iPhone 8 será mais lento que concorrência no acesso à Internet


Destaques PPLWARE

73 Respostas

  1. Bruno says:

    Como é que um rumor é transformado numa certeza?

    • Faz as contas. Os dados estão disponíveis. As relações entre as empresas estão pior que mal, sobra apenas a Intel e esses não conseguem ter um modem capaz.

      • Bruno says:

        Não deixam de ser especulações/rumores que não foram apresentados na Bloomberg como certeza, até tiveram o cuidado de no título dar a entender que é apenas uma possibilidade. Aliás é dito que a Apple deve continuar a usar modems da Qualcomm nos próximos iPhones, de modo que nem as más relações lhes parece ser um impeditivo para continuarem a ter uma relação comercial.
        O facto é que ainda não se sabe qual é a estratégia da Apple e havendo fortes rumores de que haverá 2 novos modelos com hardware bastante distinto aumenta a incógnita, já que seria um caminho bastante diferente de anos anteriores.

        • Mas nos temos no texto que é um rumor, como dizes. Convém ler o texto e não tirar as conclusões pelo título.

          • Diogo says:

            O problema é logo no titulo dão a entender que será assim.

          • Eu reforço que temos de ler o texto todo. Não se pode julgar um livro pela capa.

          • Bruno says:

            Não aparece em lado nenhum a dizer que é um rumor. ALiás o texto reforça nos primeiros parágrafos a ideia de certeza. Só para o fim é que aparece um “deverá limitar os modems da Qualcomm”, mas dadas as certezas iniciais não é uma expressão que muda a ideia inicial.

          • “Uma nova informação mostra que este novo iPhone irá ser mais lento do que os seus concorrentes no acesso à Internet, por usar modems mais lentos.”

            Leste esta parte? Quer-me parecer que não. Aqui diz que há informações que mostram que este será mais lento.

          • Luis says:

            Assim está a assumir que o título é enganador. Já vem sendo um hábito do pplware.

          • Eu não estou a assumir coisas nenhuma. Estou a pedir que leiam o texto e que o entendam da forma correta.

          • pedro says:

            …bem, então este título é, claramente, um clickbait!

          • O título é a conclusão do que podes ler no texto. A Apple não vai ter acesso a modems capazes de usar o gigabit LTE e por isso será mais lenta que a concorrência no acesso à Internet, ou está a escapar-me algo?

          • Bruno says:

            @ Pedro Simões, o que é dito na Bloomberg não é que a Apple não vai ter acesso a modens Gigabit da Qualcomm, pelo contrário até admitem que a Apple pode ter esses modens.
            O que eles especulam é que a Apple faça o mesmo que no iPhone 7, ou seja, ter 2 fornecedores de modens (Intel e Qualcomm) e que limitem o modem da Qualcomm para se equiparar ao da Intel. Mas isso pode não ter nada a ver com o que vai passar este ano, já que há fortes rumores de 2 modelos bastante distintos (um rumo novo) e a Apple pode muito bem preferir ter para um dos modelos apenas o modem da Qualcomm.

          • Lá estamos nós a ler o que não está escrito… A Apple vai usar os 2 fabricantes, para limitar a utilização apenas do hardware da Qualcomm.

            Uma vez que a Intel não tem modems capazes de ligar-se a gigabit LTE, eles vão ter de balizar “por baixo” as velocidades. Isso está claro no texto.

          • Bruno says:

            @ Pedro, o meu comentário responde ao teu comentário em que dizes que a Apple não vai ter acesso a modems capazes de usar o gigabit LTE.
            A parte “eles vão ter de balizar “por baixo” as velocidades” é a especulação levantada, que teria a sua lógica se o lançamento de 2017 fosse como os outros anteriores, mas não aparenta ser idêntico, pois espera-se mais modelos de iPhones com hardware muito diferente entre si, coisa que nunca aconteceu. Nada impede a Apple de ter um modelo apenas com modem da Qualcomm.

