Quantcast
PplWare Mobile

A título de curiosidade: Operação pandemia

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Ana Narciso says:

    Dá que pensar… documentário muito, mas muito bem realizado.
    Espero que abra os olhos de muita gente que se vê sufocada, tal como é dito no documentário, pela loucura dos meios de comunicação e depois enche os bolsos dessas companhias farmacêuticas.

    São coincidências a mais…

  2. Esse video é otimo.Mostrei pra todos os amigos, pra ver tirava a paranoia deles.

  3. Afonso says:

    Esta gripe cheira a ganância.

    • Vítor M. says:

      Ora aqui está uma frase que resume o que penso.

      Obrigado Afonso.

    • Também concordo, mas devo acrescentar um segundo motivo, espalhar o medo.
      A humanidade tem sido controlada através do medo desde tempos muito remotos, (quem gostar de História apercebe-se disso) a religião tem tido um papel importante como arma para controlo de massas.
      Existe um grupo restrito de personalidades que detêm o Poder, e naturalmente, eles não vão subjugar a espécie humana eternamente. O seu reinado está prestes a terminar, por isso eles estão a queimar os seus últimos cartuchos.
      Não sei se alguma vez se questionaram, mas quando olhamos para o céu estrelado nocturno, apercebemo-nos que a Terra está completamente aberta para o Espaço.
      Não julguem que entre as armas deles existe apenas a religião, não, eles usam também o futebol, os média, a política, a industria farmacêutica e também a ciência, para além de outros meios que não vou mencionar (podem pensar que sou louco).
      Quanto à ciência eles usam-na a fim de desenvolver meios tecnológicos para nos controlar e escondem descobertas que nos podem ser úteis.
      Não pensem que fiquei influenciado por sites que tratam acerca de conspirações, estas coisas sei-as desde bastante jovem pois sou bastante observador e possuo uma excelente memória.
      O segredo para libertarmo-nos da influencia desta forças, é unirmo-nos em causas comuns com coragem e determinação, e devo lembrar-vos que estamos a evoluir bem, o Pplware é um exemplo disso.

      • Bit&Byte says:

        Em suma: Espalhar o medo = causar terror nas pessoas = terrorismo. É preciso ter lata para chamar terroristas aos outros, quando se assistem a estes tristes exemplos…

        A principal razão pela qual a sociedades são manipuladas é simples: ignorância, natural por inércia própria ou incutida disfarçadamente pelos media…

  4. jorge says:

    segundo um prestigiado médico conhecido, este especulou directamente a mim, que a gripe A não passa mais de uma epidemia “criada” pelo homem, e porque? dinheiro…

  5. A friend says:

    Já tinha visto o original, sem legendas.

    É de facto algo muito bom para muitos verem!
    Embora para muitos não seja novidade…

    Há muitos filmes que mostram o quanto nós todos somos meros “peoes” para estes “cães grandes” se encherem de dinheiro… Bush com o petroleo, este com a industria farmaceutica.. é só verem a cotação da Bolsa que isso já diz muito..

    Outra coisa que não é falada, mas vou aproveitar já que é “on topic”
    Muitas doenças já têm cura a anos, como alguns tipos de cancro, alzheimer, etc.. Mas o interesse da industria farmaceutica não é lançar as curas mas sim algo que estabilize as doenças, para lhes garantir lucros durante uma vida… Vejam os factos, conhecem algum senador, da laia deste Donald Runsfeild morrer com doenças estilo cancro, etc…? Normalmente chegam a velhos e morrem de velhice…será sorte genética?… 😉

    • Afonso says:

      assim de repente lembro-me do ted kennedy mas se fizeres umas pesquisas na net encontras outros com certeza

      • A friend says:

        Bom, mas esse senhor não é o melhor exemplo… dentro daquela “camada” existem grupos, dos maçons e afins…

        A familia Kennedy como não compactuava muito com os ditos “cães grandes” … 2 deles foram “silênciados”… é outra das ditas “coecidencias” que nunca ninguém sabe ao certo o porquê… 😉

  6. nc says:

    Realmente achei estranho o porquê de nunca mais se falar da gripe das aves, que há uns tempos tanto alarido provocou. Agora é a gripe a. Será a próxima uma gripe para o qual o tamiflu já tem a “cura”?

  7. Rui Costa says:

    Caros amigos,

    A gripe suína existe mesmo, mas não mata. Os nossos políticos são os porcos que nos contagiam….se a gripe matasse estaríamos agora em época de eleições e tambem sem candidatos, pois todos teriam morrido (os porcos)!

    A crise de mentalidades e de ignorância é demasiada, e por isso o mundo vai mal.

    Em outubro tirem os porcos do poder e mandem para lá outros menos porcos um pouco!

    • Afonso says:

      isto só tem solução com a Revolução, mas os putos já não tem pica, estão queimados com os facebooks, com os hi5 e os twitter’s, querem lá saber dos porcos ou das galinhas, desde que não lhes desliguem a net …

      • David says:

        Realizem os votos pela net e eles votarão!

      • A friend says:

        Não.. isso é outro negocio.. quando haver um virus H5N”X”, pandémico que comece a desligar a internet pelo mundo fora, e os putos a ficarem sem hi5’s, vai aparecer um Tamiflu XP compativel com Windows Vista que promete eliminar isso e corre tudo a comprar…para travar a pandemia cibernética… 🙂

        Mas fora de brincadeiras, o grave disto tudo é que lançam mesmo virus e qualquer dia lançam um que não conseguem tomar controle para fazer estas artimanhas, como aconteceu com o Èbola, e depois ai é que é uma chatisse… o grave disto tudo não é o Tamiflu, é o facto de lançarem mesmo Virus genéticamente transformados e um dia perderam o control com uma mutação natural…

  8. ZiLOG says:

    É estranho os media compactuarem com estas coisas. Será que são burros? O que é que eles ganham com isso? Têm acções da bolsa?

    • JPedrosa says:

      vendem jornais, vendem entrevistas em prime time … queres mais?

      • Vítor M. says:

        É a qualidade de informação que temos… vale tudo para “encaixar” mais uns cobres..

        É ver a família Moniz, a família Balsemão e outros que tal… e nem me lembro dos bugalhudo do Grupo Impresa e da Média Capital.. enfim…

        • JPedrosa says:

          Desde que vi um reportar filmar um gajo a pegar fogo a si próprio … e a “ética” profissional falou mais alto do que tentar salvar aquela vida … que a profissão de jornalista me diz algo estranho. Claro que não são todos assim, mas, uma capa vale mais que tudo.
          Um furo (ainda lhe chamam assim?) vale destruir uma família, o que seja.

