Microdisplay OLED será a próxima revolução nos smartphones

Por António Ferreira para Pplware.com

Destaques PPLWARE

33 Respostas

  1. Pllz says:

    Não, não vai usar IVitor. Este artigo implica todos os telemoveis, especialmente marcas que usam oled ha bastante tempo, não é um artigo apenas para IPhones.

    • Vítor M. says:

      Explica lá “todos os telemóveis”. É óbvio que é uma tecnologia que pode ser aplicada a todos os ecrãs OLED, contudo até hoje nenhum a colocou, mesmo havendo esta tecnnologia desde 2012. 😉

      Contudo, aqui a questão é que a Samsung passou o leitor de impressão digital para a parte de trás, possivelmente, pela limitação técnica do leitor biométrico debaixo do ecrã.

      Ora, com esta tecnologia “A utilização de micro-displays OLED para criar scanners de impressões digitais de alta precisão com uma resolução nativa de 1.600 dpi” o problema poderá estar resolvido. Portanto, no caso da Apple, que se faça (rumores claro) da tal limitação técnica em colocar o leitor de impressão digital no ecrã frontal, se a Apple optar por ecrãs OLED, esta poderá ser uma tecnologia a considerar. Pode, claro, já não ser no próximo, dada a imaturidade (segundo consta) da técnica. Mas… veremos mais à frente.

  2. Bruno says:

    Tal como o nome indica é tecnologia para ecrãs muito pequenos, ou seja a ser integrado num smartphone funcionaria como um segundo ecrã noutra área do aparelho, o que não é o que tem sido veiculado para o iPhone 8.

    • Vítor M. says:

      A tecnologia permite mais que isso (até dá para ecrãs grandes). Se leres bem, diz o seguinte “Nós usamos um encapsulamento extra-fino para o chip deste sensor de impressão digital. Deste modo, a distância entre o dedo e o sensor de imagem foi minimizada e a impressão digital pode ser capturada de forma excelente….”

      Diz claramente que as tecnologias são mais que “um segundo ecrã noutra área do aparelho”…

      • Bruno says:

        Nada do que disse põe em causa que a tecnologia também funciona como um leitor de impressões. O que o meu comentário frisa é que, neste momento, esta tecnologia está a ser desenvolvida para ecrãs pequenos, e como tal implicaria ser um segundo ecrã e não o ecrã principal, o que é diferente do que tem sido falado para o iPhone 8, em que o sensor seria no ecrã!

  3. Bruno says:

    O meu rato já tem disso.

  4. manito says:

    Duvido que a apple seja a primeira a usar este tipo de tecnologia, ultimamente só arriscam meter alguma coisa diferente (por ex mais ram) quando todos os outros já estao fartos defazer.Isto é uma critica constructiva! Steve Jobs we miss you!

  5. Helder says:

    A tecnologia é “microLED” e não “micro OLED”

    Grande diferença! É que os microLED não se desgastam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.