Quantcast
PplWare Mobile

Agora é com o novo Edge? Microsoft não quer que use outro browser no Windows 10

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Joaquim says:

    E qual é o problema de a Microsoft sugerir a instalação do seu produto? A Google não faz o mesmo com o Chrome? Se fizermos uma busca no Google a partir de outro browser de imediato aparece uma janela a sugerir a instalação do Chrome! Deixem-se desse ataque cerrado à Microsoft…

    • Luis says:

      A diferença é que, na internet você pode optar por não usar o Google. Já quando seu próprio sistema operacional faz isso, torna-se irrelevante e bastante ridículo, ainda mais para quem pagou pelo Windows não ter um produto com aspecto premium.

      • Tiago Eusébio says:

        Nunca nos meus Mac tive opção de escolha do browser durante a configuração do sistema. É algo que não percebo, esta guerra.
        Androids são agora obrigados a mostrar opções de escolha. Microsoft é obrigada a mostrar opções de escolha e nem o seu próprio produto, que faz parte do seu sistema, tal como o Safari, pode divulgar?

        • Luis says:

          No Linux, temos a opção de desinstalar qualquer browser e isso não faz quebrar o sistema. Em algumas distros, há a opção de escolhermos qual browser queremos instalar logo durante a instalação. Algumas distros, não vem browser algum, você que escolhe qual quer, exemplo do Arch.
          Eu sou a favor da liberdade. Tente você, remover o Safari ou mesmo o Edge de forma completa do sistema e verá que é impossível a não ser que faça umas modificações da ISO o que é ilegal, segundo a MS.
          AOSP é diferente de Android. Android tem os lixos da Google, AOSP puro não. O que vemos nos smartphones é Android by Google e não AOSP puro. Se queres AOSP terá que baixar uma custom rom e não instalar o Google Apps (gapps). Há opções prontas como /e/ foundation rom e LineageOS for MicroG. Além de outras sem os blobs proprietários da Google.
          Eu não sou a favor de: instalar o browser X por padrão e depois o usuário não ter como “removê-lo”.

        • mlopes says:

          nunca tiveste possibilidade de escolher o browser no macos mas nunca tiveste publicidade como a que se vê na última imagem do artigo nem sequer tentativas publicitárias de te fazer mudar de ideia depois de já teres outro browser instalado como a que se vê na segunda imagem do artigo

          • Lucas says:

            O macOS é um produto premium, enquanto Windows é coisa do povão, por isso vem cheio de lixo.
            macOS é tão da realeza que é caro e oficialmente só funciona se comprar um macbook ou imac. que os pobretes não podem.
            Sendo assim a maioria não reclama de não poder escolher o browser pq todos querem ter a chance de tocar no Safari. Ele é premium, só da Apple.
            É que nem muitos utilizadores da Apple usam apenas as opções de Office criadas pela Apple pq utilizar Office da Microsoft é coisa de plebeu.

          • Fulano says:

            Este Lucas para além de burro que nem uma porta, consegue exprimir e bem o que é ser ignorante.
            Para além de não dizer nada, nada diz de jeito.

          • Lucas says:

            Quem não é da Elite, obviamente não me entenderá. Afinal, os mouros são seres inferiores.

        • Eduardo says:

          A Guerra pode não ser clara pra você, mas ela existe.
          A Microsoft matou o Netscape assim, empurrando um produto pior na goela dos seus usuários. No final, pagou uma indenização bilionária e a Netscape fundou a Mozilla com parte da indenização.

      • a.gente.silva says:

        Ainda não entendi o que pretende

        • Abreu says:

          Lucas vais ser nomeado visconde da maçã roída!

          • Miguel says:

            Inveja? Safari e chrome são de longe superiores a está imitação barata do edge. Da Microsoft só se aproveita o office de resto o software e de fugir! Linux? Não é nem nunca será opção para ninguém por isso já nem 1% tem de mercado.

          • Lucas says:

            Tudo inveja de nós que usamos Apple.
            No fundo querem também usar, mas como não podem ficam falando mal.
            Pura inveja !

      • Toder says:

        “o seu proprio”?? what? o SO nao é vosso e depois o SO é “gratuito”, eu tambem nao gosto quando vou a pagina da google e levo sempre com a treta do popup a dizer para instalar o google chrome, sim sao duas coisas diferentes mas no final da no mesmo

      • TT says:

        Luís, tente desinstalar o chrome do android e todas as apps da treta que a google lá tem e depois falamos

        • Luis says:

          Fiz isso e instalei o microg e gasta menos bateria, funciona na mesma, além de ter mais privacidade. Isso é AOSP! Android em si é um lixo!

