PplWare Mobile

Está a pensar instalar uma distro Linux? Já está disponível o Debian 9.8


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. FernandoRJ says:

    Uso Linux sem maiores problemas quando se trata de Ubuntu ou Mint. Quanto ao Debian, sempre quis usá-lo, mas sempre tive dificuldades, seja no gerenciamento do sistema, de rede ou instalação de programas e suas dependências. Estou considerando experimentá-lo novamente por conta do sistema de empacotamento e instalação Flatpak. Este, penso ser um assunto interessante a ser explorado por aqui.

    • Daniel says:

      Ah não, vais dizer que o Debian também força o uso de flatpaks como o Ubuntu e cia?
      Espero que não.
      É opcional?

    • Andrey says:

      Indico para quem quer testar Debian, A DISTRO BASEAda no Debian, chamada Duzeru. òtima distro para equipamentos atuais e antigos (leve), interface com trabalho de designs, bem feito e facilidades para trocar de kernel, por exemplo. Além da lojinha, que quebra bom galho… Instalei num note Acer (fiz updrade de Celeron M540 para Core 2 Duo e 2 GB de ram). Ficou muito rápida… próximo passo é talvez colocar um SSD.

  2. Rafael says:

    Debian é muito ruim, tudo é muito velho, quem for usuário de Windows XP em 2019 vai amar usar o Debian, pois os pacotes de 5 a 10 anos de tão velhos, tudo, dizem eles pra manter a estabilidade, enquanto isso sigo 4 anos utilizando Manjaro que dizem ser “instável” e “problemático” por ser rolling release/bleeding edge e sigo sem nenhum problema e claro, com tudo atualizado na última versão, o que é uma obrigação pra quem joga por causa dos drivers e para quem faz produção de vídeos. Usar programa de 10 anos atrás não rola. Os que gostam de viver no passado adorarão Debian Stable.

    • Marco says:

      vou te dar uma noticia tens o debian unstable que de unstable pouco tem e tens o debian testing. aqui os pacotes não são assim tão velhos, a versão testing pode-se considerar uma rolling realease. vá de nada

      • Rafael says:

        Foi por isso que falei lá em baixo Debian Stable.
        E olha, mesmo a versão testing e Unstable (SID) são super desatualizadas em comparação com Arch Linux/Manjaro.
        Quer um exemplo de distro que baseia-se no Debian Unstable e só vive tendo reclamação de pacotes “antigos”? Chama-se Deepin OS.

    • Robson de Oliveira says:

      Debian é muito antigo mesmo. Prefiro as distros mais recentes.

    • Andrey says:

      Para seu tipo de uso (jogos e edição de vídeo), se quiser, teste a RegataOS. Na parte de jogos, algumas pessoas relataram ter ganho cerca de 25%-30% de FPS em relação a distro que usavam antes…

  3. Luis says:

    Prefiro o bom e velho Ubuntu porque o Debian é uma distro muito MANUAL, pra instalar tudo que é proprietário e de código proprietário é chato e complicado (drivers, programas, codecs), já no Ubuntu é como dizem em inglês é “piece of cake”.
    Outra distro que tem ganhado meu respeito depois do Ubuntu é o Mint, do qual deriva… Simplesmente fantástico, principalmente a versão com Cinnamon que na minha opinião, é o que o GNOME deveria ter sido desde o início.

  4. Rodrigo says:

    Mint é muito bom… Até atualizar e quebrar o sistema todo.

    • Samuel says:

      Tenho uma má noticia para ti foi só o teu que quebrou 🙂

      • Rafael says:

        O que quebra nessa joça é os ppas desativados, ou ppas removendo pacotes importantes do sistema quando removidos.
        Isso sim é ruim, é tão ruim que inventaram o ppa-purge. Por que será?
        E fala em estabilidade do Mint cheio de flatpaks? Desde quando algo em alpha é adotado como padrão e pode ser considerado estável? Só pra rir.

