Quantcast
PplWare Mobile

Sinal ‘alienígena’ recebido por telescópio chinês provavelmente é uma interferência de rádio

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. António says:

    Há vida para além de na Terra. Sim. Capaz de chegar até nós, comunicar, etc., não. Esqueçam, nunca iremos ter encontros do terceiro grau.

  2. Diogo says:

    Nem nunca seremos capazes de comunicar à distância, voar ou ir à Lua.

    Se perguntaste há 200 anos diriam-te que tudo isto era impossível

    É muito arrogante pensar que hoje sabemos o suficiente sobre o universo, leis da fisica, etc, para fazer uma afirmação dessas com 100% de certezas

  3. Visionário says:

    Se fosse um telescópio americano a história não acabava aqui, sendo chinês é uma interferência humana

    • Manuel da Rocha says:

      O americano colapsou mas, tem mais de 800000 milhões de páginas de dados que são estudados. No caso Chinês, há 3 cientistas que podem estudar os dados obtidos. Só daqui a 55 anos é que a China diz permitir que investigadores estrangeiros possam aceder aos dados obtidos.
      E um telescópio mais pequeno, para a mesma função, na Austrália, há pouco mais de 3 anos, também detectou sinais de comunicação, que se repetiam a vários intervalos e na mesma banda. Depois de 280 investigadores analisarem os dados, descobriram que a razão era simples: o micro-ondas de um dos bungalows dos cientistas, tinha um buraco de 1,2mm que deixava passar a onda que o telescópio detectava. Fizeram um teste e voilá, sinal idêntico aos obtidos anteriormente.

      • Nuno V says:

        Estranho, eu encontrei vários estudos em publicações científicas que fazem uso do FAST, e nestas estão substancialmente bem mais que três cientistas. Também acho estranho a China não partilhar dados com ninguém durante 55 anos, quando partilham informação com o projeto Breakthrough Listen e Space Sciences Laboratory, cuja sede destes é na Universidade da Califórnia, Berkeley, nos EUA. Mais estranho ainda é que existem dois cientistas americanos na publicação do artigo sobre a descoberta destes sinais, bem como foram 23 os cientistas no total que elaboraram a publicação.

        Não foi bem á pouco mais de 3 anos, mas sim á pouco mais de 7 anos que foi descoberta a razão dos perytons captado pelo Observatório de Park. Também não foram 280 investigadores que ao analisarem os dados e descobriram o que era. Foi sim um grupo de 15 cientistas que trabalhavam no observatório que fez a descoberta. E os cientistas nunca colocaram muitas hipóteses de ser uma comunicação alienígena, principalmente à medida que fomos obtendo mais informação que indicava claramente que era de origem humana. Também não tinha absolutamente nada a ver com um buraco no micro-ondas, mas quando se abria o micro-ondas prematuramente antes de o programa chegar ao fim.

        E a Science and Technology Daily nunca fez qualquer tipo de anúncio que o sinal em questão era alienígena, diz sim que são sinais suspeitos. O artigo, para algo que foi publicado num jornal de notícias, até nem é muito sensacionalista. E os próprios cientistas que fizeram a descoberta dizem que existem grandes hipóteses de estes serem interferências causadas pela atividade humana. Isto é mais um caso de sensacionalismo tão comum na comunicação social ocidental.

  4. Pedro Mendonça says:

    os chineses continuam de “ouvido em bico”
    esta foi forte .. hahaha

  5. António says:

    Comunicação não sei, agora virem cá visitar nos é impossível, só se conhecerem e se existir algum sistema de alternativo ao espaço tempo que temos.

  6. Hanyu says:

    “Portanto, os chineses continuam de ‘ouvido em bico’…”

    Ano 2022.

  7. Manuel da Rocha says:

    É outro caso como aconteceu na Austrália… um aparelho que liberta aquela onda e o telescópio detectou. Na Austrália era um microondas, no caso chinês pode ser a mesma coisa ou qualquer outro aparelho, como um sistema de vigilância. Precisam é de mais gente a analisar os dados, uma equipa de 3 cientistas não chega para testar todas as teorias, para afinar o radio-telescópio. O de Arecibo precisou de 11 anos para ser afinado, até poucos meses, antes de colapsar, ainda exigia afinações diárias, para anular a interferência dos telemóveis.

  8. Orl says:

    A Humanidade que tenha muito cuidado, se os aliens souberem da nossa existencia poderão enviar um expedição liderada pelo Jezz Bezos versão alien, com obvias intensões de explorar a Humanidade para beneficio próprio, sugam os recrusos do planeta terra até ao tutano criando tecnologia para se expandirem ainda mais pelo universo. Os aliens mesmo mais inteligentes podem não ter problemas morais em nos parasitar!

    • Ps1max says:

      Engraçado como eles nos iam parasitar e sugar os nossos recusrsos… isso já somos(parasitas) no nosso planeta que sugam tudo de forma descontrolada para beneficio própria sem pensar nas consequências. Se forem mais avançados talvez ate pudessem olhar para nós como nós olhamos para as baratas e achar k nao merecemos o planeta que temos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.