Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Autoagendamento da dose de reforço para maiores de 25 anos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. jorgeg says:

    Os não vacinados, propagam, apanham e morrem de covid enquanto os vacinados propagam, apanham e morrem covid mas estão vacinados! Bora la reforcar!

    • Zed says:

      Ainda essa conversa idiota? Haja paciencia…

    • john nando says:

      morrem mas vão para o céu…

      Agora sem brincadeira, acho bem que as pessoas tenham a possibilidade de se vacinar, a única coisa que não concordo é com o Apartheid que estão a fazer com quem não se decidiu vacinar.

      • Zed says:

        Achas mal responsabilizar as pessoas pelas suas escolhas, sendo até que estas têm repercussões nos direitos e liberdades de terceiros. Está certo…

        • Pablo says:

          Não sou vacinado, nunca tive o vírus. Já vacinados vi a terem e a contaminar terceiros.
          Quem limitou a liberdade de outros? Eu?
          Deixa te de mortalidades da treta…
          Facista…

          • Memória says:

            Pode custar a acreditar, mas “os terceiros” a que Zed se refere são os “vacinados”, que, é claro, estariam protegidos pela “vacina”

          • Pablo says:

            Queria dizer moralidade *

            Sim terceiros que estão super protegidos da vacina. Mas que têm medo do vírus dos não vacinados.

            Devem ser estirpes diferentes.

            Tipo raça preta no tempo do Apartheid.

          • Zed says:

            Saturar os hospitais impedindo o acesso de outros, é interferir com as suas liberdades e direitos, penso que não precisarás de um desenho para entender isso. E essa conversa de faScista já cheira mal, arranjem argumentos de jeito sff.

        • Luís Costa says:

          Conversa para encher chouriços muito mais agora com esta variante.. um bigodinho estilo hitler ficava-te bem.. os vacinados propagam também, alguém os tá a culpar? A maioria dos que estão nas UCI a bater com as costelas são pessoas vacinadas mas com doenças associadas ou os grupos de risco (o que é normal) e vens tu com essa conversa de encher barrotes?

          • Nuno Teixeira says:

            Não sejas mentiroso ou não digas o que não sabes
            https://ourworldindata.org/covid-deaths-by-vaccination

            Mais especificamante nos EUA:
            https://covid.cdc.gov/covid-data-tracker/#covidnet-hospitalizations-vaccination

            «In December, compared to fully vaccinated persons in each group shown below, the monthly rates of COVID-19-associated hospitalizations were:

            16X Higher in Unvaccinated Adults Ages 18 Years and Older

            9x Higher
            in Unvaccinated Adolescents
            ​Ages 12–17 Years

            12x Higher
            in Unvaccinated Adults​
            Ages 18–49 years

            17x Higher
            in Unvaccinated Adults​
            Ages 50-64 years

            17x Higher
            in Unvaccinated Adults​
            Ages 65 Years and Older»

          • Luís Costa says:

            @Nuno vai ver a porcaria das linhas vermelhas e tira as conclusões.. falava de Portugal e o número de doentes nas ucis como o número de mortes é mais elevado nós vacinados e esses números que arranjaste são de probabilidades não do valor real

          • ervilhoid says:

            Se é palermice deixa para lá

          • Nuno Teixeira says:

            Estes números nos EUA são probabilidades?
            Não, são por ordem de grandeza e mostram que, de facto, quem não está vacinado corre mais riscos de ir para os cuidados intensivos

        • Alpha says:

          mais um com um discurso fascizante…

          • Nuno Teixeira says:

            O Olavo de Carvalho também dizia o mesmo que tu e vê lá onde foi parar…

          • ervilhoid says:

            Que tem o Olavo de Carvalho? Queres exemplo do contrário?

          • Nuno Teixeira says:

            @ervilhoid

            O Olavo (supostamente) não tomou as vacinas e já se foi. Não serve, de facto, como exemplo porque pertencia a um grupo de risco.

            Agora dá-me lá o teu exemplo. Ninguém diz que a vacina é 100% eficaz mas que está a ter efeito está. Basta olhar para os números e ver a queda que houve.

            Será que me vais dar o exemplo do Trump ou da família do Bolsonaro que são todos anti-vax mas vai-se a ver estão vacinados?

