Quantcast
PplWare Mobile

Cientistas procuram “poderosos transmissores alienígenas” escondidos no espaço

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Nuno V says:

    “cientistas terem teorias onde concluem que a vida na Terra foi obra da sorte”
    Poderiam indicar-me onde foi publicada tal teoria?

      • Nuno V says:

        Caro Vítor, existe uma diferença quando um cientista fala para os media e numa publicação científica. Por alguma razão, quando lês as publicações científicas de Toby Tyrrell em alguma parte este diz que foi sorte. Deu sim as probabilidades. E a palavra teoria na ciência têm um significado específico.

        • Vítor M. says:

          Tal e qual como está descrito, sem tirar nem pôr. Obrigado pelo sublinhado. Mas espero que o link te tenha enriquecido um pouco mais, já que desconhecias os dados apresentados.

          • Nuno V says:

            Meu caro, eu já conhecia o estudo em questão, nomeadamente antes de teres feito o artigo em questão. E já eu sabia especificamente a que estudo te referias quando disseste neste artigo “teorias onde concluem que a vida na Terra foi obra da sorte”. Tal como disse o estudo não é uma teoria, mais uma vez, teoria na ciência têm um significado específico, segundo, tal como disse em parte alguma diz neste que foi sorte. Sabes Vítor, eu obtenho a minha informação científica nas publicações científicas, não em blogs ou notícias.

          • Vítor M. says:

            Tu? Obténs nada, ó, só conversa fiada. Sempre a mesma conversa fiada. Mas ok, eu faço de conta que acredito em ti 😉 abraço.

          • Nuno V says:

            Xi, o Vítor não acredita em mim? Que irei eu fazer com a minha vida com esta desilusão. Até me apetece chorar quando uma pessoa sem formação relevante na área diz que é só conversa fiada.

          • Vítor M. says:

            Acredito, então não acredito. Claro que sim.

          • Nuno V says:

            Fazes bem.

    • deeppurple says:

      Chamam-lhe sorte porque simplesmente não conhecem a verdade.
      Tão típico como usar o argumento dos milhõõõõões de anos para tentar justificar tantas coisas para as quais também não encontraram resposta verdadeira.
      Até para esta afirmação: “A Terra tem vida há mais de 3 mil milhões de anos”, não há evidência científica irrefutável. Muitos cientistas não passam de teóricos e muita da ciência que se conhece é assente em premissas dubias, como por exemplo, vários métodos de datação usados.

      • Vítor M. says:

        Certo, e quais são as tuas bases para criticar as teorias dos cientistas? Zero credível, certo? 😉

        • José Bonifácio Boni. says:

          Vítor M.;

          Responde aí:

          Por que tu impedes postagens da maioria dos meus comentários?

          Tu achas que os mesmos não fazem sentido algum?

          Ou seria porque pego pesado?

          • Vítor M. says:

            Porque é sempre a mesma ladainha. Sempre gigantes rezas em volta de um tema com desinformação. Eu já disse que não faz sentido. Um constante espiritualismo, com um toque paranoico “deus Marte da guerra”… não faz sentido, só junta ruído. Quer participar? Então seja pratico, sóbrio, eficaz, mesmo tendo o seu ponto de vista, mas repetir SEMPRE a mesma ladainha? Por favor…

          • José Bonifácio Boni. says:

            Repetir inúmeras vezes, que o homem que limitado é até mesmo a pouquíssimas radiografias dentárias, pisou e ficou por horas no ESTABILIZADOR ENERGÉTICO ATÔMICO TERMONUCLEAR que estabiliza a rotação e ciclos das marés em nosso PLANETA… Estabilizador, que tu chamas primitivamente de LUA:

            Pode?

