Quantcast
PplWare Mobile

Android perde fôlego na Europa e quem ganha é o iPhone e WP

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. gustavo says:

    A Microsoft vai ter uma palavra a dizer muito em breve.
    Desde que mudei para WP que não vejo nenhuma concorrência…..
    Com o Windows 10 a chegar à que fazer publicidade à Apple….

    • bruno says:

      Sem dúvida. Mudei para wp a cerca de 1 mes e estou extremamente satisfeito.depois de me habituar nao quero outra coisa.gosto mt do nível de personalizacao de Android mas a eficiência do wp e fantastica. Ansioso agora pela versão 10

    • Liberal da Cerca says:

      à que, o quê? O há é de haver. há que!! Fica lá com o teu wp para ver se ele corrige os pontapés na gramática da nossa língua materna… O desinvestimento na educação é o que dá!

      • KingDi says:

        LOL. Mas que raio tem isso haver com o WP???

      • Vlad says:

        Estou a ver que português não é o teu forte. A frase inicialmente escrita por Gustavo está correcta.

        O significado da palavra “há” está relacionada com o verbo existir. A forma mais simples de saberes se o uso de “há” está correcto, é trocares esta pela 3ª pessoa do singular / plural do presente do indicativo do verbo existir e vês se a frase resultante têm lógica. Por outras palavras substituis “há” por “existe” / “existem”.

        O “à” e uma preposição.

        “O desinvestimento na educação é o que dá!” Tens toda a razão…

        • Armando says:

          Ó Vlad, por favor… Obviamente, “há que” é a forma correcta. Há que estudar mais, rapaz!

        • Nunes says:

          Achas que ali faz algum sentido que seja uma preposição!?
          Segue o teu próprio conselho… substitui há por outro tempo verbal e verifica que se faz sentido! E haver não é só sinónimo de existir, é tb sinónimo de TER.
          “Com o Windows 10 a chegar
          havia/tinha
          que fazer publicidade à Apple”

      • Slyzer says:

        Fiquei mais confuso com o teu comentário do que com o do bruno… antes dar pontapés na gramática, do que mandar bitaites da gramática dos outros e usar isso como argumento. Ah! e já que gostas de criticar a gramática dos outros, para a próxima tenta usar “aspas” e “vírgulas” quando necessitares (só para não ficares mal visto 😉 ).

  2. João says:

    O WP tirando a frança e o Reino Unido, teve subidas de miséria e descidas. Globalmente o WP mantém-se quase estagnado. O IOS é obviamente o grande vencedor e concorrente ao Android.

    • João says:

      Mas cuidado, não pensem que a Google anda a dormir… dentro de meses, acredito que vão haver mudanças drásticas no mundo Android…

      • Marco says:

        Para os novos modelos que sairem, e mesmo nem para esses basta uma samsung ou htc ou qq outra marca chinesa lançar o telemóvel com um SO mais antigo. E todas essas mudanças que possam existir caem por terra.

    • 1berto says:

      A Microsoft “abrandou” a aposta nestes últimos meses, pois tem o Windows 10 a sair este ano e está a reunir esforços para o seu lançamento.

      Uma amostra disso, é este ano não ter sido lançado um flagship, pelo que só será lançado (e vão ser logo 2) quando sair o Windows 10. A Microsoft está ainda a alterar as lojas Nokia pelo mundo fora, para lojas e “kioskes” da Microsoft. A Mircosoft também realizou à pouco tempo uma parceria com a Xiaomi, para poder transformar os terminais Android em Windows 10.

      Ainda assim, no Natal a Nokia/Microsoft foi a 3ª empresa que mais smartphones vendeu, atrás da Apple e Samsung.

      • Nunes says:

        “Ainda assim, no Natal a Nokia/Microsoft foi a 3ª empresa que mais smartphones vendeu, atrás da Apple e Samsung.”???
        onde?
        deves estar a confundir com os números que incluem os “velhos” telemóveis para além dos smartphones.

        • NewJ says:

          Cá de certeza que foi.. Ou ves muitos xiaomis por aí?

          • Nunes says:

            há muitas mais marcas que vendem mais do que a Microsoft no global, o que torna algo irrelevante achar que a Xiaomi vende mais ou menos…

          • David Guerreiro says:

            E cá é exemplo para alguém? Num país onde vais a manifestações de desempregados, e está tudo a filmar com iPhones e Galaxy S5 está tudo dito…

        • 1berto says:

          Nunes, como disse no Natal…

          O Natal é altura de oferecer telemóveis, e normalmente é onde as marcas mais conhecidas se destacam em relação às chinesas, etc.

