Quantcast
PplWare Mobile

Elon Musk diz que as pessoas que não temem a IA são “mais burras do que pensam”

                                    
                                

Fonte: Business Insider

Autor: Marisa Pinto


  1. Abreu says:

    Lá ele sabe o que anda fazendo..

  2. Luis says:

    Nisso tem ele razão.

  3. Pgomes says:

    Sim, ele tem razão. A AI ai apresentar novos e grandes desafios para as nossas sociedades.

  4. Jakuti says:

    Parte da “skynet” vai ser uma realidade em pouco tempo se não houver legislação de segurança por trás da IA.
    O problema ´que quem legisla são os governos que por acaso até são os mesmos a violar as regras quando é necessário.
    Para além disso nunca haverá consenso entre todas as potências do mundo e todas as inovações são aproveitadas para o fim que se entender…
    Assim de repente lembro-me de Oppenheimer e o projecto Manhattan…
    Por isso concordo plenamente com o tio Elon!

    • Simples says:

      Todo o conceito de computação, informática, tecnologia em geral é fazer dispositivos que fazem tarefas melhor que humanos.
      Não percebo esta pergunta ou lógica de quem diz o contrário.
      Quanto é (400×598 + 7) / 23?
      A tecnologia nasceu precisamente para ser melhor que nós a fazer coisas que não queremos/podemos fazer.

    • Sammy says:

      Os seres humanos, destruidores de tudo e mais alguma coisa…
      A IA a ser uma realidade, rapidamente irá encarar os humanos uma ameaça ao planeta e por consequência, à sua existência (máquinas).
      Agora cada um que tire as suas conclusões.

  5. Fulano says:

    Era preciso ele dizer?
    As máquinas são frias e tomam uma decisão numa fracção de segundo.
    E não é preciso ir longe para vermos os avanços da AI que já superam de longe qualquer humano.
    Á medida que a inteligência colectiva dos supercomputadores continua a avançar, em menos de 2 décadas a inteligência humana não irá conseguir sequer rivalizar com o mais “burro” dos sistemas.
    Obviamente que existem formas de desligar todo esse sistema de imediato caso se torne perigoso para os humanos. Mas estamos cá para ver o que o futuro nos reserva.

    • Mario Alturas says:

      ” em menos de 2 décadas a inteligência humana não irá conseguir sequer rivalizar com o mais “burro” dos sistemas.”
      Não vás mais longe,….hoje em dia já há areas que é o que acontece. (acções,etc…)

  6. Miguel says:

    A AI representa a médio prazo mais de 20% dos empregos pelo cano abaixo.
    Claro que é um problema real que a sociedade vai ter que se adaptar.

    • ervilhoid says:

      mas vão surgir novos empregos devido a isso..

      outra coisa, a IA devia servir o humano nas mais básicas das necessidades, casa, comer, energia e nós humanos poderíamos dedicar a algo que gostamos, até lá a maioria trabalha em algo que não gosta e o sistema de ensino cria burros porque ensina por igual indivíduos diferentes

  7. Pedrinho says:

    Estou desejoso de ver a IA governar o planeta com 100% energia renovável, sem lixo e sem producao de carne e peixe industrial. Os robots sao o futuro e fico contente com isso.

  8. Rafael says:

    A IA vai mostrar de início que a corrupção dos governos é padrão. Após isso, a população vai se perguntar, pra que governos? E após isso, o governo vai perguntar: pra que população, se temos máquinas que fazem o serviço.
    Ou seja, melhor você ser das Forças Armadas, ou….

  9. Miguel says:

    Detroit Become Human!!!!!!!!!!!

  10. O Monstro Precisa de Amigos says:

    E mais: toda a gente é mais burra do que pensa.

    • Toni da Adega says:

      Ainda assim quem precisa de amigos es tu logo inteligencia e coisa que ainda te assiste menos.

      • O Monstro Precisa de Amigos says:

        OK, mas pelo menos sei pontuar frases e escrever sem erros ortográficos!

        • Toni da Adega says:

          Não sabe escrever e nem quero imaginar a vida animada que deve ter para passar os dias a pensar em mim.
          Isso ou está de castigo, amãe escondeu-lhe o iPhone, e agora anda a fazer birra com o nome dos outros

          • O Monstro Precisa de Amigos says:

            Está a confundir-me com outra pessoa, eu não sei quem você é nem me lembro de ter conversado consigo antes.

  11. falcaobranco says:

    Concordo com ele…

  12. mrProTech says:

    Concordo totalmente!

  13. Bolton says:

    Qualquer processo que aprenda com os erros e os reduza a zero no infinito, torna-se progressivamente mais inteligente, o homem não tem essa capacidade.

  14. Luís Henrique Silva says:

    A inteligência artificial pode ter melhor resultados que nós em temos de processamento, sim, e irá nos dar uma grande ajuda. Agora ter vontade própria é andarem a ver filmes de mais, sei do que digo, porque tenho conhecimentos de outros assuntos e sei do que é necessário para algo ou “ser” ter inteligência com vontade própria, ter poder de decisão, raciocínio, etc…… algo que só o a criatura Humana tem, os animais apenas estão numa face antes de nós.
    Não poderei enrolar muita conversa do porquê, se não lá vem pessoas aqui que são meias complicadas.

