Quantcast
PplWare Mobile

Internet: Desfocar uma imagem para esconder informação pode ser má ideia

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Miguel says:

    Sempre usei barras opacas e mesmo assim não uso o file original, faço um print ao trabalho final assim não existe hipóteses de deixar código que mais tarde pode ser revertido.

  2. Joao Ptt says:

    Já há muito que se sabe que para esconder a informação em imagens têm de meter mesmo uma imagem por cima ou pintar por cima e guardar como uma nova imagem preferencialmente em um formato que não guarde a informação por camadas.

  3. IKAROS says:

    Diria que cartões de crédito é especialmente perigoso, dado que a font, tamanho e espaçamento dos caracteres/números é standard, por isso mais facilmente reversível.

    • Manuel Costa says:

      Qualquer tipo de cartão standartizado, é fácil de remover o blur ou o borrão. Maioria usa os filtros das apps das redes sociais, algo que a própria rede social permite reverter, tendo ferramentas acessíveis por quem percebe do tema. Apagar os números com a borracha da cor do cartão, reduzir a imagem a uma percentagem aleatória e gravar num novo ficheiro, impede essas coisas, só que 99,95% dos jovens não o sabem fazer…

  4. Manuel Costa says:

    Desde os anos 90 que há programas capazes de desfocar a desfocagem das imagens… foram desenvolvidos pelos japoneses, principalmente, para remover os blur dos vídeos pornográficos. Desde aí para cá, facilmente é possível refocar imagens sem ser preciso uma biblioteca de pixels, então se a imagem for enviada para redes sociais, muita gente nem nota que fica com 3 cópias da imagem, sendo que duas desaparecem, aquando do post. As 3 imagens estão lá e basta um simples teste para as encontrar, uma delas é a versão original, sem qualquer blur ou borrão.
    Se querem fazer publicações destas, usem o Paint, editem a imagem e coloquem manchas por cima do que querem tapar. A maneira mais eficaz é apagar usando a borracha com a cor de fundo do que está em volta. Dá um pouco mais trabalho. A outra é colocar uma imagem sobreposta mas, atenção ao gravar, pois se gravam no formato original, continuará a estar lá a cópia de segurança com o original…. quando fazem isso, Save As e gravem em JPG um novo ficheiro.
    Outro truque é usar o mesmo paint, reduzir a qualidade da imagem antes de remover o que não deve aparecer. Ao fazerem isso, já torna a imagem a ter de ser processada quer seja por redes sociais, quer seja por email quer seja por qualquer serviço online. Nesse momento a vossa imagem é processada e volta aos tamanhos comuns o que remove qualquer falha no apagar de dados. E NUNCA USEM FILTROS DE REDES SOCIAIS PARA OBSCURECER AS VOSSAS IMAGENS!!!! Ao faze-lo já enviaram a imagem original que estará guardada noutro ficheiro que não podem ver… durante 8 a 20 anos. Usem sempre computadores e se usam o telemóvel, apaguem sem usar os filtros das apps das redes sociais, esses filtros não tem qualquer forma de apagar dados e só vos lixam.

  5. Sergio says:

    No meu caso, fotos de cartao ou algo que identifique alguem tipo carta de conducao, coloco lapis, cartolina ou dedos a tapar dados importantes antes de tirar a foto.
    Se for fotos com pessoas tipo multidao, ai e editar com barras, e salvar noutra foto/ficheiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.