Quantcast
PplWare Mobile

Devolo – Wireless pela corrente eléctrica!

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Gonçalo says:

    Já estive para comprar.. mas é caro.. preferi um router wireless! Vi uns da D-Link, na chip7, acho eu.. por 75€.. ainda assim é caro!

  2. malcriado says:

    Muito caro mesmo, não consegui foi perceber como funciona.

  3. Conversoid says:

    isto sim é uma óptima invenção! assim já não temos problemas com as paredes lol

  4. Conversoid says:

    ‘malcriado’, pelo que percebi, ligas um dispositivo directamente ao modem, depois o outro ligas em qualquer parte da casa, perto de uma televisão ou pc, para distribuir melhor o sinal

  5. Numa casa recente, há que ter em atenção, o uso deste dispositivo apenas em divisões, que estejam ligadas ao mesmo quadro eléctrico, o que por sistema já não é tão comum assim, pois uma cozinha ou um anexo, poderão não estar no quadro da sala ou quartos…
    Em termos de propagação de sinal, o sistema é muito bom, pode atingir distâncias de 1000mt, nas condições favoraveis acima descritas….

  6. Manuel says:

    boas
    ja conhecia
    mas disseram-m k isto causava perturbaçoes no sinal da corrent electrica,causando o aumento do consumo d elecricidade.
    alguem m consegue esclarecer?
    abraço

  7. Atenção: há anos (talvez três) comprei um conjunto desses. A forma de aplicação é extremamente simples, MAS… os contatos não funcionavam. Ou seja, as fichas eram “ethernet”, enquanto que as fichas que usamos são “internet”. Há diferença, segundo me explicou um técnico.
    Seja como for, a Clix já disponibiliza esse sistema: através dele, tenho televisão e internet – embora a internet esteja associada a um router, por questões de colocação das tomadas domésticas.
    Felizmente, a firma onde eu comprei os dispositivos online “Pixmania”, passe a publicidade) aceitou a devolução e reembolsou-me.

  8. R00KIE says:

    Epá essa de fichas internet nunca tinha ouvido, as fichas onde ligamos o cabo de rede são todas ethernet (sempre as conheci por esse nome). O que costumava dar dor de cabeça eram os cabos (cruzados ou não) mas agora uma boa parte dos equipamentos já faz o crossover automático e isso não é um problema.
    Só não percebo é como é que algum dos vizinhos do lado não começa a ter net de borla …. é que se o sinal se consegue propagar pela instalação eléctrica dentro de casa nada impede que o vizinho do lado não aceda também, é só ligar uma coisa parecida na mesma fase onde estiver o nosso ligado e acede ao sinal.
    E depois há a parte das avarias ….. se a coisa avaria ainda se fica com o cabo de rede ligado aos 230V ….. hmmmm não me convence, só acredito no fim de ver o esquemático.

  9. Claw says:

    @Gonçalo Ramos Ferreira: O problema de serem fases diferentes não se coloca. Quadros electricos sim. Sei que, por exemplo, em predios de apartamentos, de um apartamento para o outro nao funciona (o que é bom). Para tras do quadro nao passa nada.

    Testes efectuados em equipamentos zyxel, serie powerline (PLA-400, PLA-470 e PLA-450, e router NBG-318S).

    @Jose Moreira: As fichas ethernet sao RJ-45. Não exitem fichas “internet”. quanto muito, o problema seria do router/gateway que terá de ter uma porta WAN (muitas vezes chamada de internet) para efectuar a ligação ao ISP (ligando a um modem).

    @Conversoid: se ligares directamente a um modem puro, a nao ser que o dispositivo seja router (o que no caso do descrito aqui em cima nao me parece), so puderas ter mais um equipamento ligado..

    Estes equipamentos poderão ter vantagens em relação ao wireless. Muito menos interferencias por exemplo. Maior cobertura tambem.

  10. patCRUZ says:

    Já venho namorando esta solução a bastante tempo e estou para fazer a encomenda de um kit de 85Mbps…
    Estava em duvida entre três modelos:
    NETGEAR ( 55€ ): http://www.pixmania.com/pt/pt/1244978/art/netgear/pack-de-2-adaptadores-cpl.html
    ALLNET (49€ promoção) : http://www.pixmania.com/pt/pt/r/plc/1805_0_440?t=3_1
    D-LINK (55€): http://www.pixmania.com/pt/pt/1759540/art/d-link/kit-de-dois-adaptadores-p.html

    Vão servir para fazer a ligação entre 2andares… (garagem e 2º andar de uma moradia). No mm quadro consigo desligar a corrente da garagem como do 2º andar por isso acho que não existem problemas… Dps no segundo andar ligo um AP a “distribuir” wifi.

