Quantcast
PplWare Mobile

Gigantes “matrizes eólicas” offshore podem gerar energia para 80 mil casas

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. dasda says:

    vem uma tempestade pimba vai tudo….nem digo furacao…

    • Vitor Tavares says:

      Realmente os técnicos e engenheiros que idealizam,desenham e constroem estas estruturas são “estúpidos” e não levam em consideração a velocidade do vento,das marés,a estrutura onde fica “ancorada”,etc! Os “inteligentes” estão todos aqui a comentar aquilo de que não percebem patavina…

      • dasda says:

        deves pensar ke isto é a prova da furia da terra. keres um petroleiro a ser esmagado por ondas gigantes? vai ao youtube….
        mas é claro que o humando é top….tem-se notado nos ultimos 100 anos o dano que tem feito ao ambiente…..espera ke os tecnicos e engenheiros vao salvar o mundo (que nao tem feito ate agora).

        • Vitor Tavares says:

          Realmente conseguiste provar que eu não estava enganado…então vou ao Youtube ver vídeos de petroleiros a serem “esmagados” por ondas gigantes?! E porque não ver no Face (vezes sem conta) aquela foto do “tipo” estar a dar um mergulho…e o tubarão cá em baixo de boca aberta à espera do “almoço”? Temos também o vídeo a mostrar PELA PRIMEIRA VEZ como um E.T. se transforma em ser humano para disseminar a discórdia e a guerra entre a humanidade antes de a conquistarem…devem ser postes de técnicos e engenheiros vindos de Júpiter!

    • André R. says:

      Uma tempestade?
      Vêm os Verdes dizer que morrem duas sardinhas por ano contra os pilares de suporte e o projeto não sai do papel…

    • rjSampaio says:

      esperemos que quem tenha teorizado esta aborgagem, tenha acesso a pessoal mais qualificado e pervisto tal evento…

      • dasda says:

        disseste bem…teoria..é o ke ha mais por aqui…tenho uma amiga minha ke estava a estudar formas de ir buscar energia as ondas…isto ha 20 anos prai……agora da aulas na universidade ke bla blar da mais dinheiro…teoria…

        • ElConquistador says:

          Precisavam ir buscar alguém como tu, deixa-me adivinhar és daqueles que tem a universidade da vida mas achas que sabes mais do que os tais teóricos de que falas. Sabes universidade da vida todos tem, pratica todos vão ganhar no mercado de trabalho, mas se chegares com as tais bases teóricos, conhecimento adquirido no ensino, conhecimento sobre as descobertas de outros no passado vai te ajudar em novas descobertas e eventos, principalmente para não teres que inventar a roda.

          • dasda says:

            ouve la provavelmente estive mais tempo na universidade do que tu e ajudei muitos a fazer cadeiras, em explicoes ou a fazer trabalhos para eles passarem…..fica la com a tua teoria ke ficas bem…..btw nao disseste nadinha de jeito nadinha mesmo…

          • LR says:

            Ele até pode não ter dito nada de jeito (apesar de essa avaliação ser subjetiva). Mas pelo menos disse-o em português correto. Em todos esses anos que dizes que passaste na faculdade, nunca conseguiste aprender português, pois não?…

          • dasda says:

            provavelmente sei mais linguas do que tu mas portugues nao é uma das que tenho orgulho de dominar..os meus teclados nunca tiveram acentos e so quem nao tem meio cerebro é que nao entende a inutilidade deles. so os meto as vezes quando ha duvida (nesta lingua maravilhosa) quanto ao c K so um bote é que fica “ofendido”. continua a defender linguas mediocres que diz muito do ke tu sabes…

        • rjSampaio says:

          Claramente não sabes a diferença de teoria e hipótese…

      • dasda says:

        tens ke me explicar é como é ke previram isso com akela estrutura….so meter em zonas ke a probabilidade de existirem é zero. (como a de energia nuclear no japao)

        • Bruno Santos says:

          Epá, nada contra mas “ke” a substituir o “que” ou “akela” com “aquela”

          Epá, algo não bate certo

          • Rui says:

            Ele passou muito tempo na Universidade a fazer os trabalhos dos outros e a dar explicações, logo não teve tempo para estudar português.
            É com estes portugueses que afundamos o nosso português.