          É triste, que a suposta informação não seja mais do que uma onda de massas. O ano passado como não houve fogos, era a criminalidade violenta.
          Igualmente a loucura do preço do petróleo, engraçado, agora estão calados e onde já vai o gasóleo/gasolina… e o petróleo?

          cada vez vejo menos televisão e reduzo as minhas fontes de informação a locais escolhidos por mim. é triste, mas é a realidade, sou forçado a isso pela estupidificação a que sou sujeito quando vejo um noticiário.

        • Daniel C. says:

          Não é necessário pensar mt para arranjar exemplos. Ainda há pouco tempo foi apanhado um apresentador de um programa de TV no brasil em que contratava para matar pessoal para dps fazer reportagens como se fosse conflitos entre grupos de traficantes de droga. cheguei a ver um excerto de um dos episodios em que ele dizia: “Foi há pouco tempo, o corpo ainda está quente”´É preciso de ter lata!

    • Paulo Nunes says:

      Hoje em dia as coisas acontecem de forma tão rápida que não há tempo para pensar. As notícias saem o mais rapidamente possível, porque senão os concorrentes fazem-nas sair primeiro e depois já não é novidade.
      E as pessoas gostam é de novidade.
      Quanto mais tempo as pessoas estão agarradas a um canal, maior é o custo da publicidade e mais ganha a cadeia televisiva.

      Resumindo: Antigamente as histórias necessitavam de estar bem “coladas” para serem notícia. Hoje em dia, nem por isso. Basta fita-cola que os jornalistas não têm tempo para olhar duas vezes. Nos EUA, claro. O resto do mundo nem se chateia. Simplesmente copia as notícias da CNN.

  9. codezulo says:

    teoria da conspiraçao ! se nao fossem investidos esses 7 mil milhoes a esta hora ja tinham morrido essas tais 2 milhoes de pessoas nos estados unidos !!

    esta é a visao de uma pessoa que nada tem a fazer senao sentar-se em casa a elaborar teorias obscuras mas aposto que se fosse infectado entraria em panico como todas as outras pessoas !!!

    só damos valor ás coisas quando elas nos atingem a nós !

    • allskin says:

      Mas qual pânico?

      O pânico de ter dores no corpo e diarreia durante alguns dias? Poupa-me.

      Não tem que haver pânico, tem apenas que haver cuidado, principalmente nos doentes crónicos que basta apanharem alguma doença e a saúde geral é logo posta em risco.

    • A friend says:

      Concordo em alguns aspectos.

      Há muitas teorias da conspiração sem nexo algum, mas outras existem e dão o que falar. Há pessoas que nunca tomaram o tamiflu, pensavam ter uma gripe normal, vieram a saber que tiveram Gripe A, e juraram que já tiveram gripes piores daí nem sequer terem ligado muito aos sintomas…depois quando vejo pessoal como Bush e seus “disciplos” metidos em tudo o que dá dinheiro, como petroleo, industria farmaceutica, etc… é algo suspeito demais para se deixar passar ao lado. Obviamente que ninguém pode afirmar o que quer que seja, mas é importante fazerem videos como estes que mostram factos reais…depois cada um tira as suas conclusões…

    • Pedro says:

      Deves vender medicamentos. –“

    • Paulo Pereira says:

      @codezulo: “se nao fossem investidos esses 7 mil milhoes a esta hora ja tinham morrido essas tais 2 milhoes de pessoas nos estados unidos !!”
      Claro que não. Estatísticas e projecções não são dados reais. Por outro lado não foram vacinadas todas essas pessoas. A pré-aquisição de vacinas não implica que sejam todas realmente adquiridas nem que sejam todas aplicadas. É uma preparação antecipada para um problema. Por exemplo neste momento se quiseres uma vacina para Janeiro a encomenda tem de ter sido feita em Julho. É um prazo muito grande mas é assim que se trabalha em saúde. Não existe um hipermercado para ir comprar uma vacina caso seja necessária no dia 15 de janeiro. Tem de ser encomendada antes. Depois se vê se vai ou não ser confirmada a compra e mais tarde ainda se vai ou não ser aplicada.
      Aqui sim está uma área que pode levar a especulações comerciais e terreno fértil para teorias da conspiração.

  10. ayatola pykakonas says:

    Comunicação social não, sensacionalismo, isso sim. Temos em Portugal, neste momento, quantos casos? E se descontarmos os que já estão curados quantos ficam?
    Terá este vírus por origem um eventual “fracasso” do primeiro h1n1 (gripe das aves)? Um vírus surge assim do nada, de repente, e espalha-se em tão pouco tempo?
    Cheira-me a trafulhice, para não dizer pior.

    • JPedrosa says:

      Vamos distinguir as coisas, se é treta e afins, não discuto. tenho opinião é claro, mas não se discute.

      Agora a gaita dos números outras vez é que não.
      Não se desconta os que já estão curados.
      Tal como na contagem dos acidentes anuais não se descontam os carros que já estão arranjados.
      Tal como nas contagens de multas não se descontam as que já foram pagas.

      Estas contagens tratam de incidências.
      E é por estas contagens, que se tiram gráficos de dispersão geográfica e se conseguem tirar curvas de evolução no tempo. Ou seja, consegue-se localizar o focus da incidências e consegue-se analisar a taxa de crescimento, seja de acidentes, seja de gripalhados.

      Neste caso, esta contagem, dá-nos um dado importante.
      Se uma doença é altamente contagiosa, o aumento de número de casos, vai causar uma aceleração nos acontecimentos.

      Estou-me a fazer entender?
      Significa que ao haver mais casos, se aumenta a velocidade a que vão aumentar os futuros casos. Em última analise até se consegue quase estimar e prever.

      Aliás, basta ver pelo tempo que demorou a termos 100 casos, e o tempo que demorou a chegar aos 200 e depois aos 300.

      Já por exemplo na área de eventos tradicionais, por exemplo cabeças partidas, não existirá evolução nenhuma, não passa de uma contagem….

      Já devo ter explicado esta cena da contagem umas 30 vezes… 🙁

      Espero ter-me feito entender.

  11. Jose Simoes says:

    Os dados apresentados foram fortemente manipulados. Escrito por pessoas que não percebem que e a probabilidade (e portanto a previsão) variam naturalmente ao longo do tempo.

