PplWare Mobile

A Inteligência Artificial de Elon Musk assusta os próprios criadores


Autor: Maria Inês Coelho


  1. GeoAir says:

    ‘The Machine’…

  2. Informático Amador says:

    Espero que saia ” The Machine” e não “Samaritano” …

  3. japa says:

    Primeiros passos do que estar por vir. Desemprego em massa por substituição das máquinas utilizando IA. Chegará, inclusive, a não precisarem de humanos para nada. Terão autossuficiência. Teremos que rever o conceito de trabalhadores. Breve, breve.

    • Ricardo says:

      sem dúvida. daí já se falar do rendimento básico incondicional uma ideia já com algumas décadas mas que apartir de 2012 começou em força e agora já está a ser testado em vários países alemanha, holanda, canada, india, estados unidos california. não é uma panaceia mas de certeza algo a considerar.
      abraço

      • KodiakShadows says:

        Que na UK tem o nome de “Universal Credit ” que não passa de uma bosta, dos maior aborto da criação para combater os subsidios de desemprego, e que este ano um teste idêntico na Finlândia há vários anos levou o governo Finlandês a acabar com ele. Portanto esse não é o melhor caminho

    • dqdd says:

      que venha rápido que estou cheio de sono e estava bem era em casa

    • NemPensar says:

      Está enganado, as máquinas vão criar emprego.

    • Aldenis says:

      Está pensando como no tempo da 1° revolução industrial. Não serão extintos empregos , serão apenas mais técnicos e teremos que ser mais também!

    • Fábio says:

      Se o desemprego vier em massa, como afirma, não haverá ninguém para comprar os produtos e serviços que estas empresas fabricam: Logo elas também não precisarão deste tipo de tecnologias para fabricar nada, já que não existirá ninguém para comprar.

      Para um cenário sustentável, o que diz não faz sentido, ter-se-á que pensar num modelo económico mais eficiente.

    • Márcio JS says:

      Daí nós humanos seremos livres, o que não vai acontecer porque o sistema precisa de escravos.

  4. Robert Stewart says:

    Mas aí que está como o Governo permitirá uma coisa dessas e se a população não abrir os olhos antes estaremos descartados

  5. Felipe says:

    Português de Portugal. (.PT)

  6. Valdir says:

    A questão econômica é mais fácil de resolver, pois, todos ganharemos um salário para movimentar a economia. O problema é a ociosidade e interação social, que pode aumentar a depressão.

  7. Elton says:

    Isso tem que ser desenvolvido ao ponto de máquinas criarem maquinas já inteligente!

  8. Magrão says:

    É legal é
    Mas uma m###a para o futuro para nossos filhos
    Talvez cresçam sem emprego, como grandes fábricas fazem demitir várias pessoas
    O desemprego mundial está aí já
    Governo só roubando de quem não tem.
    O filme do exterminador do futuro já disse
    Rebelião das máquinas estará na realidade

  9. Vedros says:

    Acabam umas profissões, surgem outras novas, como as ligadas aos sistemas de manutenção e monitorização das novas tecnologias. bem hajam. serão certamente ao serviço da humanidade.

  10. Vedros says:

    Na manutenção e MONITORIZAÇÃO.
    Mas estava a falar de profissões, não de ficção cientifica.

  11. LUIZ HENRIQUE BORGES DOS SANTOS says:

    Skynet, it’s was you ?

  12. Murilo says:

    Estaremos no zoológico para as máquinas nos visitarem aos finais de semana….

  13. paulo says:

    Do jeito que as coisas vão veremos o próximo filme do exterminador do futuro.

  14. mad_madeira says:

    Onde é que nós fazemos falta mesmo?!!?
    -Talvez a criar novas maquinas para substituir essas maquinas obsoletas anteriormente criadas pelos próprios humanos.

  15. Emerson says:

    John Connor que nos ajude!!!