          • ervilhoid says:

            Há montes de exemplos que tomaram a vacina e bateram a bota.

            Basta olhar para os números? Gabam-se que as variantes são menos letais depois dizem que o milagre é a vacina. + milhões que já adquiriram imunidade e boom

          • Zed says:

            argumentum ad hitlerum
            Só falácias, argumentos 0.

          • Zed says:

            @ ervilhoid, também há milhares que levavam cinto de segurança e morrreram num acidente de carro, será que o cinto não é eficaz?
            Tal como há milhões que fumam a vida toda sem ter cancro de pulmão e outros que nunca fumaram e morrem dele. Estás a entender a palermice do teu pseudo-argumento?

    • Memória says:

      Poderá haver algo de mais estúpido do que vacinar, e vacinar, e reforçar, e reforçar quem não precisa contra uma variante que práticamente está desaparecida enquanto que mais de 95% das novas infeções é pela variante Omicron, que é quase inofensiva e oferece imunidade natural a longo termo?

      • Zed says:

        Haverá algo mais estúpido que encher os hospitais, deixando outros doentes de fora, para adquirir imunidade natural, quando existe uma vacina?

        • Memória says:

          Claro que há: Passear na Baixa de Lisboa com colete de salvação devido ao tsunami de Tonga provocado pelo vulcão que explodiu no mar a 14 de Janeiro

      • Há cada gajo says:

        Imunidade natural a longo prazo? Como sabes isso se a variante tem tão pouco tempo? Foste á bruxa?

        • ervilhoid says:

          Da mesma forma que afirmam que as vacinas são 100% seguras e eficazes lol

          • Há cada gajo says:

            E não são seguras ? Se levaste a vacina, já te cresceu um terceiro braço ou perna, ou tens uma orelha a mais ? Ou cresceram-te antenas para captação do 5G ? Não são eficazes a combater a doença grave ? Os números diariamente divulgados são só fantasias, certo ?

          • ervilhoid says:

            Não nasceu nem vai nascer.
            Quanto à vacina da gripe fica também com ela

        • Memória says:

          Espero que não te ofendas se disser que confio mais na bruxa do que na tua “sabedoria”.

          Como é sabido a infeção pelas outras variantes deixaram as pessoas “mais imunes” que as pseudo “vacinas”.

          • Vítor M. says:

            Quer dizer que depois de tomares a vacina ficaste menos imune? Quer dizer, tomaste até a de reforço, mas achas, entendes tu, que estás menos protegido?

          • ervilhoid says:

            Vitor não sei sobre isso mas a própria União Europeia já disse que muita dose de reforço pode ter o efeito contrário que desejam

          • Há cada gajo says:

            Minha sabedoria ? Então qual é a tua para dizeres o que disseste ? E relativamente à proteção contra a doença grave que é o que a vacina faz, o que é que nesta altura ainda não percebeste ? A vacina da gripe, eliminou a gripe, ou apenas protege da doença grave ? Elucida lá aqui o pessoal.

          • Memória says:

            Vitor – Como sabes não tomei nenhuma (nem vou tomar), mas há quem fale em “super-imunidade” que seria infeção+vacina.

            Tenho muitas dúvidas sobre esse conceito, dada a história das empresas fabricantes de vacinas e os seus interesses em sustentar o negócio

          • Vítor M. says:

            Não é verdade. Tomaste todas. Está mais que provado. Por isso acho estranho teres um discurso tão avestruz. Mas, poderá ser algum problema relacionado com pressões. Isso pode ilibar esse comportamento.

          • Memória says:

            Há cada gajo – É evidente que a tal “proteção” deixa muitíssimo a desejar. além de não se saber dos efeitos a longo prazo.

            Vacinar contra a Omicron com a “vacina” que deveria proteger contra a Delta? Estúpido

            A vacina da gripe? Parece que a deste ano foi mais um falhanço total, já li que nem 10% de proteção oferece (acho que li isso num artigo da CNN, portanto para ti verdade por definição)

          • Memória says:

            Se quiseres ler algo de jeito sobre a relação gripe/covid e as medidas anti-ambas aconselho-te a ler:
            https://www.juliusruechel.com/2022/01/the-false-god-of-central-planning.html

          • Vítor M. says:

            Bateu-te fundo mesmo a vacina. Mas estás protegido pelo menos. E a memória protegida vale por uma tribo de índios!

