Quantcast
PplWare Mobile

5G: ANACOM vai alterar regulamento do leilão para acelerar processo

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Ruca says:

    Como sempre, à imagem da política. Arrastar, demorar, últimos, esquemas, etc.

  2. 5G Manias says:

    Uma coisa não é má a demora 5G dá tempo eheh

  3. Joao Ptt says:

    Seria espectacular anularem o leilão 5G, por ordem política, e não deixarem os operadores implementar o 5G.

    E depois voltavam com o leilão mas os operadores actuais a prestar serviços telefónicos móveis em Portugal estavam todos automaticamente proibidos de participar directa ou indirectamente no novo leilão, que é para acabar com estas abéculas sanguessuga que só querem saber dos seus interesses. E aos novos concorrentes seriam obrigados a cobrir a 300% o território terrestre e próximo de terra em pleno oceano, ou seja cada cm2 seria cobertos por pelo menos três antenas diferentes em locais físicos diferentes (redundâncias).

  4. SANDOKAN 1513 says:

    “Não,o leilão 5G ainda não terminou nem há ideia de quando terminará.” Basta ler a primeira frase do artigo e uma pessoa até fica tola.Parece que vivemos numa espécie de “parvalhónia”.Caramba,que isto até enoja,nunca mais vão para a frente com este leilão. 😐

  5. SANDOKAN 1513 says:

    “De relembrar que atualmente,nos países da União Europeia,só Portugal e a Lituânia é que não disponibilizam serviços comerciais 5G.” Isto até é vergonhoso.E ainda dizem que Portugal em certas coisas anda sempre na cauda da Europa… Não é de admirar.Olhem que esta,só Portugal e a Lituânia… Eu nem digo mais nada. 😐

    • Pipoca says:

      Já podem começar a pagar tarifários com 5G, a MEO já tem tarifário para isso, mais 5€/mês….
      Quem já aderiu, já está a pagar…. ups ainda não há 5G disponivel, mas para pagar já se pode.

    • Manuel da Costa says:

      Só há 63 antenas 5G em Portugal… 53 em Lisboa, 4 em Coimbra, 2 na Guarda e 4 no Porto.
      As operadoras falam tanto do leilão, que até andam a montar antenas 3.5G no centro do país, para cobrir os visitantes estrangeiros, aproveitando antenas que estavam arrumadas nos armazéns… e já tem antenas 5G prontas a montar.

  6. JS says:

    Pelo que tenho lido deve ser uma rede excelente.
    Mas falando na realidade atualmente em V N Gaia ha zonas que nem 2G tenho
    Primeiro dêem ou melhorem as atuais e só depois sim que seja está nova

  7. Fo says:

    Até já sonho com os tarifários maravilhosos 5g que aí vêm.

    • AJ says:

      e limites de 250 MB, 500 MB, 1 G que ainda existe num 4G

      • Bruno says:

        Ridiculo. Vão ver a quantidade absurda de dados em França ou mesmo no UK. Muitos tárifário SEM FIDELIZAÇÃO custam menos de 15 EUR por 80GB. Tarifário 5G só começam em pacotes acima dos 130GB.
        Em Portugal cobram o mesmo por 5GB. A minha questão é, então na MEO podes pagar 30 EUR por ano para ter 5G, mas com caps de 5GB?

        Assim em vez de acabar com o plano em 1 hora posso sempre acabar em 10 minutos.

    • Pipoca says:

      Já tem, a MEO tem por 5€/mês ou 30€/ano.
      Aproveitar agora que está com 50% de desconto.
      https://www.meo.pt/5g

  8. Vasco says:

    Isto é praga que enferma o nosso país. Quase tudo sempre assim, para se decidir no fim e em cima do joelho, sempre à última da hora. Nos fóruns de competitividade o nosso país aparece sistematicamente colocado nas últimas posições da UE e tal não sucede por acaso…

    • SANDOKAN 1513 says:

      É verdade,tem toda a razão. 😐

      • Vasco says:

        As oportunidades de criar novas empresas, desenvolver novos negócios, criar know-how interno, os empregos que se perdem, o prestígio científico e tecnológico que se perde, as startups que deixam de ser criadas, não serão nunca contabilizadas apesar de representarem prejuízos em termos financeiros e económicos para o país. Preferia não ter razão, mas o nosso atraso está cada vez mais patente no dia a dia, bem à vista de todos. 🙁

