PplWare Mobile

Dispositivos electrónicos sem bateria não entram no avião


Autor: Vítor M.


  1. NewEsc says:

    E fica aberto o debate: Liberdade vs segurança.

    • Vítor M. says:

      Verdade. E cada vez mais há um apertar do cerco, há uma forma mais tensa de ver esta questão da segurança, tendo em conta os métodos mais maquiavélicos de destruir.

      A seguir todos estes dispositivos terão de passar por rigorosos testes de segurança antes de embarcarem… é já já a seguir!

  2. Benchmark do iPhone 5 says:

    Em Londres mandam descalçar os sapatos. Cuidado com as peúgas.

    • Rui B. says:

      Já me mandaram descalçar em Lisboa por isso não é só Londres

    • Blop says:

      E agora como é que passo o queijo ilegalmente?? 🙁

    • MM says:

      Tirar sapatos é uma coisa comum. Basta passares do portal e ele apitar para os sapatos serem a primeira coisa a sair.
      Já me aconteceu em Lisboa e em outros países (alíás, quando apita em Lisboa no regresso retiro logo os sapatos antes de entrar no portal).

      • Benchmark do iPhone 5 says:

        Não tem nada a ver com sapatos a apitar quando se passa a porta de controlo dos metais (eventualmente serão os sapatos de senhora que terão tendência para apitar, por causa de incrustações metálicas ou armações dos saltos em metal).

        Em Londres, quando se põe a bagagem de mão para passar no scanner é frequente mandar descalçar os sapatos para passar também no scanner. E depois é que se atravessa o potal de deteção de metais, em peúgas, sem peúgas (ou com peúgas e o dedo grande do pé a aparecer).

        Não tem que ver com deteção de metais mas com explosivos que foram encontrados uma vez nuns sapatos. E descalçar os sapatos para os passar num scanner não é assim tão frequente porque depois do 11/9 já viajei por bastantes países e só em Londres é que encontrei isso. Mais informação:

        http://www.bbc.co.uk/news/world-us-canada-11610326

        • MM says:

          Olha, eu acho que tirar sapatos é uma coisa bastante comum, tão comum que há quem fala como eu. Chega e descalça-se logo – independetente do aeroporto.

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            Pessoal com os pés inchados, presumo. Por que é que não usam sapatos mais largos? Já sabem que os pés incham durante o voo!

            Isto, fora o pivete.

  3. zukananet says:

    O medo e a paranóia.

  4. BigLord says:

    Não podiam ter carregadores à entrada do check-in para evitar este tipo de situação? FFS…

  5. magamig says:

    EUA : se eles quiserem rebentar com uma bomba, não vai ser por causa desta proibição que isso não vai acontecer…

    • ACS says:

      Os EUA têm de justificar os milhões que gastam com a segurança por isso inventam estas regras para “mostrar” ao povo Americano que estão protegidos.

      É a mesma coisa da guerra de 5 em 5 anos. Há que justificar o porquê do orçamento militar ser 1000x superior ao da NASA ou do ObamaCare. Temos de proteger o mundo dizem eles! Quando o que querem realmente é subir o preço do petróleo que está associado ao Dollar e fazer entrar milhões todos os anos na industria do armamento que é Americana.

    • Manuel says:

      Pois nao, mas pode diminuir os risco de algo de mal acontecer!

      • Blasterjack says:

        Basta desidratarem completamente as pessoas, meta-las em sacos, congela-las, levam-as na cauda do avião, chegam ao destino, descongelam, regam-as um bocado e nada aconteceu (se fazem bombas com o que vai num frasco de perfume, também devem conseguir por no estômago e arrebentar, Alá lhes dirá xD)

  6. SwitchPT says:

    A questão é “sem bateria” ou “sem a bateria”?