            …. em resposta ao outro comentário…
            informação não é a mesma coisa que rumor, ex: uma notícia sobre uma ocorrência é informação! Dizer que algo “irá ser” é apresentar algo tido como certo

          • ou seja, respondes com mais um rumor… 🙂

          • Bruno says:

            @ Pedro Simões, e…? O argumento não é para dar nenhuma certeza, o argumento é para expor como tu não podes dar tanta certeza naquilo que escreveste, há demasiadas incógnitas e dúvidas sobre o que a Apple poderá fazer.

        • Olávo Rios says:

          Bruno, tu é mesmo chato miúdo, Todase…. tudo o que se diz sobre o iPhone 8 é rumor e suposições ou tu alguma vez viste informações oficiais?

          Que réla dasssss

          • sómaisum says:

            Cá para mim, o que é que isso interessa?
            Gigabit LTE = LTE Adv Pro que por sua vez é aproximado do LTE adv que á existe.
            Agora, a grande diferença? Nenhuma. Pico de 1.3 Gbps no “novo” LTE Gigabit, que resulta numa velocidade consisntente de 400mpbs (teste reais… basta coscuvilhar).
            LTE Adv supostamente já consegue uns 350 consistentes, e publicitam 450 (duvido).

            Qual a diferença? É mais um gimmick para vender. Uma coisa à Apple, como costumam dizer, mas neste caso, a trabalhar contra a Apple.

          • Vítor M. says:

            Calma, tanto Hype e ainda nem saiu, imaginem quando sair 😀

          • Bruno says:

            @ Olávo, terás que fazer essa pergunta a quem escreveu! Mas fica esta para pensares, nem toda a gente vai pensar que é rumor, porque não sabe se o que está a ler é rumor ou não, enquanto outros ficam confusos com o título e texto, como o meu caso, e vai à Bloomberg para ver o que dizem.

          • Vítor M. says:

            Bruno, dizem o mesmo que está no texto 😉 basicamente não sabem nada de oficial, tudo tem a mesma fonte, sem certezas apenas especulam com base no rumor e na suposição dos indícios existentes. Não são nem podem ser afirmações, são apenas suposições.

          • Bruno says:

            @ Victor, para dizer o mesmo era preciso que o texto e título aqui não desse a entender que há certeza.

          • Vítor M. says:

            Não pode haver certezas se não há nada oficial, está tudo na base da suposição e dos indícios, do rumor. Por isso é que o texto é importante para enquadrares a notícia que começa no título e é desenvolvida no corpo do artigo. Não há outra hipótese, não cabe mais que X caracteres no campo para o título, simplesmente não há como colocar o texto todo no título.

          • Sujeito says:

            Como é que é uma coisa à Apple ? Se são mais lentos , caem lhes em cima, se são mais rápidos caem-lhes em cima. Isso é birra tua.

          • Bruno says:

            @ Victor, …“era preciso que o TEXTO e título aqui não desse a entender que há certeza”. [o TEXTO reforça a ideia]
            …existe tanta forma para escrever (no mesmo espaço):
            iPhone 8 poderá ter modem mais lento que concorrência
            iPhone 8 poderá ter Internet mais lenta que concorrência
            iPhone 8 poderá ser mais lento que rivais a aceder à Internet

          • Vítor M. says:

            Não concordo, isto porque, partindo do rumor que o iPhone 8 será equipado com tecnologia Intel e sabendo efetivamente que a Intel não tem tecnologia tão avançada quanto a Qualcomm, então o iPhone 8 será mais lento que concorrência no acesso à Internet.

            Tudo isto na conjuntura do rumor, pois nada do que existe é oficial e com base na certeza do que efectivamente existe. Portanto, com base nos dados atuais, com o que se sabe agora, o iPhone 8 será mais lento que concorrência no acesso à Internet.

          • Luis says:

            @Vitor M. essa dos carateres é muito boa. Escrevem um título com uma mentira porque têm um limite de carateres.

          • Vítor M. says:

            Deveria ter metido ali uma balão de fala a dizer que era ironia (ou um desenho), eu sabia que tu não ias perceber, eu sabia. GOD!!!!!