        • Manuel da Costa says:

          Vai ser um dos que fica de boca aberta quando fizer viagens a zonas não turísticas do resto do mundo… um conselho: pegue no seu Ferrari, marque um hotel ás portas de Salamanca (30 minutos de Vilar Formoso). Leve o seu telemóvel de 1000 euros e aproveite o roaming da Orange. Não se admire que até chegue a ter ligações GSM, não, não é erro do seu telemóvel. Esse país super mega hiper evoluído que está 600000000 anos à frente de Portugal, ainda tem redes GSM a operar, quando as 4G estão lotadas.
          Vá para a orla de Paris, em vários bairros que são maiores do que a cidade de Setúbal (4 maior do país) tem 4G que passa a ser 3G, apesar de já venderem tarifários 5G… que não existem. E para ter internet por cabo, pode ficar em 70 euros mensais para uma casa, sem televisão e telefone.

          • Vasco says:

            Manuel da Costa eu percebi a sua ideia, mas também nunca afirmei que os outros países são o paraíso e o nosso o inferno. Insisto é que a massificação deste tipo de tecnologias primeiro nas empresas e depois ao nível dos particulares gera normalmente um ciclo de desenvolvimento tecnológico do qual acaba por beneficiar toda a sociedade. Por algum lado se tem de começar, e por razões de dispersão geográfica e face aos elevados investimentos iniciais necessários, é normal que se comece primeiro nas zonas de elevada densidade populacional, onde o negócio pode ser mais rapidamente rentabilizando, e nos centros empresariais, do que nas periferias ou zonas não urbanas. O que não se admite é que ao fim de de meses e meses ainda estejamos parados. Isso constitui um verdadeiro atraso, embaraçosos para o país como um todo. Espero que o caro tenha mais ou menos a noção daquilo que está em causa: já se está a formular a implementação de 6G noutros países… Isto é grave.

    • Manuel da Costa says:

      Vá a Londres, que vai ficar maravilhado… paga 60 libras por um cartão 5G e tem rede 5G só na rede do metropolitano e fora das horas de ponta. No resto, até para ter 4G é preciso sorte.

  9. Luís says:

    A caminho da Venezuelização, já não falta muito iupi!! Vamos Costa tu consegues, só falta depois vires dizer “a culpa é do investimento estrangeiro aqueles bandidos”.. e o povo alegremente vai deixando passar

    • Nuno Teixeira says:

      Falas de barriga cheia. Mas tu queres comparar as condições de vida?
      Além disso, o 5G é assim tão essencial? Quando vier, veio.

      • Luis says:

        É por pensamentos como o teu que estamos como estamos.. “ah e tal o país tem possibilidade de estar melhor , deixa estar podíamos estar pior por isso deixa andar, olha mas os países de leste estão a ultrapassar nos em tudo, ah deixa estar podíamos estar pior”.. Se a tecnologia 5G dá a possibilidade de aceder a dados com o dobro ou triplo de velocidades entre outras vantagens isto torna-se um extra para os países que a tenham, mas para ti não é essencial…volta lá pra caverna

        • Nuno Teixeira says:

          Desculpa lá mas eu disse para não se avançar para o 5G? Concordo que quanto mais cedo, melhor. Só não entendo esta paranóia.

          Temos tanta coisa em Portugal a utilizar tecnologia de ponta e que dá cartas lá fora! Vir com o argumento da Venezualização só para atacar o governo é que não tem nexo nenhum.

          • Luis says:

            Se todos os países da UE menos Portugal e a potência das potências a Lituânia são os únicos que ainda não fizeram contratos o que é que achas que vai acontecer a Portugal sem esta tecnologia? Estamos dentro de um grande mercado e cada vez mais atrasados e tu indiretamente dizes que não faz falta uma tecnologia que irá melhorar as nossas acessibilidades em tudo isto é o que? Ser atrasados face aos outros é fixe? É isso?

