Quantcast
PplWare Mobile

PC-in-a-dongle Intel está a chegar ao mercado, por 150 dólares

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. okapi says:

    Não percebi esta:-
    “… A somar ao nome Intel vai haver a capacidade, diferenciadora, de ter um verdadeiro Windows a correr num dispositivo destes. ”
    Será que os outros que já andam no mercado, o Windows 8.1 é pirata.

  2. SF says:

    Não posso de forma alguma concordar com o primeiro paragrafo do texto:

    “Abandonando os modelos mais tradicionais, surgem agora novos equipamentos, de dimensões muito mais reduzidas, mas com as mesmas funções.”

    Estes equipamentos apesar de inovadores, estão longe de ter as mesmas capacidades de um desktop ou laptop. A sua utilização ainda é bastante limitada dada a sua performance, pode servir para a simples reprodução de multimedia, navegação web e realizacao de tarefas simples.
    Considero também o desktop esta longe de desaparecer, o seu mercado apesar de menor é cada vez mais especializado para a reprodução de jogos e multimedia avançada.

    Apesar disto estou bastante entusiasmado com a evolução destes dispositivos e estou mesmo a considerar adquirir um!

  3. André says:

    Não lhe falta uma ligação lan?

    Só vejo uma utilização para este tipo de equipamentos: ver filmes através de streaming. Onde esta a porta lan neste pseudo computador?

    Cumprimentos;

  4. ptpedropt says:

    alem dos chineses já venderem disto à anos (com android), nao faz muito sentido comparar estes sticks aos pc tradicionais.. e também é uma questao de tempo até os smartphones com windows venham com usb type c e por consequência isto deixa de existir..

  5. João Moreira says:

    E quando a periféricos, como usar isto? Vem com algum periférico ou tem que ser comprado à parte?

  6. Carlos Silva says:

    A versão com Linux é $40 mais barata 😛 hehehehehe

  7. Antonio Ferreira says:

    não deixa de ser interessante o sentido de evolução da portabilidade. será que um dia teremos apenas monitores disponiveis em vários locais onde poderemos ligar o nosso PC portátil em stick de “baixa” capacidade e trabalhar em ambiente cloud? serão estes os verdadeiros portáteis sem questões de autonomia, peso, volume?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.