Quantcast
PplWare Mobile

Samsung tira carregadores das caixas de smartphones, mas deverá lançar um de 65W

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Marco Rodrigues says:

    Concordo com carregamento rápido mas se o utilizador tiver a opção de escolher o carregamento rápido ou normal ,como no Galaxy S8 ,para mim carregamento rápido é para algum urgência e não sempre.

    • rjSampaio says:

      o futuro vai passar por teres mais controlo da energia or parte do aparelho. Podendo tu escolher a “velocidade”.

      Isto é interessante quando pensares que podes definir no telefone que o despertador toca as 7am e o telefone adapta a energia de entrada para teres 100% de carga a essa hora.

    • O pirata says:

      O Samsung note 20 ultra tem a opção de escolha, rapido ou normal, acredito que outros tambem tenham essa escolha

  2. LA says:

    Tiram os carregadores das caixas. E depois veem co. a histo carregadores

  3. LA says:

    Tiram os carregadores das caixas, E depois vêem com a história de carregadores rápidos. Conclusão, se queres carregar mais rápido, pagas.

  4. B@rão Vermelho says:

    Na grande maioria das marcas Android, já todos os modelos trazem carregadores rápidos, como tal não me choca tanto retirarem o carregador da caixa, agora ter um tlf que suporta a tecnologia mas tens de comprar à parte o carregador e na próxima geração nem carregador traz, para mim é mais difícil de entender.
    Mas na minha opinião deviam vir sempre com carregador.

  5. Rui says:

    Eu concordo com a retirada dos carregadores, MAS:

    1 Gostava que as empresas fossem honestas e dissessem que era por questões económicas em vez de virem com mentiras a dizer que era devido ao aquecimento global.

    2 O preço da retirada do carregador fosse notória no preço de compra do smartphone (toda a gente sabe que eles não vão fazer isto)

    3 Já não sei onde li, mas houve alguém que deu uma boa ideia, dentro da caixa vir um cupão de desconto de venda do carregador.

  6. Carlos Fernandes says:

    Para a medida ser bem aceite as marcas deviam indicar um desconto por exp.: -5€ no valor final.

  7. Spoky says:

    “Olhando também ao preço do adaptador de corrente de 45W, este deverá surgir com um preço acima dos 50 €”

    Mais uma vez, provei estar correto no meu último comentário
    https://pplware.sapo.pt/smartphones-tablets/samsung-vai-retirar-o-carregador-da-caixa-de-mais-smartphones/#comment-2708400

    Isto não se trata de uma questão ambiental, as empresas usam isso como desculpa. Na realidade é para obter mais lucros, carregador acima de 50€?

    Só comprova o meu anterior comentário no ultimo artigo, mantenho a mesma opinião.
    Qual ambiente qual quê? Tretas das empresas para convencer e obrigar os utilizadores a aceitar isto de uma forma leve, rápida e eficaz.

    Só cai nisto quem quer.

    • Vítor M. says:

      Spoky, deixa-me aqui esclarecer uma coisa. As empresas visam o lucro. Como tal, se vislumbram que algo as pode penalizar, elas reagem. Era ruído que já se fazia sentir há algum tempo, https://bit.ly/3aN6yMR a UE, entre outras organizações, querem diminuir o lixo eletrónico e imputar às gigantes https://bit.ly/35UosZE um valor para “limpar” do planeta este lixo. As empresas não querem pagar e desenham uma estratégia. https://bit.ly/36WNSch

      Ora a ideia da Apple e das outras é “vamos mostrar que estamos a fazer alguma coisa”. Como visam o lucro, imputam ao consumidor essa perda. Isto sempre foi assim, provavelmente ainda te lembras de quando o cabo USB desapareceu das impressoras. O argumento será sempre “questões ambientais”, até porque suportam-se nas pressões destas entidades que tutelam os assuntos ambientais. Mas não esperes que percam dinheiro. Qualquer pessoa com dois dedos de testa sabe que gerir empresas tem o lucro como objetivo.

      Isto é tão antigo que como falas até aprece que apareceu agora no mundo. Apenas apareceu agora nos smartphones 😉 Tu cais, como todos caem, é o mundo a rodar.

      • Spoky says:

        Vítor exactamente. Mas toda a gente sabe que a maioria das empresas principalmente a Samsung entre outras.

        Usam o ambiente como desculpa, e isso é completamente mentira. É uma forma de os consumidores aceitarem estas decisões bem.

        É uma boa estrategia, até eu a usava. Porem nem todos os consumidores são parvos.
        E obvio que somos uma minoria, nada podemos fazer.

        A não ser deixar de comprar, eu só acho que esta muito mal utilizarem o argumento ambiental. Quando fabricam 3/5 modelos por ano ou mais de smartphones…

        E metem um carregador da samsung supostamente a mais de 50€, é oro.. só pode.
        É ser realista.

        • Vítor M. says:

          As marcas têm de ganhar dinheiro, ou acabam. Repara no panorama das marcas chinesas “baratuxas”. Estão a mudar o paradigma 😉 e vamos ver se consegue fazer o “desmame” dos seus seguidores.

      • Asdrubal says:

        Deviam fazer um smartphone virtual, sem peças físicas pelo bem ambiental.

  8. Pedro Monteiro says:

    45W no Note 20 Ultra?
    Onde viram isso???

  9. Viktor says:

    É por isso que detesto a Apple.
    Sempre com máquinas muito mas a filosofia execrávelda empresa não compensa. Felizmente existiu a Microsoft que quase a levou à falência e atualmente algo vai surgir que vai acabar com Apple mais uma vez . Uma empresa vaidosa e prepotente é só uma questão de tempo.
    A

  10. Zé Duarte says:

    65w mas isso já é um portátil? E por esse preço prefiro comprar um carregador de 2A por 3€ no ebay e esperar mais 1 hora.

  11. Pedro Filho says:

    Gostei do artigo. Corrijam (se acharem apropriado) a palavra “eminência” ( pronome de tratamento) para “iminência” (substantivo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.