Quantcast
PplWare Mobile

Afinal o Opera gasta ainda menos bateria que o Edge

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Kekes says:

    Essa diferença agora é porque usaram uma versão Dev e a MS não. Quando saia a versão aniversary do Windows seria interessante um teste das ultimas versões stable de cada browser, com adblock. Fica a a sugestão.

    • lmx says:

      hehheeh,
      O Opera é o melhor Browser do mundo 🙂

      Sempre foi, mesmo quando os grandes gigantes, mudaram as tecnologia WEB, para conseguirem ser competivivos…mesmo assim o Opera continua a dar uma coça neles 😀

      Dá-lhe!

  2. Kekes says:

    Essa diferença agora é porque usaram uma versão Dev e a MS não. Quando saia a versão aniversary do Windows seria interessante um teste das ultimas versões stable de cada browser, com adblock. Fica a a sugestão.

  3. Pinguino says:

    Optimizacoes a la windows. Nenhum bate o safari em autonomia, 14h no meu air

  4. luisnuxx says:

    “O teste de consumo de energia pelos browsers que a Microsoft realizou, mostrou que o Edge está melhor preparado para a Internet e para controlar os recursos que esta exige.”

    Vocês realmente têm esta opinião ?

    • Pinguino says:

      O edge da para ver as keynotes da apple, so por isso ja vale a pena usa lo.

        • Xinuo says:

          Todos os indícios que a MICROSOFT pode ter distorcido a comparação que ela divulgou, para que seu navegador, capenga, ficasse em primeiro lugar.

          Ao olhar o histórico ético da empresa nota-se: já deu golpes na IBM, APPLE e NOKIA (entre outros), ao perceber notícias sobre baixas vendas do Windows Vista e Windows Phone, divulga nº de vendas aos parceiros/revendedores, ou seja, queria contrapor as notícias de fracasso dando a impressão que as vendas eram boas, quando na verdade os produtos ficavam nas prateleiras levando poeira, ou, no caso do Vista, até que o consumidor levava para casa e pedia para substituir pela versão anterior do S.O.

          Agora temos uma comparação, sem detalhes de como foi feita, de um navegador capenga feito o Edge, com outros que sabidamente fazem mais coisas. Será que o Edge, quando vir a fazer as mesmas coisas, repetirá os bons números de consumo?

          Com a divulgação de forma ética feita pela Opera, abre-se a possibilidade de sites independentes possam repetir os testes de forma mais neutra e com mais credibilidade que a Microsoft.

      • Alvaro Costa says:

        Mas afinal não tens um Mac?

  5. Pinguino says:

    Que, compra windows come gelados com a testa, bateria miseravwl, virus, cou 100%, blue screens, malware, ransomware..tudo isso acaba se usarem macos ou linux

    • Sonicreducer says:

      A sério… fantástico .. tenho windows a 4 anos win7 win8 win8.1 win 10 .. utilização faculdade múltiplos ambientes de desenvolvimento . Vms solicitadas pelas cadeiras …resultado.. ainda não formatei o PC desde que o comprei … acho que devias espreitar o windows. E ver que desde o windows me a coisa evoluiu para melhor 😉 o caminho para uma escolha informada está na experimentação de todas as possibilidades

    • Hugo says:

      LOL ena…ou és muito burro…ou tenho tido muita sorte com windows.

    • KingDi says:

      E isto acaba de ter comentários ignorantes se não vieres para aqui …

    • MAFF says:

      Adoro comentários de fan boys da apple, dão sempre pa uma boa gargalhada.

    • PeterV says:

      Ó Pinguino sou utilizador de linux e windows, mas não percebo o porquê do comentário neste contexto. Firefox e Chromium utilizam o mesmo código fonte seja em linux ou windows. E destes OSs, cada um tem os seus pontos fortes e fracos. Tenho tido bem mais problemas de estabilidade em linux que em windows 10, em grande parte porque o linux é um ambiente muito mais diversificado que windows ( só em ambientes tens uma mão cheia: Gnome, KDE, LXDE) e quem colabora no desenvolvimento destes também gosta de impor as suas próprias ideias em vez de se focar num standard. E cada atualização estraga meia-dúzia de aplicações que antes funcionavam. Linux estável só Debian ou então voltar à linha de comando.

      • PeterV says:

        Para se perceber melhor : quando digo “Firefox e Chromium utilizam o mesmo código fonte seja em linux ou windows” estou a dizer que Firefox tem o mesmo código fonte em WIndows e Linux e o Chromium item. Não queria obviamente dizer que Firefox=Chromium.

    • eu mesmo says:

      Só tenho pena que o browser que tu usas ainda não tenha corretor ortográfico!

    • ZarkBit says:

      Vai tomar a vacina para a raiva pah, pareces um cao raivoso a espumar-se da boca

    • Y says:

      É que linux até nem come mais bateria nem nada lol bateria miserável tens em linux. Abre os olhos.

  6. luisnuxx says:

    Nem vou por ai,
    como e que se pode comparar um browser que simplesmente faz HTML render (incluindo client-side javascript) com um browser que praticamente é um sistema operativo. Um corre em todos os sistemas operativos, o outro corre só num.

    E nem vou falar no UI do Edge de tão básico que é.

    Penso que deveriam parar com estas comparações estupidas de coisas que não são comparareis.