    Alguém com experiência neste tipo de equipamentos pode fazer uma sugestão em relação aos modelos que referi? Sabem algum sitio onde comprar mais barato?

  11. Caríssimos Claw e Rookie:
    Obviamente, o técnico deu a explicação a um nabo – no caso em apreço, EU. O que é facto é que quer a ficha que vinha com os dispositivos não entrava na tomada telefónica, nem a ficha da internet entrava na tomada dos dispositivos. Medidas diferentes, portanto. Quanto aos nomes técnicos… podem chamar-lhes o que quiserem.
    Claw: os dispositivos do ‘post’ não requerem router – isto a julgar pelo que vejo em minha casa. Basicamente, um deles recebe o sinal da linha telefónica e envia-o pela corrente electrica; o outro recebe da corrente electrica e envia-o para o PC – após, claro, as devidas transformações de corrente. No meu caso concreto, o dispositivo recebe o sinal de TV pela linha telefónica, transforma-o e remete-o para a corrente electrica; noutro ponto da casa, um dispositivo igual recebe o sinal da corrente electrica e, através de um cabo “ethernet” remete-o para a “box” da TV.
    Julgo que me expliquei bem…

  12. Claw says:

    @José Moreira:

    Certo. Foi exactamente isso que eu disse: sem router, apenas liga a um equipamento (Pc, set top box, …) a menos que o equipamento que faz a ligação á internet seja modem/router.

    Isto porque um modem só tem um ip

  13. Fernando Santos says:

    Caros,
    já tenho este sistema em casa há cerca de um ano (data que veio representação para Portugal) e só tenho a dizer maravilhas.
    O modem ou router liga por ethernet a um dos aparelhos, e esse aparelho liga numa tomada electrica, e assim distribui pela rede electrica o sinal de internet que é recepcionado pelo outro aparelho em qq divisão da casa atraves de uma tomada. Podemos ainda receber o sinal através de ligação ao segundo aparelho por ficha ethernet ou wifi.
    O sistema é configurado para protecção wap ou wep e só liga por wifi quem tiver o codigo que eu fornecer (configurar) nos aparelhos.
    Aconselho vivamente, pois não perdemos sinal de nenhuma maneira.

  14. Claw says:

    falta parte do comentario..

    isto porque o modem só tem um ip, o ip publico.

  15. Joao says:

    Isto ja nao e novidade nenhuma…

  16. Nazgul says:

    Agora era vendere, Electrecidade Wireless! 😀

    Os aparelhos nao se ligavam ás tomadas e recebiam electrecidade por uma espécie de Wireless… isso é que era intereçante! 😀

    Mas esta ideia também ela é boa. 🙂
    Para espalhar rede num escola ou local publico é bastante bom.
    Não pensem que este tipo de aparelhos só serve para pôr em casa encostado a um canto.

    pode também servir para usar nos hospitais, etc..

  17. Alk says:

    @ Nazgul

    Também já tinha pensado nisso! Isso é que era um luxo xD

  18. Pako says:

    Intereçante???

  19. Ana says:

    «Uma das grandes desvantagens do uso da PLC (ou BPL), é que qualquer “ponto de energia” pode se tornar um ponto de interferência, ou seja, todos os outros equipamentos que utilizam radiofreqüência, como receptores de rádio, telefones sem fio, alguns tipos de interfone e, dependendo da situação, até televisores, podem sofrer interferência. A tecnologia usa a faixa de freqüências de 1,7MHz a 30MHz, com espalhamento de harmônicos até freqüências mais altas. Outra desvantagem é o facto de ser half-duplex sem esquecer que é um sistema de banda partilhada. Estas duas características fazem com que o débito seja reduzido em comparação com outras tecnologias. Em alguns países, existem movimentos contra a sua instalação.»