    • Rafael says:

      E depois ainda falam que o Manjaro é um lixo que quebra… To usando há anos e nada de quebras.
      Já o Linux Mint, Ubuntu e Deepin
      Quebra mais que (você sabe o que) rsrs

  5. Daniel says:

    Qualquer coisa é melhor que o ubuntu…
    E ainda tem gente que defende essa distro que não respeita o usuário e força o uso de snaps…

  6. Toni says:

    Comecei a utilizar o Debian a partir da versão 7. E realmente é bem estável, leva um tempo para aprender o básico do sistema e sua configuração. Coisa que depois tornasse fácil.
    Contudo, algumas atualizações do Debian 8 e 9 apresentaram instabilidades, e me vi obrigado a migrar para o Ubuntu. Vamos ver se essa atual versão, é realmente estável. Sistema muito bom, prefiro a qualquer outro.

  7. Luiz paulo says:

    Gostaria de saber porque é que não existe o debian Server Edition separado do Debian Desktop .. tenho computadores domésticos usando RAID 10 criado pelo Setup/bios da Própria placa mãe. .. e o linux simplesmente não reconhece este tipo de Raid … sei que você vai falar que isto é Fake Raid e dizer que este tipo de raid nāo é Raid via hardware de verdade e dizer que este tipo de Raid criado com a própria placa mãe usa em excesso o desempenho dos controles onboard e dizer que perde desempenho do Processador porque o próprio processador do computador que fica com o trabalho e nisso perde muito desempenho. . Sei que vai falar tudo isso. . Mas na prática a partir da Segunda geração de Core i3/i5/i7 os chipset integrados omboard nas placa mãe feitasvpar processador Intel 1155 em diante possuem sim chip dedicado ao raid .. e vem soldado na placa mãe. . E se chama chip MBEX
    Portanto é raid fisico via hardware de verdade SIM !! e . .. claro como nem tudo é perfeito essas placas sao capazes de Raid 0,1,10,5 e JBOD) porem o Raid 5 ainda não possui processamento do chip físico, apenas os outros tipos o tem, então o Raid 5 sendo feito vai ser gerenciado diretamente pelo processador do PC ainda do mesmo modo que antes mas ao fazer qualquer um dos outros tipos de Raid esta carga não cai mais sobre o processador nao mas sim sobre o Chip fisico da placa mae chamado MBEX .. e o que eu uso sempre é o RAID 10 portanto nao perco desempenho algum do Processador ….e comparar isto aos tipos de Raid via hardware é possivel
    Afinal nao tenho perda de desempenho algum … alem de que é possível ler o HD separadamente entao é um tipo de Raid pouco perigoso. … menos perigoso que o Raid via software do linux … eu diria que é tão facil e simples quanto ler um Raid 1 via software do Windows (cujo basta mudar o ID do HD de 0x43 para 0x07 que a participação ja abre com o disco voltaneo a ser disfo basico em vez de disco Raid) …enfim…. é uma pena o linux ainda não implementar o Raid Fake das placas mae intel…. pois… hoje em dia ja está se tornando fundamental pessoas comuns ter em casa um Raid para maior segurança e desempenho.

  8. Jorge says:

    Gosto muito do Debian! Mais depois que tomei coragem e instalei o Arch Linux purão, tem como usar mais nada não. Arch Linux é outro mundo.

  9. BlackFerdyPT says:

    O único defeito (significativo) do Debian é incluir o novo daemon “systemd” – que acaba por violar o princípio, ou a filosofia, de simplicidade da arquitectura UNIX (https://pt.wikipedia.org/wiki/Filosofia_Unix). Fora isso, esta é simplesmente, para mim, a melhor distribuição de GNU/Linux que existe.

  10. Armando says:

    Uso Debian puro e o mais enxuto possível. Uso específico para servidores banco de dados. Nunca tive problemas, estabilidade até o fim, para parar de rodar tem que ser uma catástrofe. Por enquanto nem cogito a possibilidade de usar outro. Não por achar os outros inferiores, não conheço então não julgo. Mas simplesmente porque me atendeu em tudo até agora.

  11. ademirt says:

    Distros como Manjaro, Archlinux, Ubuntu, Mint ou qualquer outra distro rolling release são perfeitas para desktop.

    Mas não são empregadas em ambientes corporativos com seus servidores dedicados pois estabilidade é coisa séria e o Debian Stable é muito forte neste quesito e muito utilizado nestes ambientes.

    Há outras também como Red Hat, CentOS, Oracle Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.