            Acusar-me também também inveridicamente de ser espiritualista, logo eu que digo na apresentação do meu blogger:

            ” Tudo sempre foi é e sempre será, ENERGIA CRIADORA… Energias criadas… E energias procriadas. Até mesmo nossos corpos, compostos são por 7 OCTILHÕES DE ÁTOMOS, micros unidades energéticas atômicas termonucleares baixas que chamam equivocadamente de matéria, movidos por COMBOS ENERGÉTICOS DE EV = ENERGIAS VITAIS, compostos por 3 Energias Médias, EM = Energia Motriz… EI.D = Energia Inteligente Diferenciada… E ED.D = Energia Diferenciada De Discernimento, que nos diferem de subespécies. Combos Energéticos De EV = Energias Vitais, que chamam equivocadamente de ESPÍRITOS”

            Também pode?.

    • José Bonifácio Boni. says:

      Nobre Nuno V;

      Para ti, basta que tenham publicado nas mesmas revistas científicas, que também publicaram que o homem pisou no ESTABILIZADOR que tu chamas de LUA, para tu aceitares de primeira, sem contestação alguma?

      Se tu solicitastes a fonte, é porque decerto, não concordastes com tudo.

      Nunca jogues na Euromillions mesmo que seja aposta mínima em probabilidade… Pra ver se tu ganhas alguma coisa!

      Logo tu cara, uma pessoa de considerável inteligência, vai logo engolindo?

      No dia que tu começares a questionar muita coisa pela incorrigível lógica, tu assustarás o mundo.

      Pensa nisso.

      • José Bonifácio Boni. says:

        Gostei da contestação Nuno V.

        Não podemos mais aceitar tudo que publicam, mesmo quando achamos totalmente fora da lógica.

        Como pode a ciência que diz basear-se em exatas… Desprezar a lógica da probabilidade, fundamentando-se apenas, no que dizem ser sorte como princípio?

        Na verdade, desconhecem até mesmo o que seja VIDA, muito mais ainda, como tudo começou.

        É muito mais lógico o que digo, que tudo foi criado e projetado pela ENERGIA ÚNICA INTELIGÊNCIA INFINITA CRIADORA… Já que tudo incontestavelmente, energia é.

        Continue assim Nuno V, honrando tua inestimável inteligência.

      • Nuno V says:

        Existe uma diferença entre publicação científica, principalmente se for revista por pares com a comunicação social. As publicações científicas têm as metodologias e resultados e tudo o que é necessário para repetir os resultados. O que tu afirmas é sem qualquer fundamento e verificação.

        • José Bonifácio Boni. says:

          A mesma coisa, diz o Vítor M. de ti.
          Kkkkk.

          Eu pelo menos acho que mesmo sendo extremamente primitivo cientificamente, comparando-te ao antigo grego Demócrito… Tu sabes alguma coisa.

          • Nuno V says:

            O Vítor pode dizer o que quiser, tal como tu.

            Continuo a dizer quando conseguires demonstrar a tua verborreia falamos. todas as explicações científicas têm aplicações práticas, o que tu escreves não serve para absolutamente nada.

            Demócrito, embora extremamente avançado para o seu tempo, o seu conhecimento quando comparado com o atual é muito, mas mesmo muito, básico. O seu conceito de átomo era totalmente errado.

          • Vítor M. says:

            Uma coisa é certa… está aqui uma dupla incrível. Nunca acabem 😀

            Abraço a ambos.

            Bom fim de semana.

          • Nuno V says:

            Alguém tem que corrigir as ineptitudes científicas dos leitores visto os autores serem incapazes de tal.

          • Vítor M. says:

            E para ti é o José Bonifácio que o faz? Deixa os cogumelos rapaz…

          • Nuno V says:

            Quanto aprenderes matemática avançada, como por exemplo, cálculo tensorial, pode ser que consigas ler um papel científico. Até lé remete-te à tua ignorância.

  2. gambuzino says:

    Como se nós conseguisemos entender tecnologia com centenas ou milhares de anos de avanço em relação á nossa … ridiculo !
    Como o projecto SETI; andam á decadas á escuta de ondas de rádio, devem estar á espera de ouvir “a bola” do outro lado da galaxia :/

  3. Zezoca says:

    Ele há cada um, que parecem dois…deixem vir mais maltinha desta para Portugal…isto já está um espetáculo…segundo os políticos o país ainda precisa de mais 250 mil destes ambrósios para colmatar a falta de mão de obra…estamos condenados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.