Quantcast
PplWare Mobile

DGS recomenda a vacinação de todos os jovens dos 12 aos 15 anos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. SANDOKAN 1514 says:

    É uma boa medida.Ainda bem.

  2. Fernando Jorge says:

    Ao precisar de recomendação de um médico, este, de certa maneira, era responsável por consentir/aconselhar a administração da vacina à criança.

    Assim, voltamos à primeira forma, qualquer pessoa que tem tomado esta vacina está a fazê-lo por sua responsabilidade (ou neste caso do tutor), não podendo ser imputadas responsabilidades a qualquer médico, à DGS ou ao fabricante.
    E assim irá continuar até, algum dia, as vacinas serem aprovadas pelas vias normais.

  3. David Guerreiro says:

    Todos dias mudam de ideias. Primeiro batiam o pé, agora afinal já é para vacinar. O mesmo sucedeu com a vacina da Astrazeneca. Passam uma má imagem para a população.

    • Zé Fonseca A. says:

      Passam a verdadeira imagem da incompetencia da DGS, Ministério da Saúde e SNS, que por sua vez reflecte a incompetencia da grande maioria dos ministros e do governo como um todo.
      Não é nada que não se soubesse, só tem sido gritante, principalmente a Graça Freitas, que devia ter sido demitida antes sequer do virus cá chegar.
      Isto não é mudar de ideias, isto é falta de estudo e preparação.

      • ToFerreira says:

        Incompetência do SNS?!

        • Zé Fonseca A. says:

          Pois, passaste o último ano a dormir?
          Nada que não se soubesse de antemão, por sorte existem umas PPPs da saúde pelo meio que la vão safando o SNS e a sua fraca organização, falta de recursos, falta de meios e gestão deficitária um hospital de cada vez.

          • ToFerreira says:

            Pelos vistos quem andou a dormir foste tu. Este último ano foi a prova mais que evidente da competência do SNS, que apesar do desinvestimento crónico, esteve à altura. O privado? Fechou as portas quando apareceu a COVID…
            A falta de recursos, por via da falta de investimento não é incompetência dos SNS, mas do Ministério das Finanças. Se 41% do orçamento para a saúde não fosse precisamente para os privados, o SNS poderia estar bem melhor. Já nem vou falar em TAP e Novo Banco…

          • Zé Fonseca A. says:

            Ideia errada, não sei como é possível depois de tudo o que se passou ainda ficarem com uma ideia positiva.
            Ora bem, a minha mulher é medica no privado e o meu pai é medico reformado que cumpriu a sua função ao sair da reforma para ajudar na pandemia e eu já trabalhei realizei projectos em muitos hospitais, publicos e privados, em Portugal e overseas.
            O SNS demonstrou uma descordenação gigante, as camas são geridas hospital a hospital e não têm em conta a ocupação total de hospitais nacionais + hospitais campanha + privados, só quando a lotação ficava cheia é que decidiam mandar doentes para outros hospitais o que logicamente provocou overflow em alguns deles pois as decisões eram tardias, também existiam muito hospitais com alas completamente desactivadas que não se deram ao trabalho de activar para aumentar o numero de camas, as camas dos hopitais campanha raramente foi usada, estava à espera de chegar aos 100% de ocupação (absurdo), a par de tudo isto, todos os restantes doentes com outras patologias e operações necessárias foram negligenciados, muitos morreram por falta de cuidados (tive familiares nessas situações), outros viram-se em situações muito debeis e com agravamentos sérios das condições devido à falta de cuidados.
            Devemos ao privado a continuidade das consultas, tratamentos e operações e mesmo terem acolhido doentes de várias doenças e também covid nos seus hospitais, não tivesse sido pelo privado teriamos tido muito mais mortes e degradação da saúde da população.
            Tens que perceber que os privados recebem 41% do orçamento da saude mas esses 41% são serviços prestados pelos privados ao abrigo das PPPs, como o SNS não tem condições para 50% das operações e internamentos grande maioria dos hospitais mais pequenos recorre ao privado para fazerem os serviços que eles não conseguem, por falta de pessoal especializado e por falta de equipamento especializado, muitos hospitais deste país apenas servem como centro de marcações para depois enviarem os doentes para os privados, por isso é logico que essa fatura tenha de ser paga, alguém investiu nesses hospitais ao contrário dos hospitais do SNS.
            Não fosse pelos privados e pelo crescimento da população com seguro médico ou plano médico e o SNS iria ser igual ao serviço de saúde de um pais de terceiro mundo.
            Convido-vos a visitarem um hospital publico em Dezembro e Janeiro e verem como os hospitais servem de deposito para as familias que não querem passar os natais e férias com doentes acamados e vejam o que isso e um simples virus da gripe faz, onde tens pessoas a morrer nos corredores sem ninguém se aperceber, só quem não nunca circulou por estas realidades pode dizer que o SNS é competente…