          Podes procurar na net o que disse… Basicamente a Apple e Samsung tiveram praticamente 70% das vendas no Natal, estão a Nokia/Microsoft em 3º lugar com 5,8%.

          • Nunes says:

            Continuas a não dizer onde é que viste 5,8% das vendas!!! Se formos a pegar nos resultados globais de vendas [pela IDC e Gartner] para os meses do Natal a Microsoft nem aparece nos primeiros 5 lugares, quanto mais no 3º, aliás a Microsoft perdeu quota de mercado dum ano para o outro dado o crescimento de vendas ser inferior ao mercado.

          • 1berto says:

            @Nunes

            Meses do Natal? Lol

            Anw… O relatória é da Flurry, em que basicamente contaram o número de dispositivos que foram ativados nos 3 dias seguintes ao Natal.

          • Nunes says:

            Activações não são vendas, nem reflectem a actividade comercial real! Os dados da Flurry dependem demasiado da localização, hábitos e aplicações em cada aparelho [a Flurry mede através das aplicações que usam o seu software]. É o tipo de estudo que deve ser lido com muito sal, ou será que realmente achas que mais de metade das vendas no mundo inteiro foram iPhones!???
            E sim meses do período do Natal, as pessoas não compram no dia de Natal, nem os dados de vendas são contabilizados dessa forma!

          • 1berto says:

            @Nunes

            Claro que acredito que mais de metade das vendas do Natal são iPhones. É o um dos telemóveis mais desejados, e oferecidos pelos papas, etc.

            Como disse, as vendas de Natal, são as que são oferecidas no Natal, se estiveres a contabilizar as vendas de um trimestre, engloba compras pessoais e compras do Natal.

            E o facto de eles contabilizarem por aplicações, apenas não mostra os números reais, mas sim a tendência do mercado.

          • Nunes says:

            Não 1berto, o facto de contabilizarem pelas aplicações é derivado do seu ramo de actividade ser análise do mercado de aplicações, não análise de mercado de vendas de smartphones! Os dados que com tanta força queres que representem vendas de Natal não passam de uma curiosidade derivativa, enviesada por muitos outros factores, entre eles a apetência para as pessoas descarregarem aplicações em cada plataforma ou mesmo a localização.
            Ninguém no seu bom juízo vai acreditar que as vendas de Natal da Apple representaram mais de metade de todos os smartphones vendidos no mundo, quando as verdadeiras análises de mercado mostram que nesse período a Apple terá tido 20% de quota e a Microsoft 3%. A tendência é que a Microsoft perdeu quota de mercado!

  3. .... says:

    Era engraçado ver um de Portugal. Penso que daqui a uns 5 anos a WP vai ter uma cota de mercado lá para os 30 por cento.

    • asdbvbc says:

      duvido que chegue tao alto mas acredito que suba

      • .... says:

        Não duvido assim tanto, eu ja tive Android , atualmente tenho Iphone e penso no futuro mudar para WP. As pessoas usam Android ao inicio porque é dos mais acessiveis monetariamente (isto porque o WP ainda é uma coisa nova) mas ao aperceberem-se que não é um grande SO vão mudando, mas encontravam na Apple uma marca bastante dispendiosa e poderiam não achar que valesse a pena a mudança.
        Wp vai receber muitas dessas pessoas canalizadas talvez bem mais que a Apple que a meu ver ( depois de ter usado) apesar de ser um grande sistema ( melhor que Android) não vale o dinheiro.

        • .... says:

          mas para que isto tudo aconteça é necessario que o Windows 10 seja bastante fluido e sem grandes erros ( o que parece estar a acontecer) e que seja eliminada a maior lacuna , as falta de apps sem ser genericas ( o que parece que tambem vai acabar).

        • Carlos says:

          As pessoas são” burras”, usam o que tiver mais publicidade, lá sabem o que é um sistema operativo.

    • João says:

      30% é impossível. Agora 10% já acredito. A Apple e a Google não andam a dormir. E se vocês pensam que a Google não vai reagir a estas quedas… é porque ainda não sabem o que é a Google. A Google se for preciso vai começar a dar smartphones, para manter estas cotas de mercado.

