Quantcast
PplWare Mobile

Tim Cook: “O Surface é um produto comprometido e confuso”

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Marisa Pinto


  1. Mike says:

    Tenho um iPad (e um iphone) no entanto gostaria de ter um Surface Pro, seria muito mais produtivo. Quanto às apps da Apple, são muitas mas a maioria que uso são multiplataforma por isso 😛 É verdade que o Windows 8 tem pontos fracos mas penso que com o feedback irão ser aprimorados, mas o Tim cook esquece que as primeiras versões do iOS tambem deixavam muito a desejar.

  2. ZeMorango says:

    Ohhh Tim Coock! tu é que andas cofuso e perdido, nem mapas tens para te orientar.

  3. NazgulTuga says:

    “O crescimento está nos tablets. É por isso que todos estão a lutar quanto a isso. A compra de PCs caiu, e alguns compradores de tablets talvez nunca mais comprem um computador.”

    Eu continuo a preferir comprar um Portátil ou um iMac (All in one) do que Tablet.
    Se não consigo programar neles, ou desenhar, não me tem qualquer utilidade.
    A única razão que me levaria a comprar um Tablet, seria para tirar e ver apontamentos nas aulas. Fora isso, não é lá grande coisa.
    Continuo a preferir o meu MP3 e o meu SmartPhone.

  4. Terminator says:

    lol!!!

    era bom que com as competitividades baixassem realmente em portugal os preços dos tablets isso sim!!…agora falar mal dos produtos sem sequer experimentarem, apenas por comparações de características em tabelas!!!…deprimente!!

    ja agora nao acredito na substituição total do PC por um tablet pelo menos até nao haver uma tecnologia que faça de maneira simples e intuitiva uma transmissão do sinal de vídeo entre tablets sem fios compatível com ecrãs de TV,projetores,monitores, etc!! simples à semelhança por exemplo de ligar por wireless a um router e de forma barata.

    continuação de bom trabalho PPlware!!

    I’LL BE BACK!!!!(lol)

  5. ivo says:

    Só quero dizer uma coisa “dor de coto”, o surface oferece muito mais do que qualquer ipad.

  6. golias17 says:

    Como amante das tecnologias adoro ver estas guerras, desde que sejam limpas XD.

    Tirando o surface pro da guerra dos tablets porque é muito mais que isso, acho que a apple esta cada vez mais assustada e as outras empresas cada vez com ofertas melhor, creio se a apple não mudar as suas estratégias vai ficar cada vez mais para trás.

    O android cada vez melhor e o nexus 10 com aquele preço e aqueles specs é uma excelente compra.

    Finalizo a dizer que quero é mais guerras destas.

    Cumprimentos.

  7. Artur Rosado says:

    Esta guerra mais parece uma guerra entre dirigentes de clubes de futebol e até os fãs defendem as suas marcas preferidas como se de uma equipa de futebol se tratasse.

    Eu vou falar por mim e apenas atendendo às minhas necessidades e não é uma critica a quem toma outro tipo de decisões, mas a verdade é que eu preciso de um PC, os programas do IOS e do Android não satisfazem as minhas necessidades, mas gostava de ter um tablet, por vezes dava-me jeito e até algumas dessas aplicações, não sendo essenciais, gostava de poder usufruir delas.

    Mas a minha carteira não abunda e não estou para gastar 1.000€ num portátil e mais uns quantos euros num tablet, prefiro ter um pc e quando precisar de alguma coisa mais móvel que um portátil utilizo o smartphone.

    Neste contexto, obviamente que quando trocar de portátil uma das hipóteses será adquirir um produto do tipo surface pro, porquanto satisfaz todas as minhas necessidades, mesmo que venha a custar 1.200€ ainda compensa, sendo certo que no futuro o preço dos tablets pc irá descer como acontece com todas as tecnologias.

    Por isso não concordo com o Tim Cook, aliás, não dou um ano para a Apple fazer o mesmo que fez agora com o Ipad Mini que dizia que jamais iria lançar produtos daquele tamanho, e faça o mesmo que fez a Microsft lançado um Ipad Air, se é que me estão a entender, ou seja um portátil em formato tablet.

    Nessa altura já esse tipo de produtos para apple serão bons como agora para a apple já é bom um tablet de 7″.