    • Vilna says:

      De facto não se percebe tanta indecisão. Basta olhar para os estudos dos últimos 20 anos e outros países. A não ser que isto seja uma coisa nova… no mundo.

      • Pedro L says:

        Também aprovaram a Pandemrix para H1N1 em uso pediatrico à pressa e depois tiveram muitos casos de narcolepsia em crianças. Foi há menos de 10 anos. google it

        • Vilna says:

          Simplesmente não é comparável. Óbvio que podem errar isso não é questionável. Mas não se pode comparar. Agora se queres apenas razão procura uma no google. Fica bem.

      • David Guerreiro says:

        O maior problema nem é a indecisão, mas sim mudarem o discurso diariamente. Já com a vacina da Astrazeneca foi assim: primeiro era para todos, depois não era para ninguém, depois era para menores de 50 anos, depois já era para maiores de 60 anos…
        O mesmo com as máscaras, primeiro não era preciso máscara, e nem era aconselhado o uso da mesma, afinal é obrigatório usar…

  4. C.V. says:

    Primeiro era para serem dadas só por indicação médica, como os médicos refilaram, agora pode ser por indicação paternal.
    É engraçado, os mesmos que o governo considera como irresponsáveis por não tomarem a vacina são os mesmos que o governo considera responsáveis por decidir vacinar os filhos.
    Se a vacina é assim tão boa para os miúdos porque é que os médicos recusam a responsabilidade?

  5. meister says:

    Boa Tarde.
    Será que alguém conhece algum estudo cientifico publicado esta semana que justifique esta mudança de medidas por parte da DGS?

    Atendendo ao que julgo saber apenas 4 crianças morreram com covid-19 (crianças essas com outras comorbidades, logo morreram com covid e não de covid), qual e o benefício de vacinar esta faixa etária?
    Qual e o fundamento cientifico?
    Quais são os estudos que fundamentam esta decisão?
    Eu ao fim de largas horas de leitura não sei.
    Será que alguém sabe?

  6. meister says:

    Há descobri o fundamento da vacinação de crianças…


    há 2 horas
    Carolina Quaresma
    “Benefícios da vacinação para adolescentes são em termos de saúde mental, educacional e social”

    O professor Luís Graça salienta que a campanha de vacinação significa que o processo científico vai evoluindo rapidamente.

    “Procura-se sempre tomar uma decisão baseada nos melhores dados”, adianta, acrescentando que, por isso, “Portugal está no grupos de países que aguardou algum tempo antes de tomar uma decisão definitiva”.

    O professor sublinha que os benefícios que os adolescentes podem obter com a vacinação são em termos de saúde mental, educacional e social.

    “Há um momento adequado para a garantir que as decisões são feitas com prudência e manter a confiança dos portugueses no processo de vacinação”, remata.”

    RIDICULO…nem dá para desenvolver mais.

  7. meister says:

    desculpem mas tenho de dizer só mais isto.
    a DGS (desgraça geral de saúde) e que contribui para a degradação mental de todos com as suas Incongruência.

  8. Pedro L says:

    Daqui a pouco dizem que é apenas para crianças que frequentam a escola publica.

  9. Paulo Félix says:

    Vamos lá ver é se daqui a pouco não entram na escola publica somente aqueles miúdos que já estiverem vacinados.

  10. Sardinha Enlatada says:

    Isto esta bonito esta. Incompetentes com poder nas maos e preciso e avancar com o plano de vacinacao doa a quem doer, morra quem morrer. E depois responsabilidades e do vizinho do lado, ou entao do cigano, do preto. Essa dos beneficios serem saude mental, educacional e social e comica. Deus queira que nao mas caso alguma crianca va conhecer o criador mais cedo,quem e que consegue colocar a DGS em tribunal e ganhar a causa ? Tenho as minhas duvidas.