          • Bruno says:

            Vítor M.,
            “era preciso que o TEXTO e título aqui não desse a entender que há certeza”. [o TEXTO reforça a ideia de certeza, não expressa que a informação é um rumor]

    • Brasão SS says:

      @Bruno
      Certeza não é, e as coisas podem se resolver entretanto entre as duas empresas.
      Mas mesmo que não venha com o modem mais recente, isso na prática não faz com que a concorrência tenha velocidades mais rápidas, pois as operadoras irão demorar, se calhar alguns anos até implementarem infraestruturas que suportem velocidade gigabit LTE.
      E essa realidade afeta uma grande parte dos países.
      Mesmo que o pessoal fique alguns anos com dispositivos com o modem gigabit LTE, quando vierem a tirar partido dessa velocidade, já o dispositivo estará em fim de uso. Não em todos os países, naturalmente, ex EUA, Canadá. Mas na maior parte, sim.

  2. Joana says:

    Honestamente não haverá grande diferença para o mercado Português.
    As operadoras com MEO, Vodafone e NOS, atribuem tipicamente 150Mbps em alturas de pouca afluencia. De recordar que as operadoras não colocam as suas BTS (GMS) NoB’s (UMTS) e ou ENoB’s (LTE) o máximo de largura de banda devido ao custo de implementação e posteriormente o de manutenção.
    Basta recordar a ultima noticia passada sobre os limites de consumo de dados impostos pela Vodafone, neste caso para limitar a saturação das suas ligações.

    Por isso para os fans da Maçã ter ou não ter um modem mais veloz não vai fazer diferença, outra vez recordo, no nosso mercado.
    Quanto aos fãs de Android, como é o meu caso, mesmo que a OnePlus, Samsung, LG, HTC, etc, coloquem esses modems, não vale apena vir com historias contra a Apple, porque estamos no mesmo barco.

    • Não Interessa says:

      Não deixa de ser lamentável apenas pk 2 empresas andam às turras

    • Brasão SS says:

      E não só no nosso mercado, mas em muitos países mesmo. Mais do que o pessoal possa pensar.
      E concordo com o tua última sentença. É um facto.

    • celso says:

      A questão é o constante aumento de preços dos equipamentos e das comunicações! Supostas “inovações” para justificar 1000 ou 1100€ por um equipamento desses, seja apple ou samsung ou lg, etc ! Só compra quem quer e ainda bem que não quero.

    • Diogomm says:

      Dizes bem, no nosso mercado. Mas Portugal deve de ter um percentagem pequena do mercado de vendas da Apple, logo, isto é a pensar em mercados mais competitivos e que certeza a apple quer continuar a mostrar um produto inovador.

      Na minha sincera opinião, dou muito pouco valor às redes moveis. Utilizo quando raramente não tenho Wifi por perto, e como temos uns ridículos tarifários, uso simplesmente para consultar uns emails, e navegar pouco na internet, mas nada de me esticar se quero que me sobre internet para todo o mês.
      E para os fâs da Apple, tenho a certeza que também não se vão importar muito com a falta da rede móvel de ultima geração, e tenho a certeza, que 90% das pessoas que vão comprar o iphone, nem sabem o que vai de hardware.
      E não, eu não sou um dos fâs da Apple

    • Olávo Rios says:

      Sem duvida? Nem para o nosso mercado nem para nenhum em especial. Oficialmente pelo que se não sabe, claro.

  3. Luis says:

    Adoro a afirmação do título.

    • Se leres o artigo vai perceber que dificilmente este rumor não se transforma numa certeza. Mas ok, depois, quando acontecer nos vamos reafirmar, relembrando o que já dissemos antes.

      • celso says:

        Mas se não acontecer, vão escrever novamente ” afinal…”

        • Percebes o conceito de rumor? Tudo aponta para essa direção, que vai ser assim, mas no último momento tudo pode mudar. Imagina que a Qualcomm e a Apple fazem as pazes?

          Neste caso até nem adiantará muito, uma vez que é a a Intel está atrasar a evolução. Mais um ponto a dar força a este rumor.

          • celso says:

            Aí está onde quero chegar. Porque que o pplware publica rumores para depois publicar “afinal não era assim…” ???

          • Se as condições e as informações mudam, então temos de relatar que isso aconteceu, não faz sentido ser de outra maneira.