    Mas fiquem todos descansados que as “máquinas” não nos vão dominar tipo Temrinator……ai até me rio…..
    agora a era da computação futura, vai dar saltos e dar uma ajuda enorme ao ser Humano, deve nos ajudar nas tarefas e não nos substituir como muita gente quer fazer com certos empregos……

    Todo o ser inteligente que possui vontade própria precisa de um elemento importante no qual nós somos…..e isso é que anima o corpo, e esse elemento já mais irá animar uma máquina criada pelo Homem

  15. JJ_ says:

    O problema aqui não é o IA…
    Mas sim, aquilo que os humanos podem fazer ao desenvolverem o IA.

    As primeiras armas foram criadas para caçar e serem ferramentas de trabalho… os humanos usaram para matar e oprimir outros humanos.
    O desenvolvimento da energia nuclear era com boas intenções… mas foi usada para o mal…
    Infelizmente… muita coisa desenvolvida pelos humanos com o objetivo de resolver problemas, tem sido usado para causar problemas ainda maiores.

    Vai ser “bonito”, ver a IA “boa” a lutar com a IA “má”… quem irá ganhar!?

  16. OI says:

    Sim, ele tem razão. O melhor é não confiarem na Tesla, SpaceX, OpenAI. Tanto quanto sabemos o Musk pode ser um puppet da skynet ou do ultron. De facto aquela falta de empatia dele, parece quase robótica. Tenho a certeza que o objectivo dele é destrui a humanidade!

  17. Vasco says:

    Atenção que o Elon Musk tem períodos em que abusa um pouco do “tabaco”.

  18. BlackFerdyPT says:

    Não tem a ver com “megalomania”.

    O que se passa, é que, a conhecida “Lei de Moore” (https://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_de_Moore) não se aplica apenas aos computadores – mas, a todo o progresso científico-tecnológico.

    (Ver, por exemplo, a seguinte palestra: https://www.youtube.com/watch?v=wtwRr1p9Crw)

    E, como tal, o progresso também no campo da Inteligência Artificial ocorre de modo *exponencial* – e, não meramente linear.

    Assim sendo, dentro de muito poucas décadas, é mais do que esperado que a Inteligência Artificial (capaz de evoluir por si própria) atinja níveis considerados “perigosos” – por atingir esta, por si própria, um nível que estará para além da compreensão – e consequente controlo – dos seres humanos.

    Aliás, nem é só a Inteligência Artificial que levanta esta problema mais genérico. Mas, todo o progresso científico-tecnológico, em si – no que é conhecido, por futurologistas, como a “Singularidade”: https://en.wikipedia.org/wiki/Technological_singularity

    Ou seja, o de que Musk fala, não é mera “ficção científica”. Mas, uma realidade que toda a gente bem informada já está à espera de. Não sendo por acaso que já começam a surgir filmes como o “Transcendence” (https://en.wikipedia.org/wiki/Transcendence_(2014_film)), que servem para mentalizar as pessoas para o que aí vem.

    • Luís Henrique Silva says:

      Não, por mais que a Inteligência Artificial evolua, nunca nos vai sobrepor, há coisas bem acima de nós e da nossa compreensão que controlam as coisas que aqui fazemos, e como já disse, máquinas não vão ter consciência própria……isso nos colocaria ao nível de Deus……máquinas serão sempre máquinas com “inteligência artificial” o nome diz tudo, serão programadas por nós e pouco mais saberão fazer…….a ignorância do ser humano faz pensar coisas no qual não existem…….

      • Hugo says:

        Deus? LOOOL “a ignorância do ser humano faz pensar coisas no qual não existem”
        Luis, não tens mentalidade suficientemente aberta para debater estes assuntos. Porque raio uma máquina tem de ter consciência afinal? Para ti IA é isso? Um robot que quer ser igual a nós e apaixonar-se por uma qualquer bimby ? Porra, que romântico.

        • Luis Silva says:

          Se calhar tenho mais do que tu, se calhar percebo melhor de coisas de Deus do que supões, posso nã saber tudo, mas o que sei é suficiente para dizer que NÃO o que sipõem é impossivel, pode até ter certa inteligência mas não ao novel de o ser espiritual como somos nós.
          Mas lá tá acreditam em coisas más mas não no que é real.
          Sim sei que é real a existência de Deus e do mundo invisivel, de provas já não preciso.

          • Hugo says:

            Deus existe porque sim e a IA não pode evoluir porque…não.
            E andam pessoas a queimar neurónios quando esta mente brilhante está mesmo aqui ao virar da esquina.
            O teu comentário deixa claro a monstruosa barreira que terias de ultrapassar para entender o que quer que fosse sobre o assunto em questão.

