Quantcast
PplWare Mobile

O Chrome da Google atingiu mais um marco histórico e destaca-se da concorrência

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. sed says:

    deveria ganhar o premio de comedor de memoria tb…..mas eu acho falho isso, porque todo programa se o usuario nao ficar atento, poe ele goela abaixo.

    ou é ele, ou o opera. Eu nao gosto do chrome, nem no smartphone, é um dos primeiros apps que removo.

  2. Discovery says:

    Em resumo; continuo com o Mozilla custom

  3. Carlos Santos says:

    viva ao Firefox por uma internet livre e sem ganchos

  4. Ironi5 says:

    Historico, hoje ha camarao e champanhe ca em casa! E a grande aparecam, tudo a festejar o chrome 100 e a apple não ser obrigada a por headphones e carregador em franca. Isto hoje vai ser de arromba!!

  5. Digo eu says:

    Continuo a preferir o Firefox

  6. João says:

    Firefox sempre… (só porque é a única alternativa as tretas chromium-based)

  7. António II says:

    Gosto muito do firefox, mas ultimamente tenho usado o chromium, e não o chrome, o chromium acho-o mais rápido e mais leve nos recursos consumidos, no entanto acho que falha ao nível de segurança…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.