    • Hugo says:

      Um dia, quando o vírus for controlado dirás que tinhas razão em algumas coisas que dizias mas NUNCA te esqueças de frisar que SEMPRE FIZESTE PARTE DO PROBLEMA E NUNCA DA SOLUÇÃO. É muito importante que tenhas isso em mente porque até um relógio estragado acerta duas vezes por dia.

  11. André says:

    Enfim, mais uma daquelas decisões que ninguém percebe. Num espaço de uma semana passam de dizer que não devem ser vacinados para agora dizerem que devem sem recomendação médica. Por que será?

    Aproveito para deixar uma sugestão: https://www.youtube.com/watch?v=BDxT8Mr7hmc

    Dr. António Ferreira e Dr. António Pedro Machado em relação ao covid, vacinas e vacinas nas crianças. O Dr. António Ferreira dá exemplos de como no governo é tudo um bando de incompetentes. E andámos nós a ser governados por esta mediocridade.

    • ToFerreira says:

      O António Ferreira é tudo menos isento. Um boy socialista que ocupou um cargo de administrador por nomeação. Almejava o cargo de ministro da saúde ou pelo menos de secretário de estado e não lho deram. Desde aí, aponta o dedo e tudo e todos e só sabe lançar confusões.

    • A.F. says:

      Obrigado “André” pela sugestão:
      CIDADANIA XXI
      https://youtu.be/BDxT8Mr7hmc

      Se o Dr. António Ferreira e o Dr. António Pedro Machado, estão certos ou errados não é importante, o importante é ouvir outras opiniões.
      Devia-mos no mínimo ouvir os argumentos deles, depois cada um tire as suas conclusões.

      • Chalupa pela verdade says:

        Claro ouvir os melindrados que vão aproveitar tudo para criticar é o melhor. Devemos ouvir pessoas imparciais, não comediantes e lobbistas destes.

        • meister says:

          Desculpa lá, já agora na tua opinião, quem é que são os imparciais e nos não melindrados?

        • A.F. says:

          Os imparciais são aqueles que tem a mesma opinião que tu???
          R:
          Como se avalia ou quais são os critérios de avaliação que X ou Y é um imparcial???
          R:

          • Vítor M. says:

            Hehehe ora aí está uma boa questão para os apontadores de dedo aos imparciais. Quase sempre os apontadores de dedo acusam outros de imparcialidade quando não comungam da mesma opinião 😀 está certo Amaral! 🙂

      • fsrgio says:

        Ouvi o vídeo todo e apesar de achar interessante e achar que deveria haver mais debates destes na televisão nacional tenho de referir que foi falado no exemplo da Suécia e um dos entrevistados disse que o numero de vacinados era dos mais baixos estava nos 14%, ora eu numa pesquisa rápida encontrei que a Suécia esta com 45% de vacinados, ainda é uma grande diferença e leva-me a questionar a veracidade dos comentários dos Dr’s. Obrigado pela partilha.

        • A.F. says:

          @L Carmona Carmona disse:

          fsrgio, tem que ouvir e interpretar melhor. Realmente o Dr. António referiu em relação à Suécia esses “14 %” de vacinação, mas logo a seguir mostrou que não se lembrava bem desse valor percentual e a seguir disse que a Suécia era dos países da Europa com uma taxa de vacinação mais baixa e isto é que na realidade interessa, ou seja, não é o valor em si.

  12. Miguel says:

    Na semana passada, a equipa da DGS que avaliava esta questão decidiu por unanimidade que não era aconselhável vacinação abaixo dos 16 anos por diversos motivos. Depois a DGS veio dizer que iria reavaliar e mudar a equipa que avaliou isto. Passado uma semana, emitem um veredicto oposto.
    Que ciência é esta que muda de posição consoante as caras e interesses dos envolvidos?

  13. PM says:

    Continuem a acreditar em tudo… o dia em que perceberem o que realmente se está a passar até se vão engasgar 😉 mas será tarde demais.

  14. meister says:

    “Por que razão devem as crianças ser vacinadas?