    Resumindo gostei da aposta da Microsoft.

  8. hugo says:

    Steve Ballmer disse isso: “Temos um aparelho que funciona bem como PC ou tablet, sem comprometer qualquer das funções”. ok Steve então o que foi que aconteceu aqui??https://www.youtube.com/watch?v=sBrRxVXUUTI

    Steve Ballmer também disse isso: “o Surface oferece duas vezes mais de memória que o iPad.” … A sério Steve?! O Samsung Galaxy SIII também tem melhor hardware que o iPhone 5, mas mesmo assim o iPhone 5 é mais rápido!!

      • hugo says:

        fanboy eu?? o que eu tenho da Apple é só um iPod Touch 2G…

        Sou realista!

        na minha opinião o único defeito que a Apple tem é os preços.

        • hugo says:

          são os preços* “melhor dizendo”

        • golias17 says:

          Estas a falar mal de um produto por que era beta, olhas a betas da apple e depois fala.

          Á e tal não sou fanboy mas falo mal a toa nunca usei um surface, mas digo mal com base em versões betas.

          E olha que o iphone não é mais rapido que o galaxy em tudo, a diferença é o multitasking.

          • Jeronimo says:

            são diferenças de rapidez que um pacovio como tu nem repara, deixa-te la de ser fanboi

          • golias17 says:

            Até parece que eu disse que não havia diferenças, há mas não significativas, tu é que não percebes.

            Não tens capacidade para ver que estão a fazer comparções com uma verção ICS e não jeally bean a versão mais rápida do android, sabes o que é o project butter pois o s3 já foi actualizado experimenta e não comparem um só antigo com um novo.

            Jeronimo se tiveres algo de útil para acrescentar força, mas acho que isso é demais para ti.

          • hugo says:

            OMG tens uma capacidade de compreensão terrivel, eu não estou a falar mal de nenhum produto, o que disse é a realidade…

            como o Tim Cook disse “Acredito que se possa criar um carro que voe e flutue, mas não acredito que ele faça essas funções muito bem” – é o que vai acontecer com o Surface, ainda é demasiado cedo para aparecer problemas.

          • golias17 says:

            No teu primeiro comentário puseste o link daquele vídeo como indirecta se não era a dizer mal do produto parecia. Mas vá vou fingir que acredito que não era para denegrir o surface.

    • Se calhar não tem a ver com hardware e sim com o software…
      Se calhar a Apple tem uma combinação de HW/SW que nenhuma outra marca tem….

      Parece aquelas afirmações parvas de que um PC e um PC MAC com as mesmas caracteristicas o PC MAC corre melhor o Windows…

      • ridelight says:

        Isso deve-se ao facto de a Apple desenha o software para hardware especifico, enquanto que o da Microsoft corre em milhares de componentes diferentes daqueles para que foi projetado desenhado.
        O surfasse provavelmente irá ter bons desempenhos uma vez que a Microsoft poderá otimizar o sistema operativo para aquele hardware especifico, não tem que estar dependente dos drivers dos fabricantes ou de modos de compatibilidade.

    • Bend says:

      Ainda era beta nessa altura?
      Normal tal acontecer…

    • Mike says:

      o iPhone 5 é mais rápido que o S3 em quê concretamente?
      se disseres que chegas com o dedo de uma ponta do ecran à outra ponta mais rapidamente no iPhone 5 acredito, mas isso é porque a distancia mais curta entre 2 pontos nem sempre é uma linha recta…

    • Sabes a diferença entre um produto de pre-produção e para development e um produto acabado para venda ao público? Parece-me que não.

      • Alexandre Amaral says:

        Verdade seja dita por muito que goste da Microsoft e do Surface isso não serve de desculpa para nada, desde quando é que se faz uma apresentação de um produto ainda em desenvolvimento para o publico geral? Depois dá buraco…como se viu.

        No entanto acho o Surface Pro realmente um passo à frente no mundo dos tablets…e sinceramente os comentários dos CEOS mencionados nas noticias só mostra a comichão que já começa a fazer o Surface face aos seus produtos.

  9. Maxx says:

    A Apple quer uma posição de domínio de mercado através da má publicidade à concorrência o que não me parece muito inteligente… é a mesma coisa que dizer que a mulher do próximo é mais feia só porque tem uns peitos mais bonitos que a mulher do próprio.