    Mais aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/PLC

  20. eu passei um cabo de rede da sala até ao quarto da minha mãe, porque só tinha wifi ligado por causa dela. Certo dia o meu cão deu uma “cuzada” no desktop da minha mãe e a pen wifi bateu na parede, bem, a alternativa foi passar o cabo de quase 30 metros que tinha arrumado pela parede ate ao quarto dela. Não ia gastar mais em placas wifi com velocidades de caca.
    Moral da história, a minha mãe notou diferença e prefere a ligação de rede à ligação sem fios (obviamente).
    mas se uma pessoa meia leiga no assunto nota….

    em relaçao a ligaçao que aqui se fala nunca testei, se funcionar a 100% sem grandes esquemas, pode valer a pena. poupa o trabalho de andar a passar cabos nas paredes quando eles já andam dentro delas 🙂

  21. Apache Negro says:

    Pchhh… E ainda se dizem evoluídos…
    Nós, há séculos de comunicamos por sinais de fumo e, a não ser que haja vento, não temos tido problemas de maior.
    Estas modernices só complicam.

  22. @Apache Negro
    sinais de fumo em binário ? 😀

  23. Apache Negro says:

    Claro!… éramos sempre dois a “fumar”. Um a ver (o zero) e um a comunicar (o um).
    Agora, poluição mesmo, era quando estávamos num chat. Belos tempos…

  24. Eu tenho esta solução..confesso que tem coisas boas mas no inverno é bastante irritante quando a corrente tem pouca potência ficar sem net…

    Achei piada ao nome de wireless pela corrente eléctrica.. porque não deixamos de ter os cabos ligados aos adaptadores.

    Outra desvantagem é que por cada aparelho que ligamos temos que ter um receptor.

    Confesso que se fosse hoje teria preferido um router wireless…

  25. dajosova says:

    Eu uso um router da marca SMC Networks ( Barricade N Pro – 300Mbps ) que por 45 euros faz maravilhas com as suas 3 antenas… o sinal é muito forte… atravessa 3 paredes na diagonal e de 5 traços de rede só perde 1. Tem WAP, serve de Access-Point e tem configuração wireless protegida. RECOMENDO !

    Só é pena não servir cafés :p

  26. dajosova says:

    *WPA 2 ( perdão )

    ( …Vitor: quando é que será possível editar posts aqui no Pplware ??? )

  27. Vítor M. says:

    dajosova na nova versão quero ver se já temos essa possibilidade, assim os comentários poderiam ser editados.

    Acho que é uma necessidade. 🙂

  28. Alenka says:

    Eu tenho e recomendo !

    Tenho net na casa toda , inclusive no jardim , basta ter uma tomada .
    com isto forneço internet ao meu mediacenter(Dreambox, Xbox) na sala , com um switch partilho net a todos os dispositivos.

    o meu router tambem é wireless mas nunca liguei .

    tenho 3 aparelhos , um liga ao router e distribui pela rede , os outros 2 funcionam como receptores .

    comprei na pixmania.

  29. k@rlos says:

    Eu tenho um desktop Pentium 4 a 3,2 com o S.O. WINDOWS XP SP3 e Sapo ADSL e tenho tb um portátil DELL com o S.O. WINDOWS VISTA e gostava de montar uma rede Wireless em casa (distância máxima entre o desktop e o portátil 30 metros) e gostava de saber a vossa opinião sobre este router: D-LINK DKT-410 – Conjunto Wireless N – Router + adaptador USB 2.0 WiFi 802.11 n
    http://www.pixmania.com/pt/pt/545611/art/d-link/dkt-410-conjunto-wireless.html#
    Como está em promoção e eu preciso de comprar um router penso que talvez este fosse bom para aquilo que eu pretendo.
    Agradecendo desde já a vossa ajuda, gostava que fossem rápidos na vossa resposta pois a promoção acaba em cerca de 12 horas. Obrg e fiquem bem.

  30. TheDreadMan says:

    Já li algumas coisas sobre PLC, e existem informações contraditórias sobre o uso do mesmo.
    Alguns dizem que é prejudicial para os electrodomésticos existentes pois coloca “lixo” na rede eléctrica da casa e provocando um raio de 20 metros de onde o aparelho está instalado de interferência.
    Outros indicam que é uma excelente solução e nada sentem relativamente ao indicado anteriormente.
    Eu ponderei usar esta solução na instalação do MEO em minha casa para não usar fios, mas desisti por não ter informações concretas sobre os benefício e malefícios do mesmo.

