PplWare Mobile

Exploradores de Marte poderão respirar oxigénio usando plasma


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Fernando says:

    Custa acreditar que o homem foi realmente á Lua. Agora em Marte será uma ilusão.

    • zezeca says:

      Tanto comentário que não passa no crivo, e este teu passou e deixa tanto a desejar!!
      Uns acéfalos, outros crentes!..
      Certezas só as há para quem é crente! Duvidas tem quem não é cego, se informa, se questiona e se informa de novo! E se ficar sem dúvidas relativamente a assuntos tão complexos como estes, então, muito provavelmente, virou crente.
      E nesta estória da história há muita coisa mal contada sendo que para mim o mais flagrante é nunca se ter voltado lá.
      Mesmo quando se ‘lá foi’ foi num contexto social, económico e politico instável e agressivo em os grandes ‘players’ mundiais batalhavam por ser os primeiros em muita coisa, nomeadamente serem os primeiros a chegar à lua. Melhor propaganda não haveria.

    • Bruno M. says:

      Mas não custa acreditar em seres omnipresentes, todos poderoses e “milagres…” 😉

  2. KNIGHT says:

    Eu vou para Marte, lá não ouvirei som alto desagradável de outras pessoas.

  3. KNIGHT says:

    vi uma foto da lua ali em cima, hummm… O homem não pisou na lua, okay?

    Reparem na foto um, ilustração artística e a foto 2, bom a foto 2 todos sabem, fake news, menti?

  4. Arlindo Pereira says:

    O que precisamos de levar para Marte é água e árvores. As árvores lá tratarão de fornecer oxigénio. Plantem árvores!

    • ABC says:

      Boa ideia! Pq ninguem se lembrou disso ainda?!

    • Sérgio says:

      Realmente, é uma ideia genial! Bora fazer uns regos e plantar batatas tb, assim já não precisam de levar a marmita…

    • MacGyver says:

      Hummm… mas as plantas não fazem só fotossíntese, também respiram e para isso é necessário… oxigénio! Também necessitam de azoto, fósforo e potássio, habitualmente fornecidos pela matéria orgânica presente no solo, que parece que é coisa que não abunda no regolito marciano. Claro que em alternativa os astronautas podem levar umas sacas de adubo Foskamonio às costas…

    • toni da adega says:

      Já se discutiu nisso e é uma das possíveis solucoes. Nao Árvores mas microorganismos/Algas. O único problema é que isso demora muitos anos a produzir o O2 necessário e isso poderá ser uma solução a longo prazo
      O maior produtor de Oxigénio na Terra sao os oceanos.

      Para já fala-se em processos de produção de O2 que “parta” o CO2 em O2.

      • andre says:

        Pois, o único problema é que Marte não tem escudo magnético e por isso está exposto à radiação solar que é muito prejudicial ao ADN de todos os seres vivos, o que torna o cultivo de seja lá o que for inviável a não ser que seja dentro de estufas…

    • jose pereira says:

      burrice as árvores necessitante de uma atmosfera com azoto e Marte é co2 também a pressao atmosférica é diferente da nossa podendo prejudicar a foto síntese e os raios enviados pelo sol sao enfraquecidos pela distancia

  5. AlexX says:

    Adoro estas notícias 😀
    A ideia do prof Guerra até pode ser boa e bem intencionada, problema é toneladas de foguetão atingirem a velocidade de escape sem que ninguém morra, ou como sempre ir muito mais devagarinho e começar a cair quando esgota o combustível… Quanto à composição atmosférica de Marte só pode ser mais uma suposição.

    • toni da adega says:

      “Quanto à composição atmosférica de Marte só pode ser mais uma suposição.”

      É sabido qual a composição as sondas que por lá existem já fizeram essa análise.

  6. TugAzeiteiro says:

    Há tanta coisa que nós (comum cidadão) não sabemos…. ainda há por aí quem acredite que a terra é plana, e pelo mundo há tribos que ainda vivem como vivíamos há milhares de anos atrás… portanto, acham mesmo que sabemos/nos contam tudo o que se passa “lá em cima”?! Nem por sombras…

  7. Carlos Bernardino says:

    Eu li algures, há uns anos atrás, que existem umas plantas que conseguem converter dióxido de carbono em oxigénio rapidamente. Se essas plantas fossem plantadas em grande escala no planeta Marte, talvez tivessemos mais hipóteses em ter oxigénio no planeta…
    As árvores precisam de oxigénio, logo não estou a ver como sobrevivessem em Marte, mas que há umas plantas que permitem converter dióxido de carbono em oxigénio, há! E essas sim, é que deveriam de ser plantadas…

  8. CMatomic says:

    A noticias é :
    “Investigadores das universidades de Lisboa e do Porto acreditam que as futuras missões com tripulação para Marte poderão fazer o seu próprio oxigénio para explorar a superfície a partir da atmosfera local.”

    Miguem esta falar em colonização de Marte , nem terraformagem , mas sim numa tecnologia , que poderá ser utilizada por exploradores em Marte .

  9. Paulo Rodrigues says:

    Vinhas plantadas, isso sim! Mars Wine!

  10. jprrff says:

    …é só ideias geniais. Não sei estou só a dizer. Mas alguém aqui sabe apertar um parafuso de um rocket? Sei lá eu!
    Mas plantar plantas em Marte deve ser fácil, nem sei como é que não há lá plantas. Já que alguns acreditam que não vos contam tudo, ponham a hipoteses da origem humana ter sido lá. Esgotado o planeta chegam à terra e encontra macaquideos… entretanto a terra está a transformar-se em Marte aos poucos e poucos… Portanto quando a Terra tiver deixado de ser fertil venham cá plantar plantas e transformar C02 em oxigénio… Não sei , tou só a dizer…. Sei lá…eu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.