    • ACS says:

      Eu mudei para wp em fevereiro já a pensar no wp10 mas o wp8.1 conquistou. Quem usa android e depois experimenta windows não quer voltar.

      • Luís says:

        Em 2013 mudei de Android para WP um pouco por acidente e agora não quero outra coisa. Primeiro estranha-se depois entranha-se.

      • David Guerreiro says:

        Quando tiver 70 anos e muita falta de vista mudo para WP, aí vai fazer muita falta aqueles tiles enormes.

        • Alvaro Costa says:

          😀 Sabias que os tiles podem ficar pequeninos, pequenos, grandes e gigantescos (mas só com o Windows 10)?
          Pois é.. Só tu e as sondagem em Inglaterra! Parecem saber pouco do que falam!

    • int3 says:

      Só conheço 1 pessoa com WP. 1!!

      • Darth says:

        Ninguem tem culpa por viver teso e num bairro social. Nao te recrimines

      • Etnic_bOy says:

        Lá vem o hater da Microsoft, o que é que nos interessa o número de pessoas que conheces com Windows Phone? LOOOL se conheceres duas pessoas e uma usar Android e outra iOS significa que ninguém usa WP?

  4. Mikes says:

    E em Portugal, há números?!
    Cada vez vejo mais WP por aí a passear! 😀

  5. ricardo says:

    Exactamente.. O lumia 1520 continua uma máquina… O wp 8.1 esta muito bom.. A interação que tenho com o meu portatil e perfeito.. Tudo sincronizado.. E a preços bem mais acessiveis que os preços da Apple. Deixei o meu iphone para trás e o Galaxy s2 na altura… So troco por outro lumia… Ou seja, em 2016 quando a nokia lançar outro destes…

  6. Carlos Santiago says:

    Normal, depois de usar uns meses, fica-se farto do Androd.

    Windows Phone está muito forte.

    • 1berto says:

      Eu adoro WP… Comprei um Lumia 520 à 2 anos só para experimentar, gostei tanto que passado 3 meses (na altura) comprei um Lumia 920, que ainda está aí para as curvas passado mais de ano e meio…

      A interface é muito mais intuitiva com os tiles, e quando fazemos alterações, elas acabam por ser muito mais refrescantes do que andar a mover ícones nos menus Android.

  7. ze says:

    nem sei como alguem ainda usa android com sistemas tão mais estaveis e bem construidos

  8. Sergio J says:

    Um novo utilizador deverá ser proveniente das seguintes origens:

    3) smartphone (outras plataformas);
    2) dumbphone;
    3) no phone;
    4) multiple phone

    Podia tecer comentários sobre 2), 3) e 4) Mas todos concordamos que os novos utilizadores de uma determinada plataforma serão cada vez mais de um utilizador já com smartphone vindo de outra plataforma.

    Se os utilizadores android são absurdamente mais que os utilizadores de outras plataformas não iPhone, é natural que com o passar dos anos este valor até aumente.

    Estavam à espera que o a percentagem de ex utilizadores WP rivalizasse em percentagem com ex-utilizadores Android?

    Sinceramente este valor pouco diz.

    Será mais interessante ver de onde provem os outros 67%

    Os utilizadores com multiplos smartphones são maioritariamente empresariais. Estarão as empresas a dar aos seus colaboradores cada vez mais iphones?

    Claro que poderão também argumentar que quem ainda tem dumbphones são os velhos e a migrarem para smartphones fazem-no para iphone.

    Podemos fazer muitas mais perguntas, mas dizer que os novos utilizadores provem da plataforma dominante pouco diz.

    • Vítor M. says:

      É normal que se a Apple ganha mercado os utilizadores ou são novos, muita gente que tem smartphones pela primeira vez, que deve haver milhões todos os dias, ou são de plataformas ainda antigas, muita gente ainda tem os telemóveis tradicionais de botões que, com as operadoras a pressionar o mercado dos pacotes de dados, estes acabam por aderir aos smartphones (vemos isso por exemplo nos pacotes da NOS), outros são utilizadores que não se conseguiu identificar a proveniência e podem vir também do Android como da Blackberry, Windows Phone, ou até mesmo da Symbian.

      Não há muitos mais lados de onde possam vir, principalmente porque estamos a falar em mercado amplamente povoado por estas marcas.