        • Toni da Adega says:

          Quem planeou isto deverá ter acesso ao youtube, se for esse o caso está está em boas maos. O problema é se os eng. nao tiveram acesso ao youtube, ai a coisa vai cair

    • João M says:

      OS engenheiros não conseguem pensar em tudo. Se pensassem não tinhas prédios, pontes a cair, carros com defeitos, software com problemas, etc..

      As éolicas têm um grave problema – as poeiras do ar geram tanta fricção nas pás que a manutenção é cara e perdem eficiencia ao longo do tempo. solução? vão colocando materiais mais resistenstes mas não podem ser muito porque aumenta ao peso e eficiencia diminui. Existe sempre um trade-off, como se costuma dizer. O mesmo com os paineis solares, principalmente as “quintas enormes” de paineis que gastam muita água só para os manter limpos – porque basta poeira para os tornar menos eficientes; e, claro, não podem ter animais de grande porte à volta nem árvoredo a fazer sombra (por isso a matança que foi há uns meses.. vai lá ver o que vai ser construido).
      Solução de éolicas no mar é uma soluçaõ, a meu ver, melhor do que as colocar nos montes – que começam a ficar saturados. Mas vá, custam mais dinheiro e estão mais sujeitas a tempestades, ao salitre que vai corroer de tudo ao longo dos anos (mesmo com uma boa pintura não dura para sempre) etc..

      Não existe soluçaõ 100% eficaz para isto. Talvez o melhor que temos, mas a malta não gosta, é usar o nuclear – produzes muita energia para o trade-off que fazes. Isto porque ainda há pouco investimento na fusão.

  2. Sergio J says:

    Queremos um mundo verde, mas enchemos as nossas montanha cheias de aerogeradores, agora queremos encher os mares.

    • Vitor Tavares says:

      Estou de acordo contigo. Mas se os combustíveis fosseis são altamente poluentes,se a energia nuclear é altamente perigosa para o ambiente e para a saúde e se as chamadas energias renováveis “poluem” visualmente o planeta…
      será que todos os defensores da chamada “ecologia pura e dura” estão preparados para viver sem energia elétrica,meios de locomoção e transporte de origem não animal,etc? É que existem ONGs que vão protestar se virem animais a puxarem carroças de transporte de pessoas e bens…

      • dasda says:

        nao tem ke “poluir” o visual..informa.me melhor e ve o ke ja foi feito ke vais ficar supreendido.

        • LR says:

          Já tu, se tivesses umas aulinhas de português, também eras capaz de ficar surpreendido…

          • dasda says:

            o tambem meteste.o pq? nao chegava eras capaz de ficar supreendido? ou fiquei supreendido pelos teus erros de construcao? acabar com “…” foi cereja no bolo.

        • Luis says:

          Epah eu sempre que vejo os teus comentários dá me um ardor nos olhos

          • dasda says:

            nao tens ke os ler…ves o nome passas a frente…tambem nao preciso que os leias….cerebros de galinha que nao percebem que o portugues esta mal feito e nao tenho ke seguir como as ovelhas o que “tem que ser”. sei escrever bem, so nao o faco por opcao nao porque nao sei. se percebeste tudo esta provado que o portugues é que esta errado nao sou eu. mas sim so 0.0001% é que percebe o que disse..resto segue como as ovelhas o que impingem na escola. queres cantar o Ino todos os dias de manha?

  3. Jonas says:

    Esse modelo estilo ventoinha costuma matar todos os pássaros que lá passem e faz bastante barulho. Existem outros modelos de turbina, igualmente eficientes, resolvem esses problemas.

    • AqueleAmigo says:

      +1
      Eu estava a pensar exatamente nisso.

      Sou sempre a favor de ajudar o ambiente, mas é preciso lembrar que o ambiente é partilhado com outros seres.

  4. dasda says:

    nao sei se estes foram os mesmos ke fizeram akeles mega edificios ke ate agora zero estao construidos…andaram a jogar sim city 2000 durante muito tempo…

  5. traumatologiaeortopedia.com.br says:

    Já, já vai ter gente falando que isso diminui a velocidade do vento ao redor da terra e está contribuindo para o aquecimento global…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.