PplWare Mobile

Banco Santander Totta vai começar a cobrar pelas transferências MB WAY


Fonte: Lusa

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. A. Martins says:

    …próximo!!??!!

    • Mac says:

      +1 – P R Ó X I M O ! ?
      Bom, calma que isto é apenas o começo. Para já € 1,20, depois € 2,50, € 4,90 e por ai fora… – Ninguém contesta, logo todos os bancos vão aproveitar o barco e beneficiar desta grande têta. E são mais uns Milhões nos lucros anuais dos acionistas destes “a g i o t a s” sem pudor que ainda há uns anos recorreram aos impostos de todos nós para se segurarem.
      A moda está a pegar e alarga-se também a outras empresas privadas como a NOS, que vai começar a cobrar de mansinho € 1,50 a cada 2 meses em todos os cartões SIM livres( € 9,00/ano); ou seja, como sacar mais de € 20.000.000,00 por ano aos pequenos…
      Viva o Capitalismo Selvagem.

    • Tiago Santos says:

      Basta alguma pesquisa e temos uma alternativa fora do monopolio financeiro portugues. 🙂

      https://pplware.sapo.pt/informacao/paypal-copia-o-servico-mbway-transferencias-gratis/

  2. bruno says:

    Os bancos para terem milhões de lucro, no final do ano, alguém tem de ser fo…., neste caso os clientes..

  3. José Carlos da Silva says:

    O que vale é que tudo tem custos para os bancos. Coitadinhos, é só prejuízo e perder dinheiro…

    • Não Interessa says:

      Se o custo que eles têm com cada transação for superior a 0.05 cêntimos fico muito admirado, dado que estamos a falar de transações ELETRONICAS, não há um único ser humano envolvido!!!

      • jose says:

        Então como o sistema bancário que realiza as transacções foi implementado? Como ele é gerido? Como se pagam os ciclos de cpu, storage, energia e afins necessários para manter o sistema?
        Por não haver bancários envolvidos não quer dizer que a operação por de trás não seja gigante. O orçamento anual para operações relativas a manter transacções bancárias é na casa dos milhões.
        Não obstante, para mim esse dinheiro não tem de ser imputado ao cliente da forma como é e nos montantes que é.

        • Hugo Nabais says:

          Isso é verdade, mas temos que ver o que se está aqui a falar.
          A SIBS já divulgou que a esmagadora maioria das operações do MBway é inferior a 10€, e muitos bancos querem cobrar 1€ ou mais!
          É mais de 10% de comissão por operação, o que neste caso particular é algo no mínimo revoltante para a maioria das pessoas!!

          • jose says:

            É claro que é revoltante, mas se fores a ver, os custos da SIBS nada têm a ver com os custos dos bancos, a SIBS process, mas depois cada entidade bancária tem de fazer a transacção independente em seus sistemas.
            Se fores a ver o que os bancos estão a cobrar é semelhante ao que cá cobram por transferencias no homebanking.

        • Pintor says:

          Pagam como tem pago até agora, utilizando aquilo que ganham investindo o que os clientes lá depositam, as comissões que a grande maioria dos clientes pagas pelas contas, com o que o estado lá tem injetado proveniente dos nossos impostos.

    • anon says:

      Bancos esquecem de que sem o dinheiro das pessoas estão falidos. Hão que financiar algumas das funcionalidades para manter os clientes.

    • says:

      Os custos são para os clientes dos bancos!
      Para os bancos são lucros! Afinal o produto de venda deles é dinheiro!

  4. Fixo says:

    O que se chama “transferências MB Way” são transferências usando apenas o n.º de telefone de quem tenha aderido ao MB WAY, sem ser preciso número de conta/IBAN

    O preço dessas transferências usando a app do BPI é zero.
    Pelo que li, usando a app do Santander também é zero.
    (No BCP não sei, mas seria estranho se fosse diferente)

    Acho que o título do post está exagerado.

    • Peace says:

      A APP do santander não permite transferências MB Way usando apenas o nº do telemovel

      • Fixo says:

        Espera por Julho. É quando está anunciada cobrança de taxa do Santander usando a app MB Way.

        Assisti em direto e ao vivo a esta cena com a app BPI – que passou a fazer transferências MB Way, sem pagar, e a gerar códigos de levantamento nas caixas Multibanco, como a app MB Way.

      • Cortano says:

        A App do Santander é uma bela porcaria.