    • Pedro says:

      No artigo diz “As part of the increased scrutiny at certain airports, security agents may ask travelers to turn on their electronic devices at checkpoints and if they do not have power, the devices will not be allowed on planes, the TSA said.”

      traduzindo, “… os agentes de segurança poderão pedir às pessoas para ligar os aparelhos eletrónicos à entrada e se estes não tiverem bateria/energia/carga, os dispositivos não serão permitidos nos aviões,…”

  7. kuro says:

    É um bocado irónico os americanos estarem preocupados com a Al-Qaeda. Quem tem visto noticias ultimamente sabe perfeitamente que os EUA têm estado a apoiar esse grupo para provocar instabilidade em várias regiões do médio oriente. A Al-Qaeda é mais uma ferramenta da CIA do que propriamente uma ameaça ao ocidente.

  8. Paulo R says:

    Tem piada é que para sair dos Estados unidos, deixaram passar uma garrafa de agua 50 cl que ainda estava meio-cheia.
    NEm me disseram nada.
    Na Inglaterra, também deixaram passar uma pasta de dentes ainda por estrear que me tinha esquecido no fundo da mala de mão. O segurança abriu a mala, retirou a embalagem, passou novamente no raixo-x e devolveu-me.
    Em Portugal, é que são mais restritos e obrigaram-me a deixar já varios liquidos como um pequeno pacote de leite com chocolate ou um gel para cabelo.
    Afinal, qual é o país com mais controle?

    • Bruno M. says:

      Depende quem esteja a fazer a revista… e depende em cada país!
      Podes apanhar um mais brando ou um mais rigoroso.

      Já passei para o uk e frança com a mala cheia de produtos de higiene pessoal, inclusive uma garrafa de água de pt para uk e já me obrigada a deitar fora um iogurte e uma garrafa de água a meio em frança.

      É uma questão de sorte.

    • Blasterjack says:

      O Tuga tem de manter o progresso. L….E….N….T…O

  9. Marco says:

    Com carga é sempre mais facil obter ignição, não ? Ou há aqui qualquer coisa que não estou a apanhar.

    Mais uma das idiotices em prol da segurança. A maior ameaça aos americanos (e ao resto do mundo) são eles próprios.

  10. CMatomic says:

    O melhor é não levar telemóvel .

  11. Mike Ross says:

    Por levar valium fiquei preso 2 semanas em volgogrado, bendita embaixada

  12. simples says:

    não andem de avião!

    • Blasterjack says:

      Só lhes deve faltar fazer o toque retal aos passageiros.

      Alguém que esteja habituado a andar de avião, quais são as coisas que nao podem levar? (para alem de armas brancas, armas de fogo, explosivos e telemóveis descarregados)

      • RaCcOn says:

        – Líquidos, usualmente existem quantidades máximas mas depende de companhia aérea pra companhia aérea…
        – Laminas, por exemplo laminas de barbear normalmente não passam,
        – Embalagens com líquidos que não tenham lacre,
        – Qualquer tipo de produto inflamável,
        – Bebidas alcoólicas caso estejas a viajar para países árabes,
        – Ferramentas tipo chaves de fendas etc,
        – Isqueiros

        Existem ainda outros países que não te é permitido sair com determinados produtos…exemplo da Austrália tais como determinados tipos de comida, plantas e até sementes.

  13. Blasterjack says:

    Como é que querem que aquilo expluda se nem recebe sinal? Custa muito verem se o telemovel foi aberto antes de embarcar em caso de estar sem bateria? Ai droga encontram em qualquer lado e armas brancas bombas? não bombas não encontram.

    Há coisas que não entendo mesmo, nem toda a gente anda com o telemóvel com a bateria ao máximo, e até pode acontecer de estarem de passagem no pais e pouco deu para carregar o telemóvel ou nem se lembraram.

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Mas qual sinal?! Estamos a falar de bombistas suicidas! O explosivado vai numa caixa de smartphone – por isso é que a segurança do aeroporto pode pedir para o ligar para saber se é de facto um smartphone nos conformes! E o detonador vai nos sapatos do MM.

  14. Bruno Cardoso says:

    Não é só para os estados unidos, ainda ontem viajei de Paris para Bordeaux e falaram nessas normas de segurança, mas já dentro do avião.

  15. Francisco Moreira says:

    O meu portátil não tem bateria (estava danificada e deitei-a fora). Isso significa que se eu quiser ir para os EUA e precisar mesmo de levar o portátil tenho que comprar uma bateria?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.