PplWare Mobile

Smartphones: Sensores LiDAR vs Sensores ToF


Autor: Vítor M.


  1. ervilhoid says:

    âmago 🙂

  2. Realista says:

    A solução é lidar…

  3. Galo says:

    Muito bem.

    Depois da “discussão” que tive com o Vitor M. relativamente a este assunto, é bom ver este artigo 😀

    Como tinha dito, ambas pretendem o mesmo, e embora LIDAR seja “velho”, tal como o ToF e todas a tecnologias está em constante evolução, e será bastante interessante verificar na prática (nas maos do utilizador) como se comporta vs ao ToF. E se trouxer bastante melhorias, qual será a resposta “do mundo android”.
    No fim o utilizador é que ganha.

    • Realista says:

      O mesmo se aplica ao audiojack!!! Se o retirarem o utilizador é quem perde…

    • Vítor M. says:

      O artigo estava em desenvolvimento há uns dias, por isso referi que existem diferenças entre um e outro importantes. E que uma terá uma margem de progressão maior. Estive a acompanhar este artigo em conjunto com o colaborador que o pesquisou e escreveu, por isso referi a evolução do LiDAR e não na similaridade técnica entre tecnologias. 😉

      Claramente quem ganha é o utilizador.

  4. Pedro F. says:

    Achei engraçado definirem o LIDAR como sendo o recorrer a lasers para criar um RADAR…

    Penso que será mais fácil a absorção do conceito se explicarem às pessoas que um RADAR usa RAdio e um LIDAR usa LIght.

    Como o termo RADAR está tão presente, penso ser mais fácil de se perceber que é o mesmo com a substituição das ondas rádio por luz.

    De qualquer forma, gostei do artigo conforme está.

    • Vítor M. says:

      Penso que não haverá interesse em misturar técnicas neste conceito de rastreio, defendido como uma visão de radar. Usamos, para facilitar o entendimento, parte da definição básica de radar, como sendo um dispositivo que permite detetar objetos distantes e inferir as suas distâncias.

      Penso que percebeste a ideia de simplificar.

  5. Pedro says:

    LiDAR vs ToF
    Neste artigo falou-se de Apple vs Android mas o tema são as cameras. Estas não são feitas nem projectadas por essas marcas.
    A lider em cameras para smartphones é a Sony, tanto em LiDAR, ToF como em RGB. Portanto interessante seria comparar a melhor ToF da Sony com a sua melhor LiDAR.

    Quanto as cameras em si:

    O custo dos LiDAR é muito superior ao custo das ToF.

    As ToF consomem muito menos bateria do que LiDAR.

    O facto de os LiDAR fornecerem mais informação do que as ToF é enganadora porque, devido aos processadores, toda esta informação é reduzida. Sim, hoje em dia os smartphones tem muita capacidade…mas nao a suficiente para tornar muitas das aplicaçoes uteis em tempo real.

    A qualidade superior dos LiDAR nao tem justificado a sua integração em equipamentos como os smartphones pelos motivos acima.

    Falando do padrinho, a Apple optou por uma camera LiDAR por 1 razão apenas: ser diferente dos restantes. E porque o custo extra é suportado pelos seus clientes.
    Android segue as ToF porque estao mais generalizadas e em mais equipamentos.

    Qual a melhor? é muito simples. Quando o cliente disser o que quer fazer com essas cameras (o maior desafio), vai ganhar a que o fizer de forma mais economica.

    • Galo says:

      Exato.
      Isto faz lembrar a questão do Face ID vs todos os outros métodos de desbloqueio facial.
      O Face ID tem na base “mais tecnologia”, e potencialmente será mais seguro e permitirá adquirir mais informação. Mas na prática é mais caro, e acima de tudo, requer mais espaço, obrigando a notch.

      Na prática, para o utilizador comum, que apenas pretende que o seu equipamento seja desbloqueado eficazmente por si, e nunca por outra pessoa, qual é melhor?
      A resposta a esta pergunta estará em cada utilizador…nas suas preferencias.

  6. O pirata says:

    “Sensores LiDAR vs Sensores ToF”
    Corpo da noticia só estão videos e fotos demonstrativos do LIDAR e do ToF? Não interessa, não é Apple…

    “Tecnologias dos anos 60 nos smartphones de 2020”
    Só falam do LiDAR, deveria de ser Tecnologia? ou esqueçeram se da outra?

    Tirando isso acho que está um bom artigo, gostei de o ler.

    • Vítor M. says:

      Outras? Aqui a ideia é falar nessas tecnologias nos smartphones e tablets. Para íamos abordar o que é usado nos carros, por exemplo? A intenção é dar a perceber, de forma simples mas direta, o benefício destas tecnologias ao serviço da fotografia e realidade aumentada. Não interessa agora misturar cenários. Haveremos de la voltar, provavelmente, num âmbito dos VÊ autónomos. Refiro voltar, porque já abordamos a temática nesse âmbito.

    • Galo says:

      LIDAR não é Apple…A novidade aqui da Apple é apenas introduzir esta tecnologia nos seus smartphones em resposta ao ToF que já existe há algum tempo em smartphones Android e que lhes permite por exemplo fazer medições de distância, realidade aumentada, melhorar qualidade fotográfica, etc. É isto que LIDAR irá trazer ao mundo Apple.

      Em teoria LIDAR poderá ser melhor. Mas só depois de estar em comercialização é que se poderá ter confirmação do seu potencial. Todos sabemos por exemplo, que há smartphones que com apenas uma camara tira fotografias melhores do que outros com mais camaras (que em teoria, se bem implementadas, trariam mais informação e permitiriam qualidade fotográfica melhor).

      • Vítor M. says:

        Sem dúvida, está em questão estas duas tecnologias a serem usadas em prol do utilizador. O LiDAR acrescentar algo que o evoluiu e poderá ter uma maior margem de progressão, mas é isso mesmo, só a utilização e o que vai tirar proveito destas tecnologias o poderão demonstrar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.