Quantcast
PplWare Mobile

Intel volta a ter a maior participação de mercado após três anos atrás da AMD

                                    
                                

Fonte: Tom's Hardware

Autor: Marisa Pinto


  1. Nuno T. says:

    volta a ter maior participação de mercado????
    Quer dizer que 80% não era maior que 20%? puffff estava complicado para a Intel mesmo…
    acho que a AMD também não fazia ideia que a sua produção diminuiu…

  2. David Duarte says:

    Os AMD são muito bons, mas a verdade, quer queriam quer não, estando 5% atrás da AMD em termos de performance a plataforma de Intel é bastante mais fiável, o último AMD que tive durou 2 anos. O último intel ainda funciona, um i5 2400 comprado em 2012. E atenção que hoje em dia um CPU dura muito tempo, o meu i5 ainda faz a maioria das coisas que preciso, recentemente comprei um novo intel i5 10500 porque consome menos energia e tem o dobro da performance, vejam, o dobro da performance quase 10 anos depois. Por isso se pensarem em comprar um PC hoje em dia, pensem que vai durar pelo menos 4 anos, pode precisar de upgrade de GPU ou memória pelo meio.

    • Piwi says:

      A AMD ganhou má fama com uma série de processadores que queimavam, julgo que eram da série K6, ainda single core. Daí para cá muito mudou. No trabalho ainda há várias máquinas com AMD X2 4800+, com data de fabrico de 2011 e todos trabalham desde praticamente essa data. Sendo apenas para trabalhar com office e email, ainda cumprem, mesmo que já com dificuldade. Os problemas que surgiram nessas máquinas (ou com processadores dessa marca) nunca foram devido ao processador, antes fontes de alimentação queimadas.
      Mas enfim, ganhou a fama e ainda hoje as pessoas (felizmente apenas algumas) têm esse estigma. Já comprei uma máquina para uso pessoal o ano passado em Março e nem equacionei a compra de Intel por apenas ser superior em processamento single core. Tenho aconselhado AMD a quem me pede opinião neste momento. Se entretanto algo mudar, a minha recomendação poderá mudar, sem estigma.

    • O bastardo says:

      David, que raio de comparação, porque tiveste “um” que deu problemas (que até deve ter sido a Motherboard). Eu se fosse por esse exemplo também tenho um AMD que desde há 8 anos está a funcionar e já passou pelo W7, 8 e 10

    • IDroid says:

      Um CPU dura muito tempo se for para ir à net,ver uns vídeos ou trabalhar com o office.

      Tentem fazer uma animação com vray em 3ds Max em tempo útil e nem um threadripper 3990x de 64 núcleos dá para o gasto.

      Bem sei que existem as render farms, mas quando se faz muitas animações ao longo do ano o custo torna-se incomportável.

      A solução passa mesmo por processadores topo de gama e placas gráficas RTX de topo também.

    • Buckethead says:

      AMD Athlon 64 X2 3800+ numa motherboard K9 da msi com ddr2 (4gb 800mhz) desde 2007 e agora um ssd. Já teve Windows XP, 7 e atualmente o 10 e continua a dar cartas. E não sou fanboy da AMD, mas sei que são bastante fiáveis, claro convém fazer as manutenções “massa térmica” limpeza de dissipadores…de resto serve para a net e office e o SSD deu-lhe o boost no arranque e fecho do win.

    • Zeze says:

      Ora, ou tive-se muito azar ou então a dissipação do CPU estava defeituosa. Sempre tive AMD, já na mais de 20 anos e o unico que me avariou foi provocado por mim. Tive inclusive um FX-8320, 24/7 em overclock muito alto e com temps próximas de 70graus que durou 10 anos.

  3. Jorge says:

    Nunca tive AMD, nao me posso pronunciar, o ultimo Intel que comprei foi um MacBook Pro de 15″ e foi em 2012 e ainda funciona, esta lento pois so tem 8 G de ram, até nos quando ficamos mais velhotes nos falta a velocidade.

    • Aj says:

      ponha la um SSD que isso fica bem rapido. o meu do mesmo ano com 4 de ram é rapido.

    • O bastardo says:

      Tem 8 GB e por isso é lento? Eu tenho trabalho às vezes com um portátil com 8 GB RAM e um i5-8250U e SSD e é muitíssimo rápido; o meu Surface Go 2 para o fanless que é com 8 GB RAM também faz tudo super rápido.

      Portanto, lento no teu PC:
      – CPU Intel que com updates contra buracos ficou massivamente lento
      – CPU pré-Skylake (logo super lento)
      – há que trocar por um bom SSD

      • Zeze says:

        Ora aí está um belo motivo para mudar para notebook com AMD Ryzen 4000 ou 5000. Nesses a nível de performance a Intel nem cheira. Então em multicore é um arraso medonho.

  4. PGomes says:

    Segundo algumas fontes, cerca de 80% da alocação de waffers, que a AMD reservou na TSMC a 7nm, foi para as consolas.
    Por causa disto, sobraram poucas waffers para os chips das RDNA2 e do Zen3.
    Não adianta ter bons CPUs e GPUs no mercado, se depois não há produção que chegue.

  5. Tiago says:

    Nem é bem isso… Dou um exemplo: nem sequer há 1 portátil com o 4800u (que já tem 1 ano e mais qq coisa) à venda em Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Alemanha, Itália. Procurem onde quiserem, nem 1! Existe 1 modelo na Holanda mas não dá para exportar para fora da Holanda, pelo menos através do website. O 4800u era o topo de gama do ano passado no segmento móvel. O que é um facto é que existiam algumas marcas fora da europa que incorporaram esse processador em portáteis… ASUS, lg, lenovo, até a HP… Mas nunca chegaram sequer a pisar o solo europeu… O que me leva a pensar: qual foi o acordo que a Intel fez de maneira a dominar o mercado novamente?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.