PplWare Mobile

“Airbag” para smartphones poderá ser a invenção mais genial do ano


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

45 Respostas

  1. Lol says:

    O airbag que não tem air nem bag.

  2. Carlos says:

    Daí o Airbag estar entre aspas 😀

  3. João Lopes says:

    Isto é uma parvoíce, é uma involução… deve ter no mínimo o dobro do tamanho e peso dos smartphones atuais… já não basta andarmos com capas e porcarias coladas no ecrã, que tiram toda a piada ao design do produto. O caminho a seguir, é as marcas começarem a investir a sério, na produção de ecrãs em safira e o resto do material em fibra de carbono ou algo igualmente resistente. Com os lucros que certas marcas têm, ex: Apple, não percebo porquê a demora…

    • Renato Nismo says:

      são 550€ para reparar uma rachinha de vidro no iphone x
      porque não investem isso ? Greedy

    • Joao says:

      Isso é impraticavel. Fazes ideia de quanto custaria um ecrã inteiro de safira?

    • David P says:

      Involução é ter garantia mais seguro contra queda depois de 2 anos já tem mais um Smartphone pago, além dos vidros de proteção, está invenção pode ajudar muitos jovens desastrados , sei bem quanto custa trocar um touche + ecrã.

    • Luis says:

      Tem toda a razao, o telefones da Caterpillar ja tem esse tipo de resistencia ao choque/queda/agua etc, mas o software è que è fraco, ou seja voçe tem razao se a iphone quisesse tinha mais resistencia…. mas o mercado de reparaçoes da-lhes uma fortuna…..

  4. Danilo_RSC says:

    Boas ideias são sempre bem vindas. Uma solução que realmente parece eliminar a falha dos smartphones, espero que tenha sucesso!

  5. Me and me says:

    Isto é a ideia genial do ano?

  6. Costa says:

    Em vez de estarem com invenções inúteis porque não aplicam os écrans inquebráveis que já existem!!! em todos os telemóveis?? não interessa….que é para andarmos sempre a comprar um tlf novo sempre que ele cai…

  7. LG says:

    E se não tiver bateria dispara na mesma ?

  8. Rui Afonso says:

    Uma ótima ideia que irá salvar a grande maioria dos smartphones que caírem, sobretudo sobre uma superfície mais ou menos plana. Mas, haverá casos que se cair sobre uma superfície irregular e com o ecrã para baixo de nada servirá. E esteticamente parece ser apenas uma capa mais grossa.

    • Nuno Ferreira says:

      com o ecrã para baixo? tipo isto cobre 99.9% dos casos.. sao 8 pernas.. cai sempre primeiro sobre as pernas.

      • Fisco Matemático says:

        Errado, isto protege praticamente apenas em superfícies regulares/planas.
        Superfícies irregulares vai bater com o visor..
        E física simples.. Para te simplificar a imaginação, imagina um triângulo, agora posiciona o centro do telemóvel no vértice do triângulo e deixa-o cair.. O centro do ecrã vai embater no vértice e as pernas do airbag não tem onde se apoiar… E lá se vai o ecra..
        Agora imagina uma pedra com um vértice mais saliente e cuja altura seja apenas um pouco superior a altura das pernas do airbag, faz o mesmo exercixio, posiciona o centro do ecrã em cima do vértice e deixa-o cair e la se vai o ecrã.. Se não perceberes faz um desenho que pode ajudar..

        • Joao says:

          E qual a percentagem de casos em que cai sobre “triangulos”?
          Os valores que o Nuno Ferreira refere são bastante realistas no meu caso e creio que na maioria dos casos. Talvez um indio que vive na selva realmente deixe cair o telemovel a maioria das vezes sobre esse tipo de superficies mas não creo que seja a maioria das pessoas.

          • Nonnus says:

            Caraças, sou um gajo cheio de azar, acerca de um mês deixei cair o meu telemóvel que bateu na quina de uma soleira (pequeno degrau) de pedra mármore. Conclusão, o ecrã ficou feito em vários.

            Azar do caraças faço parte do 0.1%. Onde é que vocês arranjam essas percentagens?

          • Joao says:

            Mas de todas as vezes que deixas cair, quantas vezes cai dessa forma?

          • Nonnus says:

            Que eu me lembre tinha este telemóvel à um ano e deixei-o cair três vezes a quarta, caiu como já expliquei.

            Assim de repente da-me 25% das quedas e não 0.1%.

