PplWare Mobile

Samsung dá provas que S6 Edge não dobra de forma tão simples


Autor: Pedro Simões


  1. pedro vasconcelos says:

    nao estando a dar os parabens ou nao a samsung pela rapida resposta aos testes,acho que era o que apple deveria ter feito assim que começaram a ser mostrados os primeiros testes, a apple nao se deveria ter calado em copas e apenas dizer que substituia os iphones mediante algumas condicoes,enfim… sao ambos frageis talves o s6 aguente mais pressao tambem saiu depois de ter acontecido o escandalo ja vem um pouco avisados. Mas com as marcas cada vez a fazerem telemoveis mais finos e mais leves acho que nao se pode agradar a tanto se eles metem preços de 700 800euros, ou eles puxam pelos preços e ninguem vai gostar, utilizado materias como fibra de carbono etc ou entao se utilizam aluminium e metais com espessuras mto finas o mais normal é dobrarem sobre certa pressao,eu tenho tido samsungs e sao de plastico e nao é por isso que dobram basta ter cuidado quanto se baste com os telemoveis.metem se no bolso de tras das calcas sao telemoveis de 1000euros tem que ter um minimo de sensibilidade com os equipamentos,eu tb nao vou pegar num Lamborghini que custa 250mil euros e vou fazer todo o terreno com o carro e depois como fica todo partido por baixo digo k o carro nao presta…

  2. FG says:

    Alguém diga à Samsung que ninguém quer saber se dobra ou se estala, porque ninguém vai comprar isso…

    Só se for buscar os fanboys à feira outra vez, e lhes pagar uns 699€ + “despesas administrativas”… É aí… Sim…

  3. LP says:

    O problema do iphone não era a força necessária para o dobrar a meio, mas um ponto fraco que o permitia dobrar com as mãos.

  4. Benchmark do iPhone 6 says:

    “a Samsung refutou de forma completa os testes realizados” no outro post.

    Grande refutação, o que a Samsung não quis foi mostrar o Edge estripado 😉

    Por que é que no teste da Samsung a força pára nas 80 libras?
    No teste do outro post o que lá está é que o Galasxy Edge dobra às 110 libras (e estala o vidro) e às 149 libras é o colapso total (o do iPhone 6 Plus é às 176 libras).

    “Ah, mas na prática os smartphones não são sujeitos a forças superiores a 60 libras!” – se não se sentarem em cima dele obviamente”. Isso valia para todos, podendo concluir-se que nenhum dobrava.

    No teste do outro post tratava-se de avaliar o mais resistente, o que só pode ser feito aumentando a força – até dobrar. A Samsung pensa que o pessoal é parvo.

    • Hugo says:

      Esqueçam as marcas e pensem nos factos.

      Devido ao formato do ecrã, o Galaxy Edge vai obviamente dar-se mal se for dobrado acima do limite de resistencia porque as partes laterais do ecrã estão alinhadas de uma forma que não irá conseguir deformar-se sem estalar.

      Por outro lado o ponto onde a força é aplicada faz toda a diferença. No caso dos iPhones o problema era um ponto fraco na estrutura (penso que numa abertura para um botão, ou coisa parecida).

      Quanto aos testes pararem num determinado valor, é obvio que tudo tem o seu ponto de rutura e como tal o teste não é feito tanto para saber até onde o equipamento aguenta (deformar-se e voltar ao normal), mas sim se aguenta as forças que foram consideradas aceitaveis para uma utilização normal.

      Já agora as 80 libras aplicadas no teste são mais de 30 KG CONCENTRADOS NUMA LINHA EXACTAMENTE NO MEIO DO TELEMOVEL. Sentarem-se em cima do telemovel aplicará obviamente mais peso mas distribuido de forma mais ou menos uniforme por toda a superficie do equipamento.

    • ddymoo says:

      Tens razão deviam refazer os testes mais realistas.
      Os fabricantes deviam que um cilindro de 10Ton fosse posto em cima de todos ao mesmo tempo ( garantindo imparcialidade ) durante 1 minuto assim via-se qual o melhor.
      Com os testes atuais não se consegue ver o pretendido.

      Já se sabe que um iphone/ ipod salvou a vida de um militar será que podia ser esse também um teste padrão?

      Já se sabe que o Samsung 5 não sobrevive a explosões com C4.

      Fica a sugestão.

      • migue says:

        Dyymoo
        ‘Já se sabe que o Samsung 5 não sobrevive a explosões com C4.’