    As minhas questões são simples: “Afinal em que ficamos? É seguro usar ou não? Perde-se largura de banda?”

    Desde já agradeço qualquer resposta que me possa ser dada, e parabéns pelo excelente Blog.

    Aproveitem e visitem http://www.virtualegion.com

  31. dajosova says:

    @Vitor
    OKsíssimo… 😉

  32. viperbruno says:

    @karlos

    Se comprares na minha opiniao fazes uma boa compra

  33. Ricardo Almeida says:

    A Portugal Telecom usa sistemas destes nas instalações do MEO. Em minha casa funciona lindamente, com MeoBox’s em compartimentos diferentes, a irem “buscar” o sinal à corrente eléctrica.

  34. TheDreadMan says:

    @ Ricardo Almeida
    Tens a instalação da 1ª MeoBox por cabo e o envio do sinal para as outras é por PLC?
    De qualquer das formas a PT tenta nunca implementar por essa via, pois segundo informação do técnico na loja da PT, houve vários problemas nas casas de alguns clientes que inclusive chegou a queimar televisões e outros electrodomésticos.
    Mas como cá em casa quero ter o mínimo de cabos possível, ainda estou muito indeciso sobre o que fazer.

  35. k@rlos says:

    viperbruno
    Obrg pela tua resposta.

  36. R00KIE says:

    Hmmmm assim já se percebe como fazem a segurança, é wireless, o canal em vez de ser o ar são os condutores. Quanto às interferências …. pois …. as variáveis são tantas que é difícil dizer e depois mesmo que cause interferências também não interessa muito dizer senão ninguém compra. Mas se estamos a transmitir sinais entre 1.7MHz e 30MHz pela rede eléctrica não me admirava nada que alguns aparelhos se queixem. Alguma interferência poderá ser transmitida por condução (se bem que para essas frequências já deve ser muito atenuada) e depois temos interferência por radiação (os comprimentos de onda para essas frequencias andam entre 176m e 8m mais coisa menos coisa, logo os condutores dentro da parede podem ser boas antenas e transmitir os sinais que deviam passar só pelos condutores). Depois estou mesmo a ver o espectro disso, 1.7M a 30M e depois todos os múltiplos dessas frequências e mais algum produto de intermodulação …. é giro.

  37. LuXyUz says:

    Melhor maneira de evitar “problemas” é ligar um router wireless ao modem

    Tem net na casa toda e está resolvido

    54mb chega perfeitamente para as velocidades de hoje em dia que não ultrapassam os 24mb

    Só terão é de proteger a rede com password ou os vizinhos aproveitam-se hehehe

  38. AmdM says:

    A PT está a deixar de usar este método, pois o mesmo é muito caro.
    Em teoria, a PT autoriza a instalação por PLC quando a instalação por cabo é muito “complicada” ou por vontade expressa dos clientes. Só que a grande maioria dos técnicos optava por aconselhar as PLC aos clientes, pois afinal de contas, a facilidade de andar a fazer furos e a colar cabo pelas paredes não se compara ao simples acto de acopular 2 aparelhos nas tomadas. Assim sendo, imaginem o investimento em PLC´s que a PT não fez…

    Eu tenho MEO por PLC e estou mais que satisfeito. A TV apresenta a qualidade expectável ao serviço. Suponho que usando um switch dê para passar sinal para outros dispositivos na divisão.

  39. Andre says:

    Este tipo de equipamento causa interferência em vários aparelhos como rádios e TV.

    Se eu não me engano a ANACOM não permite este tipo de aparelho no território português.

    A interferência prejudica todo o espectro de ondas curtas e também uma parte das comunicações em VHF como aeroportos e polícias.

    Esqueçam este tipo de equipamento. Os Estado Unidos e o Japão já o baniram por não existirem filtros eficientes para a interferência gerada. Estes produtos estão sendo empurrados pela China que não está interessada no efeito prejudicial nas telecomunicações.