          • Memória says:

            Vitor – Posso garantir que não tomei, nem vou tomar nenhuma.

            Mas fiquei a pensar que se calhar muitos portugueses também não tomaram nada, e também não vão tomar, mas se um “recenseador de vacinas” passar por eles e achar que “têm pinta” de terem sido vacinados. então são considerados “vacinados” – uma cruz atrás do nome e “já está “.

            O país do “faz de conta” no seu máximo esplendor 🙂

            Será que mais de 50% dos portugueses foram realmente vacinados?
            😉

          • Vítor M. says:

            Foi depois da primeira dose que te tornaste assim? Ou foi depois da segunda? à terceira não voltou ao normal? 🙂 não é necessário estares sempre em negação. Pronto, tomaste está tomado, deixa lá isso.

    • Há cada gajo says:

      Outra vez? Tá difícil de entender?? Irra, depois de tanto tempo…

  2. Hehehe says:

    Hehehe…Noticia do JN :
    As pessoas com infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e que estão vacinadas adquirem uma “super imunidade” que é muito superior à proteção imunológica de quem apenas recebeu a vacina, sugere um estudo divulgado esta segunda-feira…..nem li a que estudo eles se referem , mas já tinha visto um estudo Israelita há meses que dizia mais ao menos o mesmo , só que dizia também que os não vacinados que tivessem recuperado tinham praticamente a mesma proteção que os vacinados infetados …Vacine-se quem quiser , porque eu já estou super protegido….sem tomar qualquer dose….Muita piada me deu ouvir o diretor dos serviços intensivos do S. João dizer que anteriormente devido á falta de experiência com esta doença , doença covid , internavam todos os que dessem positivo…..como doentes covid …mesmo que não tivessem doença covid ..Por outras palavras : entravam com uma perna partida e testavam positivo , contavam como doentes covid . Portanto , digo eu , é impossível comparar números de internados , numero de mortos ….com os atuais …porque os critários eram diferentes ….e diz esta gente basear-se na ciência …Não sei que raio de ciência é que eles usam , mas parece-se mais com charlatanice…vale tudo para dizer que a vacina é que é boa ….Vacinem-se , que o chefe Costa trata bem o gado , segundo as palavras dele …

    • Hehehe says:

      O meu criticismo vai só para estas vacinas , todas as outras , como a do sarampo , são vacinas sérias , bem testadas , e que devem ser usadas. Estas vacinas , à medida que me fui informando , foi ficando cada vez mais claro que só se justificavam para quem delas precisasse …Esta pandemia , já podia ter sido controlada há muito , se não tivessem feito esta estúpida vacinação em massa

      • Zed says:

        Temos especialista…
        Se tivessem dado ouvidos a estes “especialistas de algibeira” já podíamos ter a pandemia controlada… que desperdício. Fechem-se já as universidades e façam mas é mais vídeos para o youtube!

        • ervilhoid says:

          Claro que podia ter sido controlada sem vacinas mas a tua universidade fica na televisão..

          • Nuno Teixeira says:

            Sim, houve países que controlaram sem o foco nas vacinas fazendo lockdowns sucessivos.

            Ficamos todos à espera da tua solução milagrosa.

          • Nuno Teixeira says:

            Não te esqueças de acrescentar à tua lista de maus da fita como a televisão: os investigadores e as agências de controlo de medicamentos nacionais e internacionais.

          • Pablo says:

            Teixeira este vírus é o terror…
            Então esta variante, se não fossem os testes, não passava duma constipação. XD
            O que interessa é que os certificados digitais vieram para ficar.
            Mais revolução dos últimos anos. Yeahhh

          • ervilhoid says:

            Ivermectina, Hidroxicloroquina

          • Zed says:

            Sou eu que tento argumentar com videos do youtube? 😀

    • Há cada gajo says:

      Se não estás vacinado como é que estás super protegido, como diz o estudo?

      • Pablo says:

        Todos temos um sistema imunitário… Penso eu de quê.