    • luisnuxx says:

      Daqui a uns dias estão a comparar curl com Edge por este andar.

    • flavio says:

      Comparar o gasto de bateria de dois browsers não é comparável? Não percebi,o que é para ti uma comparação então?

      • Khidreal says:

        Não não são e sabes porque? tu estas a comparar o gasto de energia, não as funcionalidades. se fossem as funcionalidades era estupido, sim. A MS deu a sentença de morte do Edge indiretamente ao fazer aquele teste. se me recordo bem, no teste da MS, o edge é melhr que o Opera em apenas 27%. como tu dizes, sendo o edge tão basico e só gasta menos 27%, quando tiver todas as funcionalidades que tem o Opera (suporte a add-ons, mais opções, etc) ele poderá facilmente aumentar o seu consumo, tornando o edge praticamente igual aos outros browsers ou ainda pior a nivel de consumo de energia…
        ______________
        se a Opera estiver correta, isto por si só já revela que se o edge apesar de ser tão basico é pior que o Opera, então o edge não tem futuro, porque quando deixar de ser tão basico vai piorar.

        para além disso, para mim o edge não passa de um Internet Explorer versão 2, se é que me entendes. a MS teve o IE por anos e anos a fio e nunca o soube desenvolver, não vai ser agora com o Edge que vai bater os recordes de outras companhias com decadas de experiencias de sucesso nuns quantos anos. A MS ainda tem de comer muita sopinha… só um fator de que a MS se está a borrifar para o edge é que ele já nao leva um update à milhoes de anos… a esta altura já devia ter support a add-ons, PELO MENOS.

      • luisnuxx says:

        Como podes comparar duas coisas que não fazem o mesmo ?

        E o mesmo que comparar um “Renault Clio” com um “Porsche”.
        O Porsche consome mais claro mas também não e o mesmo. O motor e muito mais potente.

        Aplica-se exactamente aos browsers. O chrome e muito mais potente.

        Por muito que tentem os M$ fanboys não vão la . O Edge e um produto inacabado , lançado em fase “alpha 1”. Não estou a dizer que em 2 ou 3 anos eles podem ser comparáveis, mas não neste momento.

  7. Nuno José Almeida says:

    E demonstraram que a diferença entre o Chrome e o EDGE não é assim tão grande como tinha sido anunciado e tenho pena que não esteja aqui o FF. Demonstrada mais uma vez que a M$ é mentirosa.

  8. PeterV says:

    E o Firefox não entra na teste? Eu diria que o Firefox tem bem mais utilizadores que o Opera. E as funções do Opera de poupança de bateria ou bem me engano ou têm impacto na performance… , e sendo baseado no Chromium é basicamente um Chrome com alguns add-ons. O Edge…. pode ser rápido mas a renderização de fontes por exemplo é miserável em qualidade com um antialising que faz dores de cabeça.

  9. manuel says:

    Death to mocosoft!

  10. Osvander says:

    Uso o opera e jamais usarei outro…

  11. Xinuo says:

    Todos os indícios que a MICROSOFT pode ter distorcido a comparação que ela divulgou, para que seu navegador, capenga, ficasse em primeiro lugar.

    Ao olhar o histórico ético da empresa nota-se: já deu golpes na IBM, APPLE e NOKIA (entre outros), ao perceber notícias sobre baixas vendas do Windows Vista e Windows Phone, divulga nº de vendas aos parceiros/revendedores, ou seja, queria contrapor as notícias de fracasso dando a impressão que as vendas eram boas, quando na verdade os produtos ficavam nas prateleiras levando poeira, ou, no caso do Vista, até que o consumidor levava para casa e pedia para substituir pela versão anterior do S.O.

    Agora temos uma comparação, sem detalhes de como foi feita, de um navegador capenga feito o Edge, com outros que sabidamente fazem mais coisas. Será que o Edge, quando vir a fazer as mesmas coisas, repetirá os bons números de consumo?

    Com a divulgação de forma ética feita pela Opera, abre-se a possibilidade de sites independentes possam repetir os testes de forma mais neutra e com mais credibilidade que a Microsoft.

  12. Guilherme says:

    Abandonei o Edge a muito tempo em função de um bug que aos poucos consome toda a memória Ram. Resolvi tester após o teste da Microsoft, o bug continua. Vou continuar com o Opera!

  13. Freitas says:

    Já uso no telemóvel, bem acho que já tem vários motivos para o usar no pc.

  14. Homo Erectíssimo says:

    No final deste ano de 2016 já haverá um novo browser/navegador da equipa da Opera Sotware.Penso que será espectacular pelo que li neste artigo já há uns bons tempos(http://www.cnet.com/news/opera-software-new-browser-due-2016-chrome-firefox-safari/).Nunca mais me esqueci deste assunto pois sou doido por browsers. 🙂

  15. Alberto De Castro says:

    Opera is the best!

  16. Daniel says:

    Portanto, com Edge tenho pouco mais de 15 minutos de bateria do que com o Chrome, mas para ter edge tenho de abdicar de tudo que me fez passar do firefox para o chrome sem ter nenhum retorno excepto os 15 minutos extra. Nã, dispenso. Quando o edge fizer o que preciso (e que é hoje considerado regra) voltamos a fazer comparações e depois falamos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.