    Estamos em campos em que a previsão é MUITO difícil e crtiticar decisões depois dos factos concluidos é apenas a versão farmacológica dos treinadores de sofá.

    Os particulares – nao o estado – compram o tami como loucos

    A gripe espanhola (inícios século passado) também foi para vender tamiflu?

    E não se pode repetir? E se se repetir e não existir no mercado vacinas e tamiflu o que é que se vai dizer? É impossível 1 milháo de mortos?

    Sim, esta é a matéria dos mitos urbanos. Fraco conhecimento de probabilidades e estatísticas-

    José Simões

    • Paulo Pereira says:

      De notar que o tamiflu não é para tomar à toa. Os seu efeito é apenas para prevenção e dá apenas para dois dias. Ou seja 3 dias depois podem ser realmente infectados
      Os médicos que estão a trabalhar com os infectados já nem o vão tomar.
      Devido aos efeitos secundários imediatos não deve ser tomado por crianças (A Inglaterra já o proibiu)

  12. A friend says:

    Bom já reparei que o video foi mudado para um alojado no Sapo… razões obvias 😉 … mas deviam sugerir ao Sapo que melhorasse a qualidade do streaming 😀 .. e já agora que também não me bloqueasse o proxy do Clix….!!

    lol.. tenho que desligar sempre para ver videos do Sapo

  13. dc says:

    Já tinha visto o original sem legendas, mas…

    O que tenho a dizer é que, com isto da Gripe A é tanta campanha de prevenção, quando a Gripe A é menos mortal que a Gripe Sazonal e as mais comuns infecções hospitalares que são ridículas e podem ser remediadas com a maioria das formas de prevenção da Gripe A.

    Mas só agora é que se lembraram de dizer ao povo que não se deve de espirrar para o ar ou para as mãos e manter contacto com outros.

    Enfim, tudo na vida acaba por ser um negócio, os jogadores são escravos da bola (mas eles gostam), nós somos cobaias e escravos do governo e das companhias farmacêuticas.

  14. Pedro says:

    Vitor, arranjas-me as legendas que usaste pf?
    Publica-as onde eu as possa descarregar ou assim.

    Obrigado

  15. Ignorança says:

    O único problema deste vídeo é que não tem em conta os efeitos dos métodos de contingência.

    O problema não está no vírus actual, o problema está nas mutações que pode sofrer.

    A gripe espanhola também não passou de um foco local ao qual ninguém ligou, o problema foi a mutação que sofreu e acabou por matar mais do que todos os mortos de todas as facções da primeira guerra mundial.

    Quanto menos pessoas são infectadas e quanto mais rápido o vírus for apagado, menos hipóteses há de sofrer mutações perigosas.

  16. Paulo Pereira says:

    Pessoal: esta gripe até pode ser toda falsa ou ter um baixo poder de contágio ou de mortalidade. Vamos admitir isso por questões de argumentação.
    E é natural o exagero: hoje os governos também estão sempre preocupados em que nada aconteça sem estar previsto pois seriam acusados de incúria e alvo de revoltas populares. O exagero protege contra tudo e ajuda as pessoas a tomarem atitudes de protecção… que evitam alguns números negativos.

    Já admitimos a falsidade e o exagero.
    Agora avancem e… olhem para o passado, perguntem aos vossos ou avós (pessoal com mais de 70 anos) pela “gripe espanhola” em Portugal. Na altura não havia Tamiflu e nenhuma companhia farmacêutica lucrou pois o tratamento era sopas e descanso (uma canja de galinha e era uma autêntica festa).
    Foi em 1918 e morreram mais de 40 milhões de pessoas. A variante do vírus era um subtipo do H1N1. Ahhhhh 🙂

    Aos vossos pais podem perguntar pela gripe asiática de 1957 não foi tão forte (a espanhola está ao nível da Peste Negra) mas toda a gente se lembra dela pois foi popular em contágio em Portugal (embora no total mundial só tenha chegado ao milhão mas era outra variante).

    Agora informem-se sobre o número de contagiados na Inglaterra.

    Epidemias de gripe são possíveis, esta está no começo e pode de um momento para o outro desaparecer. É assim todos os anos com as novas estirpes do vírus. O problema é para os que a apanham entretanto.
    O número de mortos é difícil de prever, pois tudo depende das complicações de saúde e da resistência individual. Não é a gripe que mata mas sim problemas associados.

    Entretanto o próprio vídeo diz no final que nos devemos precaver.
    Duvidem do que existe, do que é dito. Correcto. Não duvidem do perigo. Até pode só matar meia dúzia de pessoas. O problema é se for alguém da vossa família.

    Assim fica aqui esta infografia: usem no vosso local de trabalho e sigam as indicações da Direcção geral da Saúde… não custa DINHEIRO nada!

    Infografia da Gripe
    info 01 – http://sociedadeinfografica.wordpress.com/2009/07/13/56/
    info 02 – http://sociedadeinfografica.wordpress.com/2009/07/24/gripe-a-%e2%80%93-info-02/

    Aqui encontram folhetos, cartazes e vídeos
    http://www.min-saude.pt/portal/conteudos/enciclopedia+da+saude/saude+publica/gripe/virus+h1h1.htm

    Nota: O pplware devia igualmente publicar algum material deste como serviço público

    Informem: não alarmem nem desvalorizem!

    • Miguel says:

      Parabéns pela sensatez!

    • loftarasa says:

      Esse argumento da gripe espanhola não é assim tão sólido. É verdade que quantas mais pessoas estiverem infectadas, maior a probabilidade de o H5N1 mutar(ou recombinar) para uma variante mais perigosa… Mas não comparem a qualidade de vida, a prevenção, a higiene, a falta de um sistema de saúde e a mentalidade com o início do século XX (então da Peste Negra nem falo). Perguntem também aos vossos avós as condições em que as pessoas viviam fora das cidades (e até nelas).

      • Jose Simoex says:

        “Mas não comparem a qualidade de vida, a prevenção, a higiene, a falta de um sistema de saúde e a mentalidade com o início do século XX…condições…viviam”

        Isso é nenhuma verdade, mas…

        Por outro lado a MOBILIDADE era quase inexistente (comparada com hoje) e as reuniões de massa raras (fora as missas)

        Agora a gripe está sempre no inverno passando simplesmente de hemisfério sul para o norte.

        99.9% da juventude (21-) passa a vida em enormes escolas com sexos misturados.

