Quantcast
PplWare Mobile

Google recebe mais de 100 mil denúncias de pirataria por hora

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Maria Inês Coelho


  1. Wistfultale says:

    A Google havia de aplicar filtros de pesquisa para evitar que gentalha encontre mais links para roubar conteúdo. Fala-se da pirataria mas aparentemente pouco tem sido feito para a combater.

    • Bruno says:

      Em nada ajudaria… Quando mais se lutar contra isso, mais meios para se o fazer aparecem.
      O fruto proibido e o mais apetecido…

    • Paulo says:

      Deves ser artista.

      • Sérgio. M says:

        Talvez, mas não propriamente, Paulo. Os verdadeiros artistas “mas não os famosos que anseiam por um lugar ao sol nas artes”, são precisamente os que ainda conseguem estar ao lado dos que fazem tais partilhas. Querem que o seu trabalho e a sua arte seja divulgado e atinja o maior número de público possível. Os lucros propriamente ditos serão uma consequência da sua genialidade e capacidade posterior de venda. Os grandes insurrectos da luta contra a pirataria são as grandes multinacionais e “artistas sedimentados” pelas mesmas, que anseiam como esfomeados a soma e multiplicação de mais um cêntimo. Há inúmeros artistas e empresas independentes que vivem em grandes difuldades, inclusive pelos media que lhes fecham as portas a qualquer possibilidade de divulgação, no entanto são os primeiros a – oferecer – gratuitamente ou a preço simbólico a sua arte para que o seu público possa aprovar, admirar e posteriormente consumir (assim como acontece com o software livre e do género). E não nos podemos esquecer que – a pirataria ou partilha ilegal – é o grande percursor de uma concorrência que favorece a todos sem excepção. Sem esta mais valia estaríamos ainda a pagar por qualquer CD/DVD/Livro em formato físico ou digital somas exorbitantes como acontecia nos tempos mais primitivos à era tecnologia (apesar de sempre ter existido a pirataria).

  2. JP99 says:

    Isto faz me pensar a começar a navegar na deep web. Pelo menos por agora ainda não me bloquearam os sites que uso mas quando isso acontecer…. deep web were i go….

    • WE says:

      E consegues encontrar links para música/filmes na deep web?

      • Wistfultale says:

        E deixarem de roubar e começar a pagar o que devem? Pessoas como vocês, gostava que se tornassem escravos – quando falo em escravatura, falo em trabalho de graça ou produtos de graça na empresa onde estão inseridos (produtos esses que tivessem sido produzidos por vocês, algo em que vocês gastassem horas e horas de esforço, dedicação e empenho).

        • Maverick says:

          Temos aqui uma pessoa que gosta de pagar 20 euros um cd com 12 ou 8 músicas ou um bilhete de cinema por 8 euros o que na crise que estamos é um absurdo para não falar ridículo as empresas, operadoras e MAPINET e etc deviam negociar com sites de stream e torrents uma forma de compartilhar lucros sim porque o que aqui interessa é dinheiro isso do empenho e blá blá é tudo balelas. E aqui ninguém rouba os únicos que roubam neste país são os politicos e os ladrões de bancos e o termo roubar é quando roubamos algo à força o que não se aplica aqui.

        • luis says:

          eu trabalho 50 horas sim cinquenta horas por semana “não sou obrigado, se não quiser vou embora diz o patrão” recebo 600 euros, a fiscalização nada faz, e vou eu pagar 60 ou 70 euros por um jogo? eu compreendo a revolta de quem tem filmes e jogos á venda, mas eles que entenda a nossa.

          • Wistfultale says:

            Não há dinheiro, não há vícios. Tão simples quanto isso, começa a estabelecer prioridades na tua vida.

          • Summit says:

            Wistfultale , que comentario mais ridiculo, quem ès tu para julgar? Nenhuma das partes tem moral para se acharem santos, contudo, a diferenca entre o comum dos mortais e uma qualquer produtora è o dinheiro. Se tu es um priveligiado que teve ajuda do papá ou da mamā para encheres o bandulho, optimo. Nao penses que todos partilham da tua “felicidade” , quem nao tem posses tem o mesmo direito a cultura e ao divertimento que tu, se achas que nao, larga o mein kumpf e viaja.

          • Miguel says:

            @Summit, se tenho não foi graças à mamã nem ao papá como tu o dizes. Se o tenho foi porque me esforcei para o ter e porque estabeleci prioridades na minha vida: é muito bonito ter 30 e tal euros para a internet por mês (sim, porque para roubar conteúdos da internet é preciso pagares uma mensalidade para teres acesso à mesma), férias, telemóveis e computadores topo de gama mas de resto andar a roubar cultura a torto e a direito. Volto a frisar, como já o disse diversas vezes, sinceramente gostaria de ver se alguém vai ao teu local de trabalho e leva tudo e mais alguma coisa a nível de produtos/serviços a custo 0€ quando na verdade eles têm um preço…Deixa-me até pôr as coisas de outra forma: – tens um emprego x e um emprego y em cima da mesa. O emprego X recebes 1000 euros de salário mensal enquanto o emprego y é o que tu gostarias de fazer até ao fim da tua vida, no entanto recebes 0€ implicando gastos para poderes trabalhar, horas que podias estar com a tua família, esforço, porque as pessoas são estúpidas e pisam aquilo que tu acreditas vives para. Escolherias qual?!