        • Manuel da Costa says:

          És estúpido ou eleitor do Chega… ou os 2.
          Lá por teres em casa 4G e pagares 100 euros por mês pela rede fixa e pelos 2 cartões de telemóvel, vai para zonas mais rurais, que a tua super rede de 67000Gbs se transforma em… 512kbs e com cortes. Entretanto, passaste a pagar 180 euros mensais pelo mesmo serviço, com 400 euros por cada telemóvel.
          99,95% dos portugueses não usa 10% da capacidade que paga!!!
          Aprendam e não sejam estúpidos!!!

  10. Miguel says:

    A Anacom é o maior entrave ao bom funcionamento das telecomunicações.
    A Anacom é um antro de tachos de ex-quadros do governo e amigos que apenas se preocupam em encher os bolsos.

    • Vitor Tavares says:

      Realmente a Anacom é uma “cambada” de incompetentes que só querem encher os bolsos…os operadores,pelo contrário,são uns “santinhos” que só querem o “nosso bem”! Basta ver que ainda o leilão não acabou e já têm tarifários para uma tecnologia que não sabemos quando estará implementada. Para mim o “pecado” da Anacom é precisamente esse…deixar que os operadores “apregoem” a disponibilidade de algo que não podem fornecer!

      • Miguel says:

        Não sabes do que falas.
        Ainda não há 5g por causa da gulodice da Anacom, e se não fosse a Anacom os preços seriam mais baixos.
        Diz-me algo que a Anacom tenha feito em prol do consumidor? Só uma.

        Deves ser novo e não te lembras, mas no tempo dos telefones havia uma coisa chamada taxa fixa, um falor fixo que tinhamos de pagar quer houvesse chamadas ou não. Esse valor (que não era pouco) era todo para a Anacom, por várias vezes se tentou acabar com tal disparate mas a Anacom nunca deixava.

        • Vitor Tavares says:

          Parece que quem não sabe do que fala és tu…misturas alhos com bugalhos! Realmente sou ainda um “jovem” (pelo menos mentalmente) e lembro-me perfeitamente da “taxa fixa” dos telefones…da mesma forma que me lembro também da “taxa de roaming” e de muitas “taxas e taxinhas” que ainda persistem em muitos produtos! Mas sei outra coisa…se não existissem entidades reguladoras (umas melhores que outras) as empresas que comercializam determinados produtos essenciais não se limitavam a tirar-te o dinheiro.Só ficavam satisfeitas quando te “sacassem” a “pele e parte da carne”…deixando apenas o essencial para que continuasses a trabalhar o suficiente para pagares as suas (delas) faturas no fim de cada mês. E não rebateste o MAIS IMPORTANTE do meu comentário…AS OPERADORAS ESTAREM A PUBLICITAR E A “IMPINGIR” AOS CONSUMIDORES UM PRODUTO QUE AINDA NÃO TÊM DISPONÍVEL! Sabes que a cabeça não serve apenas para colocar um chapéu,um boné ou ter um penteado bonito…”lá dentro” existe uma coisa chamada cérebro que serve para pensar!

        • Manuel da Costa says:

          Não há 5G porque as operadoras não querem gastar 3470 milhões de euros a instalar antenas 5G antes do fim da pandemia… por isso é que andam a fazer ofertas no leilão de valores a rondar os 3 euros, para a oferta de 933266792 euros.
          Dá jeito culpar a Anacom quando a MEO comprou 720 antenas 5G que estão em Roterdão à espera de ordem para seguir para Portugal… A Altice até já pensou em aproveitar que conseguiu excelentes preços para as passar para França, com 1200 milhões de euros de prejuízo para a Altice Portugal, para poderem reclamar que a culpa foi da Anacom. As antenas podem ser montadas e ficar a funcionar, bastando uma activação remota para suportar 5G.
          Entretanto, mais de 500 antenas 3G foram tiradas dos armazéns e andam a ser instaladas no centro e interior do país, com algumas a ser montadas em Lisboa e Porto, para cobrir zonas sombra.

  11. nationalibus says:

    Eu já me dava por feliz se o pplware não desse tantos erros de sintaxe. Quanto ao 5G, qualquer operador que quisesse concorrer teria que cobrir 1000% – sim 1000% – do território Português para não haver Portugueses que morrem isolados por não conseguirem ligar para o 112 por falta de rede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.