  40. Hugo Pinto says:

    Bem eu já ouvi dizer tanta coisa sobre a utilização de dispositivos de rede que fiquei um bocado assustado… será que isto n acaba por transformar a nossa casa num “microondas”? sinceramente, principalmente qd se tem crianças em casa, eu recuso-me a meter mais q um ponto wirreless, e este único sempre bem afastado dos sítios onde a minha família passa mais horas. tudo bem q muita gente q n tem comom fazer chegar sinal a alguns sitios q não por wireless… mas é fazer como eu, assim q surge a oportunidade de fazer obras em casa, toca a bicar a parede e fazer passar mais um tubo para cabos de rede blindados…

    isto de cada vez mais radiação nos equipamentos, osciladores de alta frequencia ( como nas lampadas económicas) e etcetc… só mesmo em ultimo recurso…

    lá diz o ditado, n é? Olhos que não vêem, coração q não sente!

    • Amadeu says:

      medricas, são sinais rádio, andam milhões de sinal rádio há muito tempo pelos ares, como pensas que são distribuidos os sinais das emissoras de rádio, dos telémóveis, das tv,s etc. andam aí muitas radiações e não é por isso que ficas frito

  41. AmdM says:

    Por acaso preocupo-me com a quastão da radiação, razão pela qual não uso wireless em casa.
    Ao fim e ao cabo de pouco serve, apanho 6 redes wireless no meu apartamento e apenas 2 delas são fracas.
    Portanto, para me proteger, tinha que pedir aos vizinhos para não usarem Wireless, lol 🙁

  42. R00KIE says:

    @Hugo Pinto
    Microondas … hmmm não me parece (teóricamente podem existir frequências na banda das microondas mas a potência deve ser muitas ordens de grandeza inferior à potência de emissão de um telemóvel e deve-se poder desprezar …. se não for assim está alguma coisa muito mal), mas tens razão na parte da exposição à radiação electromagnética, ninguém liga muito a isso mas devíamos todos ter mais atenção, é o telemóvel, o router wireless, bluetooth e tudo o resto que não me passa pela cabeça. Em separado as doses absorvidas até podem não ser perigosas mas tudo junto é capaz de não fazer muito bem.

    @Andre
    Pois …. lá está, não sabia dessas proibições mas parece que não falhei muito.
    Essas coisas pelas frequências que usam mais os harmónicos dessas frequências até à quinta casa do ca****o não podia dar noutra coisa. A interferência ainda é o menos, já tinha lido mas sobre a distribuição de internet pela rede eléctrica, há quem diga que isso é prejudicial à saúde devido às potências envolvidas na transmissão do sinal e consequente radiação pelos condutores eléctricos, não referi isso porque aqui o caso é outro, a potência é menor (mas os efeitos são os mesmos, só mais fracos).

  43. JOAO SOARES says:

    eu ja utilizo essa teclnologia á varios anos e estou 1000% satisfeito,
    pois tenho uma vivenda de 3 pisos e tenho desde a cave onde estaciono os meus carros ate ao 3 piso onde sao os quartos internet com e sem fios e com débitos exelente .
    resumido em cada tomada electrica tenho uma powerlline e logo tenho net com e sem fias nos 3 pisos.
    atenção aos preços ,,, algumas empresas estão a vender 1 powerlline pelo preço de duas. em media as duas custam 90 euros .
    aconcelho esta tecnologia.

  44. JOAO SOARES says:

    caros amigos
    é pura mentira nao tras transtorno nenhum e nao faz mal á saude,nem interfere nos canais de tv pois eu ca em casa tenho o meo por dsl , a zom , abragatel e o sapo e da tudo bem .
    á ja me esquecia tambem tenho microondas na cosinha e radiações , zero,09
    quer isso dizer que isso das emiçoes das radiacoes é um mito longe de ser apurada a sua verassidade.

    faz mais mal fumares dentro de tua casa…

  45. André says:

    Prezado João Soares,

    Eu lamento lhe informar que você está enganado. O PLC causa interferência em um bocado de freqüências do espectro eletromagnético. Ele interfere em todas as comunicações em Ondas Curtas e também na parte baixa das comunicações de VHF ( policia, bombeiros, aeroportos)

    Eu posso provar o que estou falando. No meu blog, eu postei vários videos mostrando a interferência do PLC.