        50% das pessoas vive em cidades onde 95% passa o dia em edif’icios confinados.

        80% anda de autom’ovel, camioneta ou comboio 100 km por di9a em média

        E claro, quanto maior a massa de infectados, mesmo passando muito razoavelmente bem cada um, maior a hipótese de uma qualquer variação.

        Isso justifica os milhões já gastos? A gripe das aves podia ter tido outro (pior) desfecho?

        Não sei responder a isso como ninguém sabe. Agora fazer teoria da conspiração com isso é ignorancia ou – pior – são os orfãos da URSS a queixar-se dos americanos

        Jose Simoes

        • Jose Simoex says:

          (glitch técnico – continua)

          esta gente não parece estar a pereceber que o potencial de cat’astrofe não vem da dificuldade de cura nem do sofrimento dos pacientes, mas na capacidade do virus de reprodução / expansão / contaminação.

          E claro uma sociedade muito complexa (e pouco dedundante por questões de produtividade) é muito sensível a MUITOS efeitos sincronizados – mesmo que cada efeito por si seja pouco importante.

          José Simões

      • Paulo Pereira says:

        Os argumentos são sólidos.
        O que vês como recomendações sobre a gripe? Higiene, viagens e locais públicos!
        Não vês a dizer para tomar tamiflu, isso é só para urgência em contactos de familiares muito próximos e apenas para tentar conter a disseminação inicial do vírus. Se o virus se espalhar rapidamente deixa-se logo de utilizar pois não trata a gripe!
        Percebam que todas as indicações são para o usar o menos possível pois tem efeitos secundários e podemos desenvolver resistências.

        Aumentar a higiene (acredita que não estamos assim tão bem!), reduzir a exposição em locais públicos e reduzir viagens a locais com mais contágios. Tudo para evitar a disseminação rápida.

        A vacina só será tomada caso venha a existir uma situação de contágio geral numa determinada área.
        É o caso dos Ingleses que já têm planeado a vacinação geral nas escolas (em inglaterra o número de infectados anda acima dos mil ao dia não nas centenas como aqui).
        A ideia deles é que se os alunos tiverem de ficar em casa parte dos pais vão ter igualmente de ficar em casa e isso iria ter efeitos dramáticos na economia. E os contágios iriam aumentar!

        Neste momento é ter calma e cuidado.

    • A friend says:

      Só uma pequena comparação com todos esses factos, é que coecidem também nas epocas que existiram graves défices de economia… como a “Grande Depressão” .. etc..

      Pode ser pura coecidência, não sei… embora os medicamentos não saem directamente do bolso dos Portuguêses, sai do estado ( cerca de 15euros ) e é claro, dinheiro do estado, é dos contribuintes.

      Obviamente que isto não é algo combinado entre Governos, mas pode haver um Governo (EUA) que gera tudo isto para reforçar a propria economia…

      A meu ver, e é apenas uma opinião pessoal.. há algo de estranho nestas coecidencias todas e nos americanos não confio…ou melhor, quem está por trás daquele Governo, e não me refiro a presidentes mas sim aqueles governadores com linhagem já antiga, que mais parecem cultos…

  17. dajosova says:

    3 amigos/colegas meus apanharam a Gripe A e já estão porreiros. Sintomas: normais de uma gripe e náuseas.

    Tomaram Tamiflu? Não.
    Como recuperaram: da mesma maneira como se tivessem gripe normal.

    • Paulo Pereira says:

      Esse é o procedimento normal e quase todos terão essa situação.

      Uma gripe normal tem um taxa de mortalidade de 0.1% . O medo é que a gripe A chegue aos 2% o que seria um drama mundial.

      Os números parecem pequenos mas quando aplicados à realidade são enormes

  18. Helder Capelo says:

    Eu é que não vou tomar a vacina. Não sou nenhuma cobaia.

    • Paulo Pereira says:

      @Helder Capelo : desta água nunca beberei.
      Tem calma a vacina é semelhante a todas as vacinas antigripe que determinados sectores da população têm de tomar todos os anos.
      Vai envelhecendo e ainda vais apanhar muitas delas!
      Por outro lado neste caso os jovens são mais atingidos que os idosos (ao que parece com mais resistências)… por isso cuida-te!

  19. Sérgio Br. says:

    Não me admirava nada que fosse o próprio laboratório a ‘lançar’ o vírus para depois apresentar a cura.

    • Jose Simoex says:

      nem te admiravas que as torres tenham sido dinamitadas pela Blackwater, para o pentágono, pagos pelos sauditas e mão de obra israelita.

      que os americanos NÃO foram à Lua

      Que a SIDA foi inventada (pela CIA) para matar os pretos todos.

      Que o virus HIV não provova a sida (que ‘e provocada pelos antivirais)

      Que o presidente Obama não tem nacionalidade americana

      Que a NSA criou os talibã

      Que o Kennedy andava a comer a Maryleen.

      Eu também acredito – na ‘ultima quero dizer.

      José Simões

  20. hugo says:

    bem, a noticia só vem dar razão ao que eu já pensava e neste planeta tudo envolve dinheiro…não se pode dar a volta.

    continuem…

  21. inventor says:

    Eu tenho gripe A. E não vou morrer.

  22. kekes says:

    Eu vi este video e fiquei chocado com o final quando estao a falar do tamiflu e começas a falar de uma vacina. O tamiflu nao é uma vacina.

    Eu como futuro profissional de saude tenho acompanhado esta situaçao com elevado interesse e sempre disse que nao era para alarmismos, os varios governos sempre o disseram tambem, só que as pessoas nunca assim o pensaram reagiram como se fosse o fim do mundo.

    Ao longo da historia humana varias pandemias de gripe têm surgido e actualmente nao é exepçao irá surgir uma em breve, mas graças aos nossos meios de combate que temos ao nosso dispor temos conseguido minimizar as situaçoes a um nivel mais estavel e controlado, e muito giro falar sobre teorias da conspiraçao mas as reais sao poucas, é verdade que exsite interesses monetarios nisto tudo mas nao podemos negar que é uma situaçao gravissima,.

    Ja se falou que podia ter sido um erro num laboratorio a casa desta gripe mas no final voltou-se ao mesmo os porcos já vivem com esta gripe a anos, e ate se falou que deviamos cuidar das doenças dos animais potencialmente perigosas para que tal situaçao como esta nao se volta-se a ocurrer.