    • SorryLá says:

      …o problema é que o pessoal leva isto na boa, até ao dia em que várias AI se ligarem via internet e começarem a trabalhar em conjunto… Skynet a caminho, depois não se queixem

  16. Robin says:

    Seria uma ótima ferramenta para noticias falsas, bastava colocar o tema ou deixar que a mesma “leia” noticias on line de outros jornais para que ela mesma consiga propagar e distorcer as suas próprias.

  17. Gabriel says:

    Alguém sabe como é que se sai deste planeta de esterco?

  18. Napoléon Bonaparte says:

    Uau!
    Isso dava imenso jeito ao Fakebook! E iria ajudá-los a espalharem por todo o lado a realidade virtual que lhes convém. Bastava ordenarem à máquina que escrevesse coisas coerentes, convincentes e bem escritas sobre realidade duvidosa, para não dizer inexistente…!
    Já estávamos entregues aos bichos e agora o próximo paço parece que é o de ficarmos nas mãos das máquinas…
    O Skynet está mais próximo do que parece?!

  19. Jamil says:

    Alguém sabe como é que se sai deste planeta de esterco.
    O problema não é o planeta, o esse povinho que vive nele; já dizia um amigo meu: Urubu é preto no mundo inteiro. Ou seja, para onde você for teus problemas te seguirão. Se a cultura humana não mudar, ainda que alcance outros planetas para colonizar, nunca deixarão de ser cópias da terra, com os mesmos problemas que temos aqui.

  20. Alima says:

    Gerador automático de TCC??

  21. Hugo Nabais says:

    Várias pessoas com grandes capacidades como bill gates e o musk já demonstraram grande preocupações sobre o que poderá acontecer quando as IAs se tornarem bem mais inteligentes que nós…
    Algo que não devia de ser tomado de ânimo leve…

  22. xico2kx says:

    Primeira aplicação a passar o
    *Teste de Turing* ?

  23. Yuri Orlov says:

    inteligencia artificial é coisa do demonio, tentando sobreviver ao apocalipse que se aproxima.

  24. AP says:

    Tanto comentário, tanto alarido, tanto artigo online… Alguém se deu ao trabalho de ler o que realmente se passou ? NADA. Não tinham resultados de IA a apresentar portanto não apresentaram resultados e uma desculpa que idiotas como a Maria Inês Coelho comem e regurgitam sem olhar mais do que o título da notícia original de onde copiaram o artigo.

    Fake news.

  25. João Paulo says:

    Bom, meu nome é João Paulo, sou criador de sistemas operacionais a quase sete anos, e acho que sei uma base para qual este conteúdo.
    Começando, a área econômica pode aumentar para alguns países e diminuir para outros, já que alguns terão como comprar a produção em massa e outros não, emprego, irá prevalecer os empregos pesados como pedreiro, engenharia e planejadores, hoje em dia tudo revindica o conhecimento, como medicina, direito, etc. A base humana do crescimento é o conhecimento, então se aplicarmos essa base em máquinas, elas poderiam apenas nos auxiliar, nunca teremos uma tecnologia totalmente divulgada já que pode ser usada para fins malignos. Espero que meu conhecimento e minha ideia geral possa ter despertado a mente de alguém. Obrigado.

  26. João Paulo says:

    Uma ideia muito errada que todo mundo tem é de que uma IA pode criar outra IA, isso é impossível no termo geral se formos analisar a teoria da existência das IAs, outra coisa, serão devidamente projetados para fins específicos, não para “dominar o mundo”, a inteligência artificial irá substituir os humanos em várias coisas como em cirurgias de alta precisão, produção em massa. E uma uma coisa que vi em muitos comentários, só veem o lado ruim das IAs, não pensão que pode aumentar o QI humano, já que demanda pessoas mais qualificadas para operação, não pensam na extinção da fome por causa da produção em massa, hoje em dia não precisamos de nenhuma IA para nós destruirmos, nós seres humanos fazemos isso por conta própria, usando drogas, fumando, bebendo, se nós sempre escolhermos o caminho mais fácil nunca chegaremos a lugar nenhum. As IAs estão por vir e creio eu que reclamar não vai influenciar em nada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.