    Assista alguns videos:

    http://pu3hot.blogspot.com/2008/10/video-mostra-interferncia-do-plcbpl.html

    http://pu3hot.blogspot.com/2008/10/abert-mostra-interferncia-do-plc.html

    http://pu3hot.blogspot.com/2008/09/plcbpl-interferindo-na-frana.html

    Entrevista com o Prof. Magalhães, especialista em telecomunicações. O Prof. Magalhães é português. Escute o Podcast Número 50:

    http://www.qtcbrasileiro.qsl.br/

    Resumindo e concluindo:

    O PLC/BPL/PLT é um sistema prejudicial a outras tecnologias de telecomunicações. É uma tecnologia que faz a política de “Terra Arrasada”, destrói o que conviveu pacificamente por mais de 100 anos.

    O PLC/BPL/PLT só serve para enriquecer os seus fabricantes, nada mais.

    A ANACOM já baniu do território português este sistema, mas ainda deve entrar via contrabando da China.

    PU3HOT André
    Engenheiro Eletricista e Radioamador
    pu3hot@gmail.com
    http://pu3hot.blogspot.com

  46. Ricardo says:

    @André

    Que conclusão mais idiota que esses videos tiram, eles não provam nada e não passam de mais teorias de brasileiros que especulam sobre tudo e mais alguma coisa.

    “A ANACOM já baniu do território português este sistema, mas ainda deve entrar via contrabando da China.” LOL no site da ANACOM nada diz sobre isso, pelo contrário, eles sempre tiveram vários gabinetes de estudo a acompanhar a evolução dos PLC.

  47. Andre says:

    Ricardo,

    Você está muito mal informado. Talvez você não tenha conhecimentos básicos em telecomunicações.

    Se você sabe inglês, espero que sim, por favor, dá uma olhada neste site da ARRL (American Relay Radio League):

    http://www.arrl.org/tis/info/HTML/plc/

    Você verá que não tem nada de “idiota” nos videos que eu lhe mostrei.

  48. nfu says:

    Se a ANACOM tivesse proibido o uso de PLCs a PT aplicava-os, e as lojas vendiam-nos?!

    Se não sabem o que dizem, ao menos não inventem!

  49. claw says:

    Bem, já percebi que o pessoal dos radio-amadores tem um odio de estimação aos plc :-). Podem ter razões para isso ao nivel das interferências. Não sei, mas o que posso falar é que tanto nos testes que fiz como no uso que tenho lá em casa… Não tenho razões de queixa. Não explodiu nada, continuo a ver tv, radio etc…

    E quanto a ser proibido pela ANACOM… bem, isso não é verdade. Não só não é proibido, como, na altura em que trabalhei para a PT, mesmo no inicio do MEO, e após um tempo de instalação, foi-nos comunicado pela PT para instalar SEMPRE PLC para tranportar o sinal para a segunda box. A menos de pedidos expressos do cliente para que fosse Wireless.
    Isto porque o wireless é o que é… mt sujeito a interferencias, e num local dá perfeitamente, noutro já dá muito mal. E havia mts queixas dos clientes…

    Outra coisa, não há cá plc’s por contrabando da china. A D-link por exemplo vende cá plc’s, e não são contrabandistas de meia tijela… penso eu…

  50. Micas says:

    Bom… tive uma coisa destas pouco tempo cá em casa…que me custaram 75€, (e para ser sincero até já nem me lembra a marca) sei que era qq coisa 12 Mbps, mas entretanto deias a um amigo para ele as testar.
    A finalidade era ligar uma Dreambox, a coisa até que funcionou, mas com uma GRANDE, desvantagem… tinham de estar ligadas ambas no mesmo compartimento (sala), ou seja, eu pretendia uma no quarto (onde tenho a net), e outra na sala ligada a Dreambox, mas nunca percebi porque elas desta forma “não se falavam”.
    Outra das coisas que eu ainda não percebi, e continuo na duvida, é qundo se diz que a “transmissão da net” é feita pela rede electrica….. e entretanto também se fala aqui em rádio frequência……. mas afinal por onde é transmitido o sinal ? rede electrica ou rádio frequência???
    Continuo com essas duvida.

  51. JOAOSOARES says:

    ENTÃO é assim…..
    Esclarecimento sobre a tecnologia PLC (Powerline Communications)

    1. Nos últimos dias, esta Autoridade tem recebido diversos pedidos de informação sobre a tecnologia Powerline Communications (PLC), nomeadamente sobre as interferências provocadas bem como os alegados efeitos nocivos para a saúde, derivados da sua utilização, aparentemente motivados por um texto que tem circulado através de correio electrónico, na Internet.