    Gente nao é preciso panico, mas e preciso muita precaução pois esta gripe mata mais que as outras pois toda gente apanha gripes todos anos e nao morre tudo mas esta gripe tem surgido muitas mortes MESMO com os cuidados e medicaçoes administradas.

    Ja agora isso dos efeitos secundarios do tamiflu já estao mais que perfeitamente catologados, e imaginem meia duzia de casos extremos milhoes de administraçoes nao pode ser o caus.

    Li acima que já existe cura para alzeimer, cancro, etc… Pá quem diz isso é so do que ouve, eu adoro ver o Zé povinho que tem a mania que percebe de tudo porque leu num jornal qualquer QUE QUER TAMBEM CAUSAR SENSASIONALISMO, que já há cura só que há interesses $$$$ o cancro nao é uma coisa facil. Já exsitem tratamentos mas nada que o cure totalmente, assim aguardamos ansiosamente, até lá vivemos com a doença.

    Falam de sensionalismo dos Jornais, falem de sensasionalismo deste tipo de reportagens, que por muito que tenham de verdade so focaram BUSH, TAMIFLU, $, teoria da conspiraçao, €, e nao exclareceram nada sobre a doença. Documentários deste tipo dispenso pois sao piores que todo tipo de noticias dos nossos jornais.

    Povo se querem ser inteligentes, sigam as indicaçoes das autoridades de saude, tenham cuidados de desinfecçao de maos, e tal, qualquer sintoma apurar o que poderá ser, alem de tudo ser cidadao responsavel, tudo isso é fundamental, nao liguem a estas reportagens, usem o senso comum, sigam as indicaçoes, e vivam o melhor que possam, pois estao a ser tomadas as precausoes necessarias caso contrario ja estariamos num estado de pandemia acreditem.

    Se encontrarem um decumentario educativo sobre a gripe agradecia a sua postagem e nao estes sensasionalismos que so servem para trocar a cabeça as pessoas e estas fazer asneiras de ignorar o perigo que temos entre maos.

    • A friend says:

      Partido do teu principio.. acreditas em tudo o que lês, vês e ouves?

      Obviamente que há muito.. e digo MUITO mesmo sensasionalismo nas noticias, só assim é que ganham a atenção para vender, etc…

      Mas do que se fala é que por vezes não há fumo sem fogo e há teorias (da conspiração) que por vezes fazem sentido.. como muitas coecidencias de datas de epidemias com datas de défices na economia mundial…etc..etc.. Isto não é só falado em jornais de esquina, já vi documentários falarem sobre isto, e em canais como N.Geographic…História..etc.. e há também aqueles que falam demais e desaparecem do mapa o que reforça a teoria que algo está errado para tal acontecer..

      Verdade ou mentira nenhum de nós pode confirmar, apenas debater ideias e pontos de vista, e acima de tudo apresentar factos válidos…

      Isto é como o caso das torres gémeas, que ainda hoje gera certa polémica porque é que torres ao lado que não foram atingidas, apenas com chamas num andar, desabaram… foi-lhes perguntado como é possivel tal acontecer a a resposta deles foi “não sabemos…” e foi apresentados inumeros casos em que prédios ardiam por completo e não caiam.. (não estou a falar das torres gemeas mas sim muitas que estavam a seu redor..)

      É como outro exemplo do avião que embateu no Pentagono, numa ala que por puro acaso estava vazia, e as filmagens que foram libertadas são meros 5 frames que só se vé uma chama e fumo? .. esperem.. o Pentagono, que suspostamente é algo extremamente protegido tem cameras estilo as velhas bombas de gasolina (porque as novas já não) em que as filmagens são feitas por frames e não em tempo real ?!..?!…

      Porque é que os edificios à volta como hoteis, cameras de auto-estradas, etc.. foram todas confiscadas pelo FBI? Inicialmente pensei, deve ser para investigação.. mas no que é o que isso impede a divulgação das mesmas?..

      Como repito, não é querer ser ignorante e causar sensasionalismo, mas há perguntas que todos nós devemos fazer quando os factos são estranhos, e esta gripe para muitos soa a algo estranho… Pode ser natural, mas quando já vemos imensos casos estranhos já começamos a acreditar em que .. tudo é possivel… e o melhor sábio é aquele que está sempre a questionar-se dos porquês e não aquele que afirma que tudo sabe 😉

      • kekes says:

        Mas entao já voltamos a falar dos Estados Unidos da America, Bush, Torres Gemeas e Bin Ladens?

        Falam em tentativa de criarção de panico mas começas a ver este “decomentario” e lês “decumentario de Fulano” queres mais protagonismo, gente que se aproveita destas situações para ter protagonismo e ganhar mais uma coroas, existe desde sempre, eu não falo sobre as Torres Gemeas pois vamos entar num tema sem fim, mas falo sobre esta situação, porque eles não falam de ratios de mortes de gripes normais/H1N1, porque eles nao falam das taxas de ratio H5N1, em que a morte era simplesmente dolorosa em que as pessoas se sofocavam no seu proprio sangue na tentativa do corpo combater o virus, porque eles nao falam nesses termos mas referem que existem muitas gripes, todas gente morre de gripe, mas nao falam de quanto mais contagioso é estes novos tipos de gripe e mais mortais simplesmente omitem o que lhes interessa para fazer uma reportagem escandalosa, terem protagonismo, falam de doenças que afetam Africa, e que morrem milhares de pessoas doentes, mas nao referem que quando chega a altura de agirem nem se lembram destes, mas usam esses dados para criar teorias, e desculpem lá nós somos todos é uma camada de hipocritas, quem quer saber da malaria? nos queremos é saber das doeças que nos afetam,e a mais pura brutalidade humana o que nos interessa e o que nos chega aos calcanhares.

        Vir com essas historias de que o virus não é nada e uma anedota, queria ver se vivessemos mum outro periodo da historia com estes mesmos sintomas e veriamos se nao era algo que nos preocupavamos… Gripe Espanhola, pois muitas mortes e uma incrivel percentagem da populaçao afectada por ela para toda a sua vida com demencias e afins, pois mas nao falam que se nao tivermos cuidado e despresarmos o inimigo como se passou no passado iremos ser gravemente afectados, mas não bora falar do Bush, das famaceuticas, do novo medicamento que tem efeitos secundarios (OWWWWWOOO), que foi proibido mas voltou a ser permitido, por alguma razão foi…

        Quem vos avisao vosso amigo é, e isto nao é nenhuma declaração de guerra ao Bin Laden é apenas apra voces terem cuidado com o vosso estilo de vida diario, que adquiram novos comportamentos, que irão permitir que vivamos num mundo mais “saudavel”. Sabem Existem sempre os cepticos em tudo, os cepticos que nao existe aquecimento global, que é tudo para o Al Gore ganhar dinheiro, que as baleias não estao em vias de extinção, bora caçar mais, que bla bla bla, mas quando depois se cai em si já é tarde de mais, nós temos de ser concientes e mais vale prevenir que remediar e não andar fiados em teorias da conspiração pois isso não resolve nada.