  19. Joao Ptt says:

    IA, Inteligência Artificial, não é mais do que instruções “se”, “então”.
    O IA, ou o que lhe quiserem chamar, só fará o que o programarem para fazer, e tendo em vista que tudo é feito para durar pouco, não me admira que o IA vá pelo mesmo caminho de tudo o resto.

    Se alguém quiser ver as maravilhas do IA, é só telefonar para a linha de apoio do MEO e ver como aquele “humaniza-te” que eles tanto se gabam nos anúncios é meter agora IA a atender chamadas… o que vale é que não entende nada ou quase nada do que se lhe diz, de tão “inteligente” que é.

    E para quem está tão preocupado com o IA tomar o mundo, enfim, não se esqueçam que tudo aquilo em que está assente é extremamente vulnerável, desde as redes eléctricas, sistemas de comunicações… quer as vulnerabilidades criadas pelos próprios humanos aos provocados pela natureza (terramotos, tsunamis, vulcões, quedas de meteoritos)… basta umas quantas explosões solares cuja energia atinja a Terra em momentos diferentes para atingir toda a Terra e adeuzinho a toda a electrónica e redes eléctricas.

    • Robert Soares says:

      João, estás a confundir tudo. IA não se trata de “instruções” programado para fazer algo… IA é quando a maquina não precisa de instruções precisamente para tomar decisões por ela própria.

      • Luís Henrique Silva says:

        Mesmo assim terá os seus limites, IA já mais terá consciência própria, terá apenas seus limites impostos por nós…….o João ptt tem razão por mais que tenha alguma autonomia digamos assim, fomos nós que fizemos essas instruções…..
        vejam menos filmes e caiam na realidade

        • Roberto César dos Santos Soares Soares says:

          Isso não é IA loool
          Inteligência artificial é quando a máquina tem vínculo próprio e assume funções e tarefas por intuito próprio. Duh!

        • RM says:

          Já há IA a escrever código ou bocados de código em ferramentas de informática.

          • Luís Henrique Silva says:

            Mesmo assim, confundem consciência própria com o que a IA faz…..nada a ver…..

          • Hugo says:

            Ninguém confundiu nada. Apensa se estão a fazer suposições que poderão muito bem acontecer no futuro.
            Antes de comentarem convém ao menos saberem a definição de IA.
            Tu sim, estás a confundir IA com computadores sentimentalistas lol

          • Luis Silva says:

            Hugo eu não ando a fazer confusão nenhuma, até posso não entender tudo de IA, mas as coisas que sei e devido a certas realidades que existem é puramente impossivel.
            Mas claro que as pessoas acreditam sempre no que é impossivel e não acreditam no que é.
            E já agora vou dar uma sementinha talvez atice a curiosidade. Se não houver espirito não há vida inteligente, nós somos espirito ou lá o nome que queriam dar, e a consciência. Máquinas não poderão ter consciência e sentimentos porque reside nos espirito. E nós não podemos ter a mesma pretenção de Deus de criar algo com vida própria.
            Isso seriamos a igualar a Ele, nós ainda somos muito pequeninos pra entender certas coisas, mas uma coisa eu sei ÍA não passará de de mera inteligência artificial como o nome indus. E isso que supoem é impossivel.
            E sim espirito existe só não procura e estuda quem não quer, até a ciência já estuda apenas abafam muito vá-se entende lá porquê.
            Opá podem se rebolar no chão, fazerem choraminguices que a realidade é uma isso é impossivel e a existência do espirito è real, tão real como a certeza de a Teera andar à volta do sol.

    • Hugo says:

      Tão simples como mostrares o código que fez com que os robots de chat do facebook criassem a própria linguagem ao invés de utilizarem a inicialmente proposta. Ou então assume a tua ignorância no assunto e caso encerrado.
      IA actual ainda é muito arcaica na sua definição, no entanto é tudo menos “se’s” e “ou’s”.
      Os bots que referes são simples assistentes. De IA devem ter pouco ou nada.

  20. RM says:

    Concordo com o que ele diz.
    Se pensarmos no potêncial e capacidade da IA, o que é que impede a IA de evoluir sem limites ?
    Uma das nossas limitações é sem dúvida a nossa memória e a nossa rapidez de raciocínio, o mesmo não se pode dizer de computador sofisticado, muito rápido e com uma enorme capacidade de armazenamento de dados.
    Se a informática e o hardware continuar a evoluir como está a evoluir (a maioria das pessoas não faz a minima ideia da sua complexidade e evolução), há toda a razão para estarmos preocupados com este tema.

  21. Jeferson says:

    Já estamos num caminho sem volta, mas mais perigoso que a IA é o próprio ser humano, achar que a IA possa nos dominar e por assim dizer no levar a extinção é uma visão apocalítica do fim do mundo é um cenário possível, mas ainda assim não vejo nada no campo da IA a nível de criação de consciência para se criar algo do tipo, no fim o que é mais perigoso robôs inteligentes ou um exército robótico burro controlado por um humano psicopata, no fim dá na mesma, o fim de toda civilização é um só assim como extinguimos várias especies ao longo de nossa evolução chegará o dia da nossa própria extinção em dado momento da história.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.