PplWare Mobile

Apple ensina como migrar de Android para iPhone


Autor: Pedro Pinto


  1. João Matos says:

    Cheira-me a alguma técnica de marketing um pouco desesperada…

    • Jonathan Fitzgerald says:

      Os iPhones têm sido SEMPRE os smartphones mais vendidos do mundo (sempre à volta de 130-140 milhões por modelo – num instante se encontra isso no Google).

      E agora este com 4 Milhões de unidades nas primeiras 24 horas, batendo o recorde de pré-encomendas e bem encaminhado para reforçar o lugar de smartphone mais vendido.

      E eles iam estar em desespero…enfim LOL

    • YaBa says:

      Guia resumido:
      1 – Ter liberdade de escolha
      2 – Abdicar da liberdade no sentido geral (escolha, personalização, etc)
      3 – Se necessitar de alguma liberdade, aguardar religiosamente que saia o próximo jailbreak.

      Agora a sério, a unica vantagem que vejo na Apple é o design e as regras exigidas para publicar apps na loja. Neste último o Google ainda tem muito que aprender.

      • Nelson says:

        Mas que raio é que interessa pôr temas, temas nos ícones, e etc… se é tudo tão feio no Android?

        Que é que interessam esses temas todos pipi, se depois instalas uma App nova, queres pôr o ícone, e depois não liga com os outros ícones do tema?

        A maioria das aplicações para Android são ultra-feias, e por mais batom que ponhas no porco, não sairá disso…

        Quem é que se dá ao trabalho disso, e que diferença é que isso faz no dia-a-dia?

        A verdade é que o iOS cada vez mais rouba as escassas vantagens do Android, melhora-as, e adiciona mais algumas inéditas, enquanto o Android não está a roubar as vantagens do iOS (vais dizer que não tem nenhumas, não é?)… ficou preso no tempo do 4.0…

        Isto, no iOS, sem perder a sua integridade, segurança, performance, etc… e isso vê-se bem neste iOS 8…

        Quanto á liberdade de escolha, podias dizer claramente que eu não me importo “no android posso instalar APK’s piratas sem me chatear muito”

        É verdade, e é por isso que no iOS há mais e melhores aplicações pagas, desde app’s por menos de 1€ até 1000€…

        Para além das aplicações gratuitas, e das pagas que ficam gratuitas por tempo limitado.

        • YaBa says:

          Mas alguém falou de estética a não ser o design do hardware?!

          Estou a falar de ROMs diferentes, com desempenhos e características diferentes.
          Estou a falar de acordar um dia e instalar um SO diferente, de testar hoje a Cyanogen e amanhã pegar na AOSP e desenvolver em cima dela.

          Design das apps… ROTFL 🙂 🙂 🙂 típico.

  2. billgates says:

    Mudar de software livre para proprietario é sempre mais facil que o contrario…

  3. Benchmark do iPhone 5 says:

    “Com esta informação a Apple espera conseguir influenciar alguns utilizadores do Android. ”

    “Alguns”, deve ser p’raí uns cinco ao todo.

    Na verdade, estudos anteriores mostram que, dos ovos iPhones vendidos, 20% são a utilizadores do Android.

    Não é cinco ao todo, é um em cada cinco 🙂

  4. liph says:

    sim tb já ouvi dizer q iriam criar cursos intensivos. Passo a nomear: “como vender o seu automóvel para adquirir um iQdoi” e “50 tecnicas para arrendar o seu quarto e dormir debaixo da ponte a luz do seu iQjafui”

  5. Emanuel Vitorino says:

    A sério? Já não basta venderem um telemóvel que é supostamente “novo” com hardware de 2012, ainda fazem isto? Francamente…

    • Rui says:

      Mesmo com “hardware” de 2012, irá ser mais fluido e dará uma melhor experiencia ao utilizador do que um Android com hardware de 2015 😛

      • Carlos Carvalho says:

        isso pode vir a ser verdade… na tua cabeça

        • Rui says:

          Se queres acreditar o contrário é contigo. Já não é uma nem duas pessoas que mudam de Android para iOS e que dizem: Android nunca mais.