        PS: Imagina infertructuras solidas, sofrem um impacto, de seguida condiçoes extremas de calor, agora estructura infraquecida e capummm começa a cair, caem 2 cartas em cima de uma que so aguente 1.5, cai a proxima so aguente 2 mas ja tem 3 e cai, e por ai fora, conclusão os edificios grandes caem ou não caem? Vejam decomentarios sobre o porque das coisas e não o que o John andou a invertigar e os seus amigos anti Bush pensam, e fazem um decumentario veridico. (UIII)

        • kekes says:

          um + “e o melhor sábio é aquele que está sempre a questionar-se dos porquês e não aquele que afirma que tudo sabe ;)”

          exatamente mas temos tambem que perguntar os porquês deste decumentario e nao só as outras coisas, eu sempre disse que era panico a mais que isto não ia matar assim tanta gente mas é perciso ter cuidado caso contrario tal premisa torna-se nula… o problema não são as entidades são so jornalistas e meios noticiosos que querem vender com temas na rivalta, assim como este senhor que quere ganhar com teorias de temas que estão a dar audiencias.

        • A friend says:

          Para não fugir muito ao tema, mas não deixa de ser um video interessante de se ver.. e aqui não estamos a falar dos documentários do Michael Moore…
          mas sim de investigações feitas que ficaram por explicar.. é so para dar um exemplo daquilo que tive a falar…

          quanto ao resto, do aquecimento global …etc.. como referiste estou completamente de acordo… muita gente pensa que é tudo uma ilusão e continuam a não tomar medidas para prevenir o pior..mas acho que isso é outro assunto diferente..

          https://www.youtube.com/watch?v=8T2_nedORjw

        • luís says:

          quando os próprios projectistas do wtc dizem que era impossível elas terem caído apenas com o choque dos aviões e os incêndios…

    • Jose Simoes says:

      Documentos uteis:

      http://www.dgs.pt
      http://www.saude24.pt

      wikipedia procurar “flu”

    • luís says:

      para futuro profissional de saúde deixas um bocado a desejar…

      a propósito de tamiflu, dois estudos com crianças britânicas mostraram que mais da metade das que tomaram tamiflu, o remédio indicado para prevenção e tratamento da gripe suína, sofreram de efeitos colaterais, como náusea, dores, insônia e até pesadelos.

      Os estudos foram conduzidos por especialistas da Agência de proteção de Saúde (hpa, na sigla em inglês) da grã-bretanha e publicadas no site da revista científica eurosurveillance.
      As crianças – de 11 e 12 anos de idade – começaram a tomar a medicação depois que alguns colegas foram diagnosticados com gripe suína.
      Num dos estudos:
      – 51% sofreram náuseas;
      – 31% sofreram dores de cabeça;
      – 21,1% sofreram dores de barriga;
      No outro estudo:
      – 29% sofreram náuseas;
      – 20% sofreram dores estomacais ou cãimbras;
      – 12% sofreram alterações do sono com insónias e pesadelos;
      – 18% sofreram efeitos neuro psiquiátricos como falta de atenção, sensação de confusão, pesadelos e “comportamentos estranhos” (talvez sejam do género daqueles miúdos do Japão que se atiravam dos prédios, pensando talvez que já conseguiam voar, apontos de o Japão proibir o tamiflu).

      as % são tão insignificantes que nem deviam ser consideradas… lol

  23. CarlosMC says:

    Daqui a dez anos estaremos a ouvir isto sobre o Al Gore “y sus ches”… mas dizer isso agora seria como falar isto há dez anos… (e venham as polémicas 😉 )

    Noutro exemplo de “jornalismo de excelência, naquela que é também uma excelência de conteúdos” (vulgo, sic) falava-se duma “epidemia” de gripe, há décadas, nos EUA, com o seguinte resultado: mortos pela doença – 1; mortos pela “cura” (vacina) – 12…

  24. Vitor Manuel says:

    Nada que espante o cidadão comum que está minimamente atento à comunicação social, ou que não deveria espantar. O livro “O fiel jardineiro” de John Le Carré é um romance baseado num caso real de como a indústria farmacêutica não tem escrúpulos para atingir os objectivos económicos que entende alcançar. O gripe aviária ou suina, como lhe queiram chamar, é apenas mais um caso entre tantos outros conhecidos e os desconhecidos. Uma gripe na qual a prevenção é o básico de uma higiene diária realmente não deveria causar tanto medo, mas o “markting” é assim mesmo, sem limites e com uma ganância atroz. O que sinceramente desejo a esta gentinha medíocre é que tenha uma morte lenta e doente, com muito sofrimento, isso sim seria justiça divina, ou melhor, verem e sentirem os próprios filhos padecer do mal que criaram e serem impotentes para resolver o problema.

    Bem ou mal é a minha opinião.

    • A friend says:

      “O Fiel Jardineiro”

      É sem duvida o melhor exemplo que se pode dar… 😉

      Quanto ao sensacionalismo criado, quase toda a gente culpa a comunicação social mas esquecem-se que muitos canais são controlados pelos Estados… e é do total interesse para que se crie alarme, porque é através dele que se causa o panico e medo e é assim que “antigem” as pessoas…

      Depois isto é uma bola de neve, se houver quem esteja por trás disto, gera o pánico… e os outros paises mesmo que não façam parte, espalham igualmente a noticia…

  25. De facto já há uns tempos que tinha esse presentimento, que isto é mais uma campanha de terror do que outra coisa:

    “tenham medo!!
    Tenham medo!!”

  26. NazgulTuga says:

    Ainda nao entendo, porque é que as pessoas nao “acreditam” nestas “conspirações”!! :S

    Só não “acredita” quem gosta de ser enganado e não usa a cabeça.
    Tenho pena de não conseguirem os olhos, e de não os quererem abrir mesmo depois de mostrarem os factos.