            Não somos nos que trazemos esses rumores a público. Neste caso foi “apenas” a Blommberg, tida como uma fonte fidedigna e com várias situações corretas no passado.

            De qualquer modo, e se pensares um pouco nesta situação, ela faz todo o sentido. A Apple quer diversificar, quer alargar o numero de fabricantes que fornecem peças. Ora para isso conta com a Intel, que não tem um modem gigabit LTE.

            Então como vai fazer? Vai dar experiências de utilização diferentes? Não me parece. Logo vai baixar as velocidades para todos estarem iguais.

      • Bruno says:

        Isso não é justificação para escrever como se fosse uma certeza, até porque neste momento não a tens. Era assim tão complicado de descrever como uma forte possibilidade em vez de induzir o leitor a achar que é já uma certeza?

        • Está de forma clara no texto que é um rumor, uma possibilidade apenas, apesar de bem forte.

          • Bruno says:

            desculpa mas não está:
            “este novo iPhone irá ser mais lento”

          • Lê melhor e não entendas o que te dá mais jeito.

            “Uma nova informação mostra que este novo iPhone irá ser mais lento do que os seus concorrentes no acesso à Internet, por usar modems mais lentos.”

            Aqui está a parte que me parece que estás a perder.

          • Olávo Rios says:

            Bruno, és bruxo?, a base da notícia é um rumor sobre o suposto não fornecimento de hardware por parte da Qualcomm, que segundo consta, não é bem assim.

            Abre os olho páh

          • Bruno says:

            @ Pedro, qualquer conhecimento, facto, verdade, etc, é “informação”, essa palavra não implica rumor – até se pode argumentar que o normal é nem ser usada em substituição de “especulação”. Essa frase, com “iPhone irá ser”, não se apresenta ao leitor como rumor.

          • Bruno says:

            @ Olávo, não é a mim que tens que fazer a pergunta!

    • Olávo Rios says:

      Suposição, com base num rumor, ou já há iPhone 8 ou informação oficial?

      Não pois não? Então é suposição.

  4. B@rão Vermelho says:

    Se o novo IPhone é igual ao da esquerda fico tentado a voltar ao mundo da Apple também na vertente do telefone, fui cliente de IPhone desde o primeiro até ao IPhone 4s, depois fiquei um pouco farto pela falta de personificação, mas sendo sempre cliente de IPad.

  5. Ricardo S says:

    Exacto… fanatismos à parte, e estou a falar enquanto fanático assumido da Apple, há numeros que não passam disso mesmo. E se marcas como a Samsung e Huawei têm hardware superior, o grande “handicap” do android vai ser sempre a impossibilidade de estar optimizado para um hardware especifico. O iOS só corre numa unica familia de processadores/gpu, o android tem de ser compativel com centenas, senão milhares de configurações. Isso, e o facto de o Safari ser um browser mais “limpo” que o Chrome, faz com que a navegação em iPhone seja tão ou mais fluida que nos androids de topo (S8, P10, Pixel, etc). E quem experimenta ambos sabe bem disso… a performance da navegação nunca foi vista como “trunfo” por nenhuma das partes

    • 1904_3526 says:

      E mesmo assim, avaria, crasha, e dá problemas como os outros.
      A diferença está no que se paga por um equipamento em tudo inferior à concorrência directa…

      • sómaisum says:

        Se fosse em tudo inferior, não competia nos lugares lá de cima.
        Em hardware pode ser tudo inferior, no entanto, em utilização prática, faz frente, ou é melhor.
        Uma scania v8 tem mais cavalos e binario que um fiat 500 abarth. Mas garanto que o ultimo anda mais depressa em quase todos os casos.
        Todos crasham, uns mais que outros, tenho iOS, porque me habituei desde o 3g, tive 3 modelos (agora no 6), porque gosto do ecosistema, e simplesmete, porque o raio do telefone, a mim, nao crasha. Ainda, com JB tenho o que preciso (personalização, nao apps). O próximo? Se calhar vou para um Android, possivelmente um Xiaomi, visto que desde o android 5 que ate gosto do sistema, e €/qualidade, compensa.
        Mas, mesmo com menos ram, menos bateria, menos cpu, menos tudo, e mais dinheiro, o iphone continua a ser melhor expolorado que a concorrencia.