        • Woot! says:

          É melhor que o netbanco. Alias são ambos uma bosta mas a app é ligeiramente superior em termos de disponibilização de informação

  5. Victor says:

    Vergonha, caminhamos a passos largos para um país terceiro-mundista

    • fc says:

      Eu diria que o primeiro-mundo é que é conhecido por cobrar comissões bancárias. Desde que me lembro há bancos nos estados unidos que cobram ao se fazer um levantamento numa ATM.

      • anon says:

        O que acontece quando tens que pagar a conta e devido à taxa de levantamento não consegues pagar porque falta-te dinheiro? Eu diria que o problema passa a ser do banco.

        • fc says:

          Nesse caso em que momento é que o banco está em incumprimento com algo que está contratado?

          • anon says:

            Como não? Imagina situação. O comerciante não aceita cartões. Tens que ir levantar dinheiro e pagar a taxa. Só tens dinheiro para pagar o que deves ao comerciante. Como fica?

        • Woot! says:

          Não tens dinheiro para a taxa, não levantas o dinheiro. É simples. Logo não pagas o que queres comprar.

          • anon says:

            Não pago mas tenho dinheiro logo o problema não é meu. Simples. É como ir ao restaurante e não aceitarem alguns cartões refeição. Se não avisarem comes e não pagas.

        • Woot! says:

          É muito bonito falar mas na prática não funciona assim.
          Comes e não pagas? Giro. Já vim um engraçado tentar fazer isso numa cervejaria no colombo porque não estava escrito e o restaurante chamou a policia. Guess what. Obviamente que o homem teve de pagar.

          • anon says:

            E pagas como se eles não aceitam o teu cartão e o cartão não permite levantamentos? Chamar polícia não resolve nada.

  6. Mota says:

    Palhaçada. Já nos cobrem pouco por comissões todos os meses.
    Estes bancos vão acabar por matar a melhor app portuguesa. É inevitável.

  7. Peace says:

    O ordenado deste senhor tb tem custos para o meu bolso.

  8. Samuel says:

    O MB Way acabou de ser morto.

  9. hugo says:

    revolut é a solução

  10. David Guerreiro says:

    Já se sabe que eles vão cobrar comissões em tudo o que possam cobrar. No Multibanco não o fazem porque não é permitido. De qualquer forma até compreenderia que algumas coisas no Multibanco fossem pagas. É que há pessoas que no dia de receber o salário vão à caixa Multibanco 3 ou 4 vezes no dia e tiram extratos em papel para ver se o dinheiro já entrou na conta. Já se sabe que quando é sem custos, há tendência aos abusos.

  11. RdB says:

    Pelos vistos os clientes não são a prioridade no Santander Totta, infelizmente. Se efetivamente passarem a cobrar pelas transferências eu vou fechar conta no Santander Totta. Transfiro tudo para o Best e Big. Enfim… quem tudo quer tudo perde.

    • Cortano says:

      Para o Santander os clientes nunca foram prioridade é nem são tratados com grande respeito.
      Infelizmente não posso fechar a minha conta lá, se não já o tinha feito há anos.

  12. Diogo Oliveira says:

    Este é mais um motivo de deixar de ser cliente Santander e me levar a encerrar a conta.

    Tinha crédito habitação no Santander, mudei para um com muito melhor taxas e condições e no final sobrava a conta. Menos um cliente, não só pela questão MBWAY mas por me terem mostrado não ter qualquer interesse nos clientes.

    • Tiago Costa says:

      Boas,
      Tambem tenho conta no Stantander com credito habitação, podes indicar para qual foi o banco que mudaste o credito?

      Obrigado,

      • Jorge says:

        CTT, investiga pois acho que vale a pena. Primeiro sabe as condições no CTT, depois ameaça o teu banco que vais mudar e vê se eles fazem contraproposta. Comigo resultou.

      • Diogo Oliveira says:

        Pedi ajuda ao serviço do Doutor Finanças (faz pesquisa pelo nome no Google se não conheceres. Tem toda a info na net).

        Fizeram análise à minha situação e arranjaram-me para o Deutsche Bank com muito melhores condições. No total vou poupar cerca de 37000 euros no total do empréstimo e ainda deram 1% do valor total do financiamento para mudar de banco e cobriu os gastos todos.

        Atenção que o Deutsche Bank em Portugal foi vendido à ABANCA (Espanhola) mas mantém todas as condições contratualizadas. A mudança para a ABANCA será apenas em Julho.

