PplWare Mobile

antiX 17.1 – Um Linux que arranca em menos de 10 segundos


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Hugo Gomes says:

    Bem se a moda pega daqui a nada windows em 1 minuto e ios em 3 segundos ou 5

  2. Ricas says:

    Tenho o meu Win10 com um boot time de 15 seg, pelo que não me surpreende nada uma versao light de Linux fazer menos que isso. A novidade está na quantidade dos recursos utilizados para o obter (minimos para antiX e enormes para windows).

  3. Geraldo Lopes says:

    Se você estiver usando um SSD M2 (PCIe Gen3 x4), qualquer sistema operacional vai abrir em menos de 10 segundos…

    • arc says:

      Se não se importa, pode-me me explicar como consegue executar o Windows 10 (qualquer build), num PIII, com 256 de RAM em 10 segundos?
      O antiX, consegue isso mesmo!

  4. Asdrubal says:

    Um linux em menos de 10s?
    O Windows 10 num SSD arranca em 5 segundos.

  5. arc says:

    Instalei o AntiX, em meados de Janeiro para um amigo meu, maquina desktop com HDD, e funciona bem rápido. Não esquecer, que apesar de ter por base o branch Testing do Debian, a grande rapidez dela, assenta principalmente nos seus DEs (IceWM, Fluxbox, JWM) e ainda um facto importante, não conta com o systemd e faz utilização de aplicações que utilizam o mínimo de recursos da máquina.

  6. Sousa says:

    Também não percebi a referência aos 10 segundos. Qualquer máquina com SSD liga num piscar de olhos.

    Dificilmente uma versão light baseada em Debian não o faria, fosse em que disco fosse.

  7. LuiGi says:

    Tenho o meu Windows 10 a arrancar em 7 seg

  8. arc says:

    Aliás, seria interessante, uns artigos, sobre alguns ambientes gráficos meio esquecidos, como Openbox, awesome, Fluxbox, IceWM, musca e que voltam novamente a serem implementados em muitas distribuições hoje em dia.

  9. PC says:

    Posso deixar aqui um testemunho de utilização deste OS na prática:
    Foi-me dado um antigo Magalhães 2 que vinha de raiz com Windows7 e Linux Caixa Magica. Tem 1 giga de ram, processador Atom single core 1667mzh, sem placa de video dedicada.
    Ligado a um monitor externo, teclado e rato, esta maquina é, há coisa de um ano o meu Pc de trabalho, com a versão anterior do OS referido na notícia: Antix 16.2.
    Com o Windows7 que vem de raiz era praticamente impossível utilizar um browser, a lentidão era constante…
    Com a anterior versão do Antix, que ainda tenho instalada, arranca em 1 minuto, desde o ecrã com as informações da bios até ficar com o sistema utilizável (3-4 segundos se estiver a apenas a sair da suspensão, como creio, a maioria dos Windows modernos faz).
    Utilizo a última versão do Firefox ESR, que suporta Java (que necessito) para navegar (arranca em coisa de 10 segundos), e, pelo menos, no meu trabalho não necessito ter mais do que umas 4 ou 5 tabs abertas no máximo. Tenho o explorador de ficheiros aberto e regra geral um ou dois documentos de texto do LibreOffice 6. Tudo isto, regra geral, ainda me deixa cerca de 200 mega de ram livres… Ah: Imprimo e digitalizo sem nenhum problema (Out-of-the-box) com a minha multifunções HP.
    Testei, por curiosidade, a utilização do sistema com video: com a configuração certa o leitor de video MPV consegue exibir video full HD (embora com algum pequenos soluços). em tudo o que seja video abaixo de full HD a exibição é perfeita.
    O Youtube demora um pouco a arrancar, mas exibe na perfeição videos desde que não em HD.
    Ocasionalmente, utilizo a versão mais recente do Firefox ou Chrome (mas tendo a evita-los porque comem muito mais RAM).
    Quem é da altura do Windows XP, como eu, sente-se em casa com o ambiente de trabalho, para a nova geração, admito que o sistema parece um pouco antiquado (a versão mais “bonita”, o MX linux, consome mais recursos mas tem um aspecto mais moderno).
    Quem use o pc para a net (youtube, redes sociais, pequenos jogos on-line) e edição básica de documentos, pode perfeitamente usar este OS (creio que isso constitui a esmagadora maioria daqueles que ainda utilizam pc’s a nível não profissional, e não apenas telemóveis e tablets).
    A conclusão: para uso de escritório ou uso para tarefas não muito pesadas, mesmo num netbook com uns 8 anos o sistema é completamente utilizável (ao contrário dos OS que vinham de raiz). Computador novo? Só quando este “morrer”…

    • arc says:

      Isso mesmo @PC, essa é uma das formas de se rentabilizar o hardware, que para uns é obsoleto e para outros, é uma mais valia.
      Sei de alguns amigos, com a “febre” de andarem sempre actualizados com hardware (nem sei de onde lhes nasce o dinheiro), desvalorizam imenso esses componentes e vendem quase ao preço do tremoço!
      Eu sou adepto da reutilização o mais possível, até que não seja viável “espremer mais”, desse mesmo hardware. Chegado a esse ponto, penso então em comprar hardware novo e montar eu mesmo a máquina.
      Uma distribuição de Linux, bem clean, com o software exclusivamente necessário para o fim em vista, com um ambiente desktop “leve”, é na minha opinião uma das melhores opções, com hardware “modesto”.

  10. Sergio says:

    É obra ter essa rapidez com o hardware referido

  11. eu says:

    Fazendo de advogado do diabo:
    Porquê que vem com o Firefox pré-definido (eu posso querer o Chrome) ?
    Porquê que vem com o Libreoffice pré-definido (eu posso querer o OpenOffice) ?
    Não devia de aparecer um formulário no primeiro arranque para se escolher 1 de entre os browsers existentes ?

    Acho que a resposta é simples: Ninguém usa isto, caso contrário a concorrência ia processar e tentar obrigar a não vir nada pré-instalado em qualquer das soluções ou a vir, que seja descarregado no momento por seleção do utilizador.

    • arc says:

      “Porquê que vem com o Firefox pré-definido (eu posso querer o Chrome) ?”

      Tal e qual o formulário que é apresentado no SO que utiliza, onde lhe é dada a possibilidade de escolher e mesmo não gostando, o poder remover completamente do sistema, verdade?

    • PC says:

      Pelo menos quanto ao Office utilizado, os criadores do Antix deram alguma liberdade ao utilizador, no próprio “menu” de download do OS na página de Internet!
      Das diversas versões do OS disponíveis, basta escolher qualquer uma que não inclua o Office, e depois instala o Office que quiser (ou pura e simplesmente nenhum Office).
      Quanto ao navegador de Internet, até posso reconhecer-lhe alguma razão. O Antix tem dois browsers incluídos O Firefox ESR e o Dillo (que ninguém conhece, por ser tão básico). Do “Centro de Controlo” do Menu existe a opção para instalar (via um processo completamente automático) o browser que desejar (Chromium, Chrome, Opera e muitos mais), podendo, posteriormente, se pretender, desinstalar o Firefox, sem qualquer impacto no sistema. Isso é mais liberdade de escolha do que nos demais OS não OpenSource, creio eu…

    • Dandan says:

      Uma das únicas distros que tem isso é o Antergos, Debian e se não me engano OpenSUSE.

  12. jaugusto says:

    Openbox ainda usei com o archbang, agora estes wm do antix são para esquecer, é andar para trás.
    Wattos é debian lxde por exemplo e são pouco masi de 7oo e tal mb’s mas só funciona a torrent para iso download.

  13. Dandan says:

    Uma ótima distro baseada do Debian, AntiX e tem traços do antigo MEPIS é o MX Linux, que recentemente teve uma atualização/release nova. Eu sugiro que vocês façam algum artigos sobre ele, está cada dia mais popular, é uma distro sem systemd instalado por padrão, mas que tem muitíssimas aplicações próprias deles que facilitam a vida do usuário comum, é uma distro que tem tanta coisa pra facilitar que poderia até perder pro Linux Mint e mesmo sendo baseado no Debian Stretch tem versões de aplicativos mais novos porque eles tem um tipo de “synaptic” só deles, em que eles atualizam os pacotes e repos por eles mesmos.

  14. guloso says:

    o meu SO demora menos e nao é linux…

  15. Sarcástico says:

    Eu só leio o título e escrevo comentários antes de ler o artigo.
    Não interessa que se esteja a referir que os 10s é para um PII com 64MB de RAM.
    O que importa é que não tenho um sistema Linux e o meu PC arranca em menos tempo

  16. maria vieira a atriz says:

    o meu windows e muito a frente quando os outros arrancam o meu ja chegou a meta

  17. FB says:

    Boas
    Favor sugerir uma build leve apenas para kodi.
    Obrigado

  18. informado says:

    Os comentários da gente do Windows é só para rir…

  19. Luiz Nardin says:

    A afirmação de tempo de arranque ou inicialização é subjetiva se não forem feitos os testes comparativos em ambiente controlado, na mesma máquina ou de idênticas arquiteturas. O mesmo vale para outras comparações de desempenho de software…

  20. ElectroescadaS says:

    Sendo que o site deles me está a dar erro onde poderei sacar um ISO deste SO?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.