      • Sujeito says:

        Não percebes o que estás a falar campeão.

  6. As nossas operadoras estão a trabalhar nesse sentido e por isso poderá não ser assim tão irrelevante.

    • iDespairing says:

      Desculpem-me mas esta historia das velocidades LTE que um equipamento é capaz e o que obtemos das operadoras. É um tipico caso de Carroça a frente dos Bois.

    • Anonimo says:

      Totalmente irrelevante.

      Os operadores ainda limitam a velocidade a 20 Mbps na maioria das APNs. Isto sem falar que se calhar, até eNodeBs tens sem 300 Mbps de uplink, quanto mais…

  7. Goncalo Pinto says:

    E para quem viaja? E estas a adquirir um produto supostamente melhor que a concorrencia (tendo em conta o seu preco), mas afinal nao tens sequer coisas basicas que outros equipamentos muito mais baratos ja estao fartos de usar? O que justifica entao o exagerado preco dos equipamentos da maca? Estabilidade? – Parece que ultimamente ate nisso a Apple tem vindo a falhar. Seguranca? – Tambem tem mostrado muitas falhas neste campo. Specs? – Ups, nem vamos falar nisso para nao envergonhar a maca. Servicos? – Ui! Mais limitados e caros que os seus concorrentes.
    Afinal onde esta uma justificacao plausivel? Eu pessoalmente ja gostei imenso de Apple, ate ter o primeiro. Como conhecia apenas o Android, Achei que ambos se complementavam, tanto havia pontos negativos como positivos em ambos, mas os dois juntos poderiam dar uma boa solucao. No entanto experimentei o W10M, e agora ja so existem duas opcoes para mim: Android (pelas imensas apps e jogos no marketplace) e W10M (por todo o resto). Apple nao passa de uma marca monopolista com uma enorme capacidade, mas uma capacidade de fazer lavagens cerebrais e conseguir convencer o publico de tudo aquilo que quer. Sejamos correctos, justos, e fieis a nos proprios: Apple nao vale nem metade daquilo que se quer fazer acreditar por ai.

  8. enese says:

    “A empresa não tem sido inovadora no acesso a estas novas tecnologias, esperando que estejam maduras e estáveis”, uma maneira pomposa de dizer quando a tecnologia está barata.

  9. Olávo Rios says:

    Faz sentido, pese o facto de ser ainda um rumor, a Intel ainda não tem a tecnologia gigabit LTE, mas não será nada de especial, isto porque as redes não permitem a máxima capacidade e optimização do iOS supera verdadeiramente esta pequena diferença.

    Mas está preta a relação entre a Apple e à Qualcomm.

  10. Dc says:

    Pessoalmente não me faz qualquer diferença porque eu uso 3g por duas razões simples, chega perfeitamentep ara o que faço e poupa-me bateria.

  11. Belmiro says:

    Isto é tudo marketing e venda de notícias.

    Mesmo que o chip aguente velocidades elevadas, os chips (ou operadores) para gastar pouco usam na realidade velocidades inferiores. Além disso num smartphone a diferença entre 100 ou 1000 Mbpsna utilização é quase nula. Além disso de que adianta 1 Gigabit se a maior dos contratos andam em 2 a 10 GB tráfego???

    Deviam sim preocupar – se em dar 100 GB tráfego nem que fosse a 50 Mbps…

  12. Pedro Duarte says:

    vai ser com o iPhone 8 SE para render mais uns euros.

  13. Luis says:

    O título é mentiroso, desculpam-se que no texto explicam que é um rumor. Podiam ser coerentes, se têm assim tanta certeza continuavam com a afirmação no texto, em vez de se desculparem que não devemos ler só o título para não sermos enganados.

    • Vítor M. says:

      Mas tu não estás a dizer nada, diz lá tu, argumenta porque razão é mentiroso, aposto que não tens argumentos 🙂 sabes porque? Porque não percebeste de que tecnologia se fala, preocupaste-te mais com o vires atacar do que perceber 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.