    Presente na conferência de imprensa, Luís Graça, membro da Comissão Técnica de Vacinação Covid-19, apontou que o objetivo na vacinação destas faixas etárias é “reduzir a transmissão do vírus”, uma vez que os efeitos conhecidos da contração entre os 12 e os 15 anos se mostraram pouco graves. Assim, a vacinação permitirá ainda garantir o bem-estar deste grupo etário.

    “O maior benefício que recebe [ao ser vacinado] é do seu bem-estar de saúde mental, social e educacional”, disse Luís Graça durante a sua intervenção na conferência de imprensa ao lado de Graça Freitas.”

    fonte: https://jornaleconomico.sapo.pt/noticias/conheca-as-razoes-que-levaram-a-dgs-a-recomendar-a-vacinacao-entre-os-12-e-os-15-anos-772492

    Reduzir a transmissão do vírus??
    Atendendo aos estudos que tem sido publicados isto não é fake news?
    A não ser que este senhor tenha dados que mais ninguém tem, mas se têm que os publique para que todos possamos ter acesso.

    “O maior benefício que recebe [ao ser vacinado] é do seu bem-estar de saúde mental, social e educacional”

    Inqualificável estes argumentos…

    “Benefício para a Saúde mental”?
    Para a degradação da saúde mental dos pais está ele a contribuir e muito…

    “Benefício social “?
    Então onde esta a primeira razão para a vacinação que é prevenir a doença grave e morte?
    Agora temos de dar vacinas a crianças para que tenham benefícios sociais?

    “Benefício educacional”?
    Esta então nem vou comentar, esta daria muito para dizer, aliás, esta no futuro vai fazer correr muita tinta.

    cumprimentos.

    • Chalupa pela verdade says:

      Todo este comentário é de uma deficiência cognitiva que até mete dó.

      “Benefício para a Saúde mental”?

      Se adultos como você ficou tão transtornado que se teve que refugiar numa dimensão paralela em que o vírus é uma conspiração um miúdo normal ficará assustado que possa transmitir o vírus e causar mal aos pais ou aos avós. Se estiver vacinado tal como os pais a probabilidade de acontecer algo de mal é infinitamente mais pequena -> Check

      “Benefício social “?

      Poderá estar com os avós, colegas, amigos sem estar constantemente em casa fechado por termos que estar sempre a entrar em estado de emergência para abrandar os casos -> Check

      “Benefício educacional”?

      Vai deixar de existir tele-escola, nem preciso de dizer mais nada -> Check.

      Em 2 minutos consegui deduzir isto. Burro.

      • meister says:

        Burro?
        Provavelmente tomara tu teres um recibo de ordenado com 4 dígitos seguidos de um “.” onde o primeiro digito é precisamente o numero 4 mas enfim, sou burro mas sou bem pago para o ser e não tenho problemas em o ser.

        Agora vejamos:

        “Benefício para a Saúde mental”

        Existe algum estudo cientifico publicado esta semana que justifique esta mudança de medidas por parte da DGS?

        claro que não, o que foi feito semana passada foi um mind game para as medidas que já estavam decididas.

        “Benefício social “

        Se as pessoas que estão vacinadas acreditam tanto na vacina nada tem a temer…
        O “Benefício” social é poderem ir a restaurantes e bares sem ter de fazer testes,
        testes esses que como defendem vários ilustres advogados neste pais dizem ser inconstitucionais, por exemplo podes ver aqui:
        https://www.youtube.com/watch?v=4m84cfw4BJg
        o Sr. Bastonários da ordem dos advogados defende o mesmo.

        “Benefício educacional”

        Aqui o que vão tentar fazer é exigir certificado também, felizmente a minha situação financeira permite-me colocar estas pessoas em tribunal caso isto venha a acontecer, mas nem todos podem fazer o mesmo infelizmente.

        Ter duvidas em relação a ESTAS vacinas não é ser contra as vacinas nem ser negacionista.

        Aconselho-te seriamente a mudar de Nick e até te posso dar uma sugestão se sua Iminência me permitir claro, poderia ser por exemplo Cruzado conta não vacinados.

        A estupidez e o grito, são as armas de defesa, de quem não tem argumentos.

        Lamento ter de ser um Burro a dizer isto.

        E mais… Lamento que a moderação permita este tipo de linguagem nestes debates.
        pessoas como tu pouco ou nada contribuem para o debate serio.
        disparas em tudo que se move apresentas poucos ou nenhum factos, tentas impor a tua opinião pelo grito e insulto.

