PplWare Mobile

Vendas do iPhone 11 Pro podem estar abaixo do esperado mas iPhone 11 pode vingar


Fonte: Seeking Alpha

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. Fixo says:

    Especular, por especular, há uma especulação interessante.
    A Apple vai dar um ano de subscrição gratuito da Apple TV+ a quem comprar um iPhone, um iPad ou um iPod touch, Apple TV ou Mac (a quem não comprar, são 4,99$ para toda a família)
    A Goldman Sachs diz que isso vai dar um grande prejuízo à Apple.
    A Apple diz que não, que não vai ter impacto nas contas, o que se pode entender como a Apple TV+ gratuita (durante um ano) promover a compra desses equipamentos.

    A Apple tem o mesmo problema dos vendedores de PCs quando se tornaram bons de mais para se trocar todos os anos ou de dois em dois anos. Quantos anos é que dura agora um portátil em média (já para não falar num Mac)?
    Trocar de iPhone com menos frequência tem um forte impacto nas vendas. A Apple está a diversificar o ecosistema e os serviços. Falta também saber o resultado do Apple Arcade a 4,99$mês.

    Quanto ao que vai vender o 11 e o 11Pro é cedo para saber. Convém também perceber que a Apple baixou bastante os preços.

    • joao says:

      baixo? aonde? o iphone 11 pro esta ao mesmo preço, o iphone 11 “desceu” mas a versao 128 que 64Gb é ridiculo em 2019, a quase 900 euros (880) nao é propriamente um aparelho barato em tugolandia…entao a versao 256G a 1000 euros é baratissimo…isto para um aparelho que pro ano esta desactualizado que o proximo é que é magico e super inovador….

    • Filipe says:

      Amigo, vamos lá “pôr os pontos nos is”. A apple é tal e qual a Tesla no que diz respeito a dinheiros: todos os dias se afunda mais um bocadinho no buraco que a própria tratou de cavar.

      Vender por mais de 1000 euros um aparelho com as coisas que a concorrência já tem há quase 5 anos (e dizer que é inovação) não faz dele inovador. Demorou bastante tempo, mas as pessoas estão a abrir a pestana finalmente. Além de que não lhes custa mais de 300€ a fazer cada um deles. Se calhar nem 200.

      Outro ponto: não baixaram qualquer preço em nenhum dos modelos relevantes. O único onde baixou o preço, além de ser o que vende muito pouco, não ficou assim tão diferente do preço anterior. Foi apenas uma medida que só serve para enganar tolos, tal como todas as que foram tomadas pela empresa da maçã. Só cai quem quer.

      • Fixo says:

        Microsoft: 1050 mil milhões de dólares
        Apple 988,6 mil milhões
        Google: 859,6 mil milhões
        Tesla 43,9 mil milhões
        A Tesla não é do mesmo campeonato
        Preços – mas por que não falar do Galaxy S10+ que custa acima dos 900€?
        Essas coisas que os outros já têm – é como dizer que um automóvel topo de gama tem rodas como os outros … não são é as mesmas rodas.

        • Carlos says:

          Arranjas um Galaxy S10+ por menos de 700 euros, novo.
          No entanto, por esse dinheiro não consegues comprar o iPhone 11 que nem sequer tem um ecrã FullHD. Cobrar mais de 800 euros por um telemóvel que em 2019 nem sequer é FullHD? Simplesmente ridículo, a Apple limitou-se a alterar a estratégia dos nomes, dando a entender que o iPhone 11 é sucessor do XS quando na verdade é sucessor do XR.

          • Fixo says:

            Já desvalorizou assim tanto?!

          • JackObvious says:

            @Carlos
            Mas qual é o problema dos ecrãs não serem FHD? Basta ver as comparações online, a preferência recai sempre nos ecrãs usados pela Apple. Ter + PPI’s apenas serve para a guerra das specs e tapar os olhos ao verdadeiro problema o aumento da qualidade de imagem.

            Não quero com isto dizer que os PPI’s não são importantes, muito pelo contrário. É preciso ver toda a equação e não fechar os olhos.

            Quando ao iPhone 11 ser sucessor do XS, bom isto é óbvio porque tirando o ecrã tudo o resto é igual ou superior.

        • oleg677 says:

          S10 plus custa 720 EUR, comprei há 3 meses.