          Meu sonho mesmo é adquirir um Ubuntu Phone!

      • JP says:

        Mas quem foi o papalvo que pagou o windows 10?

    • TT says:

      +1 neste site a malta é anti microsoft, basta ver os posts diários a promover a migração do Windows 7 para o Linux!

    • Manu says:

      Faço o mesmo comentário à letra.

  2. Fulano says:

    Não estou a ver que tipo de problema exista. É normal uma empresa fazer publicidade aos seus produtos. Ou quando certas empresas que têm um fruto como logotipo o fazem já é bom?
    Nem vou falar que o Firefox actualmente não presta…

  3. Luis says:

    Queria ver se durante a instalação do Windows 10 aparecesse 5 browsers mais populares, exemplo: Chrome, Firefox, Vivaldi, Opera e Edge se realmente os usuários iriam escolher o Edge…

    Hahahaha. Obvio que ela nunca faria isso.

    Mas é óbvio que geral iria escolher Chrome ou Firefox, só os fanboys metidos a testadores que iam escolher o Edge.
    O que mais tem é user querendo remover essa praga e não tem como sem editar a ISO, mas volta novamente quanndo lançar uma nova build.

    • Danilo says:

      Isso seria épico, pois a Microsoft iria ver que ninguém quer seu navegador.
      Na vdd, se isso acontecesse ela levaria um tapa na cara dos utilizadores e como ela não é louca, continuará forçando seus produtos neles, metendo propaganda do sistema e muitos bloatwares, além de joguinhos inúteis que adoram se auto-reinstalar após serem removidos, curte Candy Crush?

    • Edexote says:

      Mas vocês nasceram ontem? Até meados do Windows 8 era exactamente isso que acontecia. Quando arrancavam o Windows pela primeira vez ele perguntava isso, dava hipótese de escolha de uma série de browsers .

    • Cf says:

      Sempre fui pro MS e tb sou adepto da liberdade da MS poder vender um Windows k só funcione com um browser, o deles, ok não? Só compra kem ker! Apesar k hj uso Opera, de longe o k fornece o melhor serviço como free VPN integrada, Modo Turbo…

  4. Danilo says:

    No Windows você não tem poder algum de escolha, isso não é novidade. Já não basta a Microsoft forçar seu lixo nos usuários, imagine um browser? Hahahaha.

  5. Nelson says:

    Finalmente a Microsoft tem um browser competitivo, mas agora é muito difícil tirar a liderança ao chrome que vem instalado qualquer telemóvel android.
    Eu não acho que a Microsoft esteja a forçar a utilização do Edge, está apenas a fazer publicidade ao seu novo produto. Se a Microsoft não pode fazer isto no Windows, então o Google Chrome também não deveria estar instalado por omissão nos telemóveis com o Android

  6. Matreco says:

    Se mostrar publicidade é sinónimo de “obrigar” alguém a algo, estamos bem tramados. Por falar nisso, volto já porque me estão a “obrigar” na tv a comprar pensos higiénicos apesar de ser um homem

  7. Luisa says:

    Google estará a saquear o Edge para que o mesmo fique inferior ao Chrome!

    Até parece que a Google vai querer ter um igual pra lutar!!!

  8. Luis says:

    O problema é que o novo edge está realmente muito bom!

    • Luisa says:

      Por baixo dos panos é Chrome.
      Logo você quer dizer que o Chrome está muito bom! É por isso que a maioria o usa 🙂
      Edge não tem nada de novo a não ser ser um fork do Chrome!!!

      • Luis says:

        Se calhar você queria dizer… Chromium!

        • Luisa says:

          Chromium é a base, mas o Edge tem coisas proprietárias, logo não é exatamente uma cópia do Chromium e sim do Chrome.
          Chromium não tem codecs proprietários, flash player nem DRM. Se você colocar tudo isso, transforma-o em Chrome.

      • AJ says:

        Não é verdade que o novo Edge “por baixo dos panos é Chrome” mas sim “Chromium”. Chromium é um projeto de código aberto que serve de base para vários browsers: Google Chrome, o novo Microsoft Edge, etc.

        • Luisa says:

          Sem tem coisas proprietárias não é 100% Chromium.
          Chromium é o core,
          O resto é uma copia fiel do Chrome. Ou melhor, Google Chrome.
          Tal qual é 90% dos browsers: Brave, Opera, Vivaldi e claro, Edge.