        • Tiago says:

          Diogo, e quando foi celebrado o crédito inicial?
          É que para quem tenha créditos antigos com condições pré-crise, pode não compensar a mudança

          • Diogo Oliveira says:

            Foi no ano de 2017. É um crédito recente.

            O serviço do Doutor Finanças é gratuito para o utilizador.

            Pode consulta-los e dirão se encontraram no mercado uma proposta melhor ou não.

  13. eu says:

    MB Way é uma App fixe.
    Uma das que usa ocasionalmente.
    Com esta notícia, para mim a App morreu.

  14. Joselito Fagundes says:

    …por isso faço transferências por paypal…a custo zero!

  15. Miguel says:

    Portanto o Santander Totta junta-se aos bancos de merda na cobrança de taxas por transferências via MB Way, porque isso tem custos para o banco. Os bancos também são custos para as pessoas.

    • Fixo says:

      Não confundas “transferência via MB Way” ou seja, entre aderentes ao MB Way usando apenas o nº de telefone com “transferências via a app MB Way”

      A app do BPI passou a fazer “transferências via MB Way” sem custos. Faz sentido que os outros bancos façam o mesmo.

    • Woot! says:

      Tal como no BPI e no BCP provavelmente no Santander só vai pagar quem não tem aqueles pacotes “obrigatórios” de contas. Eu sou cliente BPI e continuo sem pagar nada via MbWay com a Conta Valor.

  16. Pintor says:

    Não deve faltar muito para começarem a taxar a utilização do MB.

    • anon says:

      Podes ter a certeza que os bancos que começarem a cobrar vão perder maior parte dos clientes.

      • Pintor says:

        Os Bancos como qualquer cartel ,vão agir em conjunto caso sigam por esse caminho, começam todos a taxar.
        No entanto é como tudo, quem tem mais que a maioria continua a poder negociar com os bancos taxas de juro e isenção de despesas de conta, cartões e todo o mais e ainda recebe bilhetes para espetáculos entre outros “mimos”.

  17. falcaobranco says:

    Assinem a queixa que está no site da DECO… antes de falarem por aqui… assinem lá e contestem…

  18. Carlos says:

    Os Bancos são cada vez menos sérios com os clientes. Os custos que o Santander refere, derivam do facto de os Bancos estarem a apostar na inovação a, qual lhes permite reduzir substancialmente os custos com pessoal.
    Os ATM e o MBWAY fazem parte dessa estratégia, o Santander já tem um balcão totalmente automatizado, pelo que ganha muito mais do que perde.
    Não deixa de ser interessante olhar para os bancos que continuam a receber juros pelo dinheiro que emprestam, mas deixaram de pagar juros ao dinheiro que os clientes lhes emprestam (Depósitos). Um cliente para receber umas migalhas pelo seu dinheiro tem que pedir ao Banco que o aplique, mas por sua própria conta e risco. Assim o Banco vai fazer negócio com o nosso dinheiro, se a coisa correr bem ganha o banco e o cliente, se correr mal, o Banco não perde (até pode ganhar) mas o cliente perde.
    Portanto um cliente é visto hoje por um Banco como uma vaca leiteira onde se vai buscar comissões e, se for preciso, ainda existem os contribuintes para suportar os prejuizos.
    Um banco que aumentou os seus lucros em 5%, nos 3 primeiros meses do ano, vem para aqui queixar-se de custos? Custa a acreditar que se fale a sério, mas não custa nada acreditar que se quer mesmo fazer passar as pessoas por estúpidas.

  19. big says:

    Não conheço banco mais interessado de subtrair dinheiro aos seus clientes como o Santander Totta, possui lá conta, e cobraram todos meses perto de 5 euros de comissões (mesmo tendo o ordenado lá domiciliado), além disso terminaram todas as contas sem comissões (tirando obviamente a conta associada aos serviços mínimos bancários que o banco de Portugal os obriga a suportar), transferências Imediatas são possíveis mas são cobradas a 1,20 cada, podem por exemplo adquirir pacotes de transferências Imediatas com um valor mensal de €2.5 que permite até 5 transferências por mês mas as transferências não realizadas não são acumuláveis no próximos mês (que palhaçada). Para mim sem sombra de dúvida este banco é o banco com uma atitude comercial mais agressiva que conheci (por estas e outras razões) quererem cobrarem o MBWay era só uma questão de tempo e pelos vistos pelo discurso do director do banco se for por eles não param por aqui.

  20. Cascas says:

    Não é por acaso que andam a fazer publicidade em algumas loja…
    Ninguém dá nada a ninguém…..

