Quantcast
PplWare Mobile

Criptomoedas: Investidores australianos têm de declarar lucros

PUB

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. ToFerreira says:

    Cá, não é obrigatório declarar, tal como os restantes rendimentos?

  2. iMF says:

    Como é que podem cobrar se não sabem quanto dinheiro ele ganhou??
    Vão cobrar importo do dinheiro levantado, só pode

    • Zé Fonseca A. says:

      Se tiveres uma fiscalização e for evidenciado que tens sinais de riqueza além dos teus rendimentos és tributado e multado em conformidade, tal como uma offshore ou títulos ao portador, também não é possível de controlar e és obrigado a declarar e muitos lixam-se e outros escapam, como tudo na vida.

  3. Raven says:

    Aí o pessoal já acha mal… Mas se não têm nada a esconder, pq não declaram o que ganham? Há sempre chicos espertos…

  4. Atento says:

    Conhecendo os ditames do fisco, diria que se não for declarada ou documentada a aquisição, será considerada mais-valia a totalidade do valor da venda.
    Mas, e por isso é que as criptomoedas são tão procuradas por algum tipo de indivíduos, se a utilização for sempre feita dentro da própria moeda, sem conversão para moeda do âmbito de controlo do fisco do pais em questão, os proveitos não serão verificáveis.
    Aí, a única arma do fisco são os sinais exteriores de riqueza.

  5. Joao says:

    Muito silêncio nos comentários! Os bitdoentes n vieram pregar a religião quando se fala em declarar…porque será

  6. João Magalhães says:

    Acho muito bem que se declare. Assim que se troca para dinheiro devia ser declarado.

  7. Rafilda says:

    Tudo a querer fugir aos impostos e já se sabe que mais cedo ou mais tarde vão ter de pagar. Paguem e não bufem! Chicos espertos!

  8. Samuel MG says:

    Já falta pouco para Portugal fazer o mesmo!!

  9. Bugs Bunny says:

    Quando eu abro uma conta em USD ou AUD, e converto Euros para essa conta, se depois a respectiva divisa tem valorização pago imposto sobre o ganho?? NÃO, então porque há de ser diferente com as criptomoedas… enfim, o desespero é tanto que já querem taxar o que nem acreditam e dizem ser um esquema Ponzi.

    Felizmente vivemos em Portugal, é continuar a lucrar sem impostos 🙂

    • Matreco says:

      Eu sei que isto vai ser um choque para ti, mas… sim, pagas impostos sobre valorização de moeda estrangeira. Ou pelo menos tens a obrigação fiscal de o fazer. Chama-se “rendimento de capitais”.

      É assim que o mundo dos adultos funciona, bem-vindo.

      • Eu says:

        Mas nada te impede de pagares as tuas despesas com esse capital adquirido pagando apenas o IVA naturalmente exigido.
        Porquê então complicar?
        Haverá assim tanta necessidade de converter?

      • Bugs Bunny says:

        Isto vai ser um choque para ti também, Vives num mundo de ilusão, ninguém o faz!

        • Matreco says:

          Ah pronto, então se ninguém o faz não há problema…
          Não sei é se sabes que os bancos agora já são obrigados a comunicar á AT que valores tens depositados, quanto te pagam de juros. movimentos de dinheiro acima de certos montantes ou para certos destinos, etc. Pode ser que qualquer dia tenhas uma surpresa.
          É por essas e por outras que Portugal nunca há-de sair do lodo onde está: toda a gente reclama da corrupção, das cunhas, dos políticos, etc mas depois são os primeiros a ver se conseguem contornar o sistema esquecendo-se que os bons exemplos começam em casa.

    • GM says:

      Pagas, evidentemente. Quando convertes as divisas estrangeiras em Euros, pagas comissão ao banco / casa de câmbios, e na comissão, imposto de selo. Pelo menos aí, pagas.

    • Zé Fonseca A. says:

      A questão é que as crypto não são consideradas moedas corrente mas sim equiparadas e bem a accoes de investimento.

      • Bugs Bunny says:

        Consegues fornecer a legislação que valida essa afirmação??
        Criptomoedas não são reconhecidas pela estado português, por isso é que ha estrangeiros a viver em Portugal que fazem vida com Trading em crypto, que até têm canais de YT.

        Eu acho que existe muita dor de cotovelo, se formos a ver todos os portugueses que ganham dinheiro com crypto estão a trazer dinheiro para portugal que acaba por solidificar mais os bancos, que depois usam nas compras que por sua vez têm iva.. ou seja o estado e a sociedade beneficia, mas enfim.. é como eu digo enquanto der para não pagar assim o farei

        • Zé Fonseca A. says:

          Não me refiro a PT mas sim aos países onde foi regulado o uso de criptos, como US, NZ, AU, etc, será assim, para já nada prevê que investimento em cripto deixe de ser considerado investment trading.

          Em PT ninguém faz dinheiro a sério com cripto, só que como são todos uns pobretanas ficam contentes com pouco, eu fiz acima dos 100k de lucro em 7 anos, além do entretenimento que tive não passou de uma perda de tempo, arrisquei poupanças e la foi compensando como poderia não ter compensado, no final do dia foi igual ao litro, faço mais que isso por ano a trabalhar, 100k a cada 10 anos ganho se quiser investir em imobiliário e não tenho risco nenhum, nem trabalho nenhum. Crypto é giro para quem tem uns quantos M para arriscar, caso contrário não passam de trocos, nem para umas férias decentes dá.

          • paulo says:

            lol (((arrisquei poupanças))) e fazes mais que 100k a trabalhar ou invististe muito pouco ((poupancas)) ou es um aldrabão!!!!

          • Zé Fonseca A. says:

            Claro que arrisquei pouco, no total investi uns 30k, não sou rico e o grosso do meu investimento está em imoveis, pontualmente ponho algum em acções como durante a pandemia, mas para mim imobiliario é o unico investimento certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.