      • Vitor says:

        Luisa,pelo seu comentário chegamos à conclusão que você não tem opinião própria e nunca testou o novo browser da Microsoft…apenas replica os comentários dos detratores do Edge. É que o “problema” é precisamente ao contrário…as melhorias que o Chrome tem apresentado são devidas a algumas funcionalidades que o Edge trouxe ao “mundo” do chromium e “copiadas” pela Google para o Chrome! Pesquise e apreenda a evolução que o Edge trouxe no campo da poupança de energia nos notbooks,na racionalização do consumo de ram,na velocidade de navegação,etc! E não faça confusão …CHOMIUM é uma coisa e CHROME é outra!

        • Fernando says:

          Foi por isso que a MS se viu obrigada a trocar, foi exactamente por isso. Francamente.

        • Luisa says:

          Nada disso é importante. Chrome ainda é o preferidos por todos e o mais popular, devemos aceitar os fatos. Ninguém quer saber do Edge. Edge nada mais é que um browser pra baixar o Chrome ou mesmo Firefox.
          Ninguém, além de fanboys tem anseio em usar o Edge.

    • Woot! says:

      Está bom sim aparentemente. Mas a única coisa que me chateia e que me vai fazer remove-lo em breve é o facto de não conseguir mudar a searchbar (do Merdbing p/ outro qualquer) nas novas tabs.

      • Carlos says:

        Isso não é muito problemático. Muda o motor de busca para google na barra de endereços. Assim, mesmo no new tab a pesquisa é feita pelo google. Só se escreveres o texto na barra no bing (a que está mais abaixo) é que pesquisa pelo bing.
        Por outro lado, imagino, nunca experimentei, se tivermos sessão iniciada com conta MS, as pesquisas do bing (tal como aconteceu com o google) vão melhorando com a utilização, pois os tipos vão aprendendo com os resultados que selecionamos.

      • João M. says:

        Uso o google em vez do bing na barra de pesquisa e funciona bem… (vai a definições -> Privacidade e serviços/ Barra de endereço, e muda).

        • Woot! says:

          Sim eu tenho alterado na barra de endereço mas na nova tab não dá para mudar. E chateia-me o facto de estar lá a presença do Bing e não me dar a opção para mudar.

          • João M. says:

            ah! essa pagina . Raramente a uso por isso nem reparei. Podes sempre colocar como “nova página” a pagina da google.
            Perdes as paginas recentes mas ficas com a pesquisa já no que queres.
            No chrome era o mesmo, a landing page era para a google e nao podias mudar para bing 😀

  9. Sandro says:

    Mas é que eu não troco o Edge chromium, por mais nenhum, bate todos, em tudo, está óptimo, e ainda irá ficar melhor, com o tempo necessário, para fazer ajustamentos.
    Mas é assim, já estou habituado, aos comentários do contra.
    Quanto ao Windows 10, também não se percebe, que é que tem de mal, para mim, também está óptimo. Direi mais, está quase perfeito, uma vez que dizem que não há mesmo SO perfeitos. Também gostava muito do Win7,
    mas só para experimentar voltei a instalar, masssss bbbrrr, já ERA. Fica o DVD para relíquia.

    • AJMS says:

      “o Edge bate todos em tudo” em quê por exemplo? Para afirmar isso é necessário conhecer bem os outros browsers. Em personalização e funcionalidades o Edge ainda tem que evoluir muito para chegar ao nível de alguns existentes.

    • Luisa says:

      É isso que a Microsoft quer, agora além da Google roubar teus dados, terá a Microsoft junto no mesmo browser. Que delicia, né?

  10. Mauro Rodrigues says:

    a microsoft é proprietária do windows e é proprietária do Edge (antigamente internet explorer) e não vejo problema nenhum em usar a sua plataforma para promover e o seu novo browser. Aliás com a instalação do windows vem o browser do Edge instalado por defeito. Aliás houve uma altura em que quando era feito um especifico update do windows 7 era obrigatório à microsoft sugerir outros browsers como a firefox e o Opera, mas pelos vistos isso já não acontece, ja não me lembro muito bem. O que me parece é que com a paranóia do controlo da informação gerado pelo surgimento das redes sociais e o escândalo da cambridge analytica, as pessoas andam todas com receio de ninguém sabe ao certo do quê precisamente. A microsoft pode promover os seus produtos e serviços novos dentro dos seus próprios produtos e serviços antigos. O que é novo aqui é usar o nome do browser actual que está instalado, (que já não é assim tão recente quanto isso) esta moda que aconteceu precisamente entre a coca-cola e a pepsi na década de 90. Mas é apenas uma sugestão, as pessoas aderem ou não, têm escolha sobre isso.