        • Nuno Teixeira says:

          Curioso, quem morreu também tem sistema imunitário
          Que raio de argumento…

          • Pablo says:

            Pois tb há quem morra msm com vacina. E mês com sistema imunitário.

            Relembro-te uma coisa. A gripe espanhola acabou em dois anos, sem vacina. E só houve um pico nos diversos países.

          • Zed says:

            Pois foi, e só morreram 50 milhões de pessoas… sucesso! 😀

          • Há cada gajo says:

            Pablo, tens de ler melhor a história da gripe espanhola. Só para não fazeres figuras.

          • Pablo says:

            Zed 50 milhões com um teste positivo. XD
            É bem diferente de morrer da doença.

            Continuar acreditar no bicho papão.
            Na 3a, na 4a e blablabla…

            Eu não conheço ninguém que morreu de covid.

          • Zed says:

            Morreram 50 milhões com a gripe espanhola e o sistema imunitário sozinho, não sabias?
            Eu também não conheço ninguém com SIDA, deve ser mais uma invenção dos governos para nos enganarem.

          • Há cada gajo says:

            É por isso Pablo que tens de sair da tua redoma e tomar um banho de realidade.

          • Pablo says:

            Banhos de realidade é vocês andarem mostrar um certificado da treta. Acham se superiores com mais direitos que outros.

            Pop. quase toda vacinada e continuam com o país atado em regras de caca.

            São mais 15 dias para acatar a curva.
            Tudo fiC bem dps da Vacina.

            Moralistas da treta

        • Há cada gajo says:

          Também não leste o artigo, claro está…

  3. HL says:

    Eu leio estes comentários e pergunto-me se hei de acreditar nestes totós ou se hei de acreditar nos cientistas e naqueles que criam as vacinas para que salvem milhões de vidas.

    • ervilhoid says:

      Continua a acreditar quem baniu um tratamento seguro para vender vacinas e 2 anos depois admitem poder usar esses mesmos tratamentos

      • Nuno Teixeira says:

        Fontes? da minha cabeça, Vozes

        • ervilhoid says:

          Não são vozes da cabeça, são vozes em que o próprio CDC agora admite usar os tratamentos banidos anteriormente..

          Se achas que vacinas funcionam tudo bem, respeito mas não me obriguem a nada quando o próprio CEO da Pfisser dizia que uma era 100% eficazes e 100% seguras e há dias admitiu que as duas primeiras não serviam de nada..

          • ervilhoid says:

            Se mostraram não ser 100% eficazes como podem afirmar que são 100% seguras?

          • Nuno Teixeira says:

            Senão sabes distinguir entre eficácia e segurança nem vale a pena continuar a ‘discussão’

          • ervilhoid says:

            Não está fácil.. foi dito várias vezes que era 100% eficaz e 100% segura, ao longo de do tempo foram dizendo que não era assim tão eficaz, eu pergunto, como podem continuar a afirmar que é segura se falharam na garantia de eficácia?

          • Nuno Teixeira says:

            Tu é que estás a dizer que é 100% segura e eficaz. Nenhuma vacina o é. Há possiveis efeitos adversos e não dá garantia total de eficácia.

            É assim tão difícil de entender que tomar a vacina é muito mais seguro do que se infectar naturalmente como muitos propunham?

            Só falas dos efeitos adversos da vacina porque te convém que estão relacionados com a reacção do sistema imunitário. Como se o virus real também não tivesse possiveis efeitos adversos e não deixasse sequelas.

            Estás tão deslumbrado com essas teorias sobre ganhos astronómicos das farmacêuticas e com o suposto controlo das massas que preferes acreditar nessa treta do que a tentar saber como funciona uma vacina e como isso impacta no controlo da pandemia.

          • ervilhoid says:

            Não fui eu quem disse, foram as autoridades de saúde e governos que disseram

          • ervilhoid says:

            E atenção não sou contra a vacina, defendo que é que não seja obrigatória nem ninguém seja discriminado

          • ervilhoid says:

            Ouvi, antes uma chegava e agora 2 oferecem pouca se alguma proteção.