  10. José Lourenço says:

    Só não percebo uma coisa, e passo a explicar.

    Se o Tim Cook diz que o Surface é: “…comprometido e confuso…’, uma afirmação infundada pois o mesmo admite nunca ter mexido num, é uma CRITICA.

    Quando o Steve Ballmer diz que o Surface oferece: “duas vezes mais de memória que o iPad”, o que já foi constatado, é um ATAQUE?

    A Apple nunca ataca ninguém, apenas critica, mesmo sendo infundada, os outros é que atacam a Apple porque tem factos que comprovam as suas críticas.

    • LOL…
      “A Apple nunca ataca ninguém”
      Wait for it…
      LOOOOOOOOOOOL…

      Segundo os teus parâmetros omparar o mini-Ipad com o Nexus 7 é o quê?
      Todos se atacam…
      Cada qual puxa a brasa a sua sardinha…
      Hoje em dia não há a politica de ” O meu é um excelente produto” mas sim ” O meu é melhor que o teu”…

      Deixa os “fanboysismos” de lado sff

  11. Eduardo M. says:

    Eu sou da opinião de que se a Microsoft conseguisse lançar o Surface Pro a menos de 1000€, tipo 800 ou 900€, seria uma grande aposta e meio caminho andando para rivalizar ombro a ombro com o iPad, isto por várias razões, em primeiro lugar o Windows 8 que está preparado para ser usado tanto com touch como com os periféricos habituais e até traz a tal touch cover, que infelizmente é vendida em separado (deveria ser incluída no preço total), por outro lado, tendo uma arquitectura x86, seria um incentivo tentador a muitas pessoas (como eu) que ainda não têm um tablet, uma vez que o Windows ainda é em larga maioria o SO dominante nos PC’s, seria uma grande vantagem passar para um tablet que suporta as mesmas aplicações x86 que usamos todos os dias num PC vulgar, poupando a todo o trabalho de montar um novo ecossistema e fluxo de trabalho com apps ARM.

    Agora claro que o tablet também tem propósitos apenas de consumo e para isso um Surface Pro tem características excessivas, para isso é que fizeram o modelo Surface RT mas que na minha opinião, para já, não sendo inferior aos concorrentes, claramente está penalizado por ter chegado atrasado e ainda vai levar algum tempo a ter uma central de software tão rica e diversa como Android e iOS, pelo que não prevejo que consiga ter sucesso imediato.

    Tudo somado, é uma guerra que está a aquecer e a Apple tem de tomar cuidado porque para além dos competitivos Nexus e Kindle Fire, o ecossistema x86 da Microsoft é muito tentador porque as pessoas já se habituaram a ele há muito tempo e se este consegue alastrar para os tablets, a Apple corre o risco de lhe acontecer o mesmo que aconteceu nos PC’s.

    Nos smartphones, é outra conversa completamente diferente, eu acho que a Microsoft e a Nokia já vão tarde, eventualmente os modelos de top terão alguma saída porque de facto têm muita qualidade mas não estou a ver serem vendidos em quantidade suficiente para entrar na corrida com iPhone e modelos Android.

  12. papimigas says:

    Alguém arranje um Nokia a este senhor, por favor, para que se consiga orientar no Surface…

  13. Isaac Lun says:

    what is the apple after the death of steve? just invent what has already been invented by steve …

    I’d like to see a change relamente as happened when Steve was still alive … oh yes … its apple

  14. Fernando Silva says:

    Sem querer entrar em “guerras” com ninguém, acho que o título está um pouco desajustado…
    Em vez de colocar o título com uma afirmação do Tim Cook, devia ser um título mais genérico.
    Desta maneira parece que o autor está do “lado” da Apple… o que possivelmente não será o caso.

    Que fique claro que é apenas uma pequena opinião minha 🙂

  15. Carlos says:

    Não liguem a conversas de CEOs, é como conversa de vendedor.

    A Microsoft dentro de pouco tempo irá acabar por ter e oferecer a terceiros a gama de produtos tablet com mais abrangência até ao momento, consegue tocar várias necessidades em pouco espaço de tempo.

