PplWare Mobile

Apple, Facebook e Google, quanto pagam de impostos por ano?

Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

Deixe um comentário

20 Comentários em "Apple, Facebook e Google, quanto pagam de impostos por ano?"

avatar
  Subscreva  
Notify of
Francisco Almeida
Visitante
Francisco Almeida

Ui… mas a Apple ao que ganha ainda se queixa do que paga de impostos? Nem tinha ideia que o Facebook pagava tanto.

Então que dirá o Zucker. Tim, paga e cala-te.

Dave
Visitante

Francisco…o homem não se queixou das taxas. Apenas foi confrontado com a questão da fuga aos impostos.

E não só disse que os paga, como ainda atirou que se paga demasiado para apenas produzir na américa.

Mas isto é global! Se um dia tiveres negócio vais entender e também o farás!

Nelson N
Visitante
Nelson N

o Tim Cook disse que paga “todos os impostos devidos ao governo dos Estados Unidos.” e o resto? como ainda há poucos dias foi notícia em relação à Itália?

JBM
Visitante

A questão de Itália tem a ver com a forma como uma empresa multinacional distribui os lucros de vendas entre subsidiárias e países. Não se pode esperar que uma subsidiária que não contribui para o desenvolvimento de produtos tenha a mesma percentagem de lucros de outra que desenvolva os produtos.

kekes
Visitante
kekes

A Apple básicamente faz isso en toda a Europa. Em Espanha a Apple tem dinheiro a “receber” poruqe a subsidiária da prejuízo!!! As empresas deviam estar proibidas de fazer estes malabarismos.

JBM
Visitante
Qualquer empresa multinacional faz isto e as leis nacionais e europeias permitem isso. Se tu tiveres uma empresa que exporta para outro país os teus lucros são cá, não no outro país; a lógica é algo semelhante com uma multinacional, que tem sede fora do país de venda, mas uma subsidiária local que pode nem ter grande actividade comercial, apenas tratando das relações pós-venda e marketing. Tudo depende da estrutura montada e dos custos. É claro que pode levar a abusos, mas também é claro que as mais valias sobre os produtos não estão nas subsidiárias locais. A questão é… Read more »
PSN
Visitante

O que tem Itália?

Sabes que o governo lhes queria cobrar indevidamente, e pagaram menos, porque foram a tribunal?

Não tens ideia, Itália é o que safa Portugal, Grécia e etc. de ficar em último na corrupção.

Zombie
Visitante
Zombie

Indevidamente ? E dp o outro eh k n tem ideia…enfim eh so iluminados a falarem diatribes …!

Ajuda Por Favor
Visitante
Ajuda Por Favor

Amigos, uma duvida:
Comprei um Iphone 5s a ao carregar com ele desligado, não aparece nada no monitor é normal?
É que no eu anterior um Samsung aparecia uma bateria a carregar, no iPhone não me aparece nada..
Obrigado.

rui pedro
Visitante
rui pedro

A apple não os paga. Por isso é que lhes andam a apertar os calos agora.

Andr8
Visitante
Andr8

Ora nem mais!

A Apple tem mais dinheiro no “mealheiro” que a Reserva Federal dos EUA.

Agora querem obriga-los a fazer algo que não são obrigados!

Mylittlelife
Visitante
Mylittlelife

Nos EUA não sei mas na Europa a Apple, Amazon etc fazem em esquema de tributar tudo como se estivessem no Luxemburgo, Holanda etc onde podem pagar menos impostos o que não é permitido totalmente do modo como o fazem. Ou seja, vendem produtos noutros países (Itália, etc) e pagam impostos desses lucros como estando no Luxemburgo.

Estas grandes multinacionais tem que se lhes pisar os calos senão acham-se chico-espertos e fazem o que bem lhes apetece.

PSN
Visitante

Isso é bem sabido, e não são só essas empresas estrangeiras, as europeias e portuguesas também.

Não fazem absolutamente nada de ilegal.

É o espaço shengen, é a vida, é para todos!

Pior são os armazéns dos chineses.

JBM
Visitante
As leis europeias e nacionais permitem isso, e para muitas empresas tem toda a lógica pois os seus activos intelectuais e o desenvolvimento dos produtos estão fora dos países onde são vendidos, isto é, a sede da empresa é noutro sítio. E é a sede que deve receber a maioria dos lucros; basta pensar que se uma empresa apenas usasse distribuidores locais para vender os seus produtos no país, aconteceria algo semelhante – venderia aos distribuidores quase ao mesmo preço que aplica às subsidiárias. A questão está na percentagem de lucros que cabe às subsidiárias, qual a estrutura de custos… Read more »
Jorge Carvalho
Visitante
Jorge Carvalho

Tendo em conta que 2/3 dos negocio da Apple é fora dos EUA até admira pagarem tanto lá. O Facebook só tem negócios lá.

Abc

JBM
Visitante

A percentagem de impostos é no global não é só para o que pagam nos Estados Unidos. Imagino que para os rendimentos directos da Apple nos Estados Unidos sejam tributados no equivalente a 35% sobre os lucros.
Penso que o Facebook também tem negócios noutros países.