Quantcast
PplWare Mobile

A gigante Google vai demitir já 12.000 funcionários

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. SANDOKAN 1513 says:

    Está a ser assim por todo o mundo.Só se vê despedimentos atrás de despedimentos na área da tecnologia.E o mal é que pode não ficar por aqui,infelizmente.

    • Ifm says:

      Por norma, está bola de neve vai espalha se pelo resto do mundo….

      Já se está a ver que a inflação continua a subir… E já afectou muita gente.
      Mas o que preocupa mesmo é se entramos todos em recessão, é a morte do artista, desemprego a subir, retenção forte na economia.
      E voltamos a 2008, que anda tudo de pantanas.

      • deepturple says:

        era bom era…
        eu digo desde 2017 que a próxima crise será mais idêntica à de 1929!
        WEF e bancos centrais a festejar o centenário da grande depressão.
        O grande reset está aí à porta.
        Ai não… afinal é só uma teoria da conspiração!

    • Naodouonome says:

      Completamente errado, continua a existir muita procura e essas empresas continuam a contratar mas noutras áreas

  2. Profeta says:

    O problema com esses despedimentos e que certamente vao os uteis e os inuteis. Nao ha uma filtragem correta. Entao se forem amiguinhos chegados do patrao nem lhes tocam.

  3. jorgeg says:

    hehehehe,…. Muito obrigado LGBrandon!
    Orange MAN bad!!!
    hehehe,…

  4. DFS says:

    Apesar destes despedimentos, o desemprego nos EUA e na Europa ainda são relativamente baixos. O mercado de trabalho para já ainda está a aguentar bem, embora a maior parte das pessoas tenha perdido poder de combra. Acredito e espero que se a guerra não agravar e se a inflação mantiver a tendência recente de descida, que a crise poderá passar sem grandes efeitos económicos, para além da perda de algum poder de compra.

  5. Repara says:

    Em Portugal há pleno emprego. Os preços da gasolina e do gasóleo estão abaixo dos preços do início da invasão da Ucrânia (o pico foi em junho).
    Nesta situação, há coisas que não se explicam, como a perceção de haver uma crise que só se pode agravar e a inflação também.

    Quanto ao valor em bolsa das grandes tecnológicas, três chegaram a ultrapassar os 3 biliões de USD (bilião = milhão x milhão, trillion nos EUA/GB e trilião em “zuca”, ou seja 1.000.000.000.000 USD) – a Apple, a Amazon e a Microsoft, com a Alphabet (Google) a chegar perto. Os valores atuais são:
    – Apple: 2,18 biliões de USD
    – Microsoft 1,8 biliões dólares
    – Alphabet (Google): 1,27 Biliões de USD-
    – Amazon: 0,99 biliões (992,11 mM – mil milhões) de USD.

    Isto traduz a diminuição do volume de negócios, que leva à redução do pessoal (em todo o caso, convém ter em atenção a proporção entre o nº total de empregados e o n.º de despedimentos)

    As notícias sobre estes “gigantes” não têm correspondência direta com as tecnológicas cá do burgo, que têm valores infinitesimais face a elas.

  6. Rui says:

    A MSFT anúncio 10 mil e não 11 mil despedimentos, 11 era o número dos leaks iniciais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.