            Va lá, deixem de ser parvos, suportem os artistas, eles também gostam de ter um prato de comida na mesa para poder comer. Não têm dinheiro? Estabeleçam prioridades nas vossas vidas, lutem por algo melhor, é assim tão difícil?

          • luis says:

            wistfultade, as prioridades são viver num país onde os politicos tem de olhar e proteger quem faz alguma coisa . se eu vivesse na Alemanha, Suécia ou outra nação a sério não precisava de “sacar” jogos nem filmes. tu deves ter pais ricos, desgraçados a trabalhar para ti ou vendeste a alma a um partido qualquer para ter um taxo.

        • Sérgio. M says:

          E quantas pessoas (e cada dia é mais recorrente) não são escravizadas no seu trabalho e na sua própria vida pessoal? Hás-de ser sábio o suficiente para ter a percepção que sempre existiu tais escravaturas (à parte de se ser negro ou minoria étnica). Idealiza o seguinte: há um membro ou casal que trabalha na mesma empresa; não referindo o salário mal pago que ambos auferem, mas somente o atraso em o receber que por vezes ocorre ao longo de meses. Vês o caos que se criará na vida desta família? Agora imagina quem está disposto a lutar pelos seus direitos que nãos os próprios? Há associações que guerreiram pela justiça a que estes têm direito? Não, não há. Ora, é justo que se – combata – a pirataria, mas não de forma a apresentá-la como um crime hediondo e drásticos efeitos para a humanidade e/ou seus criadores. Sabemos claramente que os que mais se impõe contra – a tal pirataria – é o capitalismo e não empresas isoladas e independentes. Talvez para situações realmente graves não serias tão a ferrenho e defensor. “tens todo o direto à opinião, mas vê-se que te irritas muito facilmente com toda a notícia ligada directamente à pirataria, hum?!”

        • Vrael says:

          Se tens dinheiro para dar 20 euros por um dvd ou blue ray ainda bem, eu dispenso ver um filme por semana e pagar 50 ou 70 euros por 10 episódios de uma serie em dvd, a industria de jogos ganha mais com jogos de graça do que pagos, tens o caso do league of legends com a “shop” vendem skins e icons etc ganham mais do que se comprassemos uma vez o jogo, eu em 5 anos ja la devo ter posto uns 100 euros, isto é so um exemplo. No cinema eles ganham milhões, o star wars lucrou 2 biliões de dólares, nao chega? Gastaram 200 milhões a faze lo, quem é que perde o que? Eu pago internet e tv tenho acesso a tudo o que está na internet… E ainda tenho netflix..

        • Irra says:

          Quem é você para vir para aqui dizer o que os demais devem fazer. você é como os demais. Respeite as opiniões dos outros.

        • Catarino says:

          Wistfultale se percebesses alguma coisa do estás a dizer saberias que + de 70% dos trabalhos elaborados sejam eles programas, filmes, jogos, músicas etc etc
          são conhecidos graças à Pirataria senão grande maioria deles não passaria da porta da empresa que os criou.
          Porque achas que algumas bandas já disponibilizam as músicas para download de graça?
          A pirataria actualmente é a melhor solução de Marketing.
          Quem me dera que algum trabalho meu tenha milhões de downloads do piratebay/etc, será sinal que é reconhecido e é garantido que existem outros milhões que o compraram legalmente.
          Quem realmente depois quiser investir sem preocupações e tenha capacidade para isso, comprar tudo legal e sem problemas porque já tem o feedback do mundo “pirata”.

    • Pllz says:

      Eu gosto quando usam palavras que não compreendem.

  3. Hal-1010 says:

    Recebe? Como é que recebe esses pedidos todos? Por que meio? É que, por exemplo, eu se quiser contactar a Google não encontro nenhum meio válido nenhum, ou quando encontro a muito custo um formulário obscuro nunca obtenho qualquer resposta. Isso é tudo falso, a Google funciona como uma companhia fantasma no que toca a interacções com os utilizadores, remetendo sempre as pessoas para fóruns onde nunca ninguém com responsabilidades dá a cara por coisa nenhuma. Mas acho impressionante, para não dizer cómica, essa estatística que sugere que milhares de pessoas por hora se dão ao trabalho de perder uns bons minutos à procura de um contacto qualquer da Google bem escondido só para denunciar pirataria. É, deve ser mesmo isso de certeza.

  4. rui says:

    Ou seja, pelo que percebi, cada vez mais há mais entidades a chularem tudo e todos e a pagarem cada vez menos a quem produz com a desculpa dos direitos de autor. Denúncias também eu posso fazer, vendo o preço ridículo de um cd comparando com o que é gasto para o fazer. Assim como os preços ridículos de alguns sitios de venda de música online (e que aposto que se calhar ao produtor nem 10% dão).

  5. Não Interessa says:

    Só há “pirataria” porque as produtoras de conteúdos pararam no tempo. Se tivessem evoluído com os tempos tinham arranjado formas alternativas de arranjar receitas (eu sei que eles as têm, simplesmente querem é ganhar mais uns milhões de trocos à conta do desgraçado sem ter que investir mais por isso).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.