      Claro que quem troca não é quem usa dispositivos Android de topo, mas esses também não são o grande bolo do Android, não são esses que dão a vantagem no mundo ao Android, são aqueles que têm um telemóvel de mexer com o dedo, os que não conseguem ter uma experiência em condições do que é verdadeiramente o Android, um Lollipop a funcionar em condições, isso não está ao alcance de 90% dos utilizadores Android, logo… há uma massa critica enorme que pode sair para outras plataformas, umas mais baratas, como é o Windows Phone, e outras mais atractivas e caras, como é o Iphone (e aqui justifica o enorme mercado dos usados. É impensável à luz da evolução da tecnologia ver um iPhone 4 custar 200 euros, é estranho mas é real).

      • knom says:

        SYMBIAN a mandar beijinhos daqui 😛

      • Paulo says:

        ” (e aqui justifica o enorme mercado dos usados. É impensável à luz da evolução da tecnologia ver um iPhone 4 custar 200 euros, é estranho mas é real)”

        Pois é…

        Mas esqueces-te que nem toda a gente quer um telemóvel topo de gama hoje em dia…

        E por 200€ é, sem qualquer margem para dúvidas, o mais bonito no mercado Português, e não sofre de problemas que sofrem esses telemóveis baratos Android: ecrãs capacitivos que detectam mal o toque, software cheio de bugs, fraca qualidade de construção, fraca recepção, assistência inexistente, etc…

        • Vítor M. says:

          Paulo, eu refiro que com tanta evolução e os preços de tantos dispositivos a baixar todos os dias… que 200 euros por um smartphone de 2010 é algo que só uma marca consegue e por algum motivo. No que toca aos outros pergaminhos que falaste… bom concordo com alguns e outros nem por isso, mas há uma realidade, é que nenhuma outra marca consegue que um seu dispositivo com 5 anos esteja no mercado a esse preço.

          • Hapéle says:

            Quem quer IOS tem de comprar Apple, senão não tem. Por isso vendem ao preço que querem e quem quer, pois paga o que pedem. É 200€ por um telemóvel com 5 anos, temos pena. Não é só porque é conceituada ou porque é a melhor em IOS, é a única. Se assim não fosse acontecia o mesmo que as outras marcas, já não tinham e já não vendiam.

          • Nunes says:

            @ Hapéle
            Não é a Apple que vende um telemóvel com 5anos por 200 euros, é o mercado de usados! É um reflexo de como as próprias pessoas valorizam os aparelhos, não a Apple!
            Se o hardware e software não tivessem qualidade ninguém comprava a esse preço!

          • Hapéle says:

            A Apple comercializa os seus aparelhos muito antigos a preços estupidos e que vende em 2a mão faz o mesmo, quem quer ios sujeita-se, enquanto nos outros sistemas como são usados por várias marcas não podem fazer isso. Oferta-procura, mais nada (e status claro).

          • Nunes says:

            @ Hapéle
            A Apple já não vende o iPhone 4 há quase 2 anos! Por isso se alguém quer comprar agora por 100-200 euros é porque o vêem com esse valor, não tem nada a ver com qualquer controlo da Apple.
            A lei da oferta e da procura no mercado de usados tem pouco a ver com a variedade de marcas, pois é a oferta e procura de aparelhos específicos! Se as pessoas não estivessem dispostas a pagar, o preço baixava quase que automaticamente.

        • Rui says:

          epa no android não sei mas o meu lumia 735 foi 220€ desbloqueado já há 6 messes e tem dos melhore ecrans do mercado e um touch que até é demansiado sensivel as vezes, tem uma contrução otima quase parece unibody embora não seja, assistencia bem não sei e espero não saber…

        • David Guerreiro says:

          Por 200€ tens um Moto G da Motorola, que não tem desses defeitos.

        • raz0r24 says:

          O que não falta hoje em dia são smartphones com WP e Android ao preço da “uva mijona” (150/200 euros) sem esses defeitos.

          Não falta oferta. Isso é certo.

