PplWare Mobile

Condução autónoma: Quem lidera em número de patentes?


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Belmiro says:

    Eu conheco pessoas que trabalham directamente na Bosch e Continental na Alemanha e aquilo é uma máfia sem fim… Eles produzem produtos para a indústria automóvel e todas as pecas (injectores, catalizadores, etc) já estao programadas para acabar passados X km, muito por programacao da centralina e pequenos chips que contém várias das pecas no motor. Por exemplo falaram de várias pecas que devem apresentar defeito máximo aos 150.000 Km (+-) independentemente se tem pouco desgaste. Assim como os catalizadores e várias sondas que tem o tempo “contado” (em vez de serem usadas até (e se) apresentarem defeito) em Km ou tempo (o que surgir primeiro). Cada vez mais as marcas principalmente alemas tem o código “visível” e tem 2-3x mais código escondido que controlam as vezes que querem obrigar o cliente a ir à fábrica! As marcas alemas tem muitas “patentes” porque estilo Apple cada minima coisa querem “defender”.

    As marcas alemas estao muito aquem da Nvidia + Tesla e sinceramente nao tenho pena nenhuma porque quanto mais conheco o “modus operandi” delas, menos afeicao tenho…

  2. kekes says:

    A tecnologia Bosch está já em muitos carros. Será um gigante no futuro.

    Resta dizer que a questão das patentes no mercado automovel é muito diferente, já que as empresas têm imensos protocolos de cooperação nesta área.

    • Goncalo says:

      desde ha muitas decadas, ha imensos componentes Bosch em qualquer carro produzido pelo menos na Europa. Desde borrachas, a chips, centralinas, injectors, velas, escovas, etc

  3. Mglr says:

    Até gostava de saber que patentes tem a continental…

  4. Alex says:

    Como tenho defendido, o advento dos carros autónomos é eléctricos não deverão mudar o balanço de poderes actual da indústria automóvel, os fabricantes de sistemas e construtores generalistas estão em cima do acontecimento.
    Os germânicos não dormem, como os suíços fizeram na altura em que os relógios quartzo japoneses pareciam ir dominar o mercado, estão a reagir de forma muito célere e acertiva.

  5. Helder says:

    Google: muita parra, pouca uva!

    • dajosova says:

      normalmente essa expressão indica uma condição depreceativa. achas mesmo justo dizer que a Google é só fogo de vista? …ou dirias antes que “pelas notícias que leio, nem fazia ideia que há muito mais patentes doutras marcas além da Google”. Obg Pplware!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.