diziam já antes que estavam ansiosos que a Apple lançasse o seu smartwatch para acelerar o mercado… é assim foi.

  7. LP says:

    Ninguém bate a Apple a fazer dinheiro, isso é certinho, inveja!

  8. LP says:

    P.S. “Em qui posso ti ajudar, cara?” 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.