  11. João M. says:

    Acho que isto é colocar a questão apenas para criar polémica. Windows é da Microsoft -> EDGE é da microsoft -> resultado, não acho nada anormal a microsoft criar publicidade para o EDGE. Até sejamos sinceros, a maior parte das pessoas que diz mal do EDGE ainda nem sequer o experimentou e está apenas a ser “fanboy” apenas porque sim. Este novo Edge, baseado em chromium, está excelente. Troquei do chrome para Edge e não tenho saudades nenhumas do Chrome. Só tenho pena do motor de pesquisa da google ser mais “poderoso” que o bing senão também mudava (também só não é porque nao usamos mais..).

  12. TT says:

    Falem do Android e da impossibilidade de desinstalar o chrome!

  13. Carlos Mariano says:

    Tanta diarreia cerebral em torno de um anuncio que pode ser simplesmente desativado, para não dizer que ninguém é obrigado a mudar nada independentemente da sugestão.

  14. Mauro Rodrigues says:

    Pois o problema reside precisamente no software dos telemóveis que não oferecem o mesmo controlo que os sistemas operativos dos PC’s, que têm uma maneira fácil de navegar no sistema de ficheiros e acesso aos programas instalados, é simplesmente mais diversificado e a favor do utilizador, mas as coisas têm melhorado nestes últimos anos. A restrição das outras marcas em manter controlo sobre o seu software, das aplicações “certificadas” e de como os utilizadores acedem, irá certamente sufocar sempre o desenvolvimento de novas ideias, como está a acontecer com a apple, a nintendo e a sega por exemplo, se não fosse o seu gigantismo já tinham desaparecido e a Playstation se nao tivesse criado a loja Steam não tinha crescido tanto como cresceu, precisamente porque abriu as portas a todos os criadores invés das restrições aplicadas pelos seus concorrentes . O OS do Amiga é outro bom exemplo que abriu muito mais as suas fronteiras e isso permitiu uma explosão de diversidade de jogos e software nos anos 80. Outro exemplo é aparecimento das dezenas de marcas de novos telemóveis oriundos da China, porque o sistema de patentes tecnológicas deles é muito menos restrito e aberto, o que provocou literalmente uma revolução em inovação, diversidade e competividade entre as diferentes marcas de telemóveis. A única coisa boa a surgir dos smartphones e mais pela Android foi precisamente a Store com as aplicações, mas é preciso fazer mais e dar mais controlo aos utilizadores, com um exploradores de ficheiros com pés e cabeça e um sistema de gestão de aplicações um pouco melhor.

  15. Miguel says:

    No Android o chrome nem da para desinstalar e nem Adblock pode ser instalado! No Safari do iOS pode instalar Adblock e todo o tipo de addons . Afinal Android e mais limitado até que iOS!

  16. Manu says:

    O ódio pela MS continua grande! A Google sugere PERSISTENTEMENTE fazer um “upgrade” para o Chrome quando se usa outro browser e ninguém se queixa.

  17. Justiceiro says:

    Venho aqui e vejo o estado geral deste país. Só gente desocupada a dizer tretas. Não entendem que quem desenvolve tem que trabalhar e recuperar os investimentos para pagar os santos ordenados. Sim é disso quw se trata por pão na mesa… Enfim só vejo tristeza de espírito.

  18. Diogo says:

    Não consigo perceber antes só havia um browser agora existem milhentos, meus amigos deixem-se de tretas e escolham aquilo que querem, não vejo mal na publicidade tantos outros fazem o mesmo.

  19. Werbet says:

    Besteira! Google é muito mais usado que outros buscadores, o fato do Windows ser o sistema operacional mais utilizado em máquinas não o torna o único.

  20. xico says:

    Algo que gostei bastante deste novo edge baseado no chromium ,foi a página de settings e também o facto de poderes colocar páginas web com apps! fica disponiveis no start menu e tem o comportamento de outra app qq do sistema operativo! já tenho pelo menos 6 páginas (as mais visitadas como apps, tanto no windows como no mac, sendo que no mac dá ainda ais jeito visto não existirem muitas apps na store)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.