        Neste tipo de debate fazes cá tanta falta como uma guitarra num estádio de futebol.
        Deverias resumir-te a tua insignificância se a tua intenção e insultar e tentar rebaixar as pessoas.

        Provavelmente deves ser um cachopo, ainda vais ter tempo de aprender na vida, espero que o consigas honestamente.

        Cumprimentos de um Burro.

        • ervilhoid says:

          Este chalupa sabe bem chamar burro aos outros

          Todos os que tem opinião diferente dele são burros

          • meister says:

            ervilhoid Concordo plenamente contigo.
            Mas vindo de quem vem ninguém se deve sentir ofendido.

            Cumprimentos.

          • Chalupa pela verdade says:

            Errado, todos os que tem opiniões baseadas em crenças, mitos e vídeo do youtube sem factos científicos são burros. Não é a minha opinião, é o que a ciência diz.

            2+2 =4, por muito que alguém diga que é 5. é um facto, não é a minha opinião.

          • C.S. says:

            Eu logo vi que 2+2=4 não era a tua opinião.

          • Chalupa pela verdade says:

            Orgulho neste menino, já tinha saudades do C.S.

        • Chalupa pela verdade says:

          Lol boa, é pena que todo o dinheiro do mundo não te possa tornar mais inteligente. aahahahahah agora fizeste-me rir com essa do tribunal. Espero que isso aconteça, de certeza que vai fazer manchetes no telejornal.

          Sim, realmente tu apresentas argumentos.. os teus argumentos são dizer “não, não são”

          ““O maior benefício que recebe [ao ser vacinado] é do seu bem-estar de saúde mental, social e educacional”

          Inqualificável estes argumentos…

          “Benefício para a Saúde mental”?
          Para a degradação da saúde mental dos pais está ele a contribuir e muito…

          “Benefício social “?
          Então onde esta a primeira razão para a vacinação que é prevenir a doença grave e morte?
          Agora temos de dar vacinas a crianças para que tenham benefícios sociais?

          “Benefício educacional”?
          Esta então nem vou comentar, esta daria muito para dizer, aliás, esta no futuro vai fazer correr muita tinta.”

          Peço desculpa realmente contribuíste muito para este debate.. LOL é só rir.

          Pega no teu dinheiro e investe num curso para aprenderes a argumentar com factos.

          Lamentas? Devias lamentar mais ser o tipo de pessoas como tu que andam a propagar falsas ideias e a levar pessoas que morram quando se tivessem sido vacinadas provavelmente não teriam tido mais que uma simples gripe. Mas realmente estes comentários é que são bons.

          Engraçado que falas em disparar e gritar, quando o teu comentário anterior parece escrito por uma criança a dizer não aos pais.

          Estás muito enganado.. a partir do momento que alguém baseia opiniões em tudo menos factos é o quê? Inteligente? Volto a dizer.. apresenta os motivos para não quereres ser vacinado e vamos ver o quão baseado em factos esses motivos são. E a partir daí podemos ter uma discussão séria.

          • meister says:

            “Pega no teu dinheiro e investe num curso para aprenderes a argumentar com factos.”

            É precisamente o que tenho feito, já tenho uma licenciatura e talvez para o ano consoante o tempo e as obrigações familiares me permitam acabe a segunda.

            “Engraçado que falas em disparar e gritar, quando o teu comentário anterior parece escrito por uma criança a dizer não aos pais.”

            Mais uma vez lamento não teres percebido o alcance dos meus comentários, pois a tua obsessão com a vacinação não te permite ver o que está a frente dos teus olhos.
            Mas devo dizer que não te vou ser eu a explicar, como te dizes uma pessoa inteligente com certeza chegaras lá.

            “apresenta os motivos para não quereres ser vacinado e vamos ver o quão baseado em factos esses motivos são. ”

            Todos os riscos e efeitos colaterais registrados até agora são apenas recortes dos últimos meses – isso deve ser destacado apesar de toda a euforia sobre o rápido desenvolvimento da vacina. Ainda não se sabe nada sobre os possíveis efeitos a longo prazo das vacinas individuais. Somente os estudos de longo prazo que acompanham as vacinações em todo o mundo e que continuarão após a aprovação proporcionarão clareza.