    • Nunes says:

      Creio que a interpretação mais correcta da afirmação que é feita é que 33% corresponde à percentagem de todos os compradores de iPhones nestes 3 meses, sendo que os 67% inclui pessoas que trocaram de iPhones ou outros sistemas, etc!
      Visto desta forma não só bate certo com o que a Apple tem vindo a dizer sobre haver muitos novos utilizadores à plataforma originando do Android, como é coerente com outros estudos nos outros anos que mostravam que já há algum tempo era do Android que vinha bem mais de metade dos novos utilizadores no iOS, indicando pelo menos 15% ou mais de todas as vendas.

    • Rui says:

      eu passei de symbian para dumbphone e de dumbphone para WP e não tenho ideias de mudar, a minha irmã e mãe ambas tem smartphone com sistema propriatario samsung logo entra na categoria outros, o meu pai ainda tem smartphone symbian, será uma questão de tempo até ser 4 wp cá em casa mas quando isso acontecer será 3 utilizadores de outros sistemas que não android nem ios a passar para wp, algo que acabou de dizer que não acontece assim tanto…
      e lhe garanto que existe muita gente ainda sem usar ios android ou wp…

  9. Pedro says:

    Ainda bem! Movimentação dos utilizadores entre plataformas é sempre bom! Mais competição, mais inovação e constante melhora!

  10. Paulo says:

    A Apple precisa de se concentrar na zona €, é a única zona que o iPhone tem vendas tão baixas…

    • knom says:

      eles já tem os outros mercados todos, até África!!
      europa é o mercado pequeno

    • João says:

      A zona Euro passa por uma crise financeira, é essa a razão. Por exemplo nos EUA e na China o iPhone vende, vende, vende e o WP tem vendas miseraveis. Na Zona Euro em alguns países é o oposto, porque o WP é mais acessível, para o pessoal que não abunda em dinheiro e quer um sistema operativo mais estável.

  11. Fakir says:

    É só doutorados em sapiência tecnológica, estribada em clichés.

  12. millers says:

    a minha cara preocupada em o android cair. compro o que me apetecer e o resto para mim é treta.

  13. gFan says:

    “Android perde fôlego na Europa”
    Continua a ser o sistema operativo mais usado, acima de 50% o resto são minorias.

    O tópico devia ser: No Japão Android vence maioria contra o iOS

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      No Japão compraram os iPhones 6 todos no último trimestre de 2014, é natural que as compras no trimestre seguinte tenham caído 😉

      Fazes ideia de quais foram as quotas de mercado nas vendas do quarto trimestre de 2024 – segundo a mesma Kantar:

      – iOS 60,2%
      – Android 38,3%.

  14. Sapo says:

    Após 3 meses com wP voltei ao android. É bom é bom mas também tem os seus problemas, para o meu uso o android é superior. Mas ainda bem que existe concorrência se não a evolução estagnava.

  15. NewJ says:

    Excepto na Espanha
    Se repararem, Espanha é o pais da Europa mais parecido com a China
    É que simplesmente nao se encontram WP à venda em Espanha por isso claro que não vendem. É só Android, grande parte chineses com rebrand tipo BQ

    • Hapéle says:

      É que simplesmente nao se encontram WP à venda em Espanha – até produzem telefones com WP…

      • NewJ says:

        Nota-se que não costumas andar muito por Espanha.. 1o vê no grafico e já tiras conclusões.
        2o vai a uma Mediamarkt em Espanha e diz-me quantos WP vês à venda. A ultima vez que passei lá (recente) vi um WP baixa gama lá para o meio das dezenas de Androids. iPhones vês 2.
        Volto a dizer, olha o grafico.

    • Kekes says:

      As operadoras não estão interessadas em wp em Espanha. No outro dia tive na loja da Orange e o homem da loja disse que tem ordens para vender ou iPhone ou Android pois esses e que facilitam que as pessoas tenham contractos de 50e mês para terem o telemóvel de 600e pagos a prestações. Como o wp não tem flagship a muito tempo não interessa.

  16. Paulo says:

    Quem passa de Android para Windows Phone nem sequer pensa voltar novamente para o Android.

    • millers says:

      fui utilizador de android, comprei depois um windows phone e voltei novamente para android. precisa o wp muito para melhorar. não é ver o android a cair ou ios a crescer

  17. LP says:

    A meu ver havia muita gente presa ao Android por causa do tamanho do ecrã…

  18. João says:

    A zona Euro passa por uma crise financeira, é essa a razão. Por exemplo nos EUA e na China o iPhone vende, vende, vende e o WP tem vendas miseraveis. Na Zona Euro em alguns países é o oposto, porque o WP é mais acessível, para o pessoal que não abunda em dinheiro e quer um sistema operativo mais estável.

