Quantcast
PplWare Mobile

HelloMask: Startup suíça cria máscaras transparentes e respiráveis

                                    
                                

Fonte: EPFL

Autor: Marisa Pinto


  1. Robin says:

    Temos de chamar os bois pelos nomes
    mascaras, não ! Murdaças é mais o nome correcto.
    As populações precisam de ser habituadas a ter murdaças, devagarinho chegamos lá.

  2. jm says:

    Corrigir “separadas por 100 manómetros” por “separadas por 100 nanómetros”.

  3. Figueiredo says:

    Não existe qualquer fundamento médico ou científico que refira a eficácia das máscaras contra as contaminações, muito pelo contrário, a utilização de máscaras fora do contexto hospitalar pode inclusive prejudicar a saúde de quem as utiliza.

    O uso de máscaras generalizado pela população (excepto pelos profissionais de saúde) voltou a ser recusado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) a 06 de Abril de 2020, por as mesmas serem ineficazes na protecção contra a contaminação; as máscaras servem somente para proteger os doentes/pacientes das gotículas de saliva dos profissionais de saúde que possam eventualmente cair ou ser expelidas:

    – Conselhos sobre o uso de máscaras no contexto do COVID-19

    https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/331693/WHO-2019-nCov-IPC_Masks-2020.3-eng.pdf?sequence=1&isAllowed=y

    – Não, você não precisa de máscaras faciais para prevenir o coronavírus – as máscaras podem aumentar o risco de infecção

    https://www.forbes.com/sites/tarahaelle/2020/02/29/no-you-do-not-need-face-masks-for-coronavirus-they-might-increase-your-infection-risk/#278e3a17676c

    – Máscaras para todos no contexto Covid-19 sem dados que o fundamente

    https://www.cidrap.umn.edu/news-perspective/2020/04/commentary-masks-all-covid-19-not-based-sound-data

  4. AlexX says:

    Nem deviam ser necessários quaisquer estudos científicos, é uma questão de lógica e bom senso concluir que inspirar grande parte do ar que foi previamente expirado é prejudicial à saúde. Lamento por todas as pessoas que são obrigadas a usar máscaras a tempo inteiro nos seus locais de trabalho, pois uma boa parte delas terá num futuro breve problemas pulmonares, sangue mal oxigenado e outros assossiados ao uso abusivo das máscaras. O medo instituído foi tanto que muitos nem as tiram estando sós à beira mar ou em trilhos pelo monte e provavelmente nem para dormir. E na hora de descartar estão largando máscaras e luvas por todo o lado, não vá ser contaminado o interior dum bolso das calças ou saqueta de plástico com o bitxo medonho.
    Esta não deixa de ser mais uma oportunidade de negócio tal como as outras máscaras de design e alta costura, isto de permitir passagem de ar mas barrar vírus e bactérias é quanto a mim propaganda de marketing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.