    2. Muito à semelhança do que sucedeu com outros sistemas, como o GSM, no âmbito do qual foi também analisada a exposição da população a campos electromagnéticos, a situação está a ser acompanhada pelas entidades competentes. A este respeito vide, por exemplo:

    Organização Mundial de Saúde (OMS) http://www.who.int/peh-emf/

    Comissão Internacional para a Protecção de Radiações Não-ionizantes (ICNIRP) http://www.icnirp.de

    Links de interesse da área ”Serviços de Radiocomunicações” do sítio ANACOM http://www.anacom.pt/template15.jsp?categoryId=35603

    3. No tocante aos alegados efeitos nocivos das radiações não ionizantes para a saúde pública, refira-se que o ICP-ANACOM, em resposta às solicitações, procede à avaliação dos níveis dos campos electromagnéticos, no espectro radioeléctrico, com o objectivo de fiscalizar o cumprimento dos níveis de referência constantes da Portaria n.º 1421/2004, de 23 de Novembro, relativa à limitação da exposição da população aos campos electromagnéticos.

    4. A tecnologia PLC possibilita a transmissão de sinais de dados em sistemas de cabos de electricidade, através da sobreposição ao fornecimento normal de energia – em Portugal efectuado a 50 Hz – de sinais de mais alta frequência – a partir de 3 KHz e até cerca de 30 MHz, consoante a aplicação. A tecnologia PLC tem vindo assim a ser desenvolvida para permitir o aproveitamento suplementar de uma rede de distribuição de energia eléctrica para prestação de serviços de comunicações electrónicas, nomeadamente de banda larga, perfilando-se como uma possível oferta alternativa para o efeito.

    5. O ICP-ANACOM tem acompanhado os trabalhos realizados nesta matéria a nível internacional, nomeadamente através do Grupo de Trabalho de Engenharia de Espectro (WGSE), que integra o Comité de Comunicações Electrónicas (ECC) da CEPT (Conferência das Administrações de Correios e Telecomunicações), participando na preparação de um relatório, ECC REPORT 024 – ”PLT, DSL, Cable Communications (including cable TV), LANS and their effects on Radio Services” http://www.ero.dk/documentation/docs/doc98/official/pdf/ECCREP024.PDF , que contém estudos sobre o impacto da tecnologia PLC nos sistemas de radiocomunicações. Saliente-se, ainda, que, no âmbito do mesmo grupo, foi aprovada a recomendação ECC REC (05)04 – “Criteria for the Assessment of Radio Interferences Caused by Radiated Disturbances from Wire-Line Telecommunications Networks” http://www.ero.dk/documentation/docs/doc98/official/pdf/REC0504.PDF que pretende orientar as administrações em caso de interferências provocadas por redes de comunicações por cabo, incluindo PLC.

    6. A Comissão Europeia, na sua Recomendação de 06/04/2005 relativa às comunicações electrónicas em banda larga através da rede eléctrica http://www.anacom.pt/content.jsp?contentId=266307, procura aliás garantir condições transparentes, proporcionadas e não-discriminatórias na implantação de sistemas de comunicações através da rede eléctrica e eliminar eventuais obstáculos regulamentares indevidos. Para o efeito, recomenda aos Estados-Membros, sem prejuízo da aplicação de um conjunto de disposições relativas à conformidade de tais sistemas – nomeadamente com a Directiva 89/336/CEE, de 3 de Maio de1989, relativa à aproximação das legislações dos Estados-Membros respeitantes à compatibilidade electromagnética, transposta pelo Decreto-Lei n.º 74/92, de 29 de Abril – a eliminação de eventuais obstáculos regulamentares injustificados, respeitantes à implantação de sistemas de comunicações em banda larga através da rede eléctrica e à oferta de serviços de comunicações electrónicas através desses sistemas.

    7. Em Portugal, a ONITELECOM e a EDP tiveram em curso, desde Dezembro de 2002, testes piloto sobre a tecnologia PLC que cobriram 1.530 fogos em 63 prédios nas zonas de Telheiras e Parque das Nações, onde estiveram ligados um total de 286 utilizadores. A ONITELECOM e a EDP comunicaram entretanto ao ICP-ANACOM, em Março de 2005, o início de um teste comercial da tecnologia PLC, para aferir a reacção dos consumidores a esta tecnologia de banda larga.