            Até o momento, falta informação sobre efeitos colaterais raros, possivelmente graves, por exemplo no caso de doenças raras pré-existentes ou em certos grupos de risco, como os que sofrem de alergia.

            Tais efeitos colaterais só se tornam aparentes após muitas pessoas terem sido vacinadas e após um período de observação mais longo. “Há, portanto, um risco residual”, diz Christian Bogdan, diretor do Instituto de Microbiologia Clínica, Imunologia e Higiene do Hospital Universitário de Erlangen, na Alemanha. “O quão alto ele é, terá que ser examinado nos próximos meses e anos”.

            O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas, mas tu estas cheias de certezas…

            “apresenta os motivos para não quereres ser vacinado e vamos ver o quão baseado em factos esses motivos são. E a partir daí podemos ter uma discussão séria.”

            Aqui devo-te dizer que” discussão séria” com fundamentalistas e ditadores de opinião nunca foi possível e não é agora que vai ser.

            Querias argumentos tens ai alguns, da minha parte a partir de agora ficas a estrebuchar sozinho (pois me parece que já toda a gente aqui te ignora).

          • Chalupa pela verdade says:

            Espero então que este segundo melhore 🙂

            O alcance do teu comentário atrás foi nulo, simplesmente disseste que não sem qualquer argumentação em condições e sem factos. Neste comentário já foi diferente e já temos algum sumo.

            Meses de testes que na realidade já são um ano e 2 meses. E como podes ver pelo link que envio abaixo a probabilidade de teres sintomas secundários após 8 semanas da vacinação é residual, logo faz as contas de quantas pessoas já tomaram as vacinas e tiveram efeitos secundários após as 8 semanas vs as que foram salvas do covid devido a terem vacinação completa.

            Como é óbvio para quem tem certas doenças deve ir falar com médicos e perceber se deve tomar ou não, são casos completamente diferentes. Estamos a falar da maioria da população que não tem associado outras doenças e só não toma porque diz que existem riscos associados muito altos quando após 14 meses de milhares de milhões de pessoas a serem vacinadas comprovou-se que a percentagem de efeitos secundários graves é extremamente pequena.

            Ninguém tem certezas de nada, existe um risco residual, mas uma pessoa inteligente como tu sabe de certo o que residual significa.. neste caso significa que os ganhos em tomar a vacina são muito superiores a não tomar e é isso que eu defendo.

            A tua solução (como és rico segundo o que dizes) seria ninguém se vacinar, continuarmos a confinar quando fosse necessário e continuarmos a criar mais pobreza. É isso? Ou então deixarmos a natureza seguir o seu curso natural e morrerem as pessoas que tivessem a morrer? Só para perceber o que defendes já que vacinação não é.

            https://www.uab.edu/news/health/item/12143-three-things-to-know-about-the-long-term-side-effects-of-covid-vaccines

  15. ToFerreira says:

    Não vejo grandes fundamentos para esta decisão. Pesando prós é contras parece-me que a decisão tomada não é a mais correta.

  16. DFS says:

    Eu concordo com a decisão, mas acho que a DGS ficou outravez mal na fotografia.
    Tem morrido poucas crianças, mas tem havido vários relatos de crianças que tem problemas de alguma gravidade 3 semanas após a infeção.
    Parece que a percentagem de crianças que tem problemas com a covid é superior à que tem problemas com a vacinação.
    Além disso, se isto permitir que uma turma não vá 2 semanas para casa sempre que há um caso de covid, já pode ajudar na saúde mental e educacional dos jovens e famílias.
    É verdade que há estudos em que relatam casos em que pessoas vacinadas tem níveis elevados de covid, mas nunca foi dito que isto é sempre assim, provavelmente na maior parte dos casos a vacinação reduz o contágio. Além disso, se uma pessoa não tiver sintomas, não tocir nem espirrar, pode ter o virus mas a capacidade de contágio é muito inferior a uma pessoa que tem sintomas.

  17. Shout says:

    Mais cedo ou mais tarde toda a gente vai ser vacinada, ou pela vacina ou de forma natural pela doença. Para os não vacinados negacionistas, desejo boa sorte na lotaria genética.

  18. Joaquim Sobreiro says:

    Procuras emprego como delegado de propaganda médica ou já estás orientado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.