      • Antonio Ferreira says:

        Infeliz comprar a Apple com a Tesla!!!! A Tesla ainda nem sequer tem concorrência!!!! PSEUDODOCONCORRENCIA está a 5 anos de atrazo e vende produtos mais caros e desactualizados!

  2. Nuno says:

    Todos os “cavalos” comem palha, só é preciso é saber dá-la de comer…
    Sem ofender ninguém, nas enquanto muitas pessoas forem Comprando iPhones sem grande inovação (muita falta faz cá o Jobs) isto vai andando devagar, devagarinho, ano pos ano um cadito melhor e enquanto o pessoal for Comprando, não se precisa de investir muito. Só quando a vendas estiverem muito mal é que a Apple pode lançar algo inovador…até lá muito feno…

    • Fixo says:

      “Os burros zurram e a caravana passa” 😉

      • O novo do restelo says:

        Fixo: isso também diziam da Nokia ou Siemens, atualmente a Siemens não tem smartphones para uso privado e a Nokia mesmo com a ajuda dos chineses não anda em bons dias; a Apple tem muito dinheiro mas rápido se esgota.

        • Fixo says:

          “O fim do mundo é certo” mais milhão de anos, menos milhão.

          Mas notem uma coisa – como os smartphones são os objetos com ligação direta ao coração de cada um só se olha para os smartphones.
          Como os telemóveis Nokia desapareceram, algum tipo de smartphone o tinha que substituir. O iPhone não seria com certeza, pelo preço. Foi o Android.
          – Mas o iPhone domina, tranquilamente, no segmento premiam.
          – O iPad domina também nos tablet. O Android não foi feito para tablets – enquanto a Apple segmentou o iOS criando um SO só para iPads.
          – O Apple Watch domina também nos smartwatchs. Claro que há uns redondos de outras marcas, bons para ver as horas. Acompanhar as funcionalidades do Apple Watch é que nem lá perto.
          Os serviços têm um peso cada vez maior.
          – “Ah, mas o Spotify” tem mais clientes.” Pois, mas o Google Music finou-se e o Apple Music está a crescer bem. Há também para Android.
          – Agora com a Apple TV+ lançou-se no streaming de vídeo. “Ah, mas dificilmente vai chegar aos calcanhares da Netflix”. Mas a Apple tem já 1400 milhões de equipamentos ativos que podem correr o Apple TV+. Um ano de subscrição gratuita a quem comprar um novo equipamento vai contribuir.
          – Quanto ao Apple Arcade, de assinatura de jogos logo se vê.

          Para vencer a concorrência é preciso estar, pelo menos, um preço à frente. A Nokia deixou-se ficar para trás, tempo de mais.

          • oleg677 says:

            Apple watch não domina na smartwatch

          • rodrigo says:

            ai domina domina…

            “Apple captured 46% market share beating rivals Samsung and Fitbit in global Smartwatch shipments for Q2 2019 with 12 million units sold globally, says latest research from Strategy Analytics Wearable Device Ecosystems (WDE).

            Q2 2019
            Apple – 46.4%
            Samsung – 15.9%
            Fitbit – 9.8%
            Others – 27.9%”

    • O novo do restelo says:

      De certo modo tens razão, por outro lado a Apple inovava simplesmente orque usava materiais de topo (alumínio, os melhores ecrãs, o melhor touch, o melhor software) e as outras marcas ainda plástico barato e software super lento;
      Atualmente a Samsung e Huawei usam o que há de melhor no mercado (câmaras, ecrãs, baterias, tecnologias) e a Apple não consegue inovar porque para tal teria que usar iPhones dobráveis (Já o são lolol mas não do modo que o pessoal quer!) ou até usar ecrãs micro LED com resolução 4K.

      A Apple dominou enquanto as outras andavam a dormir, agora por muito bom que seja o CPU… o resto não passa do plano mediano. Podem não aceitar, mas um Note 10+ leva muita vantagem relativamente a um iPhone, isto sem aludir se só querem iOS ou Android. Tenho amigos com tanto dinheiro gasto na loja da Apple que nem lhes passa pela cabeça mudar de SO…

      • Fixo says:

        Copia o que escreveste para colar no comentário do próximo ano e seguintes.
        E olha que esses Samsung e Huawei que referes não são muito mais baratos que o iPhone. E, se formos ver o custo real – o que se paga por ele descontando o preço que dão quando se quer vender – a diferença é reduzida.
        Quanto ao dinheiro que se gasta em apps, que se perde quando se muda de SO, dá para os dois lados. Mas é verdade que para atrair e manter clientes é preciso criar um ecosistema- equipamentos, app e serviços, tendo a Apple anunciado dois novos – streaming de vídeo e assinatura de jogos.