  19. Pedro Peixinho says:

    Ja tinha dito que com a chegada do W10 a grande maioria dos android users (que nao sao nada geeks, mas sim gente que quer um tlm barato e pratico) vao converter se ao WP. No futuro so mesmo os techy e que vao usar o android, o WP é mto mais fluido, rapido, eficiente, com melhor autonomia e suporte 3anos. Agora que vai receber apps universais e ser integrado com W10 no pc…so vejo o iphone como concorrente. O android estagnou completamente…e a versao 5.0 arruinou qq esperanca de melhoras.

  20. JM says:

    Os números não mentem! Android domina em toda a linha e se um dos países tecnologicamente mais evoluído (Japão) desmentia a afirmação a favor do IOS, houve uma clara inversão de tendência.

  21. PENSO HIGIÈNICO says:

    Ora, ora! Tive na mão um Lumia 640 XL e também experimentei um 640 LTE Dual Sim. A sensação é estranha ao pegar na mão a máquina de 5 p, pois tenho a sensação que vai cair ao chão e espatifar-se! Na verdade, estou habituado ao meu Iphone 4s e talvez sinta falta de peso no Lumia. Desisti de adquiri um 640 Dual Sim LTE para substituir o Iphone e vou substituir o meu velho Nokia por outro Iphone 4s que vou comprar por € 150,00 no OLX, ainda com um ano de garantia. E esta, hein?! E digo também bye bye ao HTC One M8 Windows phone

  22. PENSO HIGIÈNICO says:

    Relativamente ao HTC One m8 Windows Phone esclareço: tentei adquiri um exemplar novo ou usado no ebay, pois como sabem o modelo não é vendido for a dos USA. Acabei por desistir, pois o preço torna a compra proibitiva, nomeadamente em novo, devido aos encargos fiscais. Talvez o modelo com wp venha futuramente a ser comercializado na Europa. Aí há que ponderar uma possível compra. Até porque o Htc one é lindo, seja ele o One M8 ou o M9. Agora com droid instalado,… não obrigado!

  23. Luís says:

    Os sistemas superiores (iOS e WP) começam a recuperar, o que é normal pois aos poucos as pessoas começam a perceber que o Android é uma confusão e só mesmo nalguns topos de gama é que se safa.

    Quem quer estável/fiável/simples com STATUS: iPhone
    Quem quer estável/fiável/simples ECONÓMICO: Windows

  24. Pedro Correia says:

    Sem querer “desconcentrar” os comentadores androidistas, WPhonistas e iPhonistas, etc. não podia deixar de falar das novas Blackberry. Eu pelo menos conhecço razoavelmente bem os Androids e iPhones (WP conheço mas não em detalhe), e posso assegurar que o BB OS10 fica à frente deles todos. Pelo menos em capacidades de comunicações e messaging profissional. É uma verdadeira máquina de comunicações. E a correr as aplicações Android melhor do que os próprios Androids (!!), não vejo concorrência à altura. Excepto, como referi, os WP porque nunca os aprofundei, mas hei-de aprofundar mais que não seja para a satisfação de ver o BB superior ao WP (assim o espero…).

  25. int3 says:

    ubuntu phone é que é bom!!!

  26. Benchmark do iPhone 6 says:

    O número que conta:

    – Um cada três compradores de iPhone/iPad vieram do Android.

    O iPhone 6 e 6+ está a fazer miséria na concorrência.

    http://www.phonearena.com/news/A-third-of-iPhoneiPad-sales-came-from-Android-switchers-within-Europes-5-biggest-markets-in-Q1_id69014

    • Ss says:

      Sim subiu. Mas no fim o sistema mais usado no mundo inteiro é o android. Todos os países, quer em numero de activações quer em número de usuários, o maior número de utilizadores são… Android. Esses números são a realidade. O ponto forte do Android versus ios/wp é o facto de este ser open. Enquanto tens o iphone 6 mais o plus, são 2 apenas. Contra Galaxy S6, Htc one, Lg g4, asus zenfone 2, oneplus one, nexus 6 etc. Flagships não faltam. Podes ficar todo contente com migalhas mas no fim quem tem a maior fatia do bolo é o Android. Temos pena.

