Quantcast
PplWare Mobile

Inteligência artificial da Google já é melhor que médicos a detetar o cancro da mama

                                    
                                

Fonte: Google

Autor: Pedro Simões


  1. Nick says:

    Estaria mais interesso na cura. Nao me interessa a deteccao se os servi¢os de saude nao respondem. Essa da deteccao precoce pode ser importante ou nem tanto.

    • Milhais says:

      Meu, e tu vais aplicar a cura sem antes detectares? Como vais por um paciente em tratamento sem antes detectares que tem um problema. Ha cada um…

  2. ToFerreira says:

    Os médicos e a medicina tradicional como existem atualmente não fazem sentido e só interesses corporativos os deixam sobreviver, mesmo que seja à custa da saúde e da própria vida de muitos.

  3. Rodrigo says:

    Sendo a Google uma empresa sem qualquer tipo de fiabilidade nos dias que correm, eu pediria sempre uma segunda opinião.

  4. Vitor says:

    “Provaram que durante um estudo recente, baixaram os valores tanto de falsos positivos como falsos negativos. …e provaram ser uma ajuda única neste campo”. Acho que este deveria ser o tópico principal do artigo e não o “Inteligência artificial da Google já é melhor que médicos a detetar o cancro da mama”! Todos sabemos da “dependência” de muita gente do que “pesquisam” na net e muitos apenas levam em atenção os títulos de um artigo porque têm “preguiça” de o ler na totalidade. No campo da medicina (como em quase todos) a I.A. pode ser uma grande ajuda…mas ainda não se encontra ao nível dos “robots” nas fábricas de automóveis!

    • ToFerreira says:

      Baixar “os valores tanto de falsos positivos como falsos negativos” significa precisamente que “é melhor que médicos a detetar o cancro da mama”.

      • Vitor says:

        Meu caro amigo,se fossemos por esse “caminho” a conversa iria ser longa e as conclusões seriam…inconclusivas! Porque teríamos de levar em consideração muitos fatores que não sabemos se foram levados em consideração para levar a essa…conclusão! Desde logo os locais (hospitais) onde a análise foi feita,a qualidade dos equipamentos que foram utilizados,as habilitações e experiência dos médicos,etc. Ainda tenho presente o problema das ecografias que não detetaram malformações em fetos… equipamento antiquado e “médicos” sem capacidade e habilitações para “ver o que toda a gente via”!

  5. Mike says:

    Os Homens reduziram-se a máquinas e assim sendo a sua obsolescência era previsível…

  6. Regis says:

    Sem dúvida que a IA em ambiente de saúde é importantíssima e incontornável. Porém é necessário que se esclareçam algum pormenores neste campo e nesta notícia.
    1 – A mamografia não é a única forma de diagnosticar cancro da mama. Sem uma avaliação clínica prévia de sinais, sintomas e história clínica e familiar , até gora feita pelos médicos, só por acaso se descobre.
    2 – A mamografia é, como tantos outros exames, um auxiliar de diagnóstico, apenas e só. Quer isso dizer que é necessária, para já, a decisão clínica/prescrição de um médico para que ela se realize.
    3 – Ter posts com este tipo de título é sempre bom, dá views ao autor, mas duvido que forneça uma ajuda interessante e séria ao cidadão em geral sem conhecimentos na área.
    Seja como é sempre bom ir sabendo que estamos atentos às novidades da IA.

    • Mike says:

      “O Programa de Rastreio de Cancro da Mama (desenvolvido em estreita colaboração com os Cuidados de Saúde Primários) cobre actualmente toda a Região Centro do País (78 concelhos), bem como os distritos de Beja, Braga, Bragança, Évora, Portalegre, Santarém, Viana do Castelo e Vila Real, a maioria dos concelhos do distrito do Porto, o concelho de Azambuja (Lisboa) e os concelhos de Alcácer do Sal, Sines, Grândola e Santiago do Cacém (Setúbal). Utiliza sobretudo unidades móveis que se deslocam de 2 em 2 anos aos concelhos e unidades fixas. São enviadas cartas-convites às mulheres em idade rastreável (50-69 anos) inscritas nas Unidades de Saúde para realizar uma mamografia (exame gratuito).”

      Muitas das mamografias realizadas, têm como indicação para a sua realização a idade, ou seja, não necessitam de indicação médica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.