        A Apple não está a dormir em serviço. Há é quem olhe só para a mão que tem o iPhone.

      • rodrigo says:

        Android nao tem o mesmo ecosistema que a Apple tem. Nem de longe nem de perto!!
        E estou farto de dizer isto ha anos..nao ‘e o hardware que torna um dispositivo bom mas sim o seu software. Nisso a Apple com o seu ecosistema bate qualquer outra marca.
        Diz-me o que tem um Note 10+ assim tao especular em termos de software em comparação com um Huawei por exemplo? A pen..e que mais?

  3. iDespairing says:

    Com 5 anos de updates garantidos no mínimo o pessoal no ecossistema da Apple acordou e ficam com as maquinas mais tempo a exemplo de quem usa portáteis. Não vejo ninguém a trocar de portátil a cada 2 anos. Ao contrario de outros topos de gama, por exemplo o Galaxy S8 com pouco mais de 2 anos já nem recebe o Android 10, isso sim é forçar os clientes a fazer um upgrade de 2 em 2 anos.

    • V.T. says:

      Há lá coisa mais desactualizada do que um iPhone com 5 anos… não tem carregamento rápido, não tem carregamento sem fios, não tem certificação IP67/68, não tem ecrã SuperAmoled, mas alto e para o baile, tem a ultima versão do iOS! Upa, upa, que actualizado que eu estou! Enfim… esta das actualizações é mais feno para burro comer! Acordem porra!

      • Rodrigo Da Silva says:

        Acho que nao percebeste mas nao faz mal. Eu explico.

        Se uma pessoa ainda utilizar um iphone 5 ou 5s talvez essa pessoa nao queira saber de carregamentos rapido, ecra super amoled, etc… Senao ja tinha actualizado para um telemovel mais recente certo?

        Portanto actualizaoes sao um beneficio para qualquer telemovel. So quem ja nao tiver ‘e que menospreza…

        • V.T. says:

          Eu também te vou explicar, porque tu percebeste só que não queres ver. Um gajo que tenha um iPhone 5s não tem isso mesmo que quisesse nem um iPhone 6 nem um 6s estes dois ultimos modelos mesmo com iOS 13 são considerados terminais actuais? Penso que não, pois a Apple ultimamente anda sempre verdadeiramente desactualizada!

          • rodrigo says:

            sem duvida que sao actuais se continuam a ter suporte oficial. Desactualiazdos são aqueles que deixaram de ter suporte

            Software ‘e e sera sempre o mais importante num dispositivo. Isso sim ‘e que torna um dispositivo realmente bom e actualizado.

      • Composer says:

        Quero saber quem hoje em dia passa 5 anos com o mesmo telemóvel, nem a minha avó. 5 anos, se não for pelas atualizações de software, vai ser a bateria integrada que foi a vida e não COMPENSA troca, ou simplesmente partiu ou deixou de dar, como muitos de qualquer marca disponível no mercado.

  4. J says:

    Tão baixo que aqui nos uk ja nem se consegue fazer pre reserva xD ou não puseram unidades suficientes

  5. SANDOKAN 1513 says:

    “Os números mostram uma quebra de 20% a 30% face às vendas anteriormente registadas do iPhone XS e do iPhone XS Max.” Pois é !! O tempo de esturrar dinheiro já lá vai !! O pessoal agora abriu os olhos e tem que poupar porque senão é que são elas !!

  6. Francisco Pinto says:

    Android fanboy Pedro Simões

    O Guru da Apple diz exatamente o contrário

    https://9to5mac.com/2019/09/15/kuo-iphone-11-demand/

  7. Composer says:

    Muitos comentários, prós e contras, cavalos, feno, dinheiro, poder, gosto, interesses, concorrência, atraso, inovação.. blá,blá,blá. Resumo da ópera, compra quem quer, quem gosta e quem tem dinheiro. Quem não gosta, não quer ou não pode, perde tempo a desdenhar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.