Quantcast
PplWare Mobile

Avião totalmente elétrico pode voar 965 km com uma única carga

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. CMatomic says:

    Ate no espaço os motores serão elétricos , e alguns já foram testados em sondas.

    • int3 says:

      mas a propulsion é muito pouca.
      há uma sonda que tem um propulsor de iões e guess what? pouco acelera. mas obviamente ao longo do tempo pode chegar a uma velocidade até 0.1c em 100 anos ou pouco mais. o problema é abrandar. precisas da mesma energia que usaste…

    • Toder says:

      No espaço as baterias são elétricas e sao carregadas a partir do sol, mas os motores principais sao a combustível

  2. Joao ptt says:

    Já estou a imaginar, entro no avião, e o avião: para onde senhor? E eu: para Faro, Algarve, Portugal. E aí vai a aeronave sozinha, sem pilotos, sem poluição, uma maravilha.

    • Belmiro says:

      “Senhor, agora está a decorrer um update de antivírus e depois decorre um reinício. Por favor espere 30 min… ” ou então: “decorreu um erro na Actualização, viagem não é possível, por favor contacte o administrador”. Ou então: “veículo invadido e bloqueado, deposite xxxxxxxx bitcoin para desbloquear o software e poder utilizar o veículo”

      • Toder says:

        Uma maravilha

      • Joao ptt says:

        Um idiota poderia colocar sistemas windows num avião, sem dúvida!
        Contudo, o mais óbvio é escolher algo mais estável tipo alguma variação do Linux, ou fazer um sistema operativo de raiz para reduzir ao mínimo o que pode ser atacado, oferecendo só o estritamente necessário para não abrir brechas desnecessárias.
        A menos é claro que a empresa queira deixar de vender rapidamente, acho que serão cuidadosos com essa parte… desde que não sejam desenhados na China claro, aí TERÁ de ter vulnerabilidades, porque o governo de lá não permitiria de nenhuma outra maneira.

  3. Marco says:

    Os navios deviam seguir o mesmo rumo, quanto mais cedo melhor…não imaginam os cargueiros e cruzeiros a quantidade de poluentes que emitem e combustível consumido.

    • g0tH1c.X says:

      A maioria dos grandes, os motores já são eletricos…:-)
      Apenas ainda usam é um gerador diesel para fornecer a energia necessária.
      Mas já existe o Yara Birkeland, 100% electrico, em projecto pelo menos…:)

  4. dajosova says:

    se daqui a 15 anos as energias limpas (alternativa/elétrica/ecológica) combinadas suprirem 10% das necessidades mundiais já será muito bom.
    Ao ritmo da necessidade energética global o petróleo e carvão continuarão a ser a esmagadora maioria.
    Ou há uma mudança radical ou então não antevejo assim tanto avanço na prática e de forma massiva em tão pouco tempo para a energia elétrica nos transportes (camiões, aeronaves, navios), já para não mencionar a sua aplicabilidade a outras indústrias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.