    Para um mercado mais básico e de entretenimento lança o Windows RT e que mesmo assim já tem habilidades razoáveis para trabalho por trazer Office e USB compatível com discos externos ou impressoras.

    Depois tem o derradeiro produto Windows 8 Pro, esta solução vai substituir muito tablet/portatil em simultâneo.

    Tablet iOS e Android estão no mesmo nível das Windows RT, a vantagem é que estão cá à mais tempo e já têm bastante mais aplicações prontas. Em termos de funcionamento o iOS é o sistema mais simplista e rígido basicamente um iPhone com os ícones maiores e espaçados, onde não à espaço para multi-tarefa real ou qualquer tipo de personalização.
    O Android versão tablet já mostra uma preocupação da Google em redesenhar o sistema para ser diferente de um telemóvel com 1/2 ou 1/3 do tamanho de ecrã. Já têm mais capacidade de personalização pelos Widgets, mais interfaces físicos de ligação já começa aproveitar a área de trabalho bem melhor do que ter uns ícones espalhados. Tem multi-tarefa.
    O Windows RT a meu ver consegue ir mais longe na integração com tablets, apesar de ser rígido nas formas gerais do interface este é personalizável dentro daquele conceito, assim como em Android dificilmente temos o mesmo aspeto/forma em tablets de vizinhos.
    Tem propriedades multi-tarefa bons, com múltiplas (2) aplicações a poderem ficar à mostra no ecrã.

    Até ver dos 3 sistemas é o que mais me agrada nas possibilidades de funcionamento, mas para o que eu ambiciono apenas o Windows 8 Pro realmente vale o meu investimento no futuro, porque consigo fazer o mesmo que nos concorrentes ARM e ainda usar softwares de design com stylus para ter mais liberdade de desenho/forma.
    Dependendo dos interface de ligação podemos ligar GPUs externos, monitores externos e rato/teclado.
    Com estes ingredientes diria que conseguimos chegar a casa ligar isto e correr jogos PC.

  16. Emannxx says:

    Uma coisa é certa: O Surface trouxe tecnologias e conceitos novos a um mercado que já há uns meses andava estagnado. Não me vou alongar mais. Tenho dito.

  17. Ryan says:

    Deixem-se de tretas e que apareça então o Surface testem e depois comentem. Ate la somos como os jornaleiros da treta que estão na política, desporto e ao que parece já entraram dentro do IT. O que o Balmer diz da Apple não se escreve e muito menos o que o Cook diz dos outros, e por ai fora. Quando alguém testar ok tirem as conclusões. Ou então façam os testes por vocês mesmos. Se um tiver mais venda que o outro e dai? O que importa é ir com a multidão ou ter a vossa própria experiência?

  18. Marco Dias says:

    *grabs popcorn*

    LoL, nunca vi discussões tão acesas acerca de tecnologia como agora estas dos tablets e smartphones, de facto a tecnologia entrou de tal forma na vida das pessoas que cada qual escolhe o seu “partido” e o defende com unhas e dentes.

    Eu vou ser sincero, se tiver de gastar dinheiro, nem que seja umas poucas centenas de euros, prefiro poupar até ter o suficiente para um PC completo, mas se fosse a comprar um smartphone ou tablet, iria sempre pelo mais barato, ou seja, modelos Android. Quando não há granel… não há muito que discutir, o mais barato tem de servir.

  19. mo0ve says:

    Boa tarde a todos,

    Sinceramente não consigo perceber como é que ao comentar um artigo acerca de um ou mais produtos de informática, existem pessoas que se conseguem insultar umas as outras…

    Acabando com o offtopic, penso que de uma forma civilizada esta “guerra” é positiva para o consumidor, cada um com as suas preferências, dentro da oferta de mercado.

    Abraço,
    mo0ve

    • Não se és grande, mas o teu comentário definitivamente é….
      😀

      E a nível de vendas é normal que se vendam mais IPADs do que SURFACEs….
      Existem mais Iphones do que WP…
      E poucas são as pessoas que estando habituadas a um ecossistema ( Android, IOS, WP ) vão comprar algo diferente.
      Hoje em dia preza-se muito a centralização de dados e interacção entre “gadjets” logo um Android mt possivelmente tem tablet Android e por ai adiante…

  20. The Man says:

    Eu acho que 90% das pessoas que comentam blog’s e tecnologia e a guerra que isto criou. Devem andar todos a receber comissões enormes.