          • anon says:

            São milhões de vezes mais provável de isso acontecer do que ganhar euromilhões por exemplo.

        • Carlos says:

          Vês muitos filmes lol

  9. none says:

    Olha o telemovel no bolso e o sensor confundir-se… Lá se vai um testiculo (ou 2) com aquilo a saltar.

    Nao obrigado

  10. David says:

    que coisa estupida!
    o que eu acho é que os construtores de telemoveis querem que eles partam pois só assim as pessoas trocam de telemovel.
    a meu ver nao seria dificil criar um telemovel que nao parta!

  11. Rodrigo says:

    Vamos ver. Mas duvido muito que veja a luz do dia. Até junho, 75% dos projetos no Kickstarter não avançaram. Dos que avançaram mais de 40% não conseguiram começar a sua distribuição e lá devolveram o dinheiro. A ideia é engraçada mas tem vários problemas de insegurança.

  12. Carlos Alberto says:

    Não vai lá. Quem é que quer andar com 8 lâminas no bolso prontas a disparar a qualquer momento?

    • K says:

      Toda a gente anda com uma bomba de lítio pronta a incendiar/explodir no bolso e ninguém se queixa. Só depende do quanto bem feito é o produto.

  13. Carlus says:

    Se forem para um sitio rochoso, deixem cair num rocha por exemplo, se tiver saliências, de nada vale ter essas pontas.

  14. Wishmaster says:

    Melhor invenção do ano?? LOL Enfim…
    Já agora poderiam adaptar o airbag que existe para os ciclistas, no capacete, aos smartphones…mas iria ter o mesmo problema…o telemóvel ficará demasiado grande…pelo menos com a tecnologia actual.

  15. Carlos says:

    Sinceramente não entendo porque é que os produtores de telemóveis andam preocupados em fazer os telemóveis super mega ultra finos se depois temos de andar a colocar capas enormes de protecção que tiram toda a estética do mesmo. Mas quanto ao “airbag” acho que não é muito mais útil do que uma simples e barata capa de borracha ou silicone que têm o mesmo efeito.

  16. Ze das Quintas says:

    Não percebo o rant em relação a esta ideia, problema dos sensores abrirem no bolso? Por amor de deus, obvio que para lançarem isto para o mercado é necessário terem testado bem isso.
    Problema de superficies irregulares, por amor de deus outra vez, não tarda inventam que não querem que esta invenção veja a luz do dia só porque não.
    Invenções são sempre bem-vindas porque é o que move o ser humano, se nós não inventássemos nada nunca tinhamos chegado à lua.

  17. Minha opinião says:

    Isto é assim.. A ideia não é má.. Tem os seus pontos fortes… Em evitar danos de uma queda.. . Que por vezes quando por alguma razão cai… Ao cair embate com um dos cantos do telemóvel..mas aí se esqueceram que não vai cair sempre em superfícies planas… Pode muito bem cair em um degrau ou em alguma pedra…ou superfície irregular…

    Acho que é uma ideia boa… Mas….é uma ideia incompleta.. E acerca dos sensores ou o que seja… Se estivermos a fazer desporto e a ouvir música? É muito comuns pessoas correrem com o telemóvel no braço.. Têm garantias que não se vão acionar?

    Não acho que seja boa ideia lançar este produto ainda..
    Precisa de ser analisado com melhor precisão…. Reforço que esta é pura e simplesmente a minha opinião

  18. ARKAN says:

    tenho duvidas, so mostraram caindo assim soltando, e no caso de descuido, colocando na calça e escorregando, etc…

  19. dajosova says:

    quanta gente não ostenta o seu iPhone de umas largas centenas de euros e ao mínimo descuido… PAFFFT !!!!
    lá se vai o investimento no swag 😀

  20. LAF says:

    Eu creio que isto será um dos muitos, pois o próximo
    vai ter asas.Tipo RED BULL.

  21. BGMAster says:

    Vamos por hipótese que tenho o telefone no bolso com a dita capa. É só saltar uma altura de 1 ,5 e o mecanismo dispara dentro do bolso, pois assume queda livre. lá vou eu para o hospital com cenas cravadas na perna… ou noutro sitio pior…

    • Wishmaster says:

      Claro que não…
      Não só o telemóvel processará a informação da queda juntamente com o sensor de proximidade (que detecta que está no bolso), como as próprias forças e movimentos oscilatórios envolvidos num salto teu serão diferentes dos movimentos envolvidos numa queda da mão ou de um muro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.