        Haha nem os carros blindados do trasporte de valores sobrevivem com C4..
        Vamos falar de casos praticos, o iphone tem um ponto fraco onde ele se dobra com +facilidade, queiram ou nao queiram os isheeps reconhecer, a samsung como lancou o seu smartphone depois ja vinha previamente avisada e claro que nao ia cometer o mesmo erro…

        Agora que quizer acreditar que eles tem a mesma resistencia que fique na ilusao.

        Comparando a casos praticos: Duas portas.
        Porta com uma fechadura boa
        Porta com uma fechadura pior
        Ambas se for aplicada um impacto de 100kg no centro aguemtam.
        Mas se a mesma força for aplicada junto a frechadura, uma é arrombada e a outra mantem-se fechada

        Agora pensem.

      • Hugo says:

        LOL. Resistencia a explosões com C4. Ora ai está uma feature que dá sempre muito jeito.

        Continuar a poder fazer chamadas em caso de detonação nuclear a curta distancia tambem não era mal pensado.

        Senhores da Samsung e da maçã trincada (e já agora das outra marcas)… mãos á obra.

    • Carlos says:

      Lá esta este a dar porrada nos cotovelos.

  5. luis rocha says:

    Nunca me supreende esta marca mediana, nem iphones!……
    Só Microsoft’s Lumias 😉

  6. me and me says:

    ainda nao pararam com isto?
    valha-me deus fdx

  7. JJ says:

    Os smartphones não são para serem dobrados intencionalmente! Francamente…

  8. onike says:

    Eu acho que este tipo de testes não se aplicam muito bem à realidade, primeiro porque nenhum smartphone é 100% inquebrável, e depois vejo isto no mesmo sentido em que, por exemplo, os carros são feitos para resistir à chuva, se mandarmos o carro para dentro do rio não vamos estar à espera que ele flutue e saia dali sem problemas, com os telemóveis é a mesma coisa, precisam de certos cuidados, como por exemplo, não pôr no bolso de trás das calças e ir fazer downhill, as pessoas deviam ter esse tipo de cuidados na cabeça.

  9. Liberal da cerca says:

    Até nisto do bendding a apple foi pioneira. Se não fosse o iPhone não se falava no assunto…

    • Liberal da cerca says:

      dobrando ou não… os iPhones são melhores que essas pseudochinezadas!

      • Carlos says:

        Onde se lê, “melhores”, deve se ler “mais limitados”.

        • Norman Bates says:

          Depende da perspectiva.

          Se quiseres ter mil milhões de opções que ninguém usa, e possibilidade de mudar os ícones (o que é muito interessante para as meninas de 13 anos), vai lá para o Galaxy e reza pelos updates e pela garantia.

          Se queres algo que funcione bem, seguro, fiável, rápido, sem lentidões, sem teres de formatar de X a X, se teres de desinstalar apps e serviços porque “te estão a comer a RAM”, iPhone.

          Se achas que não justifica para ti, Xiaomi, Lumia, e o que estiver a dar…

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      O que se percebe é que a Apple ganha as corridas correndo de trás para a frente.

      – No início era o “bendgate” do iPhone 6 que dobrava por dá cá aquela palha. Agora, nem se ouve falar nisso, o iPhone 6 continua a ser, com largueza, o smartphone mais vendido, batendo todos os recordes.

      A Samsung arranja maneira de começar bem a corrida, nos blogues e órgãos de comunicação social (melhor processador, melhores benchmarks, encomendas de não sei quantos milhões) – mas desde meados de 2014, com o Galaxy S5, que anda a perder gás à força toda. No Galaxy S6 também foi fazendo promessas – como a da maior resistência que o iPhone 6 – vamos ver como termina.

      • Maraduxo says:

        Acho que tu ainda não entendeste que há pessoas em que o iphone de que tanto falas, não vale nada, não serve pra nada e nem que desaparecesse ia fazer qualquer falta…
        Se não consegues aceitar essas diferenças, o maior limitado és tu!
        Por isso cada um é livre de escolher o que mais lhe convém e dou os parabéns a Samsung pela inovação neste novo S6 que é sem sombra de dúvidas mais resistente que o iphone, mesmo assim não comprava.

        • Rui C says:

          Tu não compras um nem outro, nem nada.
          Fica mas é em silencio sff.
          Que quanto mais escreves, mais asneiras dizes.

          • Maraduxo says:

            Estás com azia ser sabedoria?
            Que me lembre, o único que faz comentários tendenciosos és tu e esse benchmark que pra mim devem ser a mesma pessoa.
            Vocês devem funcionar com um dualcore como o iPhone, neste caso o tico e o teco, quando entram em conflito dá nisto…
            se a tua inteligência fosse tão abonada, tinhas entendido que telemóvel tenho e claro que pra mim iPhone é lixo e tu como todos têm que respeitar, assim como eu respeito quem compra iPhones.