    Vivem demais esta porcaria, qualquer tablet é bom e faz aquilo que toda a gente precisa.

    Ainda bem que ng tem os mesmos gostos, senão o que era feito do amarelo.

    • Ridelight says:

      A nível de produtividade não é bem assim, se for meramente entretenimento já concordo, mas mesmo aí há os seus Q…
      Pesa os parametros todos nos três sistemas opertivos e nas caracteristicas dos 4 fabricantes e vê se é a mesma coisa…

  21. Serginho M says:

    Trocar um PC por um tablet? Só se fosse maluco! Onde é que eu num tablet, trabalho com o Dreamweaver, com o AutoCAD, Access, video converter, Publisher, Nero, etc… Acho essa afirmação completamente desmedida. Vejo um tablet como um telefone grande, apenas isso. É apenas mais um brinquedo tecnológico, porque produtividade, é zero.

  22. Paulo Duarte says:

    Quem é que disse que um tablet de 7 polegadas não fazia sentido nenhum!? E…olha…uma “maçã” mais pequena.
    Até, quem sabe, não esteja na “calha” um “Surapple” :)))

  23. Marcelo Barros says:

    Esta com medinho.
    Pode ser mais complexo, mas tem muito mais potencialidades…

  24. darth says:

    porra, confuso é lançar o ipad4 8 meses depois do 3, e dar o dito por não dito e lançar ao mesmo tempo o mini.

    muita da inteligencia de um homem é saber quando deve estar calado, e Cook perdeu uma grande oportunidade para estar calado

  25. Adriano says:

    Algo vai mal para os lados da Apple, então o homem vem criticar um produto da microsoft que não conhece.
    Isto para mim é um erro tremendo.
    Primeiro estudava a lição e depois falava…..
    eu nunca tinha visto a Apple tão interessada em falar da concorrência como agora, aliás até na apresentação do ipad mini se notou isso.
    A nível de hardware qualquer tablet neste momento têm o que é preciso a questão fundamental é o preço e a cima de tudo o software, e neste aspecto estou muito curioso em relação ao surface,mais do que um iphone 4s com 7 polegadas, ou até mesmo os android.
    A microsft inovou e deu salto interessante, resta saber se é funcional.

  26. IceCube says:

    Confuso ando eu com os Apple Fans 😉

  27. Pedro says:

    Na minha opinião, os tablets ainda não têm um propósito bem definido.
    Em que funcionalidade, mais concretamente, é que um tablet poderá substituir um laptop?

    Em termos de produtividade, penso que nem sequer devemos considerar um tablet como um dispositivo de trabalho viável. Consegue, no entanto, cumprir tarefas de leitura e de apresentação de conteúdos, tendo em conta que esses conteúdos são mais eficientemente criados num computador.
    É aproveitada então a portabilidade, sacrificando (muito) a produtividade.

    Em termos de entretenimento, o mesmo acontece.
    Podemos ver filmes e séries, ouvir música e jogar, no entanto a experiência é sempre limitada, tendo em conta que é necessário um computador para transferir esse tipo de conteúdos para o tablet, ou então podemos considerar que num computador essas experiências são muito superiores.
    Então o que ganhamos aqui? Mais uma vez, portabilidade, sacrificando funcionalidade e facilidade de acesso.

    E agora a verdadeira questão:
    A portabilidade oferecida pelo tablet justifica todas as suas limitações?
    Vocês vão para a praia jogar no tablet?
    Vão acampar e levam o tablet para ver filmes à noite?
    Estão em casa a tentar trabalhar no sofá com o tablet quando podiam estar no escritória a trabalhar muito mais eficientemente no computador?
    Há alguma razão para ter um tablet?

    Na minha opinião, as vantagens do tablet anulam o seu propósito.

    Cheguei a esta conclusão após comprar um tablet Android, penso que dei 400 euros por algo que não tem qualquer tipo de utilidade.
    Um smartphone, sim, tem utilidade porque anda sempre connosco no bolso e permite ir ver aquele e-mail importante que não estávamos à espera. Mas que ninguém me venha dizer que um tablet é útil, pois isso é apenas uma desculpa para justificar a sensação de “ter um brinquedo novo”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.