          Ah, e não tinham Androids de 100 ou 200€

          • Marco says:

            Tbm existe as pessoas que e exatamente o contrario, que tiveram iPhones desde o primeiro e agora vieram para Android, e como e obvio cada vez são mais.

          • A. Alves says:

            eu já vi também a mudar de ios para android e não se arrependeram, e não deram 500€ ou 600€, e não sei porque insistem na “melhor experiência” ao utilizador”, em quê? quem ler isso pensa que os androids se arrastam, tenho um bq 5hd e um colega um iphone 5s, (para não falar em mais casos) muito sinceramente ao compararmos não vejo nada de falta de fluidez em transições de ecrãs, multi-task, ir para o home screen, enfim, talvez com um high-speed camera de 1000 frames/segundo se note a diferença, de resto ele dá o mesmo uso que eu, e deu mais do dobro do dinheiro, mas os apple fans acham “inteligente” comprar caro.
            Curioso ainda hoje à procura de roms cyanogen li um artigo de alguém que usa iphone de o 1º e agora não troca android por nada, pela customização, e a nível da tal experiência do utilizador nem comentou, logo é porque não achou sequer que valia gastar uma letra, só diz que está maravilhado, pois nesse aspecto deixa o ios num canto.

          • Gonçalo Damas says:

            Mas eu tenho Android de 200€ (alias, agora até já está nos 180€ se não me engano) e é bem fluido. Apple nunca tive nem nunca terei. WP maybe.

          • Rui says:

            “Apple nunca tive nem nunca terei.”

            É por estes comentários que qualquer smartphone Android é igual ou melhor que um iPhone 😀

        • Jonathan Fitzgerald says:

          iOS -> baseado em Objective-C -> mais eficiente na gestão de recursos que o Java.

          Tinha um Android com as mesmas specs que o iPhone 4S para o qual mudei e a diferença de performance é do dia para a noite. Deixei de ver lag, stutter, apps a crashar. iOS é simplesmente mais fluído.

          E eu gosto de Android!

      • eleck says:

        bem um sistema fechado nunca vai ter tantos bugs como um sistema aberto em que toda a gente pode fazer o que quiser dele, com os riscos associados

        • Rui says:

          Prefiro o sistema “fechado”, em que tenho actualizações, fluidez, 1 milhão de apps por onde escolher, e um conjunto enorme de gadgets por onde escolher e associar ao iPhone.

          Não preciso de 8 cores, 3Gb RAM, câmeras de 16Mpx, quando um dual core e 1 Gb de RAM fazem melhor serviço 😉

          BTW, Mac, iPhone, iPad, tudo integrado e actualizado 🙂

          • A. Alves says:

            1 milhão de apps por onde escolher, e um conjunto enorme de gadgets por onde escolher e associar ao iPhone, e então? dá a intender que android não tem nada. e que adianta teres um dual core e 1 Gb de RAM se pagas por 20? quanto ao melhor serviço… é 1 milésimo de segundo mais rápido? pfff, já mexi em iphones, a minha cunhado tem 1 por exemplo, o 4, não vi nada de tão maravilhoso.

          • eyedea says:

            A teoria da batata, se com essas specs é fluido imagina com outras, seguindo a tua lógica para que rapariga se a mão faz o trabalho lol

      • Paulo says:

        Esquece Nuno, não vale a pena…

        Atualmente existem Androids altamente fluídos que custam metade, ou até um terço do que custa um iphone, exemplos: Moto G (nem 200€), 1+1 (300€ a versão de 64Gb!), Nexus 5 (já se encontra a 300€)…

        Toda a gente já sabe disto, mas há pessoal que vai dizer que o Android tem lag até morrer. Podem fazer os testes e os estudos que quiserem, que eles não querem saber. Afinal de contas, se não poderem usar esse argumento para justificar os 2 salários mínimos que gastaram no telemóvel, vão usar que argumento?