  21. GILBERTO SILVA says:

    Ele fala como se fosse apenas em Portugal que não se paga taxas nas ATM , noutros paises também existem ATM’s em que não se paga taxas e os custos são suportados pelos bancos. Curiosamente no UK o Santander não se queixa desses custos… e ainda assim lucram.
    Querem é aproveitar-se e roubar ainda mais … já não bastam as taxas e custos de manutencao … Lá fora não há custos e ainda nos pagam para mudar .

    • Pedro says:

      De acordo. Trabalho no estrangeiro, tenho conta e cartões no estrangeiro e não pago comissões, nem de levantamento nem de manutenção de conta. Já para não falar que também não cobram anuidades de cartões, crédito ou débito. Além disso, taxas de juro para crédito pessoal ou habitação muito mais interessante que em Portugal. Infelizmente no nosso país impera a lei do roubo e baixos salários e é por isto, e não só, que muita gente decide deixar o país.

  22. Pedro says:

    Parabéns ao Santander! Hoje foi a primeira e última vez que fiz pagamentos com o MBway. Acabaram de matar o serviço! E acabaram de perder um cliente.

    • Pedro says:

      Eu bem gostava de poder deixar de ser cliente destes chupistas que cobram comissões, abusivas, por tudo e por nada. É uma tristeza ver que nada se faz em relação a estes constantes abusos por parte da banca e outras entidades.

  23. anon says:

    No dia em que bancos começarem a cobrar por usar o multibanco, podem bem ir embora porque pessoal vai começar a tirar o dinheiro. Este Pedro Castro é um burro de tamanho de um elefante!

  24. Rui Magalhães says:

    O que é estranho nesta situação toda é o silêncio ensurdecedor da SIBS, criadora da app MBWAY.
    Os bancos estão a matar a app e a SIBS nada diz.

    • A. Martins says:

      +1 totalmente de acordo!! Também não compreendo!!.. ou então, na pior das hipóteses, foi tudo planeado para ganharem todos. Se foi o caso, enganaram-se redondamente!!

      • jose says:

        Meus amigos, por acaso vocês conhecem a base accionista da SIBS?
        Procurem e vão encontrar quem mete dinheiro na SIBS e quem lucra com essa circulação de dinheiro..
        Só gente ingénua..

  25. Ismael Carvalho says:

    O Banco CCT não cobra taxa nem comissões de conta

  26. José Miguel Santos says:

    Mercado livre. Usem as armas que eles usam, não sejam gado.
    Já existem outras alternativas para pagamentos electrónicos. Qualquer dia nem conta bancária preciso.

  27. Marco says:

    Façam como os alemães, paguem tudo em dinheiro vivo (o que for possível claro).

  28. Nuno says:

    Como perder clientes. Era toda a gente que tenha conta no totta e use a app mudar de banco se de hj para amanha perdessem 1000 clientes abriam logo os olhos

    • anon says:

      Podes ter a certeza de que se as moedas virtuais fossem mais estáveis e pessoas confiassem todo o setor bancário ia simplesmente a vida. Depois choram quando isso acontecer.

  29. Hugo Nabais says:

    “o presidente do Santander Totta criticou ainda a isenção de custos do multibanco.”

    Eu critico os valores absurdos cobrados pelos bancos para quase todos os serviços, critico os prémios dos administradores, critico as taxas de juros que oferecem nas contas a prazo, etc etc etc

    • jose says:

      Eu não critico nada, são entidades privadas, podem pagar quanto quiserem e bem entenderem e cobrarem dentro dos limites da regulamentação do BdP.
      Eu devido ao meu activo não tenho banco nenhum que me cobre o quer que seja, é tudo oferta, mas se tivesse nessa posição de pagar 5 euros mensais como muitos se queixam, já teria tudo em banca online, não preciso de balcões para nada, o modelo está mais que ultrapassado e tem custos absurdos que são imputados ao cliente de 1001 formas.

      • Hugo Nabais says:

        Se não criticas nada, porque é que criticas o pagamento das comissões mensais?!?!?!?!

        • jose says:

          Não critico no meu caso pessoal, que não pago nem nunca pagarei nada disso, apenas o referi para mencionar que existem alternativas, e que se estivesse do lado de alguns que aqui andam já me teria mudado, nada vos impede de receber ordenado num revolut, n26, DKB, monzo, best, etc..

  30. Lumia says:

    gerar cartões mb net também vai ser cobrado algum valor? ou isto é mesmo só para transferências?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.