            Pronto eu respeito que tomes as que quiseres, eu defendo que deveríamos ter optado pela alternativa, que até os médicos portugueses disseram logo no início que deveria ter sido levado em conta

        • ervilhoid says:

          Antes que digas que são vozes da minha cabeça houve la o Boss

          https://m.youtube.com/watch?t=97&v=lhMbKyDq9_w&feature=youtu.be

          • Zed says:

            Já cá faltava o belo vídeo do youtube… 😀
            Ridiculo…

          • ervilhoid says:

            Zed não tenho o que te faça e sinceramente não vou perder mais tempo, o vídeo está no YouTube mas é uma entrevista oficial do CEO da Pfiser

            Não tenho mais que te diga

          • Nuno Teixeira says:

            @ervilhoid

            Mas tu ouviste bem o que ele disse? Disse que duas doses davam pouca protecção e que era necessário uma 3ª dose para aumentar a eficácia.
            Se perguntas se eu gostaria de não ter que andar sempre a tomar vacinas? Claro que não, mas por enquanto é o melhor que temos como 1ª barreira e vou tomar as que forem precisas segundo o que as autoridades médicas decidirem.

          • Zed says:

            Não sabes o que me faças? É simples, argumenta com factos. É assim que eu ensino na minha universidade, não foi assim que aprendeste na tua? Aprendeste a argumentar contra factos? A distorcer e descontextualizar informação?

          • ervilhoid says:

            Tu é que vieste com essa de um vídeo no YouTube como se fosse um gajo qualquer que fizesse o upload..
            Quanto ao resto não vou comentar mais, não vamos chegar a lado algum

            Toma lá as doses todas e a da gripe também, toma a minha todos os anos ofereço-ta

  4. ? says:

    Eu sou daqueles que estou só a ver. (Mas com consciência levando uma vida respeitadora do próximo e acima de tudo respeitadora da minha própria opinião/visão).

    Existe imensa informação censurada pelas grandes empresas e a maioria da que chega aos nossos ouvidos é mais da mesma propaganda, portanto convido a todos os interessados a investirem 15min do vosso tempo para ouvirem estes dois senhores
    https://freedomplatform.tv/rose-icke-6-the-vindication/

    Com isto não estou a dizer que concordo cegamente com tudo o que o senhor David diz mas que é estranho o “sistema” o abafar da forma que abafou nos últimos anos é. A pergunta que todos devíamos fazer é porque existe tanto interesse em silenciar este senhor (tal como tantos outros)? E quem são esses interessados?

    Um bem haja a todos!

  5. Zed says:

    Não sabes o que me faças? É simples, argumenta com factos. É assim que eu ensino na minha universidade, não foi assim que aprendeste na tua? Aprendeste a argumentar contra factos? A distorcer e descontextualizar informação?

  6. Memória says:

    Incrível como fizeram quase tudo bem, algumas vezes contra a minha opinião na altura


    A Suécia decide não recomendar vacinas contra COVID para crianças de 5 a 12 anos

    ESTOCOLMO, 27 Jan (Reuters) – A Suécia decidiu não recomendar vacinas contra a COVID para crianças de 5 a 11 anos, disse a Agência de Saúde nesta quinta-feira, argumentando que os benefícios não superam os riscos.

    “Com o conhecimento que temos hoje, com um baixo risco de doenças graves para as crianças, não vemos nenhum benefício claro em vaciná-las”, disse a autoridade da Agência de Saúde Britta Bjorkholm em entrevista coletiva.

    Acrescentou que a decisão pode ser revista se a pesquisa mudar ou se uma nova variante mudar a pandemia. Crianças em grupos de alto risco já podem tomar a vacina.

    A Suécia registrou mais de 40.000 novos casos a 26 de janeiro, um dos números diários mais altos durante a pandemia, apesar dos testes limitados. Enquanto a quarta onda viu os recordes diários de infecção serem quebrados, os cuidados de saúde não estão sob a mesma pressão das ondas anteriores.

    Na quinta-feira, 101 pacientes com COVID necessitaram de cuidados intensivos, bem abaixo dos mais de 400 pacientes durante a primavera de 2021. No total, quase 16.000 pessoas morreram de COVID na Suécia desde o início da pandemia.

    O governo da Suécia estendeu nesta quarta-feira as restrições, que incluem horários de funcionamento limitados para restaurantes e um limite de público para locais fechados, por duas semanas, mas disse que espera removê-las a 9 de fevereiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.