Hackers russos roubaram dados da NSA com ajuda da Kaspersky?


Destaques PPLWARE

29 Respostas

  1. paulo says:

    Não vejo problema nisso. É óbvio, que o ideal seria que nenhuma informação seja compartilhada com governos, sem autorização da justiça. Mas também é óbvio que empresas americanas de segurança como Symantec e McAfee também compartilham informações com o governo americano sem autorização da justiça. Então a Kaspersky não é a única vilã dessa história.

    • paulo says:

      Também não se deve esquecer que essa acusação pode ser uma forma de vingança, já que a Kaspersky foi que descobriu vários cibers ataques realizados pelos norte americanos contra seus inimigos, por exemplo, os malwares nas usinas iranianas.

    • poiou says:

      O problema é que se for o governo dos USA a ter acesso à informação não há problema, já se for um governo inimigo (especialmente Rússia, china e Coreia do Norte) já é um ataque aos USA

  2. rgj says:

    Curiosamente nunca quis usar antivírus desta marca precisamente por ser de uma empresa Russa…
    Não sei bem porquê, mas não confio neles!

  3. Miguel Nóbrega says:

    Não usar anti virus e pronto, não tenho virus, ou pelo menos nada que chateie, como olta e meia tinha antes…

    • Ricardo Fonseca says:

      Claro que não tens vírus….. ou pelo menos não tens nada que te avise quando tens.
      Tu deves ser daqueles que prefere fechar os olhos para não ver.

  4. O Weirdo says:

    Por isso é que uso o Panda, não há problemas nem com americanos nem com russos…

  5. Belmiro says:

    Eu não confio especialmente nem nos Rússia, chineses ou autoridades americanas porque eles em especial vão ao cúmulo da invasão da privacidade e proteção de dados.

    Há no entanto mais empresas que se recusam a tal procedimiento nos EUA que nos outros países, também o destino dos dados nos EUA será relativamente desproblematico, ao contrário dos outros que devem ser vendidos no mercado negro para hacker de contas bancárias, vida pessoal, etc. Daí que confiar numa empresa dos EUA vs chineses ou russos é-me muito mais fácil, mas óbvio que nenhuns são santos.

    Muitos usam apps ou SO como Linux porque são abertos mas ninguém vai ler milhares ou milhões de linhas de código a ver se está lá um buraco, por isso é tudo relativo lol é a falsa sensação de segurança …

    Pedia-lhe sinto me preocupado com coisas chinesas ou russas porque eticamente já provaram serem muito maus (as autoridades) e basta ver também um pouco da personalidade dos conterrâneos destes 3 países, onde os dos EUA são tranquilos e divertidos, os outros passam à frente de filas e “atropelam” todas as normas, o que deixa um pouco ver o que podemos esperar do sistema de informação respectivo.

    • Belmiro says:

      A correção automática fez das suas 🙂 falta-me completar que na história o FBI até se tem portado relativamente bem, ao invés da CIA que também atropela direitos humanos que cheguem e tem muita história de actividades criminosas, se nos últimos anos mudou, não sei dizer. Isto tudo para esclarecer que o mundo está atado por 3 países que atropelam direitos humanos, mas entre EUA, china, Rússia, correia do norte e afins… prefiro EUA.

  6. Hugo Gomes says:

    Ladrao que rouba ladrao tem 100 anos de perdao

  7. MarioM says:

    Os idiotas da Kaspersky estão a matar o negocio.

  8. MarioM says:

    Até agora uso o Avira.

  9. abdu says:

    uso Kaspersky e vou continuar a usar. Os EUA devem estar a querer promover os antivirus dos eua com backdoors para a NSA

  10. iDespairing says:

    Uso bom senso e somente o Windows Defender. Ate hoje zero problemas

  11. Rui Magalhães says:

    Isto é atirar as culpas mais uma vez para os russos sem prova nenhuma.

  12. Altair says:

    Não sei se entedi muito bem, os computadores da NSA utilizam sistemas Windows com Antivirus Kaspersky? What!!
    O porquê da NSA utilizar sistemas operacionais windows e ainda utilizar antivirus?
    Os dados vazados tem haver com o que foi conseguido pelo grupo Shadow Brokers?

    • Jose says:

      Eu presumo que a NSA não seja um bunker onde so tens gajos a sniffar redes e a programar directamente na shell. Obviamente que tem sempre pessoas que são mais funcionais e presumo que sejam essas pessoas o bottleneck da coisa.

      Repara que a maioria do software unix é open source. Isto trás consigo vantagens e desvantagens.
      É de facto revisto por muito mais pessoas e é possivel que seja tudo mais seguro, mas tambem torna mais simples (não digo fácil, mas sim simples) tentar arranjar bugs, backdoors, work arrounds do que propriamente fazer reverse engineering.

      A única razao nao haver mais malwares/virus para unix é simplesmente porque não é tão usado e tendo em conta que quem os desenvolve quer obter o máximo proveito desses malwares/virus obviamente vão ter como target os sistemas mais usados.

      De resto, após acesso a uma máquina é tao mais simples fazeres o que queres de unix do que do windows, e não é à toa que esses conjuntos de botnets que andam para ai a pontapés têm como target IOT devices, raspberry pi ou até mesmo sistemas unix.

    • ZeTolas says:

      O artigo diz que foi um consultor que copiou informação para si e para o seu computador e esse sim (pc do consultor) é que usava o Kaspersky.

      Já agora, eu sempre usei Kaspersky e nunca tive problemas de virus… nem nunca me apareceu a máfia russa lá em casa…

      Como é óbvio todo o software tem backdoors ou problemas de códigos que permite que outros explorem o nosso pc… normalíssimo! Todos os softwares são falíveis, a começar logo no SO, por isso tem actualizações de segurança regulares. Se este é falível imaginem todos os outros que existem…

  13. Yaca says:

    Mais um jogo de interesses económicos! A política norte americana é afastar tudo o que é russo, assim as suas empresas puderam ter mais lucros. O poder económico tem-se supre posto ao poder político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.