    • Marc says:

      Em troca a samsung é pioneira em quebrar nozes xD

      https://www.youtube.com/watch?v=E-jG7qEblQY

  10. Full says:

    Mas qual o nabo que vai fazer isso ao seu telemovel? LOOOL Porque nao o atirais a parede e verificai se ele parte kkk
    Ridiculo!!!!!

  11. B@rão Vermelho says:

    Encontrei um teste acho que isento, mas alerto para os mais sensíveis isto é doloroso de se ver
    https://www.youtube.com/watch?v=DpsyGweP5so

    • luislelis says:

      Uma coisa e certa. Estes telemoveis sao super.
      Incrivel a resistencia ao choque destes monstros da tecnologia.
      O meu Nexus5 caiu, com capa em pele (frente e verso ), e o vidro partiu-se em mil bocados, a 1 metro do chao da cozinha (mosaico).

  12. Sócrates says:

    E se deixassem de utilizar técnicas e instrumentos de tortura medievais? Fazem cada uma aos telemóveis… 🙂

  13. Dc says:

    É só idiotas por aqui…

    • luislelis says:

      Isso quer dizer, “Gajos” com muitas ideias?
      Ou: Estas incluido ou nao estas aqui?

      • Dc says:

        A boca é dirigida única e exclusivamente a fanboys.

        • luislelis says:

          Entendo onde querias chegar, embora nao concorde com a “violencia das palavras”.
          Para ter-mos a liberdade de dizer o que queremos, temos de permitir q os outras tb digam o que querem, por mais q nao concordemos
          Respeitar e a chave.
          Nao interpretes isto como uma licao de moral (as minhas desculpas, se por algum momento pareci um moralista (nao o sou)).
          Aquele abraco

          • Dc says:

            La esta, a tal liberdade de expressão aplica-se para ambos os lados e depois de tantos anos a ler disparates senti necessidade de exprimir a minha opinião sobre o que acho de tais pessoas. E acredita, fui “simpático”

        • Rui C says:

          Perdeste toda a tua “razão” quando tentaste marcar a diferença com palavras nada simpáticas.
          A tua liberdade terminou precisamente com essa atitude.
          Se os idiotas são pessoas que pensam e tem gostos diferentes dos teus, sim existem muitos. E tu é que devias aceitar a opinião dos outros.

          Portanto deixa de ser criança, e deixa-te disso!

          “Quem diz , é quem é” … é o que me fazes lembrar …

          • Dc says:

            A carapuça serviu-te que nem uma luva.
            “Deixa de ser criança.”
            Essa fez-me rir 🙂
            A falta de noção esta em alta temporada!

  14. luislelis says:

    Mas no planeta em que vivemos existe algum material q nao dobre antes de partir?
    Se houver gostava de saber (tenho espaco interno livre para aprendizagem)

  15. Alex says:

    Se clicar na caixa do video começa a reproduzir mas está tudo preto, se remover o nome da class “player env-desktop iphone-no player-external video-mode-regular show-share cannot-resize big play-playing not-playlist video-is-not-new at-body no-activity” já mostra o video

  16. David says:

    O importante nao é se dobra ou não!
    O importante é retirarem o LAG do seu Android, é reduzirem a tralha de apps, e realmente tirar proveito do HW que lá colocam…ter um motor potente com demasiado peso…anda, mas nao desenvolve…ah e não esquecer lançarem os updates mais rápidos…isso é que era de valor…

    Mas nao venham ai os fanhoso dizer que o seu Note 4 é rapidíssimo…eu fui utilizador te quase todos os Samsung S, de todos os Note, e o Note 4 desiludiu bastante…apesar de ter um display fantástico, bem construído e ter HW muito bom, o software é uma treta…

    O S6, está mais fluido, mas as aplicações não são removíveis, mas sim ocultas, continuando a ocupar espaço apesar de não estarem a gastar recursos…mas pronto são políticas…
    Contudo após testar um Nexus 6, o Android é mato melhor…mais fluido, mais prático, menos tralha, claro que menos funções mas ai podemos colocar as que realmente queremos ao invés de ter to e usar nada ou quase nada…

    Penso que será o ultimo Note…Android ainda vou dar mais alguma hipótese, mas desilude um pouco…há coisas básicas que com o tempo de mercado e com tudo o que há no mercado, podiam fazer mais pelo utilizador do puro Android!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.