PplWare Mobile

Google recebe a terceira multa milionária de Bruxelas – 1,5 mil milhões de euros


Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Pedro says:

    Onde é que é aplicado o dinheiro recebido das multas? Curioso…

  2. eu says:

    Assim é fácil viver.
    Vai-se vivendo das multa*, quero dizer, vai-se aplicando multas.

    Porquê tanto dinheiro ?
    Porque a Google pode pagar.

    Qual a diferença entre estes e o spammer que exigem dinheiro ?

  3. Francisco m says:

    “A prática reprovável durou mais de 10 anos e sonegou às demais empresas a possibilidade de competir com o seu próprio mérito e de inovar” – Margrethe Vestager
    Esta senhora quer mesmo comparar as inovações da Google com as inovações destas empresas que precisam de se apoiar na google? xD
    Para onde vai o dinheiro?
    1,5 em 119 no último ano não é muito para a google mas é bastante para as sanguessugas de Bruxelas gastam assim: “Currently the largest share goes on creating growth and jobs and reducing economic gaps between the EU’s various regions.” – bem vimos o que aconteceu ao dinheiro da UE no nosso país – trocamos o nosso sector primário e muito do secundário por um bom conjunto de autoestradas… bela contrapartida… no entanto concedo que alguns países o souberam utilizar.

    • Rui Bacelar says:

      A “senhora”, Comissária Europeia não quer avaliar as inovações de X ou Y. Quer garantir que o mercado único permanece livre e concorrencial. Para tal, toma as ações que achar necessárias após as investigações inerentes a cada caso.
      Os montantes são calculados com base na aplicação de um índice às receitas auferidas até então pela Google.
      Aliás, como bem diz, é um valor diminuto tendo em conta o volume de negócios da Google.

      • Francisco m says:

        Eu percebo o caso, e também que ela está numa crusada contra a google e outras corporações. Quando essas empresas tirarem as suas sedes da UE já sabe a quem agradecer. 😡

        • Francisco m says:

          não era para ser esse emoji mas pronto lol

        • Vitor says:

          Essas empresas apenas têm a sua “sede” em alguns Países da UE (normalmente Holanda e Irlanda) por um motivo…pouco (quase nada) pagam de impostos e depois transferem os lucros (gigantescos) para alguns Estados do USA ou para os chamados “paraísos fiscais” que existem dentro da própria UE. Fique descansado porque se essas empresas tirarem a suas “sedes” da Europa não ficamos pior do que estamos agora…só pode é melhorar!!

          • Francisco m says:

            Sim que ninguém trabalha la….

          • Francisco m says:

            A google por exemplo paga cerca de 13%. Depois tem os impostos dos cerca de 8000 empregos.. e consequente estimulo da economia. A apple é uma história semelhante. mas afastar empresas está-nos no sangue não é? Pobre Irlanda que tem de aturar com estes dois e muito mais.

          • strik says:

            pois, quer dizer investimento privado que gera empregos, não conta, interessa é sustentar o exército de parasitas dos sectores públicos da EU, viva esta democracia, viva

        • Ze says:

          Nunca hei de compreender este argumento do se não baixamos as calcinhas as empresas vão todas embora… isso parte do pressuposto que as empresas controlam os governos (e apesar de se saber que é assim nos bastidores não me parece correcto essa linha de pensamento).

          • Francisco m says:

            Não é correto mas eu acho que é a diferença entre ser mais prático ou ser casmurro, ou seja baixar um bocadinho as calças ou as calças todas.

  4. Piloto says:

    Que artigo confuso, AdSense ou Google Ads (antigo Google AdWords)? Isto porque no AdSense nenhum anunciante compra nada (“Através do AdSense, um interessado pode comprar espaço de publicidade nesta plataforma”) e o AdSense não tem anunciantes, tem parceiros ou publishers ou, no limite, criadores de conteúdo (“para poderem utilizar o AdSense, a Google obrigava os anunciantes a não utilizar motores de pesquisa de empresas rivais”).

    • Rui Bacelar says:

      Os parceiros / anunciantes estavam adstritos a regras bastante rígidas que os impediam de utilizar, por exemplo, os motores de outras fornecedoras. Quanto ao AdSense, engloba vários serviços, sim.

  5. Blue Beast says:

    Que batelada !! 1,5 mil milhões de euros,Deus me livre !! Depois admirem-se de um dia destes a Google se passar e virar as costas ao mercado europeu e restringir muitos serviços seus.Restringir ou mesmo não os fornecer.Não sei,não… 😐

  6. kodiakshadows says:

    Exactly…

  7. Fulano says:

    Fico a aguardar que os lobistas façam o mesmo à Apple…

  8. José says:

    Poderia dizer que a Pizza Hut é monopolista por não vender a piza da Telepizza e vice versa? Ou que o BurgKing não vende BigMac?

  9. Roberto says:

    Não sou grande da Google, mas já acho que essas multas são exageradas, vamos acabar numa Europa isolada sem acessos às plataformas dos multados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.