    Cada um é que sabe…
    Até prova em contrário, acredito!
    Ainda não se paga… xD

  27. Emannxx says:

    O mini-documentário ta excelente.

    vou já mostrar a todo o pessoal! XD

  28. GRIPADO says:

    A titulo de curiosidade ….

    @ http://fimdostempos.net/codex-alimentarius-matar-3-bilhoes.html

    @ http://www.pandemia-h1n1.com/news15.htm

    Leiam e tirem as vossas conclusões, não se limitem a “comer” tudo o que vos “dão” …

    • Paulo Pereira says:

      Gripado: Não te fica bem divulgar coisas das quais tens fracos conhecimentos pois podem ser desmontados facilmente.
      Por exemplo, um dos links era sobre a patente da vacina. Verifica a parvoíce do que lá está dito: a vacina dá para 33 variantes do vírus! Ficas já a saber que em 1918 o H1N1 foi o responsável pela gripe espanhola, a gripe com maior mortalidade de sempre.
      Ficas já a saber que
      – o vírus da gripe é sempre o mesmo, apenas tem variações e mutações… já existindo relatos de grandes pandemias desde o tempo dos romanos!
      – as vacinas da gripe normal incluem inúmeras variantes, é um cocktail! Vai ver a patente de cada uma delas e confirmas!

      Já viste a figura ridícula que podes fazer em público quando se fala do que não se sabe?
      Assim não engulas tudo o que ouves mas isso é para os “dois lados da coisa”. Ser crítico é ser inteligente.
      Não vomites portanto tudo o que ouves!

      O outro nem fui ver mas também não mereces credibilidade para seguir dois links teus.

      Para a próxima pensa sempre: os críticos do sistema e criadores de teorias da conspiração não ganham nada com o assunto?!

      Relaxa, vai dormir e trata de ti, físico e mente!

      • GRIPADO says:

        É apenas isso que tens a argumentar ? LOL
        Caro amigo, a afirmação que coloquei em ultimo plano, não podia assentar-te melhor… És o típico individuo que “come e cala”…

        Tem graça, o dizeres que não clicaste no segundo link, provavelmente até clicaste, tornar-se-ia era mais demorado arranjar uma argumentação fundamentada, coisa que não chegaste a fazer na tua resposta.

        “várias mutações” , e qual é a novidade?
        No que é que isso influencia os vários pontos de vista dos cientistas que aí o relatam?Apenas de limitaste a responder de forma pouco sustentada á data que aí é apresentada (que nem é nem de perto nem de longe o mais pertinente), quanto ao resto, não disseste absolutamente nada.

        “os críticos do sistema e criadores de teorias da conspiração não ganham nada com o assunto?!” Tens razão… Fabricar um medicamento previamente concebido e posteriormente ajustado, para combater uma “gripe” projectada num futuro próximo, dá muito mais “ganhos”. Não poderia estar mais de acordo contigo.

        Para terminar, obrigado, vou seguir à risca os conselhos de sua sapiência !

        As melhoras também para si.

        • Paulo Pereira says:

          Não digas que sou de comer e calar pois pela amostra do que citaste falta-te muito para poderes comentar outras pessoas.

          Se eu disse que nem vi o link só tens de acreditar. Qual seria o meu interesse em esconder?
          Então mas estou a comentar uma coisa e o teu argumento é que não li o outro argumento e estou a ser falso para não perder?
          Isso é maneira de argumentar?

          Eu disse que inventaste alguma coisa? Chamar-me de dissimulado para quê? Se até me dei ao trabalho de te comentar quando te poderia ter ignorado!!
          Ou estás a sério ou cala-te.

          Apresentaste dois argumentos, eu vi um, a qualidade era tão má que nem liguei ao outro e nem perdi mais tempo com o assunto. Onde é que está a surpresa?

          Achas que só comentei a data? Mas afinal o artigo era sobre ter sido patenteada um ano antes!
          Quanto a mais argumentos sustentados (curioso como se pede sustentado quando não se sustenta nada) achas mesmo que era num comentário que terias uma explicação completa. Só te fiz um comentário para que percebesses que nunca nda é tão claro como possas parecer. Aquilo que criticas nos outros estavas tu a fazer!

          Mas só para te fazer a vontade eu depois comento o outro.
          Agora vou trabalhar e talvez na sexta logo passo cá para ver o que é que tinhas no outro link.
          Assim certamente ficarás mais satisfeito pois deves ser daqueles que acha que quando o não contrariam é porque deve ter razão!
          Se achar que estás certo também to digo, ou achas que tenho algum problema nisso?

          Esta é a diferença entre pessoas que discutem como adultos e pessoas que discutem como adolescentes. Qual é que preferes?

          Agora entende isto de uma vez por todas: o link que comentei não dá razão nenhuma a teorias da conspiração.
          Aprende mais sobre o vírus e depois verás que tenho razão.
          Todo o teu erro é pensares que foi aquela patente a primeira para o H1N1 que nem se conhecia antes. H1N1 existem inúmeras variantes e subtipos.

          Esquece esse argumento, é fraco, usa outros ou a tua teoria fica fraca pois é uma falha nela!
          Se não o percebes fica com o argumento mas não o uses logo à entrada, guarda-o mais para o meio da conversa quando a outra pessoa já está farta de te contrariar e aí a quantidade (e não a qualidade) já tem mais utilidade.

          E também não entendeste outra frase minha: dá muito dinheiro alimentar teorias da conspiração ou especular, não a ti claro mas sim a quem as gere. Se dá mais ou menos que aos medicamentos não dará certamente, mas olha que há quem esteja bem instalado com teorias especulativas. Não acredites mesmo em tudo o que lês, esteja escrito onde for!

          • Gripado says:

            Vou começar pelo fim.

            Gostaria de saber afinal quais são as tuas fontes, que tanta credibilidade têm para que possas confiar a tua vida(isso a mim é o que menos me interessa), mas além disso , servem pelos vistos para que continues constantemente a catalogar os outros de ignorantes, quando quem o aparenta ser és tu, pois não apresentas nada palpavel.

            Segundo, sim, só comentaste a data.Como acabas mesmo por o confirmar. Provavelmente o erro foi meu em ter colocado o link directo para um artigo, não por ser o mais importante(longe disso) mas por ter sido o último que li na altura. Se a tua inteligência não te permite perceber que para lá do link existe mais informação, provavelmente para a próxima deva legendar a hiperligação e anexar o sitemap do site/blog em questão.