      • Benchmark do iPhone 6 says:

        Não vale a pena misturar factos com fantasias 😉

        – Facto – o sistema mais usado no mundo é o Android

        – Fantasia – os flagships Android vendem mais do que o iPhone.

        O que faz a diferença são os Android de gama baixa/média. E não é por serem open source. É por serem baratos. “Ah, mas os WP também são baratos”. Pois são, mas os fabricantes chineses não se interessam pelo WP. Por isso na China não passa de um vestígio.

        P.S. No que toca à distribuição dos lucros dos smartphones os Android não ganham para o “pitroli”, com exceção da Samsung, em que estão em queda acelerada.

    • 1berto says:

      O problema do iPhone 6, é que já devia ter saído à demasiado tempo…

      A Apple, como é a única fornecedora de Hardware, controla a evolução do mesmo de modo a controlar o consumidor, e assim este compra novos dispositivos a cada ano, pois estes trazem algo que o mercado já pedia à 2/3 anos atrás.

      O iPad é um exemplo disso… Não recebe qualquer melhoria significativa devido ao estar a controlar o mercado dos tablets, no entanto, daqui a 1/2 anos, lançam um iPad com kickstand, ou caneta e teclado, e lá vão os consumidores comprar outro iPad, quando no mercado já existem essas opções (de hardware) à vários anos.

      É uma pena, ver uma empresa como a Apple, porque também têm coisas boas, a ser ela própria uma das barreiras à inovação.

      • Vítor M. says:

        Acha? Em termos de estrutura? Em termos de ecrã? Em termos de identificação biométrica? Em termos de arquitectura? Em termos de integração com o ecossistema? Olhe para o conjunto em si basicamente!

        Basicamente o iPad está moderno para não ter concorrência até hoje, é de reparara que tem já 5 anos de mercado sem concorrência, isso mostra o quanto está moderno.

      • Nunes says:

        ” e assim este compra novos dispositivos a cada ano”
        onde é que foste buscar essa ideia!??? O facto de a maioria das pessoas com iPhones ter contratos com as operadoras, torna as trocas a cada ano pouco convidativas… a média está nos 2 anos e é isso que a Apple espera, daí o seu ciclo de desenvolvimento de novos modelos do iPhone. Os novos utilizadores da plataforma têm um forte peso no aumento das vendas, e para a Apple não é um problema… Não só tem vindo sempre a crescer as vendas nos últimos anos, como agora e numa altura bastante importante, conseguiu um aumento muito significativo nas vendas em 2 trimestres consecutivos.

        “controla a evolução do mesmo de modo a controlar o consumidor”
        cada teoria mais maluca! Qualquer iPhone que a Apple apresentasse seria sempre segundo essa tua teoria um modo de controlar o consumidor… nunca conseguiria comprovar o contrário, pois para ti, ao que parece, ter empresas diferentes a desenvolver hardware e software é que é bom para o consumidor.

      • Rui C says:

        Soltei uma gargalhada ao ler o teu comentário.
        Claramente não fazes ideia o que um iPad tem, e o quanto está moderno.

      • 1berto says:

        Boa, 3 utilizadores (que me responderam) não vão comprar o iPad (Pro) que já é um rumor, porque esse vai ser antiquado.

        Moderno é como ele existe, sem grandes diferenças em quê… 5 anos?

        • Nunes says:

          tens noção que há muito tempo que há canetas e teclados par ao iPad!?
          Só porque a Apple não apresenta a sua solução não quer dizer que as pessoas não tenham essa possibilidade no iPad.

  27. Invision says:

    É engraçado ver estes comentários, principalmente de malta dos WP com necessidade de afirmação…lol

    • 1berto says:

      Por acaso sim… Mas acho que isso é bom. As tendências começam sempre com algumas pessoas a gostarem tanto de algo que sentem a necessidade de partilhar isso.

      Eu já fui grande admirador da Google, e à uns 5 anos, se olhasse para a Microsoft não lhe dava valor nenhum, mas desde à 2 anos, que é sem dúvida a empresa que mais me chama à atenção. Têm inovado bem, apresentado produtos muito bem pensados, e mereciam muito mais atenção do público geral.

    • NewJ says:

      Isso era à uns tempos atrás.. Agora são é cada vez mais utilizadores, a darem conta o quanto estão satisfeito. Não é nada forçado, é mesmo natural porque é o que é.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.