    8. O ICP-ANACOM continuará a acompanhar, no âmbito da sua esfera de competências, os desenvolvimentos da tecnologia PLC, incluindo em matéria de eventuais perturbações à utilização do espectro radioeléctrico ou efeitos nocivos para a saúde humana, quer ao nível da sua implementação em Portugal, quer internacional, bem como a discussão sobre a mesma no seio de diversos fora internacionais em que participa, como a Comissão Europeia, CEPT e ETSI (Instituto Europeu de Normas de Telecomunicações), CEN (Comité Europeu de Normalização) e CENELEC (Comité Europeu de Normalização Electrotécnica).

    http://www.anacom.pt/content.jsp?contentId=351137

    http://pagina.vizzavi.pt/~nc24314a/pcr1.html

    Última actualização: 10.04.2006
    Publicação: 07.04.2006
    Autor: ANACOM

  52. mels says:

    (Malcriado) este sistema funciona da seguinte maneira:

    tens um módulo AP(Emissor) e tens um Módulo EP(receptor), dos quais o modulo AP vai ser ligado directamente ao router e a uma ficha de eletricidade, e o módulo EP pode ser ligado em qualquer lugar da casa desde que o quadro eletrico seja monofásico!

    o AP vai comunicar através da corrente eletrica da casa aproveitando os cabos eletricos da estrutura com o modulo EP!

    porquê monofásica?

    porque se for trifásica a estrutura eletrica da casa vai estar dividida em várias fases ao que poderás estar a ligar o modulo AP numa fase e o módulo EP noutra fase o que nunca se irao sincronizar um com o outro!

    acho que está bem explicado pelo menos do que percebo deste sistema que já tive de o usar quando instalava o serviço meo!

    com melhores cumprimentos a todos e espero que tenha sido util a minha partilha de conhecimentos

  53. lp says:

    Olá pessoal,

    Eu gostaria de instalar uma rede wireless em casa, mas como não percebo la muito do assunto peço a vossa ajuda.
    A minha casa tem 2 andares, e o modem encontra-se no primeiro andar. Qual o melhor aparelho a instalar e de que forma, para obter sinal pela casa toda, R|C e 1.º Andar?

  54. Manuel Porfirio Martins says:

    Gostaria de vos por uma questao. vou colocar o serviço MEO TV+TELEFONE+NET em casa. neste momento tenho o mesmo produto da CABOVISAO e consigo atraves de um simples amplificador de sinal ter TV em todos os quartos pelo cabo de antena normal quanto a NET tenho um router wireless D-LINK baratinho que me permite ter internet em casa com bom sinal. será que com estes sistemas DEVOLO consigo manter a TV em todos os quartos? já que me informaram que o MEO só dá para ligar 1 a 2 TV.

  55. Claudio Matias says:

    se voces fossem radio amadores ou operadores de radio CB a pagar licencas para utilizar e nao poderem utilizar porque o querido visinho colocou PLC eu gostava de vos ouvir falar assim…..

  56. joao soares says:

    tambem sou radio amador a mais de 25 anos e se colocarem filtros as interferencias desaparecem.
    como disse ja uso plc,s a varios anos mas mesmo antes de usar plcs ja tinha filtros para ondas perasitase outros para evitar interferencias e aquando da instalação ca em casa dos plcs não senti que o radio tenha acusado interferencias.

    depende muito de como instalamos os radios e nao os plcs , pois á muito radio amador que para poupar umas patacas poe antenas , cabos baratos e não coloca os filtros…
    eu como radio amador digo sim aos plcs …

    abraço á cambada
    jo ao soares

  57. pedrex says:

    como acopular os devolo com net recebida por pen da vodafone?

  58. anonimo says:

    boas esta internet tambem da em portugal tenho comprar algum cabo especial

  59. João Marques (Portugal) says:

    Isto é uma contradição. Wireless significa sem fios.
    Agora inventaram um sistema sem fios que se transmite através de fios?!
    A comunicação wireless é feita via radio (ondas hertezianas), o vosso sistema não é wireless porque a comunicação continua a ser feita por fios.
    É certo que não é feita por cabo UTP, mas é feita por outro tipo de cabo em simultâneo com a distribuição da energia electrica. Por este motivo o sinal é modulado numa portadora afim de poder ser misturado com os 50Hz utilizados na energia electrica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.