            Terceiro, obviamente que pela forma como comentaste, denota que viste os dois links! Não percebi foi essa do “perder”… Isto não é um jogo de futebol. Não há derrotados nem vencedores, há sim e apenas quem lê,observa,opina, sobre todos os ângulos de determinado assunto. Ninguém é dono de verdades absolutas, e como tal acreditar em algo, convictamente apenas porque sim, não faz parte da minha personalidade. Ah e se não viu aproveite e veja, pode argumentar que o “floreado” ao redor do tema central é “especulação”, mas com provas. Se não tiveres espaço como referiste, para o fazer, podes sempre citar a fonte, é simples…Que foi o que eu fiz, e não argumentei nada, como afirmaste acima, apenas dei a conhecer 2 links, de dois sitios diferentes, mas como esses, faculto-te mais 2 ou 3 dezenas caso necessites para as tua analises.

            Para terminar, aqui o “claro” é que nos querem (por alguma razão) alarmar para uma pandemia altamente mortífera, mas aparentemente NORMAL, que é totalmente nova, mas que afinal já existia ?!?! Que não existe medicação para toda a gente,mas afinal a vacina já havia sido testada em laboratório com a criação in lab do vírus de 1918, que pelos vistos querem-nos fazer crer que é o “pai” desta nova pandemia que esteve “hibernada”, e durante dezenas de anos apenas uma empresa tem o antídoto para tal. Curiosamente tal empresa tem sido administrada nos últimos anos por altas patentes da politica Norte-Americana. Não sou acérrimo defensor das conspirações, mas sei ver contradições onde elas existem.

            Para terminar, fico eu, e penso não ser o único, que vossa sapiência nos dê o privilégio de nos elucidares sobre o que realmente é esta “gripe”, pois eu não “percebo” como repetiste várias vezes, mas gostaria de perceber.

            PS: Considero o teu ultimo comentário uma nulidade, cheio de um vazio inútil.

  29. EU says:

    Pessoal, vivemos numa sociedade de informação, tudo o que aparece apenas serve para comentarmos, falarmos, lermos, uns dizem bem ou são contra… e não vai parar.
    Neste caso, não acredito no filme, o DNA do virus já foi descodificado…
    Sem ofender, tudo o que mete ciencia, religião, etc, há teorias de conspiração, isto apenas faz confusão aos ignorantes.

  30. Teorias da Clolnspiração says:

    E o homem também não foi à Lua.
    Mais areia no olhos nisso se fazem favor.

  31. André Alves says:

    Será que fui o único que reparei nos outros números que eles apresentaram?

    O problema dos estados não é as mortes que a gripe pode causar mas sim as despesas, imaginem 50% da população portuguesa activa parada por causa da gripe. O pais parava e o estrondo económico era elevado.

    Segunda questão e a mais importante, os outros números, morrem mais pessoas pela malária e outras doenças COM CURA do que pela gripe A, e até agora não se fez nada porque?

    Porque não nos afecta a nós, enquanto não nos sentirmos prejudicados pelas doenças dos outros não nos mexemos.
    Se a gripe A só existisse no continente africano tenho a certeza que ainda não se tinha desenvolvido uma vacina para a gripe.
    Mas como nos vai afectar a nós europeus e americanos e até asiáticos então decidimos fazer alguma coisa contra a gripe e já temos vacinas e tudo.

    Se fossemos inteligentes e não humanos usávamos o dinheiro que se está a gastar com a gripe a e outras coisas para tratar e cuidar de quem realmente precisa.

    agora vou lançar aqui uma noticia, hoje vai morrer 4500 crianças com fome ontem morreram mais 4500 crianças e amanha vai morrer outras 4500 crianças com fome.

    25€ basta para alimentar uma criança durante 1 mes, dividam os milhões que se gastam por 25 e vejam quantas crianças se podiam salvar por mês

  32. Hybris says:

    Doenças, egoísmo ético, faz tudo parte da natureza humana, afinal somos seres falíveis.
    Na verdade tudo aponta, para algo,que, foi construído em laboratório, quando, na verdade até pode ser apenas uma coincidência.
    A Humanidade ao longo da sua história, sempre sofreu muitas epidemias gripais, e de outros géneros.
    Mas vendo bem os factos, posso verificar,que, é tudo cíclico, tudo se repete.
    Na verdade por mais pequenos que sejam os nossos problemas, achamos,que, são sempre piores, que, outros, que, podem ser bem maiores, apenas por serem os nossos problemas.
    Não podemos dizer,que, o povo é ignorante, o povo seria ignorante, se não desse a sua opinião. Aliás o,que, seria do povo se estas “teorias da conspiração” não existissem.
    Estas teorias, este vídeo, é um de muitos,que, tenta alertar as pessoas para muitos factos.
    Confesso,que, cai aqui de para-quedas, e vejo, que esta doença, se tornou o “opio” do jornalismo.
    Confesso,que, não tenho medo desta gripe, já, estive internada com uma pneumonia e quase todos os anos, apanho infecções pulmonares.
    Sim talvez tenha sido fabricada por uma qualquer empresa farmacêutica, que, quer ganhar alguns trocos a custa de quem adoece, e,que, amedronta infantários, porque as crianças podem ser um maior foco de doença, há pessoas,que, não tem medo da doença em si. Vêm-se projectos cancelados por causa desta doença, cabeçalhos repetitivos num qualquer jornal, noticias repetitivas na televisão,e tema de conversas de rua.
    As doenças são como uma espécie de controlo de espécies,que, deveriam surgir naturalmente. Mas parece mais uma zoonose forçada, ou um cocktail de gripes. Leio coisas sobre a gripe, todos os dias, dei o tema h5n1 no meu curso de auxiliar de veterinária, na altura, em que falei disso o maior receio das pessoas era que fosses transmitido de animal para pessoa, e depois de pessoa para pessoa.
    Bem para se sincera gostei muito de todos os comentários desta pagina e respeito todas as vossas opiniões, todos falaram de temas muito pertinentes. Enfim cada ano tem o seu tema principal, sejam eles doenças, dinheiro, falcatruas.

    Enfim um grande abraço para todos.

  33. Jose Simoes says:

    O documentário mostra simplesmente que quem o fez ignora comnpletamente os assunto de que fala. Não sabe matemática, principalmente estatística, não sabe biologia. Pensa que quem acerta no totoloto só pode ser um génio com enorme capacidade de previsão e cálculo. Pensa que um medicamento que evite uma epidemia é inútil, porque nunca houve a epidemia.

    José Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.