      • A. Alves says:

        sem o “photo-finish” até parecia que estavam alguns empatados.
        que o iphone é bom? é.
        é sobrevalorizado? é.
        todos têm vantagens e desvantagens, no caso do android tem de servir para muito hardware, e tendo isso em conta até rivaliza mais do que muito bem com um OS feito para 1 única marca, tanto que no uso a olho-nú nem eu nem as pessoas que conheço e por curiosidade “brincamos” com o smartphone do outro notamos nada relevante, (palavras deles), e também palavras deles (dá outro aspecto ter um iphone) e só isso diz tudo sobre o utilizador apple.

  6. Pedro says:

    Não vi foi onde é que diz como é que arranjo dinheiro para migrar de Android para Iphone…

    • Vítor M. says:

      🙂 bem visto também. Contudo, já se começam a ver iPhones baratos. Mas é pertinente sim senhor.

      • Rui says:

        Vitor, para quando reverem os problemas dos emails e dos comentários?

        • Vítor M. says:

          Caro, estamos a tratar disso. Não está esquecido e isso está a aborrecer-nos imenso, porque não é de solução fácil. Pior são alguns “engraçadinhos” que poderiam ajudar, ou pelo menos não complicar. Ao verem que têm determinados dados já preenchidos, poderiam apagar e colocar os deles, mas não, fazem questão de aumentar o nosso trabalho a dizer que aquilo não é deles!!!!

          Estamos a tentar resolver o assunto, não estamos a assobiar para o alto (como já alguém acusou) 🙁

          Obrigado pelo feedback.

          • A. Alves says:

            vitor, falo por mim, mas penso que muitas pessoas se revêm neste comentário, eu estou habituado a que ao clicar em responder apareçam os meus dados, logo nem olho para lá, acho que nunca escrevi nada sem ser “meu”, tanto que nem sei ao certo que dados aparecem, mas se o fiz foi mesmo sem me aperceber e peço desculpa ao proprietário daqueles dados, mas o ponto a que me refiro é que essas pessoas o possam fazer sem ser de propósito.

          • Renato says:

            Uma resposta à Apple.
            1) Há um problema
            2) Não é um problema porque basta abrir os olhos
            3) Afinal têm que se solver mesmo.

          • Vítor M. says:

            Penso que está resolvido (finalmente).

    • Full says:

      se nao tens para um iphone tambem nao tens para um droid top.
      Quem faz essa migracao nao sao os utilizadores dos nokias 3310 pra iphone, mas sim galaxys S5 ou notes, ou xperia z2/3, ou htcs.
      Se as vendas aumentam em relacao ao ano passado, é real que alguem migrou!

  7. MarioM says:

    Será a Apple vai ensinar como se assalta uma carteira ?

  8. Mota says:

    Não muito obrigado. 😀 Não troco o meu cyanogemod por nada.

  9. Rui C says:

    A Samsung já tinha feito esta “jogada” quando lançaram o 1 Note . Portanto parece-me legitima.

    • A. Alves says:

      acho que são ambas legitimas, até porque há sempre pessoas a mudar quer para um quer para outro SO, logo faz todo o sentido haver um tutorial para que não se percam dados, o que também me parece legitimo é que quando foi a samsung a fazer a “jogada” vieram muitas pessoas “atirar pedras”, e claro, agora recebem-nas de volta.

  10. Tiago says:

    Não troco o meu OnePlus por iPhone nenhum, estaria a ir de cavalo para burro. E não é para falar mal do iPhone, que é um belíssimo equipamento, mas simplesmente não faz metade das coisas, custa o dobro e sim, os seus 3GB de ram e o Snapdragon 801 a 2.5GHz não são só specs, têm bastante utilidade. É imensamente mais fluído que um iPhone 5s e aposto que providenciará uma experiência semelhante / superior ao 6. Não é para rebaixar o aparelho da Apple, que é belíssimo, mas a ideia de que Android é Lag está imensamente errada e ultrapassada, apenas sendo mantida por algumas mentes brilhantes amantes da empresa da maçã.

  11. Robert Soares says:

    O titulo correcto desta noticia deveria ser:

    “Apple ensina como migrar para um Downgrade”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.